História A volta dos Mikaelson a New Orleans - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Entrevista com o Vampiro, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Ariane, Caroline Forbes, Davina Claire, Elijah Mikaelson, Freya Mikaelson, Hope Mikaelson, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Lestat de Lioncourt, Louis de Pointe Du Lac, Marcellus "Marcel" Gerard, Rebekah Mikaelson
Tags Arijah, Bruxa, Drama, Família, Klaroline, Kolvina, Romance, Vampiro
Visualizações 112
Palavras 1.695
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


***

Capítulo 32 - Mystic Falls


Fanfic / Fanfiction A volta dos Mikaelson a New Orleans - Capítulo 32 - Mystic Falls

                                       Em Mystic Falls

 

 O celular de Elena toca. Ela estava na cozinha, e seu celular estava na sala.

──Alô!

──Amor, eu quero falar com sua mãe.

──Está bem Tia Caroline, eu vou passar para ela. ── O garoto leva o celular até Elena que estava na cozinha conversando com Damon, enquanto preparavam o almoço de domingo.

──Mamãe é a tia Caroline. ── Elena sorriu e pegou o celular.

──Obrigada meu querido. Oi Car.

──Elena, eu estou te ligando para te pedir um favor.

──Se quer saber das meninas, elas estão muito bem.

──Não Elena, ontem pela manhã eu falei com elas. Eu vou tentar resumir o que está acontecendo aqui.

──Elena amorzinho, põe na viva voz, esqueceu que eu não consigo ouvir mais.

──Está bem Damon, você sempre curioso.

──Claro, quero saber do sobrenatural, sempre me atraiu. ── Elena coloca na viva voz e Caroline começa a falar sobre o que houve com Klaus, e os demais.

──Poxa! Barbie, porque isso ocorreu?

──Damon, teve um ritual importante para os lobos, mas foi quebrado, então os ancestrais ficaram chateados e punirão todos os sobrenaturais.

──Ainda bem que não sou mais, ia ser difícil não sair nesse sol lindo.

──Elena, a minha amiga bruxa vai precisar de sua ajuda, pois ela com ajuda de outras pessoas ferraram o ritual, agora os lobos estão atrás dela. Eu pensei que vocês, a Bonnie e as meninas pudessem ajudá-la.

──Claro! Caroline. Estamos sentindo falta de uma movimentação ao estilo velhos tempos.

──Obrigada. Eu vou mandar a foto dela e o contado. Ela está indo de ônibus para ir.

──Sim Barbie, nós vamos cuidar dessa bruxinha trelosa. Olá galera original, um abraço para vocês, eu sinto falta da época que eu podia escuta as coisas.

──O Damon se acha ── disse Rebekah. ── Pobre mortal agora.

──Damon, para de falar bobagens, Car manda o número e a foto ── disse Elena. Caroline desliga o celular e manda o número para Elena junto com a foto.

           

                                    EM  NOLA

 

──Eu não sei por que Caroline quer proteger essa bruxa. Deixa-a ser punida. Por causa dela estamos todos aqui nessa situação, e seu amado Klaus virado em lobo querendo matar todo mundo.

──Antoinette fica calada! Não pedi sua opinião. Guarda-a em sua boca! ── disse Caroline irritada. Davina riu e Rebekah também. Antoinette ficou chateada. Elijah não disse nem uma palavra. Freya ligou para Elijah. Ele atende sorridente.

──Freya que bom que você está bem. Nós estávamos preocupados.

──Eu estou bem. A keelin, Hayley e todos estão virados em lobos.

──O Niklaus também está. Hope passou muito mal e nós não podemos sair na Luiz do sol.

──Poxa! Eu não sabia disso. Eu estou sem meus poderes.

──Disseram que vai dura vinte quatro horas. Freya volte para casa, precisamos de você.

──Sim eu vou, assim que a Keelin voltar ao normal.

──Está bem.

──Tudo isso devemos agradecer a Ariane. Com certeza ela vai morrer quando os lobos a pegarem. Ela estragou algo muito importante para eles que só vai acontecer agora em cem anos. ── Elijah escutava tudo calado. Ele se despediu da irmã e desligou o celular.

