1. Spirit Fanfics >
  2. Acampamento Inunamos >
  3. Capitulo 6

História Acampamento Inunamos - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Capitulo 6


Nossa primeira noite foi tranquila, assim que saímos da fogueira ninguém estava com animo para nada, apenas nos deitamos nos colchões improvisados. Eu fiquei no de ar já que sofri para enche-lo praticamente sozinho. Selena e Niall dividiram a cama debaixo do beliche, Harry ficou com a de cima, Liam e Zayn deitaram em uns colchonetes ao meu lado.

Meu corpo agradeceu pelo descanso, você só percebe que esta cansado quando decide relaxar. Meus pensamentos ficaram perturbados e estranhos durante a noite, era como se misturassem com os dos outros que toquei. As imagens do Niall, do rastreador da picape Oliva e ate mesmo do Harry estavam em minha mente, não sabia o que era as minhas e o que era a deles, minha mente estava agitada e isso me perturbava.

Acordei com um brilho no meu rosto, abri os olhos rapidamente, era apenas a luz do sol que estava entrando por uma fresta da janela. Os meninos ressonavam baixinho ao meu lado, só a cama de cima do beliche que estava vazia. Resmunguei e me levantei, não iria conseguir dormir mesmo, minha cabeça estava latejando e muito pesada pelos pensamentos que perturbavam, se sempre fosse assim eu não iria aguentar.

Sai do banheiro já de banho tomado, usava a mesma roupa já que não possuía mais nenhuma peça limpa. Ouvi risadas em volta da cabana, um grito de uma garota dizendo que ia matar alguém, o barulho do lado de fora já estava começando. Abri a porta da cabana e não estranhei do Harry já estar acordado. Ele estava sentado no degrau da porta, com seus fones de ouvido e uma touca na cabeça, me aproximei lentamente mesmo sabendo que ele já havia sentido minha presença.

- Eu vou matar vocês dois - uma garota gritou passando pela nossa cabana, chamando a atenção. Nos dois olhamos para a direção dela. Vi algumas crianças correndo dela e mostrando a língua.- Devolvam minha camiseta - a garota disse fazendo um leve movimento com as mãos.

O chão pareceu que criou vida, como um tapete quando vai ser batido para tirar a poeira, as crianças voaram cada uma de um lado, caindo no meio da grama, mas sem deixar de rirem.

- Bom dia! - Harry disse, vi que me olhou pelo canto dos olhos.

- Bom dia - respondi me aproximando dele. - Como você dormiu?

- Bem - respondeu olhando novamente para frente - E você? - apenas assenti.

- Faz tempo que esta acordado?

- Não muito - deu de ombros - Vi quando o sol começou a nascer, as luzes dos postes se apagaram, as crianças começaram aparecer. Talvez só faz uma hora - deu de ombros.

- Vamos procurar um café? - perguntei descendo os degrais, ele deu de ombros e se levantou. - Temos que falar com o Namjoon acredito.

- Provavelmente sim, ele quer muito falar com você - respondeu irônico, franzi a testa e o encarei confuso - O que? Não se faz desentendido - ele disse passando na minha frente e seguindo ate a praça, onde ficava os trailers.

Corri um pouco para conseguir o acompanhar, vi algumas crianças que estavam em suas atividades. O trailer onde no dia anterior servia o lanche, estava no mesmo lugar, com a porta aberta onde as mesas flutuavam ate o lado de fora.

Parei rapidamente olhando para elas, que se empilhavam em um canto. Uma garota loira erguia as mesas com apenas uma mão, arrumando elas por volta do trailer. Eu não iria me acostumar com isso tão cedo, como eles usavam suas habilidades com tanta facilidade, parecia que estavam nisso a anos.

- Bom dia - a garota loira disse nos olhando.

- Bom dia - Harry e eu respondemos juntos.

- Vocês são os novatos, certo? - apenas assentimos. - O café da manhã já será servido. - ela disse pegando o monte de cadeiras que haviam acabado de sair do trailer - Começamos a servir a partir das 07:30 da manhã. - assenti

- Você quer ajuda? - perguntei me aproximando um pouco mais do trailer.

- Adoraria - ela respondeu com um sorriso torto. - Sou Emma - disse sorrindo.

- Louis - respondi puxando uma mesa, quase morri de dor nas costas quando a ergui, fazendo Emma rir.

- É um pouco mais pesada do que parece - ela disse com seus olhos brilhando em verde limão.

- Deu para perceber - respondi rindo.

