1. Spirit Fanfics >
  2. A Volta do lord- tomarry >
  3. Extra

História A Volta do lord- tomarry - Capítulo 2


Escrita por: series_filmes_animes

Capítulo 2 - Extra


Dumbledore não sabe se está surpreso ou se está num tipo de alucinação. 

O garoto diggory e Harry sumiram assim que tocaram a taça. 

Logo depois o menino volta_e sem harry para ressaltar_ 

Por sorte o garoto estava vivo, já não sabia sobre Harry.  

o garoto disse que Harry entrou no período no meio do torneio, e essa não era a pior parte. 

A taça os levaram para o cemitério da família riddle, onde usaram o sangue de Harry para trazer o lorde das trevas de volta... 

O destino só pode está brincando com sua cara. 

A situação que não parecia piorar, piora. 

Ninguém sabe onde o garoto está, e pensando na probabilidade, o veela pode estar sendo abusado diversas vezes por outros dominantes....

Dumbledore realmente está ferrado. 

Estará mais ainda se tom resolver bancar o caridoso e aliviar seus desejos pecaminosos no garoto.

Não dá pra ficar pior!

... 

- boa noite, meus queridos alunos. _saudou o idoso assim que teve a atenção dos alunos_ 

Todos os alunos_ de todas as mesas, casas e escolas_  focadamente, prestavam atenção no diretor. 

- como todos já devem ter percebido, nosso querido Harry Potter não retornou do torneio. 

Os murmuros começaram assim como as teorias, Fred e George pararam de conversar e viraram suas atenções ao diretor. 

- Harry teve a infelicidade de ter entrado em seu período enquanto estava no torneio.

- assim que Cedric e Harry tocaram a taça, os dois alunos foram teletransportado para o cemitério da família riddle.... Onde Harry foi usado para trazer de volta o lord das trevas.

Os gêmeos sentiram seu coração errar uma batida.... Harry...seu irmãozinho...

Pode estar morto? 

- ainda não sabemos onde o menino Harry está, o ministério foi alertado, as investigações começarão em breve. 

- professor! _ Hermione levantou a mão pedindo permissão para falar_ 

- diga. 

- e se....e se Harry estiver com... você-sabe-quem.... Ele pode querer o usar para... você sabe...

Alguns alunos finalmente pararam para pensar e novamente os murmuros começaram. 

- sim, Hermione. Ja pensamos nessa possibilidade...se isso acontecer...bom... obviamente coisas muito ruins nos esperarão. Não só para agente...para Harry também. 

- o aluno Cedric diggory está na enfermaria, ele está bem fisicamente. Voltem ao jantar. 

[...

Tom Riddle, nunca pensou que algum dia fosse realmente sentir atração sexual. 

O garoto foguento, como passou a chamar Harry estava acabando com suas energias. 

A todo momento estando necessitado, com vezes que, quando tom acordava já estava totalmente duro com o Garoto o chupando. 

Geralmente as noites que tinha era por pura necessidade, quando precisava de algo_ na adolescência e em toda sua vida_ 

Lembrava claramente de ter que se forçar e ficar duro quando fodia alguém. 

E ali estava o garoto, o deixando duro feito pedra apenas com sua própria imagen. 

- m-mais! 

Aumentou as estocadas sentindo seu baixo ventre se apertar e contrair indicando que estava perto. 

Logo levou a mão até o membro do veela e começou a masturba-lo rapidamente e forte. 

O veela chegou ao limite rapidamente e algumas estocadas depois tom gozou também. 

Caiu ao lado do garoto, ofegante. Os únicos sons no quarto eram os sons ofegantes do Sub e do dom. 

Tom olhou para o lado e sorriu vendo o corpo do garoto dá espasmos, cheio de marcas, ofegante e vermelho. 

O garoto_assim que recuperado_ se aproximou do riddle e o abraçou, se aconchegando no peito do maior. 

Riddle apreciou o quão manhoso Harry era. 

- você parece uma puta insaciável. _disse grosso com um tom de malícia_ 

Harry não respondeu, tom sentiu a leve irritação subindo. 

- para quantos você já deu? Nem parece que liga sobre quem eu sou. 

Novamente silêncio e tom se perguntava se o garoto estava dormindo. 

- qual o seu problema? Eu tô falando com vc. 

-... você não vai me matar? 

O dominando olhou novamente para o garoto e viu o medo em seus olhos.... provavelmente ele já estava consciente novamente...bom, a festa uma hora acaba. 

- vejo que seu período acabou. 

- sim... 

Harry se manteve próximo ao lord, tinha medo de se mexer e morrer com qualquer movimento brusco demais. 

Tom se perguntava o porque do garoto não ter surtado.

- eu...nunca quis realmente participar dessa tal guerra...mas sabe, eu sou o garoto-da-profecia, não tenho muita escolha. 

Tom analisou bem a palavras do garoto, preocurava algum sinal de mentira. 

- você tem medo que eu te mate? 

-...tenho medo de morrer e não ter aproveitado a vida, ter apenas seguido um propósito que eu não queria mas sou obrigado... tenho medo de não ter sido verdadeiramente feliz antes de morrer. 

-...acha que eu vá te matar depois de tudo oque acabou de acontecer? 

- hm...bem, sim. Você é você, Afinal. 

-...tem razão. 

Harry ficou quieto por um momento antes de sentir o líquido de riddle escorrer de seu interior para fora. Estremeceu e suspirou. 

- então...oque agente faz agora? 

- oque quer dizer? 

- você gozou dentro de mim umas 10 vezes...eu provavelmente devo ter um feto se formando em mim. 

-... me desculpe. 

- bem, não há oque fazer. 

Tom estava aerio, se sentindo estranhamente feliz com a ideia de Potter esperando um filho seu. 

- durma, você está cansado. 

Harry acentil e fechou os olhos, com a estranha sensação de segurança em seu peito, outra hora ele podia pensar na situação. Agora ele só quer descansar . 

Tom se sentia bem, mas a sensação de...vazio ainda estava em seu peito. 

Sentia que precisava de algo a mais... 

Arregalou os olhos e sorriu, já sabendo oque fazer para acabar com aquela sensação. 

[...

"Querido" Dumbledore, provavelmente está preocupado com seu querido Garoto de ouro. Mas não se preocupe, ele acabou de ser satisfeito e está dormindo, conversamos sobre a probabilidade de ter um filhote se formando dentro dele, acredite, essa idéia não me caí mal. Afinal, seria uma honra ser o pai do filho do seu querido garoto de ouro, embora eu acredite que agora ele seja mais meu do que seu. 
Atenciosamente: Tom Marvolo Riddle

Ps: mil perdões por não ter o levado de volta antes das 11:00

Dumbledore amassou a Carta que a coruja de penas negras acabou de lhe trazer, como ele ousa?! 

Além de ter se aproveitado e usado seu garoto inocente, teve a cara de pau de lhe mandar uma carta debochando da situação. 

Dumbledore retira suas palavras, a situação literalmente piorou. 

Ótimo! 

FIM!


Notas Finais


Aiai, calma aí né migoh 👁️👄👁️💅


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...