História Acampamento - Imagine Im Jaebum - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jennie, Jinyoung, Jisoo, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rosé, Youngjae, Yugyeom
Tags Acampamento, Blackpink, Got7, Im Jaebum, Jae, Jaebum
Visualizações 35
Palavras 1.102
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


eu tenho que parar de fazer histórias, porque depois eu não termino elas...
enfim, só vai.

desculpem os erros e boa leitura 💜

Capítulo 1 - O1


Fanfic / Fanfiction Acampamento - Imagine Im Jaebum - Capítulo 1 - O1


ー Já arrumou as malas? ー perguntou a mais baixa, sorrindo alegremente.

ー Yorranah, eu já não disse que não sei se vou ir? Estou sem saco para ficar no meio do mato. ー sentei-me sobre minha mesa.

ー Ya! Vamos, por favor. Iremos competir contra a escola vizinha no acampamento. Você precisa se divertir um pouco.

ー Não sei.

ー Pense bem, quero muito que você vá. ー sorriu, sentando ao meu lado.

ー Okay, okay. Vou pensar. ー me sentei, agora, em minha cadeira.

Amanhã nossa turma irá em um acampamento, e como outra turma de outra escola irá também, decidiram fazer um tipo de campeonato entre as duas. Eu estava pensando em ir apenas por valer ponto, mas é muito cansativo.

Okay, eu nunca fui em um acampamento e pretendia não ir, mas acho que não posso desperdiçar essa chance.

Vamos competir com a escola ao lado, que parece ser daquelas com menininhas riquinhas e mimadas. Só de pensar me dá nojo. Mas não poderei fazer muita coisa.

O professor entrou na sala segundos antes de o sinal bater e já começou a falar sobre o acampamento, sem ao menos dar bom dia.

ー Como anda os preparativos para o acampamento, crianças?

ー Se ele soubesse o que alguns fazem aqui, não nos chamaria de criança. ー Yorranah cochichou ao meu lado.

ー Concordo.

ー Estão ótimos, professor. Inclusive, eu ouvi falar que terá um lago no acampamento, é verdade? ー Jennie perguntou, do fundo da sala.

ー Sim, é sim. Mas enfim,  vamos começar logo a aula. Hoje é o último dia antes do acampamento, então vamos aproveitar. ー disse, por fim, o professor.

ー Um lago? ー falei baixo.

Odeio lagos, lagoas, riachos, ou qualquer coisa do tipo. Sempre lembro do dia em que perdi meus pais, e isso faz com que eu chore, na maioria das vezes...


(...)


ー Colocou protetor solar?

ー Sim, vovó.

ー E repelente?

ー Sim, também.

ー Está levando bastante roupa? Lá é frio.

ー Vó, eu estou levando tudo. Não se preocupe. ー falei, para encerrar o assunto.

ー Está bem, está bem. Vá dormir porque amanhã de manhã cedo você vai sair.

ー Tá bom. Boa noite.

ー Boa noite.

Saiu do quarto, deixando-me sozinha.

Vovó cuidou de mim desde a morte de meus pais. Ela é uma de minhas melhores amigas e sempre me apoiou em tudo.

Deitei sobre a cama, sem sono. Fiquei encarando o teto enquanto pensava sobre amanhã.

ー Que droga de insônia. ー reclamei, me virando para o lado.

Eu havia decidido ir ao acampamento. Vovó irá em um passeio com outros velhinhos, e eu não quero ficar sozinha por um mês ou mais.

Como todas as noites, fiquei acordada até tarde. Tinha insônia e estava sem vontade de dormir, ainda mais com a barriga cheia.


No outro dia...


ー Já estamos quase chegando?

ー Acalme-se, apressadinha. Nem saímos da escola direito. ー respondi Yorranah, que parecia nervosa com esse assunto de acampamento e competição.

ー Mas eu quero chegar logo. ー sentou novamente ao meu lado, no banco do ônibus.

ー Queria tanto ir, agora vai ter que esperar. 

ー Aish... ー resmungou

ー Aceita que dói menos. ー ri de sua cara e voltei a olhar a paisagem pela janela.

