História ""Academia Hanyang"" - Capítulo 5


Escrita por: e sabrinasc

Postado
Categorias EXO, Monsta X, NU'EST
Personagens Chanyeol, Kai, Min Hyuk, Ren
Visualizações 12
Palavras 2.677
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Literatura Feminina, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vamos lê😍😉...

Capítulo 5 - ""Alguns segredos revelados""


Fanfic / Fanfiction ""Academia Hanyang"" - Capítulo 5 - ""Alguns segredos revelados""

        Kai e Minhyuk 

Kai: Vejo Minhyuk no refeitório e vou até o mesmo. - e aí loirinho tentação rsrsrs. - bagunço seus cabelos sentando ao seu lado.

Min: Oi Kai.. tudo bom?. - sorrio pra ele que senta ao meu lado. - gostei do apelido, mas será que posso saber de onde foi que ele saiu???. - olho pro mesmo enquanto tomo meu suco..

Kai: Te falo depois.. mas me diz aí, cadê o Alex???. - O procuro por todo refeitório.

Min: Cara ele como já é de seu costume, sumiu.. as vezes acho que ele tem o poder do teletransporte. - com a mão no queixo olho pra cima pensativo.

Kai: Será???. O acompanho na posição do pensamento e sou empurrado por ele.

Min: Não me zoa Kai.. vai me fala logo aí essa história de loirinho tentação. - O dou toda minha atenção pois a curiosidade me mata e eu sou muito linda pra morrer tão cedo.. ainda pretendo me casar na igreja de véu, grinalda e com um vestido lindo de babadeiro todo bordado a mão.

Kai: Min?.. Minhyuk C ainda tá aqui na terra?. - passo a mão na frente do seu rosto o tirando dos seus pensamentos.

Min: Eihn? Oi? Ah tô aqui.. tô aqui rsrsrsrs.. vai, me conta tudo. - O vejo sorrir sem jeito e passar a mão nos cabelos e nossa, o moreno show é muito pancada.. Será que o Alex aguenta tudo isso?.

Kai: Porque c tá me olhando assim?. - Minhyuk está quase me engolindo com os olhos e isso meio que me assusta.

Min: Por nada não.. é que tava me lembrando do Alex. - olho pro lado oposto ao dele e ele toca em meu braço fazendo-me olha-lo novamente.

Kai: Minhyuk, me fala aí, o que qui rola entre você e o Alex?. Cs são tipo um casal ou só amigos que se entendem muito bem na cama ou só amigos manos parceiros da vida mesmo, assim como eu e o Chany?. - sou bem direto e ele fica mais vermelho que um tomate.

Min: Eu e Alex somos só amigos Kai.. tipo amigos mesmo sabe.. daqueles que pegam as gatas juntos e.. e.. - sinto que vou vomitar só por ter pensado em pegar uma mulher.

Kai: Ei mano calma... C não precisa fingir pra mim algo que você não é tá bom? Não sou homofobico.. entendo que cada ser tem direito de escolher sua opção sexual.. então relaxa e me fala aí.. o Alex é gay?. - olho pra ele que começa a tossir. - calma. - dou tapinhas em suas costas.

Min: Cof cof cof.. C quase me matou.. primeiro por ter pego minha opção sexual no ar sendo que nunca dei pinta, pelomenos eu acho que não e por me entender assim de boa.. e por fim, por ter interesse na opção do Alex. - kai c tá interessado no Alex é Isso?. - sou direto com ele que arregala os olhos.

Kai: O que????... claro que não Minhyuk.. tá maluco?. Eu sou macho mano, muito macho e adoro mulheres.. era só uma dúvida que queria tirar, mas c já disse que ele é homem, logo tive minha dúvida tirada. - tomo um pouco do meu suco.

Min: Uhm.. sei.. e sobre o loirinho tentação?. - insisto no assunto com o mesmo.

Kai: Bem, essa já é uma outra história.. vai hoje a tarde no treino com o Alex que c vai entender tá bom?. Até mais que agora vou falar com meu amigo obscuro rsrsrs. - O dou um soquinho fraco no ombro e vou pra onde o Chany que está com sua carranca como sempre.. durante o pequeno percurso mando uma mensagem pro Ren, confirmando a presença do Minhyuk no treino.