──Elijah, ainda bem que não contou para Freya sobre o paradeiro da Ariane.

──Claro que não contei, ainda podemos precisar dela para nos ajudar sobre as suas visões da nossa morte.

──Você pensou bem meu irmão. ── disse Rebekah sorrindo.

──A Freya anda muito apaixonada pela lobisomem, com certeza ia entrega a bruxa para os lobos. ── Falou Kol indo até Davina.

──Pobre Ariane. Não queria ser Ela. Não é nada legal ser caçada, já experimentei algo parecido.

──Ei amor, nós vamos ajuda a Ariane. Eu gosto muito dela, jamais vou esquecer quando ela nos ajudou no mundo dos ancestrais. ── disse Kol beijando Davina nos lábios. Caroline fez uma ligação para Bonnie e contou a mesma história para ela. Depois ligou para Ariane. A jovem ficou mais tranqüila por ter pessoas que iram ajudá-la.

 

 

                                Em Mystic Falls

 

Elena recebe a mensagem de Caroline e abre a foto.

──Ela é até bonitinha ── disse Elena olhando a foto.

──Pois é tem apele pálida. Devia tomar um sol ── disse Damon sorrindo. Elena liga para o número de Ariane. A jovem atende.

──Olá Ariane, eu sou Elena amiga da Caroline.

──Olá Elena.

──A Caroline já me falou tudo, há que horas você chega em Mystic Falls?

──Eu cheguei à rodoviária agora, devo chega ao final da tarde.

──Quando vir há placa da cidade você me liga, eu vou te espera na praça.

──Estar certo Elena. Então até a mais tarde. ── Elas desligam o celular e Elena diz:

──Vamos almoçar Stefan!

──Sim mamãe. Eu estou terminado o jogo.

──Vem logo amor, antes que seu pai coma tudo.

──Nossa! Elena, eu não sou uma draga.     

 

             Horas se passam. Ariane viu a placa da cidade e ligou para Elena. Elena, Damon e o filho deles foram espera Ariane na praça. Já era 16horas. A jovem desce do ônibus na praça e ver Elena. Elas se aproximam sorrindo.

──Obrigada Elena por está aqui.

──De nada. Esse é meu marido Damon.

──Olá Damon. ── eles se cumprimentam com apertos de mãos.

──Esse é o meu filho Stefan.

──Seu filho é muito bonito.

──Você é bonita, posso tocar sua pele? ── perguntou o garoto sorrindo.

──Claro! Eu não sou um fantasma ── ela riu e o garoto também e tocou o rosto dela.

──Mãe ela vai ficar lá em casa? ── perguntou o menino animado.

──Talvez Stefan. ── Damon riu da pergunta do filho.

──Vamos Ariane eu faço panquecas ótimas, eu aprendi com o meu pai.

──Que legal, eu vou amar conhecer sua panquecas, pois estou com fome. Elena riu e entram no carro. O menino foi o caminho todo conversando com Ariane. Ao chegar em casa, Bonnie chegou com as meninas da Caroline. Lizzie e Josie, Ariane ficou feliz de conhecer as tão faladas filhas da Caroline.  Elas conversaram sobre os problemas com os poderes e os lobos. Após jantarem Elena falou:

──Devido seus problemas com as 7alcateias. O melhor é levar você para outro lugar e fazer um feitiço para oculta sua presença. Assim que vocês tiverem o poder de volta vão usá-los para fazer isso.

──Isso é boa Elena. ── disse Bonnie.

──Sim, nós vamos levá-la para a casa do lago. Lá ela vai ficar distante de pessoas curiosas. ── Logo elas vão para a casa no lago. Ariane desce do carro e olha uma casa toda feita de madeira rústica. Ela então se lembrou de sua visão sobre essa casa. Isso a deixou preocupada, pois se todas as suas visões estavam acontecendo a da morte da família Mikaelson ia acontecer. Ela contou para os demais de suas visões.

