História A Voz do amor - Yamada x Aizawa - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Hizashi Yamada (Present Mic), Shouta Aizawa (Eraserhead)
Tags Boku No Hero Academia, Erasermic, Hizashi Yamada, Shouta Aizawa, Yamada X Aizawa, Yaoi
Visualizações 49
Palavras 3.348
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, LGBT, Misticismo, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


kkk, era para esse ter sido postado quinta, mas vai sabado msm

(hoje ou amanha, vou postar um capitulo para o aniversario do bb (atrasado mas ok) Sho, que no caso foi ontem, 8/11, e n deu de postar as negocia ontem, então vai ser hoje mesmo, ou amanha, tanto faz kk)

Capítulo 20 - Capitulo - 20


Fanfic / Fanfiction A Voz do amor - Yamada x Aizawa - Capítulo 20 - Capitulo - 20

[uma semana após Hizashi ter viajado]

Hizashi on

Mensagens on ~

[Amorzinho <333] – Estou com saudades...

[Mic] – Tbm to com sdds Sho, mas ainda tem que esperar até eu terminar de gravar as musicas

[Amorzinho <333] – eu sei...

[Amorzinho <333] – é que eu to com mt sdds msm

[Mic] – tais mt emotivo Sho, ta bem??

[Amorzinho <333] – to doente... de amor

[Mic] – você ta bebado ?!

[Amorzinho <333] – talvez...

[Mic] – pqp Sho, pq vc ta bebendo ??

[Amorzinho <333] – eu estava com sdds e, hoje é sabado então, fui comprar vodka

[Mic] – eu n entendi o que essas coisas tem haver com vc ir comprar vodka mas eu respeito

[Amorzinho <333] – eu to sentindo sua f4lt4

[Amorzinho <333] – Os alunos não apram

[Amorzinho <333] – param*

[Amorzinho <333] – de me encher...

[Amorzinho <333] – bakugou só fica “morre deku” pra la, “morre deku” pra ca, “SHIIIIIIIIIIINE”

[Amorzinho <333] – E O DESGRAÇA DO DEKU N SABE N QUEBRAR OS OSSOS MANO

[Amorzinho <333] – ta puta a Shuzenji

[Amorzinho <333] – não to nem brincando, logo logo ele vai la para a Shuzenji, “quebrei meu osso dnv”, ela vai falar “e Eu VoU qUeBrAr TeU cRaNiO mOlEqUeEeEeEe”

[Mic] – Sho, vai dormir, e para de beber

[Amorzinho <333] – beber é meu novo dom bb

[Amorzinho <333] – nunca vou parar

[Amorzinho <333] – se vai ver

[Amorzinho <333] – proa

[Amorzinho <333] – porra*

[Ligação perdida...]

[Amorzinho <333] – que ?

[Mic] – to preocupado com vc serio, atende por favor

[Amorzinho <333] – agora não da

[Ligação perdida]

[Amorzinho <333] – para Zashi, eu to bem

[Mic] – eu paro de ligar quando vc parar de beber e ir dormir, são quase tres da manha! Por favor!

[Amorzinho <333] – ... ok

[Mic]- me manda um video, de vc jogando a vodka na pia, agora!

[Amorzinho <333 enviou um video]

[Mic]- obrigado... agora vai dormir um pouco

[Amorzinho <333] – tudo bem... sinto muito ter te preocupado

[Mic] – tudo bem mozi <3

[Mic] -- eu te amo dms para ficar irritado com vc

[Amorzinho <333] – acho que n deveria me amar, sou toxico com vc

[Mic]- kk oq??

[Amorzinho <333] – sei lá...

[Mic] – vc só está bebado, vai dormir e vai ficar melhor <3

[Amorzinho <333] – tudo bem <3

[Amorzinho <333] – boa noite <3

[Amorzinho <333] – <3

[Mic] - <3

Mensagens off ~

Hizashi off

[3 semanas depois, 7 de novembro]

Aizawa on

Mama, UuhUuhUuh didn´t mean to make you cry, if i´m not back again this time tomorrow... ~