                 Chanyeol 

Vejo Kai de papo com o Loirinho afeminado, nada me tira da cabeça que o cara de boneca é o macho dele, afinal... depois de hoje quando o defendeu ficou óbvio pra mim que são um casal de boiolas e Kai como sempre leva tudo de boa, já não basta ter que aturar o inrustido do Ren, mereço. - E aí madre Teresa, fazendo contatinho com as moças?. - pergunto a Kai que me olha me julgando como sempre.

           Chanyeol e kai

Kai: Cara tu é viado não é?? Sai do armário Chanyeol.. aish, pra quê de tanta implicância com o cara ou pior, com os caras?. porque c implica com todo mundo, até parece que tem raiva do mundo.. eu eihn. - bufo fulo com ele que consegue me irritar com sua maldita homofobia.

Chany: Devo ser viado e implicância, é porque você não viu o cara de boneca me enfrentando hoje na aula, que audácia. - bufo.  - Mas mudando de assunto, hoje vamos na Koto né? Micha disse que tá preparando algo pra gente no lugar de sempre.

Kai: É claro que iremos lá e vou logo te avisando que irei levar o Alex junto.. o carinha precisa de uma boa mulher pra tirar seu estresse.. vai vê que é por isso que ele te enfrentou. - olho meu celular e o ouço bufar mais uma vez..

Chany: Cara, porra, sério? aquele Alex é um inrustido... mas é até bom, você vai ver que ele não vai pegar ninguém lá, aí vai me dar razão. - rio sinico. 

Kai: Ok.. mais mesmo ele "não pegando ninguém" como você acabou de falar, eu vou levá-lo conosco. - continuo mechendo em meu celular.

Chany: Sim, agora eu faço questão de que ele vá conosco, mas tenho certeza que ele vai negar ir, vai arrumar uma desculpa... Ah, e o loirinho,  vamos leva-lo também?. - dou um assobio e chamo o loirinho pra mesa e o mesmo olha para os lados e depois de apontar para si mesmo eu falo. - sim você, aqui agora. 

     Minhyuk, kai e Chanyeol 

Min: O cara obscuro me chama e eu mesmo sem entender do porque disso, vou até o mesmo.. ainda bem que o Kai está lá. - oi.. c me chamou?. - pergunto meio receoso.

Kai: Senta aí mano e Chany.. comporte-se. - Minhyuk senta ao meu lado e de frente pro Chany.

Chany: Com um sorriso enorme no rosto tento ser o mais convincente possível. - Minhyuk, sei que fui meio rude com você... por isso quero me clarear com você, vem com a gente pra Koto hoje a noite, vou descolar a xereca mais gostosa pra você se deliciar, heim que acha?. - pergunto me divertindo muito com a cara de pavor do mesmo.

Min: Xe.. xereca??? Tipo.. céus. - ponho as duas mãos na boca. - tipo uma garota??. - entro em pânico e o Kai tenta me salvar.

Kai: Você não precisa ir Minhyuk.. o Chany só te fez o convite, mas você não é obrigado a aceitar.. não é mesmo Chanyeol?. - fecho meu sênior o encarando, vendo o mesmo se divertir com a situação em que o Minhyuk se encontra.

Chany: Mas é Claro que ele tem que ir, vou ficar magoado se ele não for. - faço um bico fofo, o que é raro vindo de mim, mas me disseram que eu fico irresistível assim.

Kai: Chantagista... não cai na dele Minhyuk, posso te garantir que conheço bem esse bico de chantagem emocional. - fuzilo Chany com os olhos.

Min: Eu.. eu vou vê e os aviso qualquer coisa tá bom?.. Agora eu tenho que ir. - pego minhas coisas e em passos rápidos saio dalí. - respira Min.. respira que já passou. - andando rápido esbarro em alguém e quando vejo em quem foi.. falto pouco correr pra me afastar do mesmo.

                 Ren 

Entrando no refeitório sinto alguém esbarrar em meu peito e logo Min me olha e sai em disparada, me ignorando totalmente. -aish. - continuo meu caminho e me sento afastado de Kai que está com o orelhudo insuportável... começo a comer até que alguém senta em minha mesa.

                Alex

Chego finalmente na Academia e vou direto almoçar, tô com uma fome de leão. Me sirvo e sento em uma das mesas afastadas.

