História About Dream. - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Akai Ito, Bts, Casal, Genius, Golden Maknae, Hobi, Hoseok, Jeon Jungkook, J-hope, Jimin, Jin, Jung Hoseok, Jungkook, Kim Seokjin, Min Yoongi, Namjoon, Nochu, Park Jimin, Rap Monster, Romance, Seokjin, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 96
Palavras 2.109
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fluffy, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, oi, oi!
Tudo bom?
Olha eu aqui conseguindo atualizar direitinho, atualizei sábado e hoje, espero continuar atualizando assim.
Vocês morreram de amores pelo encontro de YoonLai, vamos ver o que mais esse casal tem para a gente hoje.
1- Twitter: @wizardryoongi, pode falar comigo lá :)
2- Eu corrijo, mas caso veja um erro me avise, por favor.
3- Leia as notas finais.

Capítulo 13 - Hora de ir.


( �� Breathe - Fleurie) 
 

POV LAILA

Quando acordo demoro um pouco para me situar onde estou, não bebi, mas parece que essa noite foi estressante e me deixou zonza. Esse jantar com o Yoongi, pera, eu jantei com o Yoongi, foi real? Corro até a sala e lá está ele dormindo, essa é a prova de que foi real, ele se mexe e eu corro até o banheiro, faço minha higiene e depois vou até a cozinha, da minha cozinha consigo ter vista da sala, fico o observando enquanto ele dorme, parece até de mentira, parece que isso tudo é mentira.
- Por que está me olhando assim? – Ele pergunta e me faz pular.
- Estou pensando em como te amarrar. – Respondo petulante.
- Me amarrar? – Concordo com a cabeça e ele se espreguiça, a blusa levanta um pouco e da para ver sua barriga. – Por que?
- Para exigir resgate de milhões. – Falo rindo.
- Eu nunca tive uma sasaeng... Quer dizer, já teve um caso, mas se for me sequestrar, faça isso depois das apresentações de final de ano. – Ele se levanta e vem na minha direção.
- O banheiro é por ali. – Aponto fazendo com que ele mude a direção. – No armário deve ter escova de dente nova e tem toalhas também, se quiser secar o rosto, tomar banho ou fazer sei lá, o que as pessoas fazem com as toalhas.  – Sorrio nervosa e ele vai para o banheiro, respiro tão fundo que parece até que a gravidade da casa muda. É bom ter alguém aqui, consegui dormir melhor, me senti mais segura, obrigada Yoongi!
 Eu não posso ficar tratando ele dessa forma, sendo instável assim, eu quero ficar normal, mas ao mesmo tempo eu tenho tanto medo e receio dentro de mim, eu não sei como agir, seria melhor falar para ele ir embora, que foi legal, até um próxima vida ou coisa assim.
- Eu acho que estou me sentindo melhor, eu bebi um pouco, te dei trabalho? – ele corta meus pensamentos.
- Não, correu tudo bem. – dou um sorriso amarelo. – Eu vou me arrumar para ir para o hospital. – passo por ele tentando ter uma certa distância.
- Vou preparar algo para a gente comer. – olho para ele sorrindo e concordo.
Entro do banheiro, tiro minha roupa, vou para debaixo do chuveiro e deixo a água cair pelo meu corpo, por que eu estou me sentindo tão mal? Eu queria encontrar o cara com quem eu sonhava e ele está aqui, ele me contou uma história mirabolante sobre colar dos sonhos, que eu realmente acreditei, ele é gentil, está preparando algo para comermos e eu só consigo pensar no meu antigo relacionamento. Tudo começou assim, eu estava bem e feliz, mas em um instante eu estava chorando, me sentindo encurralada com braços roxo, querendo fugir de tudo. Yoongi nem entrou na minha vida e eu só consigo pensar em como correr dele, ele não é o Chen, eu fico tentando pensar nisso, mas eu nem o conheço direito para tirar essa conclusão, eu preciso que ele saia daqui, eu preciso ficar sozinha, eu só preciso que ele vá embora.
-Laila? – as batidas na porta me trazem de volta a realidade.
- Oi? – respondo sentindo lagrimas escorrendo junto com a água pelo meu rosto.
- Está tudo bem? Quero dizer, você já está aí dentro um longo tempo. – parece receoso ao falar.
- Está, eu costumo demorar no banho, mas já estou saindo. – fecho o chuveiro.
Relaxa, para de chorar, falo para mim mesma, está tudo bem!
 

