1. Spirit Fanfics >
  2. A vizinha da casa ao lado >
  3. Tomar atitude

História A vizinha da casa ao lado - Capítulo 19


Escrita por: e KarenSo


Notas do Autor


Olá estamos de volta... dessa vez não demorou tanto não é ???? Eu gosto muito desse capítulo então eu espero que vocês gostem também...
Boa leitura

Capítulo 19 - Tomar atitude


acordei e rápido fui tomar uma ducha e saí para o meu curso, para minha sorte eu não cheguei atrasado, mas quando passei pela porta sentir os olhos do meu professor me encarando, será que ele não gosta de mim ?.

Assim terminou minha aula fui dar uma passeada pela praia.

Eu ainda estava pensando na bendita atitude, será que Jin estava certo ? Jungkook só queria me dar uma força ? Na verdade não sei se sinto alguma coisa pela Laura, claro que desde que a vi pela primeira vez eu me sentir atraído por ela, mas não sei se é mais do que atração. Ela é divertida e espontânea, não esconde quem ela é de verdade, solto um sorriso apenas em pensar disso dela. Talvez esteja certo, eu devo conhece-la melhor, mas o que eu posso fazer ?.

Eu fui para o meu carro e voltei para casa, mas não entrei na mesma, em vez disso fui para casa de Jin, eu bati na porta apressado.

— Taehyung, porque tanta pressa ?

Jin abriu a porta com uma cara de dúvida, ele estava com a roupa do trabalho.

— você estava certo.

Eu entrei na casa dele e fiquei andando de um lado para o outro.

— Eu sei eu sempre estou certo, mas do quê exatamente você está falando ?

— Sobre tomar uma atitude.

O Jin abriu um sorriso travesso.

— Quer dizer que você realmente está gostando da Laura ?

— Jin eu não sei, por enquanto eu apenas quero conhece-la melhor.

— Sim e depois casar e ter 5 filhos.

Eu o encarei.

— Tudo bem, o que você quer de mim ?

Ele falou parado no meio da sala.

— eu quero chama-la para sair, mas não sei onde levar ela.

— Nesse caso Taehyung você deve perguntar para alguém que a conheça bem.

Eu fiquei pensando alguém que conheça bem ela, que tal Hoseok.

— Sério Taehyung que você ainda está pensando, o Jimin mora do lado da sua casa.

— Claro Jimin, eu estava pensando nele.

Eu comecei a andar rápido para a casa de Laura.

— Não tem de quê.

Ouço Jin falar na porta da casa dele.

— Obrigado Jin você é um gênio.

Eh cheguei na varanda da Laura e fiquei olhando pra porta.

— Ora bata logo para de ser medroso.

Jin ainda estava parado na sua porta.

— Jin vai logo trabalhar.

Ele sorrir e entra fechando a porta.

Eu criei coragem e bati na porta. Ouvi alguns passos descendo a escada e finalmente abriram a porta, eu vi o sorriso de Jimin.

— Que prazer da sua visita, mas infelizmente Laura não está.

— Mas eu não vim ver a Laura eu vim atrás de você.

Ele fez uma cara de susto e depois sorriu e me puxou para dentro da casa.

— Jimin espera, eu vim te ver, mas é para falar da Laura.

O rosto de Jimin parou próximo do meu.

— Taehyung a culpa foi sua, pensava de tinha mudado de time.

Ele se afasta e se joga no sofá.

— Então o que você quer falar sobre a Laura ?.

Eu olhei pra ele pensando por onde começar e quando eu ia falando ele me interrompe

— Já sei, está interessado em Laura e quer saber o que fazer para conquista-la ?

Eu fiquei sem palavras.

— Taehyung não fique surpreso isso tá escrito na sua testa, só Laura não percebeu, menina ingênua.

Ele rir.

— Então você vai me ajudar ?

— Depende, Laura é minha melhor amiga eu não gosto de vê-la sofrer.