             Alex e Ren 

Alex: Com licença. - falo pro cara que está sentado na mesa.

Ren: - Fica a vontade. - digo a fitar seu rosto desconhecido, estrangeiro, não é alto, rosto delicado... hum... Será? - desculpe.. mas você é o Alex?.

Alex: O moreno que está na mesa me encara e eu disfarço, até que o mesmo se pronuncia. - sim, nos conhecemos?

Ren: Na verdade não, sou Minki, mas me chamam de Ren. - sorrio... bem ele realmente é delicado e seus olhos verdes fazem seu rosto chamar mais atenção ainda.

Alex: Hum... Ren, o boy magia, sei... ops. - arregalo os olhos me ligando pro que disse. E ele começa a rir. - O Min me falou sobre você.

Ren: Imaginei, mas acho que sou o "ex" boy magia, porque ele esbarrou em mim ah alguns minutos atrás e nem um "oi" me deu... choquei com a atitude dele. - faço uma carinha magoada.

Alex: Bem, é que ele ficou um pouco magoado por ontem. - falo entre as garfadas, não uso hachi quando tenho fome.

Ren: Bem é que eu fiquei receoso, mas conversei com o Kai e ele me disse que você e Min são boas pessoas. - o vejo comer e comendo ele não é nada delicado, parece que tô vendo os caras do time comendo, parece que Alex já entrou no espírito da coisa.

Alex: Ren - balanço a cabeça em afirmação. - já saquei... bem, só vou te dar um toque. - o fito seria e bem nos olhos. - se você o magoar eu te mato, com essas mãos. -mostro a mão ah ele. - e garanto que vai ser lento e doloroso. - sorrio.

Ren: Engulo em seco. - Entendi perfeitamente... mas, só por curiosidade, o que vocês são um pro outro? você e Min?.

Alex: Min é meu amigo... ou melhor, meu Dongsaeng, o adotei e vou protege-lo de qualquer um... Se preciso dele mesmo já que ele é um tanto quanto ingênuo as vezes.

Ren: é bom saber que ele tem um amigo assim, bom... vou fazer umas coisas, nos vemos no treino.

Alex: ok... se ta no time?. - pergunto mastigando.

Ren: Não, só vou dar uma olhada as vezes, sabe... Boys sarados se agarrando fazem bem aos olhos rsrsrsrs. - rimos juntos e saio dali.

Alex: Volto a comer e avisto o Moreno delicia do Kai sentado com o Yoda arrogante, aish porque ele tem que ser tão lindo. Segurando meu queixo com o cotovelo na mesa suspiro baixo.

            Kai

Vejo o Alex comendo como um porco e isso me faz fazer uma careta tipo "nossa". - ou senhor eu odeio o mundo, eu vou alí falar com o Alex tá bom?. Fica aí e por favor, não mata ninguém. - ele me mostra o dedo do meio fazendo-me sorrir e eu sigo pra mesa do Alex que parece está perdido em seus pensamentos. - fala aí cabra de peia. - O dou um tapinha na cabeça. 

           Kai e Alex 

Alex: Ah, Oi... tudo de boa? - pergunto tentando não encarar aqueles lábios que me deixam sedenta por um beijo. - Aish. - falo alto sem perceber.

Kai: Te assustei?. - sento a sua frente.

Alex: Não... é que tô bolado com umas coisas aí e ansioso para o treino, nunca joguei. - tento disfarçar.

Kai: Aaaatha... pensei que c tava lembrando de alguma gata.. e sobre o treino, fica de boa que eu vou ser um bom professor. - pisco pra ele que cora.. cara tímido..

Alex: Você tem que pegar leve comigo, olha o teu tamanho, já tô pensando na surra que vou levar. - sinto meu rosto esquentando cada vez mais, aigoo que droga.

Kai: Ah mano relacha que na hora da loucura c vai adorar dá e pegar surra rsrsrsrs.. mais me diz aí.. aonde c tava?.. não o ví mais cedo e você chegou aqui andando rápido.. tava com alguém? Trepado em alguma árvore?. Sorrio sinico debochando do mesmo.

Alex: Bom eu tive uma emergência, mas tá tranquilo agora. - termino de comer. - que horas é o treino?.