Vi um casal dentro do trailer, onde o garoto estava encostado na porta tirando as cadeiras e mesas de dentro apenas com um mexer nos dedos, e a garota fervendo água com as mãos.

- Vocês usam as habilidades em todo instante - respondi a olhando rapidamente. Emma assentiu, ela estava com Harry espalhando as cadeira em volta das mesas.

- O líder acha melhor assim. - ela respondeu erguendo a mesa com apenas uma mão. - Mas, sem nos sobrecarregar. Ele diz que para conseguirmos nos defender e aperfeiçoar nossas habilidades, nada melhor do que praticar no dia a dia - assenti, realmente faz sentido.

Depois de quase meia hora que estávamos arrumando as mesas, Emma agradeceu pela ajuda e subiu no trailer. A porta foi fechada por alguns minutos ate o garoto abrir uma enorme janela.

Colocou uma plaquinha escrito " O café está servido" e tocou um sino.
Não demorou ate ver algumas crianças se aproximando do trailer, algumas corriam próximos as torneiras para limpar as mãos.

Harry observava em silêncio, dei de ombros e o puxei para a pequena fila que já estava se formando.

Havia a opção de café com leite ou chá, com direito a pão ou bolacha e uma fruta. Não sei como eles conseguiam os mantimentos, mas que Deus abençoasse para continuarem conseguindo.

Me sentei em uma mesa com minha bandeja, Harry puxou uma cadeira sentando ao meu lado, ele estava apenas com um copo de café e uma maça.

Não demorou ate a fila aumentar e entre eles Niall e Selena. Ele mostrou a língua para nos, arrancando risada da Selena, que ainda usava a calça do pijama da moranguinho e um laço no cabelo.

- Acordaram cedo - Niall disse sentando ao meu lado.

- Bom dia para vocês também - respondi o olhando, ele sorriu. - Estava sem sono e resolvi levantar - respondi assoprando meu café. - Dormiram bem? - ambos assentiram - E Liam e Zayn? - perguntei olhando para a fila, onde não estavam.

- Zayn estava atrás de nos no banheiro - Niall respondeu - Liam não havia acordado. - assenti.

Estávamos em silêncio olhando o movimento, vi a Jade na fila com um lindo vestido rodado rosa e um laço no cabelo, como o da Selena. Ela sorriu para o nosso lado e cutucou uma garota de cabelos roxos, que acenou para a Selena.

- Olha só, já fez amigas - disse irônico, Selena mostrou a língua para mim, me fazendo rir.

- Você também - Harry disse irônico, acompanhei o seu olhar e vi o Namjoon com alguns garotos se aproximando, nossos olhares se encontraram por alguns segundos, o coreano deu uma piscadinha,fazendo Harry bufar.

- Ciúmes - Niall espirrou irônico, Harry o encarou serio, o fazendo soltar um gemido de dor. - Aih! - ele disse esfregando a cabeça. - Como você fez isso?

- O que ele fez? - perguntei confuso.

- Me deu um tapa com a mente - disse alisando a testa, ri irônico assim como a Selena.

Vi quando a Jade e a garota de cabelo roxo se aproximaram da nossa mesa, Jade saltitava o tempo todo, quase derrubando seu copo de chá.

- Olá - disse com um sorriso - Como vocês estão? - perguntou nos olhando rapidamente.

- Bem - respondemos juntos.

- Sel, ficou muito lindo o laço em você - ela disse alisando os cabelos da Selena. Sorri com o apelido carinhoso. - Você quer sentar conosco de novo? - perguntou brincando com os pés.

Selena nos olhou, Niall apenas tocou em seu ombro e assentiu com a cabeça.

Ela sorriu se levantando, deu um beijo na bochecha dele, o fazendo sorrir, fez o mesmo comigo senti um arrepio pelo contato em minha pele, ela deu a volta na mesa e pegou sua bandeja, mas não saiu antes de dar um beijo nas bochechas do Harry, vi o sorriso de lado que surgiu em seus lábios.

- Ela ama vocês - Harry disse nos olhando.

- Também a amamos - Niall e eu dissemos juntos.

- Hoje nos vemos uma roupa para você - Jade disse olhando para a Selena. - Você gosta de vestidos? - perguntou se afastando da mesa, apenas sorri.

Harry brincava com sua xícara de café quando vi Namjoon se aproximar, os dois trocaram olhares e apenas um aceno na cabeça. O coreano só pediu licença puxando uma cadeira do outro lado da mesa, assim como um de seus amigos, se não estava enganado era o Taehyung.

