História A voz do coração ( Imagine Jungkook) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, J-hope, Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, V
Tags Irmandade667, Kook, Romance
Visualizações 88
Palavras 1.730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá irmandade estou de volta pra mais um capítulo.
Finalmente depois de muitos séculos retornei. Desculpa mesmo mais tudo nesses meses que se sucederam foi uma loucura pra mim estudar pra vestibular e Enem isso acabou comigo e me deixou desanimada e cansada de escrever.
Mas sou uma pessoa que cumpre suas promessas e lembro que eu disse que nunca desistiria . E isso é verdade agora eu voltei pra nunca mais ir embora 😉

Então Boa leitura ♡

Capítulo 9 - Felicidade clandestina ...


Fanfic / Fanfiction A voz do coração ( Imagine Jungkook) - Capítulo 9 - Felicidade clandestina ...

"Dizem que a chuva é período de preparo para um belo dia ensolarado, por isso mesmo que agora esteja chovendo muito em seu coração. Isso é um sinal de que logo ele estará mais belo do que nunca " 

Anime : Host Club 



"Ivy"


_ Ivy minha querida quando iria me contar de seu segredo? 

Sou surpreendida pela senhora Barker ou melhor Cecília como gostava de ser chamada . Eu estava na cozinha lendo uma revista aleatória, que encontrei levanto minha cabeça e percorro meus olhos em sua direção. 

_ Perdão, segredo?  Questiono confusa será que ela descobriu algo sobre ...

Não era impossível como poderia saber?


_ Sim, estou me referindo que está ajudando o jovem Jeon Jungkook então é verdade?  

Puxa uma cadeira e senta próxima de mim .

_ Ah sim, o Jungkook ele está me pintando para um de seus quadros, então sempre que der eu vou na casa dele . Digo esclarecendo dando um sorrisso pra disfarçar. 

Mas estou muito aliviada por não ser nada relacionado ao meu passado...


_ Pois bem eu acabei escutando sem querer de Bambam que estava comentando com Taeyhung, quando esteve aqui na pensão uns dias atrás mais isso é ótimo me conte como  vocês dois se interagem? Perguntava a senhora muito ansiosa por minha resposta .

_ Estamos indo aos poucos Jungkook  é um pouco difícil de se expressar, ele não teve muito contato humano e no começo era comum o afastamento contudo eu mostrei pra ele que não precisava dessa incerteza que poderíamos ser amigos é o que está acontecendo. 

Apoio meus braços sobre a mesa,  enquanto ela escutava tudo atentamente a cada informação dada por mim .

_ Fico muito contente de estar ouvindo uma coisa dessa, aliás eu sabia que desde que você pôs os pés nessa pensão, ou melhor veio para                                . Traria algo de diferente pra essa cidade á prova tá aí ninguém nunca se aproximou de Jungkook e inventam todas essas mentiras a seu  respeito, se fosse tão perigoso não seria   imprudente se aproximando do mesmo .

_ Tem razão eu tenho uma longa experiência que não se deve julgar um livro pela capa, a senhora tem que conhecê-lo ele é bem reservado e tímido mas com mais convívio Jeon vai interagindo. Afirmo 

_ Como vocês dois se comunicam?  

_ Eu sei a linguagem de sinais, aprendi no tempo da escola eu fazia um trabalho voluntário de ficar com crianças surdas, diferente de Jungkook  só não consegue falar ele escuta muito bem eu suponho que deve ter acontecido algum acidente no seu passado ...

Eu paro e volto em minhas memórias da imagem da cicatriz fina que percorria seu pescoço... ( Um lembrete para eu perguntar quando ele  quisesse me contar   )

_ Com tudo o que você está me contando me deu uma idéia, eu sou muito boa com aproximações e sei que amanhã é sábado será o dia que completará um mês que você está vivendo em                              deveríamos fazer uma pequena comemoração deveria convidar Jungkook pra vim o que acha? 

_ Eu não sei ele festas são duas palavras opostas, porém o que custa tentar. 