Kai: As 16hs.. bem, eu tenho que ir agora, até mais tarde e não se atrase, sou muito chato quando o assunto é horário marcado.. até mais. - Me levanto sem olhar pra ele e mechendo em meu celular, saio do refeitório esquecendo-me do Chanyeol.

Alex: OK. -grito para o gostoso que sai da mesa com os olhos dentro do celular... levanto e vou para o dormitório.

              Minhyuk 

Vejo Alex entrar no nosso dormitório e o endago. - aonde c tava? C tem um dom pra sumir que eu preciso aprender.

             Minhyuk e Alex 

Alex: Eu não sumir... é que tive uma emergência familiar, sorry,  te avisaria mas não tenho seu número. - tiro meu casaco e me atiro na cama. - me passa teu contato. - pego meu celular e o fito... ele parece sem graça.

Min: Eu.. bem eu.. é que eu.. eu não tenho um celular. - fito o chão totalmente envergonhado.

Alex: O que?... como assim?... - o olho, tá que percebir que Min tinha problemas com o dinheiro, mas um celular? cara quem vive sem um celular nos dias de hoje?.

Min: Será que dá pra você parar de me olhar assim??? Eu não sou uma aberração. - Me chateio e vou até o meu guarda roupas, onde procuro por algo.

Alex: Não acho você uma aberração, só acho muito estranho um cara jovem como você, não ter um celular, eu tô meio sem entender.

Min: Esse sou eu Alex.. essa é a minha família e essa é a minha vida fora daqui. - jogo algumas fotos no mesmo.. fotos da minha humilde casa, da minha humilde terra e da minha miserável vida em um lugar que não tem nada.. nada além de pobreza e sofrimento. - eu nunca tive nada.. nunca tive uma tv.. uma cama.. uma moto.. nem se quer uma bicicleta Alex.. eu passei a minha vida estudando com livros que catei no lixo e se hoje estou aqui, foi porque mesmo com todo o meu sofrimento e limitações eu estava focado no que queria.. e.. e agora eu tô me sentindo mal porque se o cara que é o meu único amigo aqui me olha indiferente porque eu não tenho a porcaria de um celular, imagina o que outros iram pensar de mim. - surto e com as mãos no rosto, choro como uma criança sem appa e omma.

Alex: Fico abismada com o que vejo, fotos que refletem o que eu desconheço. Me sento perto de Min e o abraço. - Me perdoe, eu não fazia idéia, não imaginava que você tivesse passado por tantas coisas difíceis, eu nem sei o que dizer. - faço carinhos em suas costas. - mas eu não vou deixar ninguém fazer nada contra você, eu vou dar um jeito para que ninguém nunca o olhe de um jeito ruim ou indiferente. - ele me olha com seus olhos brilhantes devido às lágrimas.

Min: Não quero ser digno de pena Alex.. só quero poder terminar meus estudos e dá uma vida melhor pros meus pais. - não consigo segurar minhas lágrimas que insistem em cair.

Alex: Eu não tenho pena de você e sim me orgulho... sou privilegiada por ser sua amiga mana. - tento fazer com que meu amigo se sinta melhor, por que eu realmente me sinto orgulhosa dele.

Min: Amiga é??? Seu viado encubado rsrsrs. - sorrio pro mesmo que me faz sentir-me um pouco melhor. - já chega dessa choradeira né.. uma mana plena como eu, não pode ficar chorando assim... não quero ficar enrugada. - limpo meu rosto.

Alex: é assim que se fala e vamos ver a hora... 15:20hs, temos pouco tempo, levantando que temos que fazer umas compras, como minha Dongsaeng vai ficar sem celular... o boy magia vai querer ligar pra você e eu não vou emprestar o meu e antes que você negue, isso não é um presente, você vai me pagar na hora certa. - o puxo da cama. - vamos... não posso me atrasar para levar a surra que o moreno delicia me prometeu.

Min: O que? Não Alex eu não.. ai espera.. espera bixa apressada. - sou arrastado por Alex pra fora da academia.


Continua...


Notas Finais


Bjos d luz da Omma nos seus lindos corações minhas doidiças🤗😗😗😗😗😗😗😗😗😗😗😉..
Bjos da Sabris amoras💞😗😗😗😗😗😗😗😗😗😗😗😗😗😗..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...