- Bom dia! - ele disse se sentando.

- Bom dia - respondi, Niall quase se engasgou com um pedaço de pão antes de responder bom dia.

- Tudo isso é emoção de me ver? - Namjoon perguntou irônico, Niall riu ficando com as bochechas coradas. - Como passaram a noite? - perguntou nos olhando.

- Bem - Harry respondeu sem tirar os olhos da sua xícara, sorri e assenti.

- Depois do café, vocês poderiam ir até o meu escritório? - ele perguntou apontando para um pequeno sobrado branco. Olhei para o sobrado e depois para ele.

- Claro - respondi.

- Vou entregar alguns suprimentos para vocês e roupas que temos no estoque. - seus olhos não saiam de mim, percebi que Harry ergueu o olhar e suspirou.

- Já que é você quem manda. - Harry disse irônico, Nanjoon deu um sorriso torto e sem graça.

Depois do café, Namjoon nos disse para encontra-lo dali uma hora, ele iria resolver alguns assuntos e depois precisava falar conosco.

Enquanto os meninos terminavam o café, Liam e Zayn haviam se juntado a nossa mesa, eu resolvi dar uma volta para conhecer o acampamento.

O local era maior do que aparentava ser, havia ate uma enfermaria onde duas irmãs gêmeas, ambas azuis estavam responsáveis pelos feridos. Atrás do sobrado branco, onde era o escritório do Namjoon, havia uma horta, com diferentes tipos de verdura e legumes, onde alguns pink estavam cuidando, ao lado um pequeno galinheiro, que dois garotos estavam limpando, com um pouco de raiva, provavelmente eles foram obrigados.

Vi que o Harry me observava de longe, revirei os olhos e mostrei a língua, o fazendo fazer o mesmo.

●●●●●●●●●


O escritório do Namjoon era na parte de cima do sobrado, embaixo havia uma porta onde ficava seu quarto, não sei se dividia com alguém, outra para a dispensa, onde vi alguns garotos separando os suprimentos.


Subimos as escadas, o lugar não era muito grande, no andar de cima havia apenas uma porta de vidro, que de longe deu para ver o coreano e alguns outros garotos.


Assim que nos viu ele deu um sinal para abrirem a porta, havia apenas uma mesa como essas de reunião, com cadeiras em volta, uma televisão na parede, onde passava o telejornal. Em cima da mesa havia um mapa, com vários marcadores colorido destacando algumas rodovias.


- Olá meninos- Namjoon disse com um sorriso, assim que entramos. - Por favor fiquem a vontade - disse apontando para algumas cadeiras.


Cumprimentamos todos da sala com a cabeça e nos sentamos. Sentei ao lado de Liam em uma poltrona, dei um sorriso para o meu amigo, que parecia com um olhar distante


- Obrigado por vocês virem até aqui - o coreano disse. - Eu serei rápido, todos aqui possuem alguma obrigação no acampamento, de acordo com suas habilidades, ou o que se sentirem melhor. - assentimos. - Vocês têm alguma ideia de onde querem ajudar?


- Eu não me importaria em ficar na ronda - Zayn disse o olhando, Namjoon assentiu


- É aonde a maioria quer ficar realmente. Jin, como está a sua equipe, precisam de um laranja? - vi que o coreano mordeu os lábios e encarou o Zayn por alguns segundos, antes de assentir com a cabeça. - Ótimo, depois então passe para eles as informações. O azul - ele disse olhando para o Liam .- A maioria dos azuis ficam na parte elétrica, se você não se importar, vou precisar de você lá. - Liam assentiu - Ótimo. - seus olhos foram para o Niall. - Quantos anos você tem?


- Doze - o loiro respondeu.


- No seu primeiro horário os menores de treze anos, frequentam as aulas, principalmente de matemática e história. - Niall fez bico, com um olhar decepcionado. - Eu sei que é chato, mas é necessário nesse nosso quadro atual.


- Tudo bem, mas eu posso fazer alguma coisa legal depois? Sou um branco, se quiser eu produzo sorvete pra você. - Namjoon riu.


- Vou ver um lugar bem legal para você - Niall agradeceu- Se vocês puderam depois passar para a Selena que ela tem aula de manhã? - assenti.


Namjoon me olhou e depois para o Harry, disse que depois passava nossas atividades, por que para nós devido nossas habilidades seria diferente.


- O que significa esse mapa? - perguntei curioso.


- Onde está localizado os maiores CPA - Jin respondeu.