Sim era verdade ao longo desses últimos 10 anos já estava tão acostumada a ficar pouco tempo nos lugares, só que eu consegui ter uma estabilidade encontrei pessoas dispostas a me ajudar e antes  eu estava tão presa na minha infelicidade...

_ Eu sei que é complicado mais olha eu quero tanto conhecê-lo de verdade,  pede para Taehyung te liberar mais cedo do restaurante será  bem discreto de tardezinha no horário em que os inquilinos quase todos estão fora por favor .

Olho para ela era visível suas boas intenções como eu poderia recusar ?

_ Ok você venceu, não vou prometer que ele virá mas tenho uns truques pra tentar persuadir Jungkook. 

Encerramos nossa conversa me despedindo dela eu iria o procura de Jeon que eu tenha sorte e o encontre. 

*****************************


Sempre irei agradecer por estar morando numa cidade pequena logo já estava na Praça central da cidade.  Pelo horário que vejo na tela de meu celular 20:30 havia pouca movimentação as ruas eram iluminada apenas pelos postes de luz. 

Aproveito e dou uma percorrida pelo ambiente, nem um sinal dele ninguém á vista. Pelo visto não tive sorte essa noite no entanto começo a escutar passos de alguém correndo e de uma respiração ofegante não estava longe paro, e para minha alegria reconheço a sua figura encapuzada cobrindo suas feições. 

Percebo que ele diminui os seus passos até me avistar, confesso que meu coração se aqueceu nesse exato momento ele abre um pequeno sorrisso singelo o que importava quando estávamos frente a frente. 

_  Que surpresa agradável de encontrar Jungkook eu estava torcendo se eu te encontrasse . Digo meio sem jeito .

" Sim eu também fico muito feliz em te ver Ivy contudo é perigoso uma mulher ficar sozinha de noite "  Dita preocupado 

 Fico muito feliz em saber que se preocupa com sua amiga aqui . Dou uma leve pitada de humor em minha frase. 

"   Você comentou que queria me dizer algo o que seria? 

 Sabe o que eu não sei se você conhece a dona da pensão aonde eu moro a senhora Baker meio que irá fazer uma pequena celebração,  pois amanhã vai fazer um mês que eu estou vivendo nesta cidade eu gostaria muito que você comparecesse só que se não der você...

" Eu irei com prazer Ivy "

 Espera,  você é a mesma pessoa de algumas semanas atrás não deixava eu nem encostar em você agora aceita sair de sua casa parece que eu tenho alguma influência sobre você em . 

Eu Volto de novo com a brincadeira só que ele fica sério de repente.

"  Por você Ivy eu faço qualquer coisa se é importante pra você eu estarei lá " . 

Confesso que a sensação de antes volta instantaneamente, ele não percebe que não devia ficar dizendo pode soar inocente mais comigo...

_ Então tá um esteja umas 18:00 na pensão conto com sua presença. 

  "Até amanhã Ivy" .   O inesperado acontece rapidamente Jungkook desposita um pequeno selar em minha bochecha sem me encarar indo embora como veio .

Tenho que admitir coloco minha mão sobre minha bochecha beijada eu tinha gostado. Meus sonhos seriam bem mais agradáveis essa noite ...

*******************************


_ Você parece nervoso cara!  Comenta Taeyhung sem nenhum pingo de vergonha para o pobre rapaz que chegara pontual na pensão. 

_ Taehyung !  Dou um pequeno empurrão o repreendendo. 

_ O que foi que eu fiz?  Cruza os braços emburrado. 

Me volto com o olhar de " Você sabe muito bem "

E vou ao encontro de Jungkook. 

_ Você está ótimo.  Digo me referindo a como estava trajando um jeans escuro uma camisa social azul marinho e penteara o cabelo para os lados perfeitamente belo. 

Ele coça a nuca e desvia o olhar envergonhado. 

_ Aí Ivy não irá apresentar o seu novo amigo . Escuto Tae no fundo da sala. 