— eu só quero conhecer ela melhor, não farei nada de impróprio prometo.

— Ok você parece confiável. Bom Laura é uma pessoa simples, ama artes, adora seu irmão e seus pais, é uma menina muito ocupada com seu trabalho e faz muito tempo que não se envolve com ninguém.

— ok, eu quero saber se tem algum lugar que ela gosta de ir ?

— Sim, tem um parque um pouco afastado da cidade que ela ia com os pais quando era criança, ela gosta muito de lá e faz tempo que ela não vai.

— Obrigado Jimin você me ajudou muito.

— De nada, se quiser me convidar eu aceito ir.

Ele rir da própria piada e completa.

— Estou brincando, depois mando a localização para o seu celular tá bem, a Laura foi na galeria mas daqui a pouco ela chega eu também te mando mensagem quando ela chegar.

— Obrigado Jimin pela a sua ajuda.

Eu fui andando em direção a porta, ele a abriu pra mim.

— Taehyung tenha juízo, ela também é sensível com essas coisas.

Ele estava mesmo com uma cara de preocupado.

— Não se preocupa eu cumpro as minhas promessas.

Eu fui para a minha casa e assim que entrei vejo Jungkook e Jin conversando, quando eles me olham começam a rir.

— Esse é meu irmão, vai namorar com a vizinha mais linda da rua.

Jungkook sorrir de orelha a orelha.

— Jin eu não acredito que contou para ele.

— uma hora ele ia saber eu apenas adiantei as coisas, então o que Jimin falou.

Eu sentei perto deles e contei o que Jimin tinha me falado, eles ficaram prestando atenção em cada detalhe.

— você vai mesmo convida-la ?

Jungkook me encarava sério.

— Sim, vou apenas esperar a mensagem de Jimin.

— Tudo bem, nós te apoiamos.

Jin falou sorrindo.

— Eu preparei o almoço vamos comer ? Eu estou com fome, só estava te esperando Tae.

Jungkook faz um biquinho.

— Vamos eu estou com fome.

Nós nos servimos e almoçamos juntos, quando terminamos o Jin teve que ir trabalhar e Jungkook foi resolver algumas coisas da empresa pelo seu notebook.

O meu celular toca e eu vejo a mensagem de Jimin, ele me mandou a localização do local, e Embaixo dizia " a Laura chegou, pode vir " eu fui no banheiro e escovei meus dentes, depois passei perfume e fui para a porta, eu ia criar coragem dessa vez eu ia.

Quando eu abrir a porta eu vejo Isabela parada na minha porta.

— Oi Taehyung, eu espero que eu não esteja atrapalhando, é que o meu carro está para a oficina e o Jin já saiu para o hospital, hoje é dia de eu visitar minha avó e eu não tenho como ir, então eu pensei se você podia me dar uma carona, eu posso pagar pela viajem.

Eu olhei para a casa de Laura, o que eu ia fazer.

— Você conhece o Jin ?

— Sim somos vizinhos a muito tempo, ele cuida do estado da minha avó, ele ia me dar a carona, mas eu tive um imprevisto e não pude ir com ele.

— claro eu te levo espera deixa eu pegar as chaves do carro.

Eu entrei, e agora o que eu ia fazer, peguei meu celular e mandei uma mensagem para Jimin.

" Desculpa tive um imprevisto e não posso ir aí agora, se der ainda hoje passo aí "

Peguei as chaves e disse para Jungkook que ia sair, ele nem ligou para mim, estava concentrado no seu notebook.

— Vamos.

Nós entramos no meu carro e fomos em direção ao hospital.

— Muito obrigada por me levar no hospital.

— Pode contar comigo, acho que a sua vó deve está esperando.

Falei concentrado na rua.

— Sim, eu a visito com frequência ela tem problemas no coração, então é perigoso ela sair do hospital.

— Como é o nome dela ?

— Elizabete, se você quiser conhecer ela, você pode vir comigo ela gosta de visitas.

— Tudo bem.