- São quantos? - Liam perguntou.


- Até onde sabemos vinte e três. - arregalei os olhos. - Cada cor informa a equipe que saiu. Ou que passou por lá.


Olhei para aqueles vinte e três pontos, imaginando em qual minha irmã estaria. Se tivesse uma pista para descobrir, um sinal.


- Eles mandam para o mais próximo? - perguntei.


- Não sabemos, mas acredito que sim, a menos que esse esteja muito cheio. - Namjoon respondeu. Assenti - Eu sinto muito pela sua irmã- ele disse me olhando rapidamente- Mas, não pense nisso.


Vi que todos me encararam, não precisava ser um dourado para entender o que se passava na minha mente.


- Eu não estou pensando em nada - respondi.


- Todos nos deixamos nossa casa, família para trás. Mas, não é motivo para ir até lá. - Namjoon respondeu. - Isso seria suicídio, ainda mais quando não consegue controlar suas habilidade.


Baixei a cabeça, tentando controlar meus nervos, percebi que ainda me olhavam, tentei não pensar em nada, apesar que a única coisa que passava pela minha cabeça, era que iria aperfeiçoar minhas habilidades e resgatar Lottie.


- Olha isso - Jin disse apontando para a televisão.

O volume logo aumentou rapidamente, era o presidente com varios repórteres, dando uma entrevista.

"Senhor presidente, como esta o tratamento  da NAIA? - um repórter perguntou.

" Ainda estamos correndo atrás, mas ja avançamos para um grande tratamento. Como eu disse desde o começo, o unico lugar que realmente é seguro para a geração XP, é nos centro de prevenção. La existe vacinas que controlam as imperfeições causadas pelo vírus da NAIA. " - o presidente declarou.

- Comédia - Zayn respondeu rindo irônico, assentimos.

" Eu tenho uma prova viva da melhora que a vacina proporciona. Meu próprio filho foi o primeiro a experimentar e posso declarar que pelo menos 98% ele ja esta melhorado."

Logo a imagem mudou, mostrando um garoto, pele branca, cabelos escuros, com um olhar distante e triste.

" Como esta sendo a recuperação?" - um repórter perguntou para o garoto.

" O caminho ainda é longo, mas ja me sinto bem melhor, me sinto livre como não me sentia nessses ultimos anos."

Todos olhamos para o Nanjoon, que riu irônico e negou com a cabeça.

- O que você acha disso? - Harry que estava em silêncio o tempo todo perguntou.

- Sabemos que não é verdade - Namjoon respondeu. - Ele parece para você livre? - Harry negou. - Sabemos que não existe cura, só os leigos irão cair em uma história dessa.

A imagem voltou para o presidente, que continuou a falar sobre a milagrosa vacina que os CPA estavam oferecendo. Depois declarou que não existia nenhum lugar seguro, que todas as crianças e jovens estavam assustados, com medo por isso suas habilidades saiam do controle, que eles nunca nos machucariam, o que sabíamos que não era verdade. E por ultimo, novas vagas de caçadores de recompensas estavam sendo abertas, se você é ou foi um militar, fuzileiro, o que seja, poderia se candidatar a vaga, só procurar um centro mais próximo. As recompesas estavam cada vez mais alta.

- Esse homem me da embrulho no estômago- Jin disse desligando a televisão.

- Pela cara que seu filho estava, acredito que não é só você. - Liam disse irônico.

- Ele não estava com um olhar de quem esta 98% curado. - conclui.

- Com certeza não. Justin Bieber deve ser a pessoa que mais odeia o presidente. Eu sei o que é ser uma cobaia de seu próprio pai. - Nanjoon respondeu alisando um cicatriz em seu queixo. Tae apenas assentiu com a cabeça. Ele deu um sorriso torto para o meu lado e suspirou. - Bom, era isso que precisávamos resolver, se agora vocês quiserem descer e ir ate o deposito. Lalisa esta la e irar separar algumas roupas, sapatos para vocês. - assenti.

●●●●

Uma semana havia se passado desde que chegamos no acampamento, ja estava em uma pequena rotina, entre arrumar a cabana, acompanhar o Niall e a Selena em suas aulas e depois ajudar a Lalisa no depósito. Nanjoon havia separado tarefas para todos, menos para mim, ele disse que iria me ajudar em minhas habilidades, porém não havia sobrado tempo ainda para ele fazer isso.

