História Abel e os três reinos - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Gay, Lemon, Medieval, Mistério, Romance Gay, Sobrenatural, Yaoi
Visualizações 2
Palavras 1.445
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Harem, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Éééééééééééé oi

Eu sei, eu sei que levei 2 meses mais ou menos para postar um novo capitulo e que deve ter pessoas com vontade de me degolar, mas vcs tem que entender que eu só consigo escrever quando me vem a inspiração se não não sai nada.

Aproveitem o capitulo e leiam as notas finais por favor! 💝💝💒💒

Só avisando hoje o capitulo ta um nojo de tao romântico, ate eu estava vomitando corações enquanto escrevia de tao meloso que esta, mas depois de um extra regado de um pouco de risadas nada melhor do que um pouco(muito) de romance.

(Na imagem é a aliança do Abel)

Capítulo 28 - "Pedido"


Fanfic / Fanfiction Abel e os três reinos - Capítulo 28 - "Pedido"

     Não me lembro muito bem oque aconteceu enquanto Orion tomava posse do meu corpo ou melhor lembro vagamente de falar com Orion mentalmente, mas não sei ao certo sobre o que conversamos.

     Acordei meio assustado e não sabia ao certo onde estava até sentir uma mão alisando minhas costas gentilmente o que me fez assustar e me virar bruscamente tentando observar o ser que me tocava.

     - Eu te assustei meu amor?! – diz Ulisses com um olhar um pouco preocupado.

     - Um pouco... – digo suspirando mais calmo.

     Olho para o rosto preocupado de meu amado e logo me lembro de ver se não o machuquei já que não me lembro de quase nada do Ritual.

      - Amor! Você esta bem?! Não esta machucado né?! – digo vasculhando seu musculoso corpo enquanto ele da leves risadas.

     - Abel, Abel!! Eu estou perfeitamente bem, calma amor você não me machucou e nem vai machucar, OK?!- disse Ulisses pegando em meu rosto firmemente para depois deixar um leve carinho nas maças de meu rosto o que me confortou e me deixou mais calmo e leve - Quer dormir mais um pouco?! Ainda é muito cedo – disse Ulisses olhando entre uma fresta da grossa cortina o lado de fora.

     Concordei com a cabeça e me deitei de lado olhando para fora da janela por entre a fresta, nesse momento senti as grandes mãos de Ulisses me abraçando por trás e me colando ao seu corpo.

     - Você cheira muito bem sabia?! – pergunta cheirando meus cabelos e nuca me dando leves arrepios e cócegas.

     - E sabia que eu te amo muito! – disse virando meu pescoço para trás lhe dando um beijo romântico e calmo.

     Ao final do beijo Ulisses se aconchegou mais em meu corpo e começou a cheirar e beijar meu pescoço lentamente me causando arrepios gostosos por todo o corpo.

     - Eu também te amo muito! – disse ele em meio aos beijos e cheiros.

     Ele desliza uma das mãos por meu peito em uma caricia firme porem suave que ia de meu peito ate minha barriga e as costelas. Sentia que as coisas estavam ficando quentes, mas deixei que ele prosseguisse um pouco mais. Ele passou a pressionar mais sua mão para que a caricia fosse mais intensa e sensual o que surtiu um rápido efeito em mim.

     Ele passou a mão pelas minhas costelas lenta e firmemente ate chegar a minha cocha onde a alisou com adoração por um longo tempo e depois passou a aperta-la com vigor.

     - Sabia que você esta muito gostoso com esse vestido branco! – disse Ulisses sussurrado em meu ouvido me causando calafrios pelo corpo.

     Nessa hora Ulisses colou mais seu corpo em mim e pude sentir algo muito duro e molhado em minhas costas o que me fez virar lentamente meu corpo ficando de frente para Ulisses.

     - Eu queria muito poder te dar o que você quer, mas Orion me explicou a importância de fazermos isso apenas depois do casamento pelo fato de termos hospedeiros diferentes... – eu falava olhando profundamente em seus belos olhos azuis, só Deus sabia o quanto eu queria mergulhar naquele lindo mar azul que tanto me atraia – Então eu peço que aguarde um pouco mais... Por mim – disse ao final segurando com as duas mãos os lados de seu rosto acariciando sua agora meio crescida barba.

     - Eu sei meu príncipe, é só que não tenho controle sobre meu corpo... Eu quero tanto te ter, você nem imagina o quanto – diz ele olhando e acariciando meu rosto com todo cuidado – Você é o ser mais lindo que meus olhos já viram – diz ele dando um leve beijo em minha testa o que me deixou levemente corado.

     Nesse momento ele pegou minha mão e começou a beijar a palma da mesma depois olhou fundo em meus olhos e foi levando-a para baixo, enquanto ele fazia isso meus olhos não conseguiam parar de olhar os dele, eram realmente olhos magníficos e imponentes, mas ao mesmo tempo carinhosos.

     Perdi-me tanto naqueles olhos que nem percebi onde Ulisses queria levar minha mão o que não demorei a descobrir quando senti a pele suave de minha mão encostar-se a algo duro, quente e molhado me fazendo olhar rapidamente meio assustado e corado para baixo.

     - U-Ulisses o que esta fazendo?! – pergunto meio envergonhado para Ulisses que apertava minha mão com a sua em cima daquela carne quente.