POV YOONGI

Laila está demorando tanto no banho, que começo acreditar que ela dissolveu quando a água do chuveiro caiu sob ela, mas quando bato na porta ela me responde, respiro até aliviado, mas sua voz está estranha, eu fico preocupado ainda assim. Volto para cozinha e  pego meu celular, há algumas chamada e mensagens, eu preciso ir para a Big Hit.
- Oi. – ela aparece na cozinha, vestida e com toalha na cabeça.
- Eu preciso ir. – falo e ela parece surpresa.
- Tudo bem. – vai em direção sala, pega minha chave do carro e abre a porta pra mim.
- Nossa, está me expulsando? – pego meu casaco em cima do sofá e vou até ela.
- Não, mas eu entendo que idols tem vidas corrida e precisa ir, quando tem que ir. – ela fala rápido demais.
- Ah, entendi. - passo a mão no rosto dela. – Eu espero te ver logo, Lai. – me inclino e para selar nossos lábios, queria beija-la mais uma vez, só que ela vira o rosto.
- Quando ambos podermos. – ela sorri. – Vai você deve está atrasado. – dá a chave na minha mão.
- É... devo estar. – beijo a testa dela e saio.
Eu não sei se sou eu ou se a Laila está estranha depois de ontem a noite, será que eu disse algo? Agi de forma errada? Eu vou me questionando o caminho inteiro até a Big Hit, ainda acho que foi pelo carro que ela diz ter assustado ela, pena não conseguir ver o carro muito bem, nem placa e nem nada, aish... eu estou pensando demais, não tem nada, é isso!
_

- Você dormiu uma segunda vez na casa da médica. – Hoseok sorri maliciosamente.
- Exatamente, dormi, lá é um ótimo lugar para dormir. – se fosse outro vindo para o meu lado com essas insinuações eu já iria cortar, mas sendo o Hoseok ainda deixo rolar.
- Você dormiu? – ele fala com ênfase no dormiu.
- Sim, no sofá, inclusiva vou procurar um da mesma marca para comprar para o Genius Lab. Tchau! – entro no meu estúdio e deixo Hoseok lá fora.
Ligo meus equipamentos, preciso trabalhar, para falar a verdade preciso de um banho tão longo quanto a Laila tomou, preciso por minhas ideias no lugar e pensar como chamar ela para sair numa próxima vez. Pelo que recebi no celular tenho uma reunião daqui a 30 minutos, quando acabar irei embora, tiro meu colar para fora da blusa e o aperto, preciso arrumar um jeito de vê-la de novo, mas não quero que ela fique pensando que podemos ser pegos por pessoas que ficam atrás de uma foto minha ou coisa do tipo, talvez se... Isso, essa é a solução.
 

POV LAILA

Menti para o Yoongi dizendo que precisa ir para o hospital, mas não precisava essa é a verdade, eu só ia fingir sair de casa e depois voltar, para assim ele sair e eu ficar em casa sozinha, mas ainda bem que ele preciso ir e agora eu estou aqui sentada atrás da porta desde que ele saiu.
Abraço meus joelhos e choro, choro por medo de não conseguir ficar com ele por sentir o que estou sentindo agora, por estar querendo afastar alguém que parece legal, por estar erguendo um muro em volta de mim sem ao menos perceber, por deixar algo que já passou me afetar tanto. Meu celular toca e eu faço um esforço para levantar, eu sinceramente não queria falar com ninguém agora, mas era a Sunny e no fundo eu sei que eu precisava de alguém que eu confiasse.
- Oi. – tento disfarçar a voz.
- Oi, que tal almoçar comigo? – ela parece animada.
- Ah, tudo bem, me manda o endereço por mensagem. – respiro fundo.
- Está tudo bem? – seu tom muda.
- Está, eu acordei quase agora. – minto, não queria preocupa-la.
- Então vou te mandar a hora e o endereço por mensagem, beijos.
- Beijos. – desligamos, por volta de 10 minutos depois ela me manda o horário e o endereço, então começo a me arrumar.
Confesso que de inicio foi um suplicio começar a me arrumar, eu estava querendo ficar em casa e não sair para fazer nada, apenas levantar amanhã e ir para o hospital, mas eu já estava tanto tempo sem ver a Sunny, que não dava para recusar, como sempre chego atrasada e ela semicerra os olhos ao me ver.
- Não vai aprender a chegar na hora nunca? – cruza os braço ao me ver.
- Eu estava pensando se vinha ou não. – puxo a cadeira e me sento.
- Ah, sua...- respira fundo. – Que cara péssima, não dormiu? Precisa sair daquele hospital um pouco, que tal passar o final de semana que vem comigo em Jeju?
- Eu vou ver, mas acho que não vai dar. – pego o cardápio e começo a olhar. – O que vamos pedir? – a encaro.
- Hum... – Sunny analisa o cardápio. – Eu vou pedir uma amiga que me diga o que está havendo na vida dela e você? – ela fecha o cardápio, sorri sem mostrar os dentes e eu faço o mesmo. – Vai começar ou eu começo a falar desde quando eu acho que está escondendo coisas de mim e da Jane?
- Eu só não ando bem em algumas coisas. – falo simples.
- Entendemos isso, mas quando temos amigas contamos as coisas, você nunca foi assim, Laila.
- Eu sei. – coço a cabeça. – Olha, eu estou saindo com uma pessoa.
- O que? – ela fala tão alto que quase todos no restaurante nos olham.
- Não grita. – tampo o rosto com as mãos.
- Não diz que é o Chen, eu não sei ao certo porque terminou, mas eu já não gosto mais dele, então não volte. – ela volta a pegar o cardápio.
- Não posso dizer quem é, mas não é ele. – concluo para acalma-la.
- Eu vou te enforcar com a toalha dessa mesa se não abrir a boca.
- Não é nada sério, eu nem sei se vamos continuar saindo, por isso não quero falar. – dou os ombros.
- Sei... dá uma dica, uma pista de quem seja, eu conheço? – dou os ombros novamente.
Sunny passa almoço inteiro querendo saber quem é o cara misterioso, mas eu não conto, não quero falar por ser o Yoongi e por não saber se iria continuar saindo com ele, eu ainda estou com todos aqueles pensamentos na minha cabeça, e isso é horrível, porque não dá para fugir disso.
 

