1. Spirit Fanfics >
  2. Abecedário Do Amor >
  3. Aquela garota... - Cap 2

História Abecedário Do Amor - Capítulo 2


Escrita por: e moon_chill


Notas do Autor


OIEEEEEEEEEEEEE

AAAAAAH, MAIS UMA HISTÓRIA!!!! E COM NOSSA CO-AUTORA @moon_chill!!!

Okay, okay, estou devendo muitos capítulos, mas essa era uma fanfic que à muito tempo vem sendo elaborada, mas nunca saiu das conversas de Whatsapp kkkkkkkk. Bom, cá está no Spirit!

Espero que gostem, feita com muito amor okay:)

Boa Leitura:3

Capítulo 2 - Aquela garota... - Cap 2


Fanfic / Fanfiction Abecedário Do Amor - Capítulo 2 - Aquela garota... - Cap 2

IM JAEIN

Ah, ótimo! Trabalho, trabalho em equipe!

Para ser bem sincera, eu e seres humanos normais não nos damos bem – por mais que eu seja uma –, não tenho capacidade para fazer amizades, é muito difícil. Não sei como ando com as pessoas que ando – que por um acaso são só homens –, acho que é por causa do meu irmão e meu melhor amigo.

Bem, eu, Im Jaein, tenho 24 anos e estou no último ano do curso de fotografia. Então – como dito – meus amigos são só homens, ou garotos nojentos e sem educação, mas eu amo eles. Logo no começo do segundo ano conheci Kim Yugyeom, 23 anos, mais de 1,80, um gatinho. Isso mesmo, um gatinho, um gatinho medroso! De longe Yugyeom parecia aqueles que pegava geral, mas depois de un tempo de amizade... Confurmei totalmente como ele é um bebezão que eu protejo.

– Senhorita Im? – A voz da professora invadiu meus devaneios. – É a sua vez de sortea.

Apenas me levanto descendo alguns poucos degraus indo até a mesa da professora e tirando um papelzinho da urna.

E droga!

Não era Mark Tuan, mas sim o irmão caçula dele!

– Kunpimook... – Falei sem muito animo.

Ah Mark Tuan... Por que tinha gostar logo dele? Tantos homens por ai e tinha que parar nele!

Mark Tuan, 26 anos, 1,75 de altura, norte americano e muuuito lindo. Seu que sou uma baita iludida por ele, mas eu já peguei le algumas vezes olhando para nossa mesa no refeitório – ou era fanfic da minha cabeça. Kunpimook Bhuwakul é seu irmão mais novo – que por acaso é o crush do Yug –, 23 anos... Eu vou parar com isso! Parece uma ficha criminal!

O sinal tocou e fomos dispensados, comecei a arrumar minhas coisas quando percebi alguém se aproximar. Era Choi Youngjae, um dos meus amigos.

– Jaein-ah, você não ficou pra baixo só por não ter tirado o Mark, não é? – Tapei sua boca de imediato, até que todos tivessem saído.

– Tá maluco?! – Sussurrei alto.

– Ya, me responde! – Disse rude.

– Ya, eu sou mais velha! – Gritei. – Tenha respeito o falar! – Abaixo o tom de voz.

– Aish... – Resmungou fazendo um biquinho muito fogo. – Noona, voltando, olhando para o lado bom, você vai conhecer a casa dele.

É, não pensei nisso, mas eu não iria ficar com ele e sim com o irmão dele.

O trabalho era com suporte dos alunos se design; temos que fazer uma sessão de fotos e mandar para o e-mail da professora. Hahaha! Claro que não é tão fácil! Dois alunos; um do design e outro da fotografia, o de design teria que desenvolver 3 looks diferentes dentro de 500.000 wons, o da fotografia tem que fazer um álbum com 10 fotos – perfeitas – de cada look.

Na teoria é super fácil...

– Não importa, vou ter que tirar fotos do Kunpimook.

– Pense no Yug e faça algumas cópias pra ele. – Piscou e eu apenas revirei os olhos.

Coloquei apenas uma alça da mochila, sendo acompanhada por Youngjae. Passamos no prédio de engenharia para buscar meu irmão e Jinyoung – mais um dos macho. Park Jinyoung, 25 anos e o príncipe so grupo, tão patético.

– ...e então, nossos olhares se encontraram... –  Jinyoung saiu da sala falando algo para Jaebum.

– Quem? A crush que pede seu cardeno emprestado? – Youngjae zombou.

– Não diga assim, esse é o único jeito deles trocarem palavras! – Jaebum reforçou.

– Ya, qual é o problema se vocês? – Passo o braço em volta do de Jinyoung. – Não se preocupe, Oppa, vou investigar essa garota.

– Obrigado, Jaein-ah. – Saímos andando na frente dos outros dois. – Acho que precisamos de mais garotas...-

Oe! Eu sou o suficiente! – O repreendo.

Sou a única garota desse grupo e vou continuar sendo?


(...)


– Ya, isso é meu! – Jackson gritou com Youngjae. – Coma a sua comida!

Havíamos passado no prédio de música para busca Jackson e Yugyeom.

