História A White - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Tags Noah Schnapp
Visualizações 11
Palavras 845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Minha primeira fic... Espero que gostem.

Capítulo 1 - A Fuga


Fanfic / Fanfiction A White - Capítulo 1 - A Fuga

Bom... Meu nome é Larissa de Souza, tenho 16 anos e sou brasileira. Os meus pais são os maiores traficantes do Brasil. Aos 18 anos eu serei a dona do negócio. Mas eu não quero isso. Eu quero ser cantora. Por isso eu planeei uma fuga para New York, Warrensburg. Eu economizo dinheiro desde sempre. Na minha conta devo ter pelo menos 250.000,00 reais. Isso deve ser uns 65.000,00 mil dólares. Já tenho passagem e um apartamento aceitável. Vou viajar amanhã às 22:00. Eu só preciso que tudo corra como o planeado.

1 - Às 18:30 meus pais me chamarão para jantar. Eu irei comer como todos os dias.

2 - Quando acabar vou dar boa noite e dizer que estou cansada, ficarei no meu quarto até não ouvir nada, ou seja, meus pais estarão dormindo.

3 - Isso vai ser por volta dás 20:00. Pegarei a minha única mala e minha mochila e vou sair de casa. 

Um plano simples que de certeza vai dar certo. São 23:06 e eu vou dormir, pois amanhã será um longo dia.


No dia seguinte:

Acordei às 10:25, fiz as minhas higienes e desci. Como sempre meus pais sairam e somente Maria, nossa empregada, está em casa. Ela e Duda, minha melhor amiga, são as únicas que sabem do meu plano. Tomei café e ouvi meu telefone tocar.

Ligação on:

- Oi, Duda.

- É hoje. - ela disse triste - O pior é que estou viajando e nem vou poder te ver.

- Eu sei... mas não ae preocupa que quando eu chegar vou te mandar uma mensagem.

- Você deve fazer isso. - eu ri. Vi minha mãe entrar.

- Depois te ligo. Beijos.

Ligação off.

- Oi, mãe. - acima de tudo. Eu estou triste. Eu amo muito os meus pais. Mas se eles não entendem o que eu quero, eu terei de fazer isso.

- Bom dia, minha linda. - ela beijou a minha bochecha, enquanto eu me segurava pra não chorar.

- Onde está o pai?

- Serve esse? - ouvi o meu pai e o abracei - Bom dia, minha princesinha.

Eu conversei os meus pais e os dei atenção o dia inteiro. Eles com certeza estranharam, mas eu não liguei. Os abracei e os dei beijos, pois queria aproveitar aquele momento.

Q.D.T ( Quebra de tempo)

Olhei o relógio do meu quarto 18:01. Uma lágrima desceu. Enxuguei a mesma e desci. Meus pais estavam sentados na mesa, provavelmente a minha espera. Comemos em silêncio e no final olhei o relógio: 19:03. Segurei as lágrimas e me levantei.

- Mãe, pai, eu estou cansada. Preciso descansar um pouco. - fui até eles e depositei um beijo nas suas bochechas - Eu amo vocês.

Subi até o meu quarto e tranquei a porta. Me joguei na cama e, sem perceber, comecei a chorar. 

Alguns minutos depois o silêncio reinou na casa. Só podia ouvir os grilos e os poucos carros que passavam. Troquei de roupa e pus a mochila nas costas, peguei a minha, pequena, mala e desci as escadas. Estava escuro e silencioso. Abri a porta devagar e sai da casa, deixando uma lágrima escapar. 

Chamei um táxi e falei que queria ir até o aeroporto. Uma hora depois chegamos no mesmo. Entrei com as minhas coisas e fui fazer o check-in. Meu nome agora é Megan White, tenho 16 anos e vou fazer intercâmbio nos EUA. 

Q.D.T

Estou no avião a caminho de NY. Uma menina que aparentava ser um pouco mais nova que eu se sentou ao meu lado. Ela vestia uma camisa com o nome "Stranger Things" estampado. Eu não sei o que é, por isso fiqueo calada. Espero que as aulas de inglês particulares tenham servido pra alguma coisa.

Peguei o meu fone e comecei a ouvir Mercy do Shawn Mendes. Fechei os olhos e adormeci.

▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪

Acordei com a menina me cutucando. Tínhamos chegado. Ao perceber que eu tinha acordado ela sorriu e foi embora. Peguei a minha mochila e saí também. 

Peguei a minha mala e fui até a saída do aeroporto. No caminho vi uma multidão de pessoas olhando pra algo. Li a placa de um rapaz que estava no meio das pessoas. "Stranger Things" de novo. Voltei a caminhar, entrei no táxi e disse o endereço. Acabei adormecendo.

Acordei com o senhor do táxi dizendo que já tinhamos chegado. Saí e peguei as minhas coisas. Fui até o meu apartamento e bati na porta. Uma moça  que aparentava 25 anos abriu. Ela explicou que estava a minha espera e que o apartamento é mobiliado. Disse que o mesmo já estava no meu nome e que já estava tudo pago. Ela foi embora e eu entrei.

Era um apartamento lindo. Tinha uma vibe preto e branco com móveis modernos. Uma Tv média e um sofá pra três. A cozinha era média, um quarto com uma cama de casal, uma penteadeira, um closet e um móvel de escritório para pôr o meu computador. Um banheiro com uma banheira e um box, era razoavelmente grande. Uma varanda pequena e um armário embutido na parede do corredor. Ok... o apartamento é incrível!

Voi arrumar as minhas coisas e irei fazer a matrícula na minha nova escola.















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...