Revirei os meus olhos com sua insistência, dou sinal para que o Jungkook me siga . 

_ Esse é Kim Taeyhang ele é filho do dono do restaurante em que eu trabalho. 

Tae olha de cima em baixo para Jeon,  sério estende a mão que ainda incerto aperta seu comprimento. 

_ Assim me ofende Ivy,  não esqueça eu sou o gerente e o seu melhor amigo desde do dia que chegou aqui . O mesmo faz birra fazendo cara como se estivesse chateado já ia começar a manha. 

_ Finalmente o famoso Jeon Jungkook saiu de sua toca.  A figura de Bambam chega até onde estávamos e da um aceno que também nervoso Jeon repete ação. 

Era nítido que Jungkook estava desconfortável,  era lógico com a maneira indiferente que esse dois o trataram. Eu precisava fazer alguma coisa. 

_ Será que vocês dois podem parar,  Jungkook é meu convidado seus idiotas desse jeito o que eu falei sobre isso se esqueceram?  Peçam desculpa. 

Lanço meu olhar mortal para os dois . Eles parecem terem ficado arrependidos por suas atitudes .

_ Ah me desculpe é que estamos nos acostumando com todo esse lance, Hoseok infelizmente não pode estar aqui presente,  mas ele contou que teve uma boa impressão ao seu respeito venha me acompanhe vamos tentar de novo . Tae  junto com Bambam começam arrastar Jungkook pelos cômodos sem direito de escolha. 

Espero que esses dois peguem leve com ele ...

*************************


_ Vamos fazer um brinde à mulher mais atraente e bonita que chegou nos ultimos tempos ficamos muitos  felizes de tê-la conosco  Ivy Sibley . Tae conclui e Bambam Cecília brindam entre eles e Jungkook me dá um sorrisso confortante. 

E meus olhos sem perceber se enchem  de lágrimas eu não esperava por isso .

_ Assim vocês vão acabar comigo,   nunca pensei que em tão pouco tempo conheceria pessoas tão especiais obrigada Cecília por me acolher nessa pensão maravilhosa, Tae por dar emprego a uma estranha que você nunca tinha visto, até você Bambam que esgotou a minha paciência desde da primeira vez, no fim você Jungkook nos conhecemos bem pouco ainda mais acredito que cada vez mais seremos amigos .

_ Eu que não vou resistir, abraço coletivo. Tae diz todo saltitante e todos vem até mim .

Concerteza eu estava muito feliz esse é uma dos poucos momentos em que eu pudesse nunca me esqueceria...

***************************


Bônus 

10 anos atrás 


_ Vem Ivy estamos atrasados. Diz aquele que um dia fora o motivo de meus sorrissos. 

_ Estou indo . Digo  Escutando o mesmo resmungar do lado de fora,  rapidamente saio de casa tranco a porta do local que eu passei minha vida toda .

E o vejo estava com as mãos nos bolsos com a sua expressão rotineira. 

Por que eu fui tão cega?  Como eu não pude enxergar a escuridão que aqueles olhos transmitiam .

 Para de ser tão certinho seu exagerado ainda falta 30 minutos seu apressado pra ir na escola .

Ele me encara segura meu queixo e me fala uma frase que sempre irá ficar presa em minhas memórias. 

_ Não importa em qualquer lugar que esteja eu irei te encontrar não pode fugir de mim Ivy entendeu? 

Beija minha testa . Seu beijo era frio .


Eu era uma jovem patética não entendia no começo o que ele queria dizer realmente com aquilo, pois ele era acostumado a dizer esse tipo de coisa quase sempre . Eu deveria ter levado mais a sério essa frase se  arrependimento matasse...



 

    


 


 



  



  



 


Notas Finais


Espero que tenham gostado comentam o que estão gostando teorias eu leio tudo 😊😉

* Desculpem qualquer erro não revisei

Sempre que possível eu colocarei esses bônus que vão contar aos poucos o passado de ivy .

Então até daqui a pouco bjs 😚😙😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...