- nem ferrando... –eu olhei meu celular, espantado, havia passado a noite em claro corrigindo provas- qual é... –eu pegava o celular que estava do meu lado e desliguei o alarme, logo depois vendo a hora, 6:30 da manha- eu to fudido –eu me levantava da cadeira onde estava sentado a noite/madrugada inteira e me espreguicei, o que resultou na minha coluna estalando, juntamente das juntas dos braços, eu andei da zona que estava o quarto e fui até o banheiro, que estava um pouco melhor, mas ainda assim, tinha produtos para cabelo espalhados por todo o lugar e coisas assim- eu pareço a merda de um zumbi... –falei, olhando para as olheiras que insistiam em chamar a atenção, eu apenas suspirei e entrei no chuveiro, que por sinal estava queimado, e eu não consertei pq... pq eu não sei mexer nessas coisas, quem consertaria isso era Hizashi mas, né, um banho frio no começo da manha tbm é bom para acordar de qualquer modo-

[Quebra do tempo]

- Eu vou me atrasar, eu to fudido... -eu falava para mim mesmo pegando uma garrafa térmica que tinha café, faltava 10 minutos para as aulas começarem e eu havia demorado no chuveiro, eu logo saia de casa as pressas, subi na moto e fui em direção a U.A-

[Quebra do tempo, hora do intervalo, sala dos professores]

- Hey Shota –gritava Midnight no meu ouvido enquanto eu bebia um gole do meu café, que por sinal, não tinha uma grama de açúcar-

- o que foi Nemuri? –A olhei sem expressão-

- Eu, Nezu e os outros professores percebemos como vc ta tristinho ultimamente né... –a interrompi-

- Eu estou agindo como eu sempre ajo na escola... –esclareci-

- Cala a boca e deixa eu terminar –eu revirei os olhos, dando a ela a oportunidade de acabar sua fala- Nezu entrou em contato com Hizashi e com o primo dele lá, eles entraram em um tipo de acordo e tals... –eu arregalei os olhos e me levantei da minha cadeira ficando agora, mais alto que Nemuri- eh... bem, Hizashi vai voltar mais cedo da viagem dele –ela falou entusiasmada-

- Se vc estiver me zuando eu vou quebrar seu nariz com um soco...

- O que?? Calma, eu to falando sério, tipo, mesmo, Hizashi pegou o voo hoje ou ontem, não sei, vai chegar amanhã –ela falou, e a palavra “amanha” mexeu cmg, pq a visão do que antes era uma casa arrumada e agora era um puteiro de acumulador se estabeleceu na minha cabeça-

- puts... –falei a olhando preocupado-

- Não se preocupe Aizawa, imagino que queira se arrumar para a volta do seu amigo... eh, namorado –falava Nezu meio sem jeito- já coloquei um professor no seu lugar por hoje, por favor, vá para casa e faça o que deve ser feito... principalmente dormir, vc parece um morto vivo –o roedor falou, antes de sair da sala nervoso-

- Aí... ok... nesse caso, muito obrigado pelo presente, Nemuri, e, outros professores, agora, tchau –eu peguei minha bolsa, que parecia uma mochila na verdade, porém, com uma única alça, e sai em passos largos para fora daquele inferno escolar, subi na moto e tirei as chaves do bolso, dando partida no veículo onde eu estava, em poucos segundos, estava correndo pelas ruas, realmente, estava parecendo Hizashi-

[Quebra do tempo]

Assim que cheguei em casa larguei minhas coisas na cama e fui para a cozinha, botei a cafeteira em trabalho enquanto eu iria ajeitar a sala de estar, tinha roupas pelo sofá, sendo usadas como caminha do Gato.

(ELE N MORREU, PORRA)

Caixas de pizza na mesinha de centro, juntamente de latinhas de energético e cerveja, virei um tiozão desde que o Mic foi pra New York, credo

- Hora de trabalhar... –eu peguei meu celular e botei fones de ouvido, botava em aleatório na minha playlist de músicas do Queen, e assim limpei a sala de estar, ao som de “Somebody to love”, “Boheiman Rhapsody”, “We are the champions” e outros classicos do Queen-

(Aizawa fez uma pausinha para beber café, e depois limpou o resto da casa, obviamente)

[Quebra do tempo, 18:30]

- melhor o Hizashi voltar com a porra de um presente pra mim pq limpar essa desgraça de casa foi um inferno... –eu falei para mim mesmo me deitando no sofá, eu estava levemente suado e ofegante, usava uma calça legging e uma blusa manga curta preta, com o cabelo amarrado, e por algum motivo, estava com um avental de cozinha, eu coloquei ele quando fui limpar o banheiro, estava mexendo com cloro e não queria manchar minha roupa, mas agora, no meu avental de cor azul e rosa (tom pastel, óbvio), agora tinha uma macha avermelhada próximo dos bolsos-

