1. Spirit Fanfics >
  2. A Vingança é Épica - Imagine Na Jaemin >
  3. Como um rastreador.

História A Vingança é Épica - Imagine Na Jaemin - Capítulo 3


Escrita por: e TiahYoongina


Notas do Autor


.𓏲໋✉️🖋️،oi cheirosas, tudo bom? (credo tenho que parar de ser repetitiva) já sabem, aqui é a hemily com h de gay (catapimbas¿¿??) e bem vindos (as) ao segundo capítulo da fanfic do nana. eu quero agradecer primeiramente a fany por estar corrigindo os erros ortográficos dos capítulo, você é um anjo! tamtamtão... obrigada também por todo carinho, você aí que está lendo saiba que tu és especial para mim.😔👊🏻 +100 favoritos e pápápá eu tô???? tenkiu, isso >>tudo<< aqui não teria sentido sem vocês, eu sou muito grata a todos.🥳

— Flashbacks.
— Os personagens irão aparecer aos poucos para não causar confusão.
✍🏻ignorem os erros de português.
Boa leitura, let's go. 📚☕

Capítulo 3 - Como um rastreador.


Fanfic / Fanfiction A Vingança é Épica - Imagine Na Jaemin - Capítulo 3 - Como um rastreador.

❝Cada passo seu está sendo vigiado por mim, você apenas não sabe.❞

POINT OF VIEW ____ MILLER;

[Sábado, 08h12min da manhã | Seul - Coreia do Sul | Condomínio privado.]

Aquele condomínio superou todas as minhas expectativas, era tudo muito calmo, o ar era mais limpo, o colorido da diversidade de espécies de plantas me encantava muito era tudo tão bonito..acertei em cheio em comprar minha casa aqui.

Faziam cincos dias desde o assassinato do meu pai, assassinato do qual eu cometi, a mulher dele passou dois dias no hospital devido o choque que levou ao saber da morte. A polícia americana abriu um inquérito para investigar o crime horrível que fora cometido, eu por minha vez tive a alegria de saber que os investigadores não encontraram nada meu. Por sorte limpei todas as digitais e demais coisas que poderiam me entregar.

─ Senhorita Miller, onde coloco as malas? ─ Meu motorista, Mark, perguntou chegando perto de mim.

─ Lá em cima. ─ Digo sem parar de ver como a decoração da casa havia ficado. ─ Ah, Mark! ─ Ele se virou já no segundo degrau da escada. ─ Depois pode ir embora, eu mesma cuido de arrumar. Aproveita e fica com o carro hoje, caso queira pegar uns gatinhas. ─ Ele riu meio constrangido.

─ Obrigado senhorita. ─ Sorri levemente e voltei a ver meus imóveis.

As coisas estavam ocorrendo devagar em San José para meu azar, a esposa do falecido está a todo vapor com as investigações, Ela era uma pedra no meu sapato. As papeladas para a leitura do testamento eram processadas o mais rápido possível isso, pois eu dei uma mãozinha, embora eu não me importasse com o que ia “ganhar” — até porque não preciso — queria me certificar se aquele negócio estava incluído.

Meu pai escondia uma conta bancária em Xangai, conta essa que escondia milhões, fruto de uma corrupção sem dúvidas. É claro que eu usei isso ao meu favor, logo após envenenar o velho obriguei ele a assinar um documento o qual fazia com que eu me torna-se dona daquela conta.

Ele sabia que ia morrer poderia muito bem não ter assinado mas o tolo assinou para salvar sua reputação de grande empresário. A verdade é que ele não passava de um pedófilo de merda que guardava vídeos horrorosos com as pequenas meninas.

─ Será que minha matrícu- ─ Meu celular começou a vibrar em cima da mesa fina de vidro chamando minha atenção. Peguei o aparelho e li o número mentalmente me perguntando quem era, dei de ombros e atendi.

“Alô, falo com ____ Miller?” — A voz feminina adentrou em meu ouvido me causando estranhamento.

“Sim, é ela. Quem é?” — Esperei a reposta da mulher que demorou alguns segundos.

“Eu me chamo Alexa, liguei-lhe para desejar os parabéns e avisar que sua matrícula na Hanyang University foi realizada com sucesso!” — A outra respondeu enchendo-me de alegria.

“Obrigada.” — Encerrei a ligação mordendo com força meu lábio inferior.

─ As malas estão no quarto como pediu. ─ Mark apareceu novamente na sala. ─ Está tudo bem?

─ Mark, pegue um champanhe e duas taças. Vamos brindar ao meu sucesso. ─ Ele olhou confuso mas se retirou do local indo para a cozinha. ─ Isso ____! ─ Comemorei comigo mesma. Passei as mãos pelo cabelo o ajeitando e assim que Mark entrou no meu campo de visão dei uma corridinha pegando as taças de sua mão. ─ Abri. ─ Ordenei e com cuidado o rapaz abriu a garrafa causando um barulho médio, ri alto automaticamente sendo acompanhada de Mark que serviu as taças.

─ O que iremos brindar? ─ Ele colocou a garrafa em cima do imóvel de madeira que sustentava um abajur.

─ Já disse, ao meu sucesso. ─ Sorri sem mostrar os dentes o olhando profundamente.

