1. Spirit Fanfics >
  2. Abandonada. >
  3. Chapter one- A volta.

História Abandonada. - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!❤

Capítulo 2 - Chapter one- A volta.


Fanfic / Fanfiction Abandonada. - Capítulo 2 - Chapter one- A volta.

Eh... estou de volta, mas dessa vez, mais madura, mais forte, ou seja, totalmente mudada. Depois daqule fatídico dia em que fui deixada de lado e tive meu coração junto com meus sentimentos esmagados por quem eu amava, comecei a treinar, fiz vários cursos sobre vários assuntos e comecei a trabalhar para não depender de ninguém. Aquela garota tirou tudo de mim; melhor amigo, família e o principal: o amor que eu amava receber e que tinha curado minhas feridas do passado, porém com a chegada daquela menina, novas feridas se abriram. Admito que  foi tenso sobreviver com apenas 10 anos de idade nos subúrbios de Danafor, é a cidade dos famosos também tem seu lado sombrio e esquecido. Agora estou de volta á Liones e indo para o meu novo apartamento.

Sinto meu celular vibrar e o pego de dentro da bolsa logo o atendendo.

- Alô?

- Yo, mana! - Fala uma voz que eu reconhecia a quilômetros de distância.

- Yo, Ban! - Ban é meu irmão mais velho, não de sangue, porém nos tratamos como se fôssemos. Nossa história não é muito complicada de se entender; eu ia ser estuprada, ele me salvou, me levou para sua casa e me apresentou seu irmão e seu pai, que por grande coincidência, era o chefe do crime mais poderoso de Danafor. Depois disso nós quatro nos tornamos uma família.

- Tem um carro te esperando na porta do aeroporto, ele que vai levar você até o seu novo apartamento.

- Ok, estou ansiosa para ir para a escola amanhã.- falo e logo após desligo o celular enquanto segurava na coleira de Yuko e pegando Natsumi no colo. Yuko é minha cachorra e Natsumi é minha gata, as adotei lá em Danafor. Yuko é uma cachorra da raça Akita, cães dessa raça são muito observadores, e seus ataques são extremamente certeiros já que ele estuda as vítimas antes de tomar qualquer atitude. São independentes, não do tipo que faz muita festa, mas podem proteger seu território e sua família até a morte se necessário. Já a Natsumi é uma gata da raça Angorá, os gatos dessa raça estão entre os mais inteligentes das raças de gatos. Possui um caráter equilibrado e também afetuoso, é uma gata muito dócil, alegre e brincalhona.  Costuma gostar muito de mimos e é muito apegado aos seus donos com devoção. Como eu sei disso? Simples, pesquisei no Google.

  As duas vieram comigo no avião, não no mesmo lugar que eu, mas vieram.

Ando calmamente até o carro e entro seguida dos dois animais em meu encalço. O caminho segui-se em silêncio, aproveito esse tempo para pensar em Zhivago. Ah, esse homem curou as feridas que aqueles idiotas causaram, apesar de comandar uma grande máfia, ele era um ótimo homem e era melhor ainda como pai. Foi uma tristeza muito grande quando descobrimos que ele morreu. Eu chorei por dias, mas Ban me consolou, mesmo ele sendo um dos mais afetados com a morte inesperada do nosso pai. Acredito que nunca tenha superado por completo.

-Senhorita Death?-chamou o motorista me tirando de meus desvandeios.

-Sim?- pergunto.

-Chegamos.-diz curto e sério.

- Ah, claro. Obrigada.-digo saindo com meus lindos pets.-Poderia levar minhas malas, por favor?

-Claro, senhorita.-respondeu abrindo o porta-malas e retirando minhas três malas nas cores preto e rosa claro.

Olho para o prédio residencial e percebo que o mesmo não é tão grande como Ban havia dito, na verdade era um prédio bonito e normal.

(...)


-Obrigada.-suspiro e fecho a porta assim que o motorista de antes passa pela mesma.

Assim que olho para o lugar me deparo com uma sala bem bonita.


  Viro para a esquerda e sigo por um pequeno corredor até chegar em uma porta branca, deduzi que aquele cômodo seria o quarto. Errado. Era um banheiro para visitas, bonito, mas não era o que eu queria encontrar no momento.

Fui mais adiante e parei na última porta do corredor. Aquilo só poderia ser o quarto. Dessa vez eu estava certa, era um quarto lindo e com uma bela Vista por sinal.

Quando se chegava perto das janelas podia-se ver a metrópole movimentada de Liones. Observo o quarto mais detalhadamente e percebo as duas camanhias embaixo das janelas. Achei extremamente fofo a atitude de Ban ao colocar aquilo ali. Elas eram lindas! Quando percebi, Yuko já havia se apossado da primeira cama.

Olhei para o lado e Natsumi já havia se apossado da segunda cama.

Ri com a velocidade das duas a deitar e dormir. Pareciam ser gêmeas, mesmo sendo de espécies diferentes.

Segui para uma das portas que tinha dentro do quarto e me deparo com o banheiro do quarto. Era bonito e nas cores do quarto, assim, combinando com o ambiente.

(...)


Agora estava deitada no sofá com Natsumi e Yuko. Eu estava comendo pipoca enquanto assistia algo qualquer na Netflix. Claro que só depois de ter arrumado minhas roupas no guarda roupas.

Quando fui fazer a pipoca reparei que a cozinha daqui até que é bem bonita, Ban havia caprichado na decoração do lugar. Não precisei me preocupar com a comida porque o mesmo já havia feito as compras do mês e enviado para cá. Ele cuidava muito de mim por eu ser sua irmã mais nova.

Quando me dei conta, estava tarde e eu precisava ir dormir para ir a escola no outro dia. Me levantei junto com as duas pets e fui para cama, e elas foram para as suas. Eu estava vestida somente com uma blusona branca e uma calcinha de renda preta. Assim que deitei, senti meus olhos pesados e logo não vi mais nada.


Notas Finais


Até o próximo Capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...