“Meow”

- A não... –eu olhei para o Gato que vinha se enroscando nas minhas pernas, miando pedindo por comida- Gato... ah –suspirei e me levantei, indo até a cozinha, sendo seguido pelo bichano que andava todo feliz, já que ele dormiu o dia inteiro enquanto eu me matava a limpar, agora, ao contrário de mim, ele estava cheio de energia...- aqui... –falei colocando ração no potezinho dele-

“Toc, Toc, Toc”

- Caralho, eu não tenho um minuto de sossego nessa casa... –falei me ajeitando enquanto escutava as batidas na porta não cessarem, eu fui, meio irritado obviamente, atender a porta, ao abrir me deparo com uma moça de cabelos loiros e ondulados, mas não chegava a ser exagerado, estava usando óculos escuros, me impedindo de ver seus olhos, e estava com uma máscara no rosto, como a que usam quando estão doentes, porem era de tecido e era preta- ahm, no que posso te ajudar, senhora? –A moça na minha frente soltou uma risada anasalada, agora percebia, que eu tinha de olhar para cima para olhar a mulher nos olhos, olhei para os pés dele imaginando um salto alto, mas só vi um sapato comum-

- Sho, qual é, sou eu! –A “mulher” puxou a máscara preta para baixo, então eu consegui ver um bigodinho loiro estranhamente familiar, nesse momento ainda estava processando o que estava acontecendo, mas assim que ele tirou os óculos, pude ver os olhos esverdeados cheios de amor, os quais pertenciam a Hizashi, eu fiquei com minha boca entreaberta-

- Você voltou mais cedo do que me falaram que voltaria –falei abrindo um sorriso pequeno, porem realmente feliz-

- Yep, voltei, por você –ele falou botando a mão na minha bochecha, acariciando ela com o polegar- você está horrível, tem dormido? –Ele perguntou preocupado, enquanto guardava os óculos dentro da mala de mão que estava do seu lado-

- Bem, não, eu estou te cobrindo na turma U.A e, está sendo exaustivo... –falei o olhando, se espreguiçar, a viagem deve ser sido cansativo-

- Tudo bem, mas ei, aqui... para você –ele tirou uma caixinha pequena de dentro da mala e me deu, ela era azul bebê com bolinhas brancas, e tinha um lacinho rosa bebê, eu sorri, imaginava que era um tipo de joia, pulseira ou sei lá, mas quando abri a caixinha, fiquei surpreso vendo uma chave- bem, foi uma lembrancinha do meu primo e, né...

- Zashi, como...? –Eu olhei para ele, que sorria todo bobo, ele se virou um pouco e apontou para um carro que estava estacionado na calçada em frente nossa casa-

- Renault Duster, dourado, meu primo ganhou em um leilão criminoso, não gostou da cor e então, ficou para mim –ele apontava para si mesmo- quer dizer, para nós dois –ele apontava para as chaves do carro, que tinha um chaveiro fofo de gatinho-

- Puta merda Hizashi... –eu por um momento pensei em beija-lo, mas achei que como ele acabou de chegar, iria querer primeiro beber uma agua ou dormir, mas fui surpreendido quando ele puxou minha cintura e me roubou um beijo apaixonado, eu botei as chaves no bolso do avental e logo depois coloquei as mãos no pescoço de Mic, que no meio do beijo teve que interrompe-lo por causa de um sorriso que apareceu em seus lábios sem aviso- eu te amo, sabia?

- Eu acabei de te dar um carro novinho que eu peguei de um leilão criminoso, óbvio que vc me ama –ele abriu um sorriso convencido e eu apenas dei um tapa no seu ombro-

- Você é muito convencido, sua cacatua barulhenta –falei, antes de me afastar dele, o dando as costas, eu fui até a cozinha, com um sorriso no rosto enquanto escutava a porta ser trancada e passos atrás de mim-

- Cacatua o que?? Eu não sou barulhento –Hizashi me olhava inconformado, com cara de espanto- não mais que você, pelo menos –ele disse, mudando completamente sua expressão, para um sorriso irônico-

- Como é? Quando é que eu faço mais barulhos que você? –Eu botava um pouco de café em uma xicara, preta, básica-

- Ah senhor, eu posso fazer uma listinha dos momentos em que você fazia barulhos bem chamativos, e nossos vizinhos podem confirmar isso –ele falou com tanta naturalidade que me fez ter um arrepio, eu o olhei indignado-