Nós chegamos no hospital, o prédio era grande, ele estava bem calmo para um hospital, tinha algumas pessoas sentadas e os enfermeiros passavam andando, nós pegamos o elevador e fomos para o segundo andar, Isabela foi na recepção e depois de alguns minutos eu via Jin vindo pelo corredor.

— Isabela.

Ele deu um abraço nela.

— Tae o que faz aqui ?

— Ele me deu uma carona.

Isabela falou antes de mim.

— Não sabia que se conheciam.

— Vamos dizer que é ele que me ajuda quando você não está em casa.

— Hum ata.

Jin olha pra mim sério e depois para Isabela.

— Vem sua avó já estava perguntando por você.

Nós andamos pelo corredor e depois paramos na frente de uma porta Isabela foi logo entrando.

— Tae porque não me falou que conhecia Isabela.

— Desculpa pensava que você não conhecia ela.

— E a Laura ?

— quando eu ia lá Isabela apareceu.

— Tae toma cuidado, Isabela parece interessada em você, não vai machucar ela e a Laura.

— Jin eu não tinha percebido isso, a Isabela é só uma vizinha, sabe que estou interessado na Laura, mais tarde a gente conversa melhor.

— Tudo bem.

O Jin foi embora e eu entrei na sala, o quarto era aconchegante, tinha flores na mesinha, avó dela estava deitada, ela parecia saudável, mantinha o sorriso no rosto.

— Isabela quem é esse ? É seu namorado ? Ele é bonito.

Eu fiquei sem jeito.

— Não vó ele é meu amigo, mora perto da minha casa, esse é o Taehyung, Taehyung essa é minha vó Elizabete.

— um prazer Dona Elizabete.

— Rapaz me chame apenas de Elizabete, não sou tão velha.

A avó de Isabela era divertida, ela contou várias histórias engraçadas, e o tempo todo sorria, ela gostava de Isabela, dava para ver no olhar dela. No meio de uma história o Jin entrou no quarto.

— Desculpe interromper, mas o horário da visita acabou, Elizabete precisa descansar.

— Doutor eu ainda me sinto muito bem.

Elizabete falou protestando.

— Tudo bem Vó eu prometo que volto na outra semana — ela deu um beijo na testa de Elizabete.

— Foi um prazer te conhecer Elizabete.

Eu falei antes de sair.

— O prazer foi meu, por favor volte outras vezes.

Eu assenti e saí do quarto junto com Isabela e Jin.

No caminho Jin e Isabela vinham conversando sobre a avó dela até chegar no elevador.

— Ok Jin eu vou comprar todos os remédios necessários não se preocupe.

— Ok, Taehyung não vou passar na sua casa mais tarde, hoje meu plantão vai até madrugada, mas amanhã eu passo lá.

— Tudo bem vou te esperar.

Nós saímos do hospital e voltamos para casa, já estava de noite, mas ainda dava tempo de falar com Laura, eu estacionei o meu carro na frente da minha casa e nós saímos do carro.

— Minha vó gostou muito de você, se quiser ir de novo é só me avisar.

— tudo bem eu aviso, ela é bem simpática.

— E aqui está o dinheiro por ter me levado.

— Não precisa, se precisar me avisa ok.

— tudo bem.

Ela sorriu e deu um beijo na minha bochecha.

— tchau.

Ela falou já indo pro rumo da sua casa.

Eu fiquei parado e sentir meu celular vibrar, era uma mensagem de Jimin.

" Muito bonito senhor promessa"

Eu olhei para o lado e vi Jimin na varando de Laura, ele não estava com uma cara agradável.

— Ei espera eu explico.

Eu falei andando em direção a varando, mas ele foi rápido e entrou na casa.

E agora o que eu ia fazer, fui para minha varanda e sentei na cadeira balanço, eu tinha que pensar, acabei de perder um aliado importante.


Notas Finais


Park Jimin ficou com raiva e agora ??
Ajudem o Tae Tae


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...