─ Ao seu sucesso! ─ Ele ergueou a taça assim como eu.

─ Yes! Ao meu sucesso. ─ Tocamos levemente uma taça na outra engerindo o líquido que nelas continham em seguida.

Sendo meu melhor e único amigo, Mark Lee era uma pessoa especial para mim eu não ousaria tocar em nem sequer um fio de seu cabelo — no sentido violento —. Apesar da confiança que tinha em sua pessoa eu guardei meu segredo somente para mim, seria uma pena ter que matar-ló.

Ele era meu irmão e eu era sua querida irmãzinha, e as coisas tinham que continuar assim.

[***]

A noite chegou e com ela trouxe a ansiedade. Mordia a poupa dos meus dedos impaciente, o download do arquivo de rastreamento da cidade demorava muito parecia que nunca iria completar os cem porcento, e olha que minha internet era ótima em todos os termos. Eu não via a hora de poder brincar com aquela belezinha, tendo um computador fantasma e o dom de hackear, as coisas ficavam mole, mole.

Download Completo!

Me sentei rapidamente na cadeira de rodinhas e movi o mouse apertando a tecla de acesso com o indicador, digitei algumas coisas e deixei processar. Quebrei a barreira ao ganhar a partida de Pac-man — como são idiotas. — e digitei algumas informações — que me foram dadas por conhecidos — rapidamente antes que o documento se fechasse conseguindo assim, o acesso que pesou o meu computador devido tantas informações ao mesmo tempo.

Peguei meu celular junto com um cabo USB e conectei com cuidado ao computador. Entrei no Instagram e procurei o perfil de Haseul não demorando muito, cliquei no perfil daquela garota nojenta e vi algumas fotos recentes revirando os olhos por tal continuar do mesmo jeito. Deixei o celular na mesa ligado para transferir as informações e por fim, sair daquele quarto — que fiz de computação — me dirigindo ao meu para dormir.

[Dia seguinte, Segunda-feira | 08h00min da manhã | Hanyang University.]

O dia estava quente, via todos os universitários com roupas mais leves — assim digamos — enquanto andava pelo corredor extenso alguns olhares curiosos queimavam encima de mim.

Eu era o açúcar e eles eram as formigas.

─ Com licença. ─ Me virei assim que tocaram em meu ombro. ─ Está perdida? ─ Encarei intensamente a morena, Haseul.

Flashback On

Jaemin estava novamente com seus dois amigos conversando no meio do pátio, eu me aproximava devagar já que ele estava de costas para mim. Ajeitei o cabelo tomando cuidado com a pequena flor que carregava e sorri levemente já sentindo borboletas no estômago.

─ J-jaemin eu queria saber- ─ Ele nem ao menos se virou e seus amigos assim como ele não prestaram atenção na minha presença, talvez eu tenha falado muito baixo. ─ Jaemin. ─ Toquei em seu braço e uma garota gritou no meio do partio me assustando. Era Haseul.

─ A cegueta tocou no Jaemin! Ela passou meleca ‘pro nana. ─ Olhei incrédulo para as pessoas e me afastei aos poucos encarando a cara nada boa de Jaemin.

Flashback Off

─ Óh, talvez um pouco, sou novata aqui.

─ Eu me chamo Cho Haseul, mas pode me chamar apenas de Haseul. Sou a responsável dos alunos novos, como se chama?

─ ____, ____ Miller. ─ Respondi e ela sorriu estendendo sua mão.

─ É um prazer conhecer-te. ─ Apertei sua mão sorrindo sem mostrar os dentes.

─ Também.

Você não faz ideia.


Notas Finais


.𓏲໋✉️🖋️،vishkkkk, vocês gostaram do capítulo? se puder deixe um comentário, façam essa garota carente feliz :(( me desculpem qualquer erro----------

.𓏲໋✉️🖋️،eu tava com esse capítulo a dias mas como eu viciei em uns doramas aí passei horas, dias assistindo.. me desculpem por isso. eu também queria avisar que quase apaguei minhas histórias - 😔 tristeza e lágrimas - mas não ocorreu amém.
foca aqui: eu estava lendo todos os capítulos que eu fiz e fiquei pensando aqui "e se eu mudasse? deixasse a estória um pouco mais leve e com possível final feliz (?)" eu tenho duas versões dessa história mas, como eu disse vcs tem poder de decisão. bom, eu queria saber se vocês querem que eu continue nessa versão ou querem a outra? por favor, respondam é importante.

🍱OBS:
》A Universidade Hanyang é uma das principais universidades privadas de pesquisa da Coréia do Sul, especialmente no campo da engenharia. O campus principal fica em Seul, e sua filial, o Cluster da Indústria de Pesquisa Educacional em Ansan, ou campus ERICA, fica em Ansan.
》Pac-Man é um jogo eletrônico criado pelo Tōru Iwatani para a empresa Namco, e sendo distribuído para o mercado americano pela Midway Games.
》Haseul não reconhece a ____ e o por quê será explicado no próximo capítulo.

•Outras Fanfics•

https://www.spiritfanfiction.com/historia/pirralho--imagine-zhong-chenle-19245646

meus perfis: @fairymakku & @artickun
até a próxima!🧤🌷


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...