Harry passava a maior tempo do dia em uma torre em silêncio, observando tudo e a todos ao redor, as pessoas saiam de sua frente sempre que ele passava, como se estivessem com medo. Esta certo, que sua carranca era realmente assustadora, mas no fundo ele era uma boa pessoa.

Zayn passava a maior parte do dia fazendo ronda, com alguns outros garotos, ou então no ringue de luta, toda as vezes que o vi no ringue, o vi mais no chão do que lutando, com certeza precisava treinar e muito. Liam havia se juntado com os outros azuis, passava a maior parte do tempo montando e desmontando coisas, ele fez ate uma cafeteira voltar a funcionar.

Estava com a Lalisa no depósito, enquanto ela resmungava consigo mesmo, apenas neguei com a cabeça, apesar dela ser uma manipuladora da terra, um pouco exibida as vezes, era uma pessoa muito legal. Nos estávamos separando todas as roupas, sapatos e outros acessórios que algumas equipes trouxeram de suas missões.
Era normal sempre  alguem aparecer pedindo alguma peça de roupa, ou acessório, tipo uma escova ou espelho.

Eu sentia que estava  sendo observado, sentia aquela pressão atrás da nuca, olhei para trás algumas vezes, mas tudo que via era os cabelos loiros da Lalisa, neguei com a cabeça e voltei as minhas pequenas obrigações.

Ouvi uma movimentação do lado de fora, olhei para ela que rapidamente se levantou indo para fora, a segui um pouco curioso. Vi quando o Nanjoon desceu as escadas de seu escritório, com um pequeno comunicador,  junto com outros garotos, os segui para saber o que estava acontecendo.

- O que houve? - Lisa perguntou.

- Parece que a Lauren e Camila estão encrencadas. - Park Jimin respondeu, Tae apenas assentiu com a cabeça.

" Eu não sei quantos são, consegui contar no mínimo cinco. Camila esta tentando os distrair, mas ela esta fraca, estou com mais cinco crianças." - ouvi a voz de uma garota no comunicador.

- Onde vocês estão? - Nanjoon perguntou.

- Entrando no segundo tunel, estamos cansados e feridos, temos pouco tempo. - a garota respondeu.

- Estamos indo ajudar - ele respondeu rapidamente. Vi que se virou nos olhando. - Jimin acione o toque de recolher para os menores. Tae, avise a equipe dos azuis para apagarem as luzes. Jin preciso da sua equipe na entrada norte - ordenou rapidamente para os garotos. - Vou precisar de você- vi seus olhos vindo em minha direção, engoli em seco.

- Mas, eu não sei controlar minhas habilidades.

- Tenho certeza que vai conseguir, estarei do seu lado - disse dando uma piscadinha, senti meu corpo estremecer.

Não demorou dois segundos para o Harry estar ao meu lado, ele me encarou e depois olhou para o coreano.

- O que  esta havendo? - perguntou
serio.

- Longa historia, venha preciso que acalme o Louis, vou precisar dele. - disse correndo em direção a saida.

Harry e eu corremos atrás dele, vi quando o Jimin começou a jogar pequenas chamas em algumas latas de metais, que logo começaram a explodir, todas as crianças correram para suas casas, esperava que o Niall e a Selena estivessem feito o mesmo.

Descemos as escadas da antiga estação correndo, quase tropeçando sobre os galhos e pedras no caminho, as luzes que antes iluminavam o local logo se apagaram, deixando tudo em uma escuridão.

Zayn estava proximo a locomotiva que tampava a entrada, junto com mais dois garotos e a amiga  da Jade de cabelo roxo. Nanjoon deu sinal para eles que rapidamente fizeram a locomotiva se mover.

- Você sabe o que fazer - ele disse olhando para o Jin, que assentiu. - Perrie - olhou para a garota. - Vamos -  engoli em seco e assenti com a cabeça, estava um pouco nervoso e com medo.

Senti o Harry bem atras de mim, por um momento me senti seguro, sabia que por tudo que passamos ele não me abandonaria agora.

Passamos a locomotiva, indo para o túnel do metrô. Um vento gelado nos atingiu fazendo esfregar os braços com força.

- Túnel três - Nanjoon disse para a Perrie - Quantos você consegue transportar por vez? - a loira fechou os olhos e logo os abriu mudando sua tonalidade para verde esmeralda.
" Teletransporte".- pensei

- Nunca tentei com três, mas vamos. - ela foi pegar na minha mão, a puxei rapidamente, não estava pronto para contato físico.