Jackson é o mais velho do nosso grupinho, mas às vezes parece o mais novo. Quase sempre age como uma criança birrenta. Tem a mesma idade que o Mark, mas Jackson é um grande pateta. Isso quando quer. Jackson Wang e uma pessoa totalmente diferente nas festas, a criança birrenta some e no lugar surge um pegador!

– Gente, vocês souberam que Jeon Somin do segundo ano de informática tava de rolo com o Taehyung? – Yugyeom comentou.

– Taehyung? Aquele do topete? – Jinyoung perguntou confuso.

– Sim. – O Kim afirmou. – Alguém viu eles no bem bom lá no ginásio.

E que a fofoca comece.

– Bem que eles estavam muito juntos esses dias... – Digo pensativa. – ...pra lá e pra cá com risadinhas.

– É... Queria eu estar assim... – O Choi ali jogou a indireta, fazendo todos encararem o Im mais velho.

– O que foi? – Jaebum disse inocente. – Por que estão me olhando assim?

Resmungamos algumas palavras como "Tão lerdo!" enquanto negavamos.

Rapidamente olhei para a cantina e pude vislumbrar os dois irmãos, mas... Mas tinha uma garota... Uma garota com eles não fazia sentido...

– Yug, quem é aquela? – Apontei discretamente para a mesa onde haviam sentado.

– Nunca vi...

Ambos ficamos encarando os que estavam na outra mesa, deixando evidente o desconforto pela presença daquela garota. Somos melhores amigos que gostam de dois irmãos que estão sentados com uma garota, é claro que seria desconfortável. Ninguém gostaria de ver a pessoa que gosta com outra, certo?

– Devemos investigar? – O mais novo me pergunta.

– Já que amanhã vou encontrar Kunpimook, posso dar uma investigada. – Ditei cada palavra sem tirar os olhos da mesa.

– Encontrar o Kun? Pra quê?

– Trabalho com suporte.

Heol! Nós nunca temos isso... – O Kim apoiou o queixo na mão e apoiou o cotovelo a mesa demonstrando decepção. – Será que devo ir à um xamã?

– Deixa de loucura, Yugyeom! – Dei um tapa na sua nuca tendo a atenção de todos na mesa. – O quê?

– Já estão fofocando dos príncipes encantados? – Jackson disse logo começando a rir.

– Hahaha, muito hilário, Sr. Wang... – Reviro os olhos.


(...)


Aigoo, como é bon estar em casa.

Tirei meus sapatos na entrada e corri para o sofá, me atirando ali no acolchoado e relaxando.

– Nem relaxe muito, daqui a pouco é hora do seu trabalho. – Jaebum disse, irritante como sempre.

– Hyung, pelo menos deixe que descanse um pouco. – Jinyoung disse sentando ao meu lado.

Sim, Park Jinyoung mora conosco.

Ele e Jaebum são amigos de infância, melhores amigos, são tão unidos que parecem que nasceram grudados! 

Eu e Jaebum não nos damos muito bem com nossa família, fugimos de casa quando eu tinha apenas 10 anos e meu irmão 12, fomos criados por uma senhora bem pobre, mas ela nunca deixou que nos faltasse algo.

Jinyoung sempre ia lá – sabendo que havíamos fugido – nos ver com frequência, hoje em dia, moramos os três juntos.

– Isso mesmo! – Solto um suspiro. – Por que você não é meu irmão?

– Ya, sua ingrata! – Jaebum gritou no fazendo rir.

Levantei indo até o quarto e pegando roupas limpas e minha toalha, afim de tomar banho e assim o fiz.

– Aquela garota... – Sussurrei me despindo e indo até o chuveiro, ligando o registro e deixando a água passear em corpo.

Estava pensando profundamente se eles tinham algo. Não sei se posso denominar isso como ciúmes, mas não me sinto bem em relação a ela. Será que era só eu ou Yugyeom também estava assim? Tenho que parar antes que eu faça besteira, afinal, nós mal nos falamos.

Estou falando de Mark Tuan.

Mark tem um sorriso tão lindo, e hoje eu o vi sorrir muito para aquela lá, era muito bom ver seu sorriso, mas me dava angústia de ser por ela.

Saí do banho vestindo minha roupa ali no banheiro mesmo, passei no quarto deixando a toalha e pegando meu celular fui para a  sala.

Wuah! – Jinyoung soltou. – Tuan Grup, eles vão dar uma festa para comemorara saída do presidente. Daebak!

Tuan Grup? – Me sentei ao seu lado, prestando atenção no noticiário na TV.

Os pais já haviam se divorciado uma vez, a Sra. Tuan teve um caso com um homem na Tailândia – durou doía anos –, mas Sr. Tuan acabou voltando e considerou muito Kunpimook.

Como seu disso? São chaebols! É fácil saber da vida deles.

Uma mensagem do Kakao chega e me surpreendo ao ver que é Mark.

12:22PM.

"Será que podemos conversar?"


Notas Finais


Hm.... O que é que ele quer ein? Quem sabe? Kkkkkkkkk

Agora é com você @moon_chill, próximo cap do Yug ein pessoas:3

Até mais😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...