1. Spirit Fanfics >
  2. A Walk to Remember - Taekook >
  3. Four

História A Walk to Remember - Taekook - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!♥️

Capítulo 5 - Four


Fanfic / Fanfiction A Walk to Remember - Taekook - Capítulo 5 - Four

Desesperado. Era assim que Jeongguk estava. Já havia se passado duas semanas que os ensaios haviam começado e ele simplesmente não conseguiu memorizar nada. Tinha tentando de todas as formas. Deixou de sair para ensaiar em casa, mas nada havia mudado, não conseguia memorizar o roteiro. Estava junto de Yoongi, ambos sentados na varanda de sua casa, por incrível que pareça, Min havia aceitado lhe ajudar.

— Está pronto para admitir seu amor, Tommy? Suas palavras vão ser ouvidas e não só por mim.

— Corta essa Yoongi. Pronto só se for para o meu enterro. — Jeongguk levantou e fez uma cara dramática.

— Então eu irei te ensinar presta atenção! — Começou a falar.

— Eu estou pronto, irei declarar o meu amor. — Se deitou e começou a fazer gestos obscenos enquanto chamava o nome da Sra. Kang. — Aprendeu porque não irei ensinar de novo.

— Não tem graça, tá? Eu preciso decorar isso o mais rápido possível e eu não sei de absolutamente nada, então, por favor, para de graça e me ajuda!

— Olha, eu sou seu amigo e irei te ajudar. Amigos são para essas coisas, eu vou estar na primeira fila e vou até levar tomates. — Jeon riu com a piada dele, fazendo seu precioso toque de amizade com o segundo melhor amigo.

Continuaram ensaiando até a mãe de Jeongguk chegar lhe chamando para ajudar com as compras.

— Meninos me ajudem aqui por favor. — Cada um pegou uma sacola e entrou em casa, decidiram parar por ali já estava ficando tarde.

Taehyung

Depois de mais uma recaída, Taehyung se encontrava deitado em sua cama. SeokJin havia saído para comprar alguns remédios que estavam faltando, deixando Jihyo e Jimin cuidando do mais novo. Taehyung não se lembrava de como era sentir aqueles sintomas horríveis das outras vezes tinham sido leves, mas só que dessa vez não.

A falta de apetite e a fadiga voltaram muitos piores. Sentia como se estivesse prestes a explodir de tanta dor. Não conseguia nem ficar em pé sozinho e foi com a ajuda de Jimin que conseguiu se deitar de uma maneira confortável. Era quase impossível não sentir dor.

Jimin lhe lançou um olhar choroso estava com medo, muito medo.

— Ei não me olha assim, vai ficar tudo bem ok? — A verdade era que nem ele tinha essa grande certeza. O mais velho acabou soltando o primeiro soluço esse que saiu rasgando de sua garganta.

— Eu fiquei com tanto medo, Tae... eu fiquei com tanto medo de te perder! — Se permitiu derramar as lágrimas que estava segurando desde o ocorrido. — Eu te amo tanto, Taehyung. Tanto que dói. Eu odeio te ver assim eu estou tentando ser forte, mas não está dando.

Sentou-se com cuidado puxando o amigo para um abraço o apertado. Taehyung não conseguiu segurar as lágrimas e já estava chorando também.

— Eu também te amo, Jiminie, eu te amo muito. — Jimin levantou o olhar encarando o menino no fundo dos olhos, desceu o olhar até os lábios bonitos e os tomou para si.

Não era um beijo com segundas intenções, era um beijo cheio de amor e carinho. Taehyung amava Jimin e Jimin amava Taehyung, foram feitos um para o outro. Eram verdadeiras almas gêmeas. Quando crianças prometeram se amar e cuidar um do outro independentemente da situação e Jimin estaria ali para segurar seu amigo quando ele precisasse. Nunca abandonaria seu Soulmate por nada.

— Enquanto vida eu tiver eu vou te amar com todas as minhas forças, Jimin. Não duvide disso. — Jihyo entrou no quarto e viu a cena fofinha dos dois abraçados e logo se juntou também.

— Eu não sei o que aconteceu aqui, mas eu amo muito vocês dois.

Continuaram abraçados e contando histórias, queriam esquecer o ocorrido de mais cedo. Lembrar do que aconteceu era doloroso e no momento os três amigos preferiam sorrir.

Jungkook

Na vida precisamos tomar decisões que não queremos e eu estava fazendo isso, faltava apenas uma semana para o musical de primavera e eu não havia decorado nada, tínhamos ensaios toda segunda, mas nada entrava na minha cabeça. Parecia impossível. Porém eu tive uma brilhante ideia, iria pedir a Taehyung para me ajudar.

Estava andando pelos corredores do colégio a procura dele e, por sorte, eu o encontro guardando alguns livros no armário, essa era minha deixa, andei em sua direção.

— Taehyung. — Chamei logo recebendo sua atenção.

— O que você quer Jeon? Eu te conheço a tanto tempo e você nunca veio falar comigo. — Respondeu sincero.

— Eu preciso de ajuda com a peça ninguém melhor do que você para me ajudar.

— Jeon Jungkook, me pedindo ajuda. Tá bom eu vou rezar por você. — Respondeu e logo saiu.

— Taehyung, por favor, isso é para o bem maior. Hirai Momo merece que essa atuação seja impecável. — Fez beicinho.

Taehyung suspirou olhando para o menino. Sabia da fama do Jeon. Sabia também que SeokJin não ficaria feliz e nem seus amigos, mas o que custava ajudar. As pessoas mudam, certo?

— Tudo bem, eu irei te ajudar, mas com uma condição.

— Qual seria? — Perguntou.

— Tem que prometer que não vai se apaixonar por mim. — Disse sério.

— Isso vai ser moleza.

— Então fechado, nós vemos na minha casa. — Saiu deixando Jeon sozinho.

Esse que lhe deu uma última olhada e sorriu talvez não fosse tão impossível assim.


Notas Finais


Gostaram?
Bom eu queira avisar pra vocês que talvez eu demore um pouco mais para postar capítulo por conta da escola. Tá muito puxado pra mim, escola e trabalho então só talvez eu demore pra postar. Vou tentar máximo possível escrever o começo do Cap 7 essa semana.
E obrigada por lerem ♥️.
Escrever é o remédio de todas as minhas dores. Beijos 💘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...