História A White - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Tags Noah Schnapp
Visualizações 19
Palavras 1.244
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie

Capítulo 2 - O Famosinho


Fanfic / Fanfiction A White - Capítulo 2 - O Famosinho

Acordei cedo e fui até a escola andando, pois a mesma era perto do meu apartamentos. Fiz a inscrição como Megam White. Começo amanhã às 8:00. Volto pra casa e me olho no espelho. Os meus longos  e lisos cabelos pretos, passam da cintura. Os meus olhos negros, não deixam visíveis as minhas pupilas. Percebi que tenho longos cílios. A minha pele branca realça as minhas sardas. Os meus lábios carnudos e vermelhos, perfeitamente, desenhados, estão descascando, devido ao frio. Voltei a atenção, novamente, ao meu cabelo. Sorri de lado, peguei a minha carteira e fui ao salão de beleza, que fica embaixo do prédio onde moro. 

Entrei e esperei a minha vez. Disse ao rapaz, que aparentava ter 30 anos, que gostaria de cortar o cabelo acima dos ombros. Cerca de uma hora depois, o meu cabelo que, há pouco, era longo, agora está curtinho. Paguei e comprei os livros e materiais escolares na papelaria. Voltei pra casa e liguei a Tv.

▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪

Acordo às 7:00 e faço as minha higienes. Visto uma calça jeans preta cintura alta, com uma blusa branca curta de manga. Ponho tênis adidas e ponho um gorro cinza pra completar. Pus o casaco preto e botei mochila nas costas. Pego um maçã e começo a caminhar até a escola. 

Chegando lá vejo umas meninas gritando histéricas do lado de fora. Entro na escola e vou até a diretoria. Ela me indicou a minha sala e eu fui até a mesma. Não tinha ninguém, pois o sinal ainda não havia tocado. Sentei na cadeira dos fundos e comecei a ouvir música no fone. De repente, um menino alto de cabelos lisos e castanhos, entra e tranca a porta. O olho assustada.

P.O.V's Noah

Chego na escola e umas meninas começam a correr atrás de mim. Entro na minha sala de aula e tranco a porta. Vi uma menina sentada na cadeira dos fundos. Ela me olhava assustada. Ficamos em silêncio por um tempo.

- Oi... - ela disse quebrando o silêncio infernal.

- Oi... - eu disse. Ela não sabe quem eu sou?

- Meu nome é Megan. Megan White. - ela se levantou e veio até mim. A menina tinha curvas perfeitas. Olhos negros e sardas. Cabelos pretos curtos e lisos. Feições perfeitas. É linda. - Tá tudo bem? - ela disse estalando os dedos na frente do meu rosto.

- S-sim. - eu gaguejei - Você sabe quem eu sou? - perguntei curioso.

- Deveria? - ela levantou uma sobrancelha e sorriu sem mostrar os dentes.

- Eu sou o Noah Schnapp. Ator de Stranger Things. - eu sorri pra ela.

P.O.V's Larissa

"Stranger Things"? O da camiseta? A placa no aeroporto? 

- Ah sim. Eu, realmente, não sei o que é? - eu ri de leve.

- É uma série de televisão. - ele disse sorrindo - Quem sabe um dia eu não te mostro. - ele piscou um olho.

- Quem sabe um dia. 

O sinal tocou e eu me sentei no meu lugar. Para a minha surpresa ele se sentou ao meu lado. Os alunos entraram e se sentaram. Ouvi cochichos, mas ignorei. O professor entrou sorridente.

- Bom dia, alunos! - ele "gritou" - Como foram as férias? - o achei legal de primeira. - Hoje temos uma aluna nova não é mesmo? - ele me olhou. - Pode se apresentar?

- Claro. - me levantei - Meu nome é Megan White, tenho 16 anos e sou brasileira. - novamente os cochichos. Me sentei e o professor começou a aula.

▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪

A aula, finalmente, acabou. Arrumei as minhas coisas para voltar pra casa. Me levantei e senti uma mão no meu braço. Olhei pra trás e vi o Noah.

- Me dá seu número. Assim podemos conversar. - sorri e passei o meu número pro mesmo.