──Nossa! Eu me arrepiei. A Caroline vai morrer também?

──Não, á vi em minhas visões, Elena.

──Pela Hora que você falou, já está quase terminando essa maldição. ── disse Bonnie.

──Vamos então começar a prepara o ritual. ── disse Ariane.

──Bonnie, nós vamos acender as velas ── disse Lizzie.

──Sim meninas, nós não podemos perde tempo. ── disse Bonnie. Passou-se dez minutos e as bruxas sentiram seu poder voltar, os lobos voltaram a sua forma humana e Klaus voltou a ser um vampiro hibrido.

 Bonnie, lizzie, Josie e Ariane começaram a pronunciar algumas palavras de mãos dadas.

Fes Mato Tribum Salve Sorce Ridax Fes Mato Eliximo Monimum Etrinox Sorce Sotero Callux Oxtara.

 

O feitiço foi feito com sucesso.  Elena Damon, Bonnie e Stefan vão embora. Stefan ficou com raiva, pois queria dormir com as meninas, mas Elena não deixou. Josie e Lizzie ficaram para dormir com Ariane em sua primeira noite em Mystic Falls.

──Ariane, a minha mãe disse que nas férias nós vamos para New Orelans. ── disse Josie.

──Que legal, te garanto que você vai gostar muito. Lá é encantador.

──Eu também quero conhecer. Hope me falou que está namorando ── disse Lizzie.

──É verdade, ela está namorando, mas o pai dela não sabe.

──O Klaus é muito chato. Não sei como a mamãe gosta dele.

──O amor, não se explica Lizzie, apenas sentimos.

──Você tem namorado?

──Eu tinha um, mas acho que não tenho mais. Ele é lobo, Lizzie.

──E é bonito? ── perguntou Josie sorrindo.

──Sim, ele é alto e forte. ── disse Ariane sorrindo.

──Vamos comer bolo de chocolate que a Tia Elena deixou. ── falou Josie. ── Ariane sorriu e disse.

──Eu gosto muito de bolo de chocolate. ── Ariane tirou um pedaço pequeno do bolo e Lizzie disse.

──Ariane, pode tira outro, você tem que comer por dois. ── Ariane sorriu e perguntou?

──Como você sabe que eu estou grávida?

──Quando eu toquei sua mão para fazer o feitiço, e te digo que ele é igual a você. Tem magia.

──O pai do bebe sabe? ── Perguntou Josie.

──Não, ele não sabe. Melhor não saber.

──É do lobisomem? ── perguntou Josie.

──Não sua besta, é de outro, eu não senti genes de lobo nele.

──O pai é outro sim, meninas. Bom eu agora vou dormir, estou cansada.

──Nós também vamos. ── Todas foram dormir no mesmo quarto. As meninas não trouxeram roupa para dormir e usaram umas roupas que Elena matinha na casa.

 

                                                      NOLA.

 

 Klaus bateu na porta da biblioteca e Elijah foi com Caroline levar roupa para ele usar. Hope já estava bem e estava reunida com sua família. Klaus ficou sabendo de tudo o que fez. Ele pediu desculpa para todos.

                                 Em Riverdale.

Freya e Keelin se despedem de todos. Conno e Jhúlia também. As sete alcatéias querem a bruxa morta. Isso deixou Conno triste, ele gostava de Ariane, mas ela tinha feito algo imperdoável para seu povo. Jhúlia o incentivou a ser contra Ariane.

──Conno, Ariane não te ama, ela gosta do vampiro Original, se fosse um ritual para o povo dele ela já mais interferia.

──Será Jhúlia?

──Eu tenho certeza Conno. Esquece ela, pois o nosso povo vai acabar com ela.

──Isso mesmo meu irmão, a jovem ai tem razão. Não traia seu povo por uma bruxa que não te ama. ── Disse Hermione.

──Keelin, se souber do paradeiro da bruxa nos informem. ── falou o senhor Lodge.

──Sim farei com prazer ── disse Keelin se despedindo deles...

                           Continua....


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...