Nanjoom deu um sorriso para o meu lado e pegou em minha mão, sua mão estava gelada, senti a velha pressão na nuca, porém nenhuma imagem invadiu minha cabeça, era como se estivesse um muro em sua mente, evitando que eu entrasse. Harry deu um suspiro longo e pegou na minha outra mão, era diferente do coreano. Sua mão era quente, a pressão da nuca aumentou, as imagens queriam aparecer na minha mente, mas parecia que ele lutava para manter elas presas, porém senti uma sensação calma dentro de mim. Ambos pegaram na mão da Perrie, que fechou os olhos, senti meu corpo leve, meu estômago revirou, eu senti que estava flutando, ate segundos depois o corpo pesar novamente.

Nos estávamos parado entre três túneis, lembrava que passamos por aquele caminho, um levava para o acampamento e dois para a zona proibida. Perrie se encostou na parede, respirando ofegante, ela parecia exausta.

- O que eu tenho que fazer? - perguntei

- Só espere - o coreano disse olhando para os lados.

Vi que fechou os olhos, assim como o Harry, ambos viraram o rosto na mesma direção, provavelmente de onde os outros estavam vindo. Quando o coreano abriu os olhos, estavam dourados, dei um passo para tras engolindo em seco, senti que encostei no peito do Harry, ele apenas apertou meu ombro me passando confiança de sempre.

Logo comecei a ouvir barulhos, passos correndo e vozes, vindo de um dos túneis.  Nanjoom parou na minha frente, seu rosto estava diferente e seus olhos brilhavam em dourado. Os passos aumentaram, ate começar a surgir algumas crianças. Vi um garoto parar rapidamente quando nos viu, ele usava uma touca na cabeça, mas sua fisionomia não era estranha.

- Estou em paz - o garoto disse esticando a mão,  o coreano assentiu. Mais três crianças apareceram atras dele, todas travaram os pés quando nos viram, eu não sei o que Nanjoom estava fazendo, mas acredito que todos viam algo a mais que eu.

Nanjoom pediu para a Perrie os levar para o acampamento, poderia ser correndo mesmo, ja que ela estava fraca. O barulho continuou e cada vez mais alto, eu ja estava me sentindo sufocado, não gostava de ambientes subterrâneos.

Vi quando apareceu duas garotas, uma praticamente estava  sendo carregada pela outra, ambas fitaram o Nanjoom que apenas deu espaço para elas passarem. O coreano fez um gesto com as mãos e aranhas começaram aparecer por toda parte, parecia tão reais que por um momento senti elas passeando em volta de mim.

Havia três rastreadores, todos com roupa de militar e uma máscara de gás, pararam rapidamente quando nos viram. Nanjoom continuava a encara-los, as aranhas ficavam maiores e cada vez mais reais, rodeavam os rastreadores famintas e prontas para atacar, eu sentia o desespero deles no ar. As paredes começaram a encolher e o ar ficar sufocado.

Um dos rastreador tremia, tentou erguer a arma porém estava sem força.

- Dor - Nanjoom disse, e o rastreador caiu no chão, com as mãos na cabeça gritando de dor.

- Pare com isso - outro rastreador que parecia ser o lider deles disse. - Eu não tenho medo de você, dourado. - riu sem humor.

Mas, o coreano o ignorou, apenas prestando atenção no outro que se contorcia no chão, enquanto as aranhas passeavam em volta dele.

Aquele barulho que ninguém esquece, ouvi a arma ser engatilhada, engoli em seco e dei um passo para o lado, o coreano estava tão concetrado que não havia percebido, que a arma estava apontada em sua cabeça.

- Eu também quero brincar - ouvi a voz rouca e irônica do Harry atrás de mim.

Imaginava que estava com os olhos dourados, quando o rastreador colocou a mão na garganta e se ajoelhou no chão.

- Estou tirando o ar de seus pulmões - Harry disse concentrado, a arma caiu das mãos do rastreador, ate eu que não estava vendo os olhos deles, sentia medo, sufoco e pulsão forte em meu peito.

Enquanto havia dois rastreador no chão, o terceiro não sabia se corria, ou nos encarava, provavelmente as menimas haviam acabado com suas armas e seus equipamentos, agora restava somente a força bruta. Ele nos olhou e depois para os seus colegas gritando no chão.

Vi que pegou a arma que estava no chão, sem medo, ele simplesmente puxou o gatilho, o ar queimou, as aranhas sumiram. Pensei que seria o coreano, mas Harry que caiu de joelhos no chão, aquilo foi o fim, agora era a minha vez de agir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...