     - Shiii!!! Calma eu só quero te sentir um pouco – disse ele sussurrado com a boca colada em minha testa e os olhos fechados como se aproveitasse o momento.

     - Mas Ulisses eu não sei dessas coisas... - fui interrompido por um longo selinho que me fez calar.

     - Calma eu te ensino, relaxe, olhe para baixo e observe como eu movimento nossas mãos – disse ele calmamente me olhando fundo nos olhos.

     Fiz que sim levemente com a cabeça e olhei para o seu membro o vendo movimentar nossas mãos lenta e suavemente me fazendo sentir a textura de sua carne grossa e dura, seu membro era grande a meu ver, macio e um pouco molhado também e estava tão duro e rijo.

     “Ai meu Deus que vergonha! Eu nem sei com que cara vou olhar para Ulisses depois disso”, pensei completamente corado evitando trocar olhares com meu amado.

     “Pelo menos ele tem um pau grande!”, responde com naturalidade a voz em minha cabeça ao qual eu já estava começando a me acostumado.

     “Orion para de dizer essas coisas só esta tornando tudo mais difícil para mim!”, pensei ficando mais envergonhado do que antes.

     “Aposto que aquele tarado do Cyrus deve estar assistindo com os olhos bem abertos para não perder nada aquele depravado crápula!!”, resmunga zangado Orion em minha mente.

     Minha conversa mental e interrompida quando ouso um rouco e baixo gemido sair da boca de Ulisses que me olhava de modo febril. Nessa hora eu me perdi profundamente em suas feições cheias de prazer parecia tudo em câmera lenta, ele estava tão a minha mercê, tão entregue, eu sentia uma coisa muito estranha eu não conseguia entender, suas feições eram lindas naquele momento e meu coração se encheu de uma satisfação e amor tão grandes foi ai que entendi qual era meu proposito e o que eu queria para o resto de minha vida, era ele, eu queria ele, ser dele e nada nesse mundo tiraria esse sentimento de mim.

     Sai de meu transe ao ouvir outro controlado gemido de Ulisses, movimentei mais rápido minha mão aumentando gradativamente o ritmo da intima caricia o fazendo se aproximar mais de mim, ao ponto de ficarmos mais colados do que já estávamos. Pressionei um pouco mais seu membro lhe tirando ainda mais gemidos.

     - Abel! – chamou-me Ulisses meio abafado e arrastado – Olhe... Para mim, quero que me olhe enquanto gozo por sua linda mão – disse ele com dificuldade segurando meu rosto com suas duas mãos me fazendo olhá-lo.

     Mais algumas pressões em seu rijo membro foram o suficiente para que Ulisses se desmanchasse em minha mão sujando-a por inteiro e parte de meu vestido também.

     - Muito obrigado meu amor... – disse meio ofegante e de olhos fechados ainda segurando meu rosto entre suas mãos – Você foi ótimo – disse beijando minha testa.

     Ficamos em um silencio confortável apenas ouvindo a respiração um do outro, ate que Ulisses já mais calmo se move limpando minha mão com o lençol da cama chegando mais perto de mim me abraçando e encostado minha cabeça em se peito.

     - Abel! – me chama calmamente Ulisses me fazendo soltar um resmungo para que prosseguisse – Quer se casar comigo?! – pergunta calmamente alisando minhas costas e com o nariz levemente afundado em meu cabelo.

     Com calma me afasto de seu peito e ergo a cabeça lentamente o encarando.

     - Sim! – digo em um suspiro arrastado com um sorriso terno tomando conta de meu rosto.

     Ulisses me abraça apertado sorrindo e beijando meu pescoço, ele estica uma das mãos para traz alcançando seu bolço de onde tira uma linda aliança de ouro branco com uma linda pedra que me deixou encantado.

     - Essa aliança esta em minha família por gerações de acordo com meu pai – diz ele enquanto pega minha mão a colocando – Meu pai me deu ela antes de morrer e disse que quando eu encontrasse alguém a quem eu amasse mais que a mim mesmo era para eu desposa-la com essa aliança que nossa união seria abençoada – disse por fim beijando minha mão me fazendo sorrir e beijar a sua com igual doçura.

     Aconchego-me em seu peito e fecho meus olhos sentindo seu forte e vigoroso coração bater e me acalmar ate cair completamente no sono com um sorriso em meu rosto.


Notas Finais


Nossa!! lindo!! to chorando!😢😢

Eu disse que tava um nojo kkkk, Não vão se acostumando não pq vcs sabem que a felicidade do pobre Abel é a que menos dura nesse livro o coitado já passou por tanta coisa, mas como eu sou malvada e um pouquinho sádica aguardem e confiem algumas surpresas do futuro do nosso pobre passarinho HAHAHAHA( risada diabólica ).😈😁

Só mais uma coisinha eu vou fazer um capitulo amanha para tirar algumas duvidas sobre a estoria e o rumo que ela vai seguir entre outras coisas, e também para pedir para vcs escolherem vestido que o Abel vai usar no casamento dele, pq eu amo por esse passarinho em roupas de mulher pq ele é fofo, espero poder contar com vcs.😉😏

Ah e pra quem não sabe eu também publico esta historia no wattpad, se quiserem passar por la e ver dar uma olha (la tem musicas nos capítulos e tals pq tem como por la)

Então até a próxima e fofoquem comigo nos comentários eu sempre respondo😜!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...