POV YOONGI

Quando temos nossa reunião é para falar sobre um show beneficente envolvendo vários artistas, que será feito para ajudar famílias humildes aos arredores de Seul que perderam suas casas e bens devido a forte chuva e ventania que teve. Isso já faz um tempo que aconteceu, porque não entendo porque demoraram tanto para tomar alguma providência.
- E se a gente fizesse um show para algumas pessoas que estão nos hospitais, porque pelo que vi algumas se machucaram gravemente. – falo e todos me encaram. – O show é para recebermos coisas para eles, mas os próprios nem iriam aproveitar, então pensei nisso...
- Um show para os pacientes? – fala PD Nim como se estivesse analisando a proposta. – Eu vou ver onde se concentra a maior parte dos pacientes e analisar se o hospital tem suporte para organizarmos um show para os pacientes. Boa ideia, Yoongi.
- Obrigado. – sorrio e Hoseok me cutuca com o cotovelo, a reunião segue e são abordados outros assuntos, referente a tour e novos figurinos.

_

- Eu entendi o show para paciente. – fala Hoseok quando saímos da reunião.
- O que? – sorrio fingindo não entender, mas está escrito na minha testa.
- Não seja fingido. – semicerra os olhos
- Não estou sendo, quero realmente fazer o show no hospital, e não, não é só por ela, mas envolve ela.
- Já pensou ou começou a contar sobre os sonhos? – ele pergunta enquanto andamos até o elevador.
- Eu não acho que seja o momento, mas contei uma história legal sobre colar dos sonhos, ela parece ter achado meio estranho, mas gostou.
- Mas nada sobre dizer o que você sonhava e se ela sonhava o mesmo? – questiona Hoseok e entramos no elevador.
- Não, ainda não é o momento, quero ficar mais próximo. – pego o celular e mando uma mensagem para ela.
- Espero que chegue logo, porque eu sinceramente acho que quanto mais enrolar poderá ser pior, você sabe disso.
- É, sei. – saio no andar do meu estúdio deixando Hoseok para trás.
Mandei mensagem dizendo que tenho uma surpresa para contar a ela e se ela quer me encontrar, espero que ela me responda logo e fique empolgada quando eu contar. As vezes parece que eu quero estar muito junto dela, pode até ser isso, mas eu quero saber mais sobre ela, sobre o ambiente em que vive, como é ela na realidade e então assim eu vou saber o momento e me sentir mais a vontade para falar, espero que ela não veja de uma forma diferente. Não quero que pensei que eu estou a sufocando.


Notas Finais


E ai, como estão depois de descobrir um pouco mais sobre o passado da Laila?

Será que ela e o Yoongi vão seguir a diante ou acaba por aqui?


Obrigada por lerem até aqui e seu comentário é muito importante. ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...