- Você é podre! –Exclamei enquanto lhe dava um tapa em seu ombro, porem por instinto ele se virou e o tapa saiu nas costas dele, pela segunda vez já- esses “momentos” –fiz aspas com a mão livre, enquanto a outra segurava a xicara de café- não deveriam ser motivo de piada para você falar que eu sou barulhento –falei bebendo meu café, com as duas sobrancelhas arqueadas, tentado mostrar a Hizashi que estava “chateado” com o motivo de eu ser barulhento-

- Pelo amor Sho, não se faz –ele falou, já em meio a risadas encobertas pela sua mão-

- O que? Estou falando super sério –tentei manter a pose de durão em sua frente-

- Oh, ok, me perdoe, ó, Deus dessa casa, esqueci com quem eu estava tirando sarro –ele fez uma reverencia, o que fez alguns cachos caírem de seu ombro para frente de seu corpo-

- ... que porra vc fez no cabelo? –Perguntei frio, enquanto continuava a beber café-

- Ah, sim, eu deixei assim por uns dias, só para ver se ficaria legal, não achei que ficou tão ruim assim –ele agora, estava passando a mão pelo cabelo, ajeitando tudo que era imperfeição aos seus olhos-

- Ficou legal... –disse, vendo ele me olhar desconfiado- ...é, mas eu prefiro você de cabelo liso...

- Sabia que você iria reagir assim... –ele fez biquinho, e logo depois mudou seu olhar para alguns produtos de limpeza em cima do balcão- faxina, numa quinta?

- É que, a casa estava uma zona e você iria chegar logo, né, então... faxina na quinta, yey –eu comemorei falsamente-

- Isso é tão fofo Sho... limpou a casa só por minha casa –ele botou as mãos nas bochechas-

- A casa estava uma zona, eu já ia limpar ela de qualquer modo... –eu colocava a xicara, agora vazia, na pia para lavar depois-

- Mas limpou mais cedo, por “miiiim” –Hizashi comemorava como uma criança, mexendo as mãos no ar na altura dos ombros-

- cala a boca, e vai tomar um banho, tá fedendo a gringo... –ele apenas riu com o meu comentário antes de levar a mala dele até o quarto e ir tomar um banho, eu fui até o quarto para ir tirando as coisas de dentro da mala dele, mas parei de abrir o zíper da mesma ao ver o celular dele acender em cima da cama, com uma notificação bloqueada, mas era perceptível que era uma mensagem de texto, nesse momento, não sei por qual motivo, me enchi de ciúmes pensando na possibilidade de ele ter arrumado uma ou um amante, peguei o celular bruscamente e arrastei a tela para cima, vendo que tinha uma senha de 4 dígitos, após algumas tentativas falhas, o celular se bloqueou, e eu iria poder por mais senhas depois de um minuto, eu coloquei o celular em cima da cama novamente e comecei a tirar as coisas da mala e pôr em cima da cama, isso envolvia, um laptop, roupas, produtos para cabelo, objetos pessoais como, carteira e passaporte, por algum motivo ficava irritado por só ter o esperado ali, nada demais-

- Sho, você está bem? –Falou Zashi, colocando a mão sobre meu ombro, ele estava com uma toalha envolta da cintura- o chuveiro ta queimado né? n consertou pq? queimou agora ou?  eu arrumo depois ode deixar 

- Estou bem sim e... sim, o chuveiro ta queimado a um tempo porem eu n sabia arrumar então deixei assim –falei, sendo o mais convincente que consegui-

- Ok...? ei, o que acha de irmos ao cinema mais tarde? Pelo o que vi tem uns filmes bem seu estilo no cartaz, vou te mostrar... –ele falou sorridente pegando o celular, iria desbloquear ele se não tivesse com mais cinco segundos bloqueados, eu senti meu rosto esquentar de vergonha, mic me olhou confuso-

- Eu só queria ver quem tanto te mandava mensagens... –eu falei cruzando os braços-

- Vc parece uma criança... –ele falou, desbloqueou o celular e deu na minha mão- a vontade para ver quem tanto me manda mensagem –ele falou de um modo debochado, eu revirei os olhos e abri o aplicativo de onde ele havia recebido mensagem-

Mensagem on ~

[NemuriCaminhoneira] – HEY CACATUA

[NemuriCaminhoneira] – JÁ CHEGOU AI NO SEU CAFOFO??

[NemuriCaminhoneira] – hoje vou sair com um certo homem né... e eu preciso que você me ajude a escolher a minha roupa!