Saí da escola e voltei pra casa. Me joguei no sofá e fechei os olhos. Fui até a cozinha e me lembrei que ainda não fiz compras.  Fiz os trabalhos de casa e ouvi meu celular tocar. Número desconhecido. Atendi.

- Alô? 

- Oi, Megan. É o Noah. 

- Ah... oi, Noah. Tudo bem?

- Sim... é que eu vou ao shopping com uns amigos... e te liguei pra perguntar se quer vir.

- Claro... mas eu não sei onde fica o shopping! 

- Me passa o seu endereço e nós vamos juntos.

Conversamos mais um pouco e ele disse para eu me arrumar. Desliguei e troquei de roupa. Pus uma macaquinha longa cor vinho com um tênis cano médio branco. Penteei o cabelo e deixei solto. Me sentei no sofá e liguei a Tv em um jornal.

"Hoje, fomos enformados que Larissa de Souza, filha dos maiores traficantes do Brasil, está desaparecida desde ontem. A menina de 16 anos..."

Eu desliguei. Uma lágrima escorreu e eu tratei de limpar. A campainha tocou e eu abri a porta.

- Oi, Schnapp. - sorri.

- Oi, White. - ele sorriu - Vamos?

▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪

Chegamos no shopping e logo gomos até um grupinho de pessoas.

- Finalmente! - a ruiva exclamou.

- Tive que buscar a Megan. - ele riu de leve.

- Então essa é a famosa Megan? - um rapaz alto de cabelos pretos e encaracolados perguntou.

- "Famosa"? - sorri sem mostrar os dentes.

- O Noah desde hoje de manhã, não para de falar de você e... - um loiro começou.

- Então, vamos comer? - Noah a interrompeu. As suas bochechas estavam levemente coradas.

- Você foca fofo corado. - apertei as suas bochechas e ele corou mais.

- Megan, esse são Finn, Gaten, Caleb, Saddie e Millie. - ele disse apontando para cada um.

- Já shippo. - Millie sorriu me fazendo corar.

- Finn, ela até parece um pouco com você. - o Caleb disse e Finn me olhou.

- Verdade! - dissemos ao mesmo tempo. Rimos juntos também. - Até parecemos um pouco. - dissemos novamente juntos. Gargalhamos.

- Eu gostei dela. - o Finn disse com um sorriso simpático.

Foi diferente. Parecia que eu conhecia Finn há anos. Decidimos ir comer primeiro. Parei no Mcdonald's e fiz o pedido. Fiquei sentada comendo junto com o Noah, enquanto o restante pedia as suas comidas. Notei a sua cara emburrada e não pude deixar de rir.

- Tá rindo do quê? - ele me olhou ainda sem sorrir.

- De você, bobão! Que cara emburrada é essa? - disse com a boca franzida.

- É só que você só fala com o Finn e esqueceu da minha existência. - ele disse sério e eu gargalhei.

- Ficou com ciúmes? - perguntei debochada. Ele desviou o olhar e não respondeu. Beijei a sua bochecha o fazendo corar - Eu não esqueci de você. 

- Hum - disse ainda sem me olhar.

- Noaaaah - eu disse fofa - Olha pra mim... - ele não olhou. Virei seu rosto o fazendo me olhar. - Não precisa ficar com ciúmes.

- Eu não fiquei com ciúmes! - ele exclamou.

- Ah é? Que bom... porque eu acho que tô gostando do Finn. - disse segurando o riso.

- O QUÊ?! - ele arregalou os olhos e eu gargalhei.

- O que o casal tá fazendo? - Gaten se sentou ao meu lado.

- Não somos um casal. - disse ainda rindo do Noah.

- Do que você tá rindo? - Noah perguntou ainda emburrado.

- De você! - eu parei de rir com a barriga doendo de tanto o fazer. Ele sorriu de leve. 

▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪

Foi um dia legal. Noah me ajudou com as compras da casa e me deixou em casa. Agradeci ao mesmo e ele foi embora. Arrumei as coisas na cozinha e tomei banho. Pus um pijama e escovei os dentes. Adormeci devido ao dia cheio de hoje.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...