Depois de, mais ou menos, uns cinquenta minutos, chegamos no acampamento.

ー Saiam do ônibus cuidadosamente, e sem pressa. ー depois que o ônibus parou, a monitora falou, chamando a atenção de alguns que conversavam.

Eu ainda me pergunto como ela tem paciência com nossa turma.

Todos saíram correndo e se empurrando. Por causa disso, esperei que todos saíssem para não haver confusão. Odeio quando me estressam.

Saí por último e observei o local. Era mais bonito do que imaginei. A monitora, novamente, chamou nossa atenção e comentou sobre as regras e separou as cabanas em trio. Aproveitou e falou sobre a gincana e sobre a outra turma, que estava do outro lado do tal lago.

Fiquei em uma cabana com Yorranah e Lisa, então não precisaria me preocupar com as pessoas que eu iria “conviver” durante esse mês.

ー É bom que pelo menos temos ficado juntas. ー Yorranah sentou sobre minha cama enquanto eu arrumava minhas malas.

ー Pois é.

ー Por que não está animada, (S/N)? ー Lisa perguntou ao meu lado.

ー Não sei... Só não estou com muita animação.

ー Pois vai ter que se animar, porque pelo que ouvi, no ano passado, a escola com quem vamos competir é uma das melhores e atacam cedo da manhã. ー comentou a ruiva.

ー Vou ver se consigo me animar até lá. ー falei me sentando sobre a cama.

ー E vê se consegue dormir, hein. Odeio essa sua insônia. ー reclamou Yorranah, indo ao encontro com sua cama.

ー Vou pensar sobre isso também.

ー Beleza. Enquanto vão conversando aí, vou pegar os horários com a monitora antes que nos incomode. ー Lali foi em direção a porta e saiu da cabana.

ー Agora eu vou dormir. ー se virou para o lado contrário.

ー Bom sono. ー fiquei encarando minhas coisas sobre o colchão e ajeitei meus óculos no rosto.


(...)


Andamos até a fogueira, onde a turma já se encontrava. Sentei em um dos troncos, ao lado de Yorranah e Yugyeom, e apenas escutei a conversa.

ー Poderíamos também criar faixas com a cor do nosso time. ー ouvi Rosé falando sobre nosso tal time.

ー Qual é a cor do nosso time? ー indaguei, esticando minhas pernas.

ー Branco. ー respondeu Lisa.

ー Aish, por que sinal de telefone não pega aqui? ー resmungou Jennie. segurando seu celular.

ー Hey, Jennie. Estamos no meio do mato, acha que vai pegar sinal de telefone aqui? ー levantei uma das sobrancelhas, analisando o acontecimento.

ー Fica na sua, (S/N). ー disse, curta e grossa.

ー Poderia, pelo menos, ser educada. ーa respondi, observando a fogueira.

ー Já disse para ficar na sua. Não se intrometa em assuntos dos outros. ー retrucou em um tom maior, se levantando.

ー Olha, eu não quero brigar. Já tive que vim para este acampamento idiota e ainda tenho que te aguentar. Não enche. ー coloquei minhas mãos no bolso do moletom.

Todos da turma nos observavam em silêncio, e nem abriram a boca.

ー Bom, para acabar com o clima, que tal uma música? ー a monitora soltou um pequeno sorriso, nos olhando. ー Vamos, animem-se. Eu trouxe um violão, alguém sabe tocar?

ー A (S/N)! Ela sabe tocar muito bem. ー Yugyeom falou, ao meu lado. ー Ela até canta.

ー Ya, eu não sou boa.

ー Vamos ver então. Pegue. ー ela me entregou o violão, antes de eu falar qualquer coisa.

Suspirei, arrumando meu óculos. Me ajeitei e comecei a tocar.


O som do sol surgindo depois da escuridão

No canto do meu quarto

Onde ainda está noite, yeah

Uma mochila que está velha e empoeirada

Caindo aos pedaços


Eu sopro a poeira e arrumo as cicatrizes

Eu acho a chave

E então, abro meu coração...












Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...