[NemuriCaminhoneira] – já que vc é uma diva que tem bom olho para isso né

[NemuriCaminhoneira] – mas eu não vou usar nenhum tipo de xadrez! Essa merda me deixa parecendo a sua avó

Mensagem off ~

- ... ok

- Já falei que você fica lindo admitindo seus próprios erros? –Ele falou pegando o celular de volta e jogando em cima da cama-

- Vai se fuder –eu olhei para ele, enquanto via ele segurar o riso-

- Só falar a hora bb, se for com você ainda por cima, pode ser agora –ele falou, não aguentando e começando a rir depois de ver minha expressão-

- Pelo amor de Deus –eu dei um tapa em seu ombro- põe a merda de uma roupa e vai ajudar a Nemuri

- Você que manda... –ele me deu um selinho antes de pegar uma muda de roupa e começar a trocar de roupa, eu saio do quarto antes que visse demais, eu sabia que se eu visse, Nemuri teria que esperar mais uma horinha até ter a ajuda de Hizashi-

(Mentira, só to com preguiça de escrever Lemon hoje)

[Quebra de tempo, 2:30am]

- ... –abri meus olhos, por conta do frio que sentia entrando por de baixo das cobertas, me virei, vendo que a onde Hizashi estaria deitado, estava vazio, pisquei algumas vezes, ainda carregado de sono, eu me levantei e fui até a cozinha, encontrando um Hizashi muito concentrado mexendo no seu laptop, ele estava tomando uma xicara de chocolate quente enquanto teclava naquele negócio meio irritado- Hizashi? –Ele me olhou, pude ver suas olheiras, parecia que ele não parou para tirar nem ao menos um cochilo desde que voltou da viagem, ele usava uma regata branca e uma calça preta bem folgada, suas meias eram de dinossauros, ele prendia o cabelo num coque todo bagunçado, já eu, um shorts folgado, uma blusa de star wars (eu tinha ela mesmo não sendo um fã desse filme) preta, com o vilão com problema de respiração na frente, não era mt visível já que era tudo preto (racismo)- não vem dormir? –Perguntei, cruzando os braços enquanto me aproximava dele-

- Não dá, tenho que terminar um ritmo... –ele virou a tela do laptop para mim, pude ver as diversas linhas sonoras se remexendo para baixo e para cima- eu vim para cá mais cedo, porém, ainda tenho trabalho para fazer, tenho que entregar esse som em dois dias e, quero fazer uma boa parte hoje, e –ele apontou para alguns papeis- planejar aula de inglês, uhull –ele comemorou da maneira mais falsa o possível-

- Ah, ok... –eu olhei para baixo, me culpando por antes estar feliz pela sua vinda, mas agora, ele está sobrecarregado com dois trabalhos, eu juntei minhas mãos, pensando que deveria ter avisado Hizashi pelas mensagens que estava tudo bem cmg aqui, assim ele não iria precisar vir mais cedo...-

-... –ele me olhou com pena, vendo o que se passava na minha cabeça- quer saber, acho que eu já fiz o bastante por hoje... –ele fechou o laptop e tomou um último gole da bebida quente, ele veio até mim e me abraçou- vamos dormir? –Ele sorriu para mim, o que, involuntariamente, me fez abrir um sorriso manhoso, ficar aquelas semanas sozinho talvez, talvez tenha me deixado um pouco carente, admito-

- Claro –eu retribui o abraço, envolvendo meus braços próximos da sua cintura, e fui surpreendido quando Hizashi afastou o abraço, envolveu meu braço no seu pescoço e puxou minhas pernas para cima do braço dele, enquanto o outro segurava minhas costas, eu o olhei confuso- segunda vez que faz isso já, pq?

- Estou treinando para o dia que te levar ao altar –ele sorriu, mas minha única reação foi deixar a boca entreaberta, fui ficando vermelho pela vergonha de não conseguir responder a aquilo- é... falei muito cedo? –Ele falou agora, envergonhado-

-... que nada... –eu dei um beijinho nele e logo depois pousei minha cabeça no seu ombro, então, fomos dormir juntinhos, e nos dois, com a imagem de nós dois no altar...-

 

(fim pq sim)


Notas Finais


especial do aniversario do Sho sai hoje ou amanha (o especial é um capitulo meio que normal, porem o especial é uma cena fofa e vai ter dois capitulos postados na mesma semana, o que é muita cosia contando que eu demorei um mes quase para postar esse aqui)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...