1. Spirit Fanfics >
  2. Acampamento obscuro >
  3. Voltando ao passado...

História Acampamento obscuro - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Oiieeeee♥
Mais um capítulo para vcs! ( na verdade nem ia postar capítulo hj! Só que quando entrei e vi 30 visualizações! Mds... Não sabem o grito que dei aqui em casa, meu coração quase saiu pela boca! Muito muito obrigada mesmo! Gente ontem mesmo estava com 11 visualizações, agora já tenho 30 visualizações! Mds.... E que apareçam mais morceguinhos! Muito obrigada mesmo! Isso me ajuda a não desisti de escrever essa louca historia!)
Espero que gostem morceguinhos ♥♥
E outro coisa.... Hj rola beijo ein hihihi...

Capítulo 9 - Voltando ao passado...


P. O. V. Janhy 

       (continuação...) 

Me responde Peper! - falo quando vejo os cabelos brancos dele - vc está drogado? Pq está querendo me matar? - sinto um energia negativa vindo dele - habilidade novas? Mamãe! - falo quando vejo o colar que meu pai me deu brilhar em tom azul como o do oceano , algo me diz para olhar bem nos fundos dos olhos de Peper, passou 5 minutos ele volta a ser o Peper de antes 


  ~Peper~ - Janhy? Você... Você está viva? Eu morri? Estou no paraíso? - ele pergunta confunso me fazendo rir - pq está rindo? - ele fala com uma carinha tão fofa, que dá vontade de morder 


  - talvez pq eu seja imortal? E... Vc tbm!? Os imortais não morrem! Esqueceu?? Hahahaha -


 ~Peper~  - mas... Seu coração... Ele... - ele tenta terminar a frase só que o interrompo


  - não è pq meu coração parou de bater que eu morri! Aliás eu foi para outro mundo... Vamos dizer assim - falo me relembrando daquele lugar que no começo me causou um pouco de medo, mas logo me senti em casa 


  ~Peper ~ - o mundo dos mortos? Mas... Quem entra lá, nunca mais sai! Quer dizer... Bem raramente sai de lá! - ele fala se beliscando para ver se estava sonhando 


  - não se você for da família - falo dando um sorriso e lembrando que me avó è o rei de outro mundo, o mundo no qual todos temem! , por isso que as pessoas tinham tanto medo de mim?!-e pare de se beliscar! - dou um tapa na mão dele


  ~PEPER~ - Aii! Doeu... - ele faz uma carinha fofa que meu coração... Não... Seu coração não tem nada aver com essa história garota! Penso 


   - pq vc quis me atacar? E onde está todo mundo? - olho ao redor não vendo ninguém apenas aquele lugar frio e solitário


   ~Peper~ - fomos atacados... - ele começa a olhar pelo redor - levaram uns de nós, uns que tinham poderes e outros que só eram "normais" mesmo- ele olha para o braço dele que estava machucado , sinais de uma luta para proteger Alguém?


    - se levaram quem tem poderes... Pq não te levaram?? e pq vc  está com esse machucado  no braço? - olho preocupada para o braço dele, não era nada profundo mas tbm não era um cortinho


    ~Peper~ - vc queria que eles me levassem? - fala olhando sério para mim


  - não! Claro que não! - deixo um sorriso escapar, maldito sorriso! Ele começa a chegar mais perto de mim e inicia um beijo, um beijo calmo, doce e tranquilo, meu primeiro beijo seria em um acampamento pós ataque? Espero que meu pai não esteja vendo isso... O  beijo  começa a ficar mais e mais quente só paramos de nos beijar quando já não tínhamos mais ar


  ~Peper~ - respondendo sua pergunta - ele falava ofegante ainda não tinha ar o suficiente - eu me escondi para ninguém me levar, só que sai de onde estava quando vi três caras de preto indo até seu "caixão " - ele faz aspas com a mão e eu começo a rir com aquilo, eu estive "morta"! E revivi e agora me sinto mais forte - eles estavam tentando te levar! então eu os ataquei! Mas tbm apanhei um pouco... Consegui acabar com os três mas antes de conseguir fazer isso eles injetaram uma seringa com um líquido roxo em mim, começei a ver tudo embaçado estava fraco... Mas lutei por vc! - agora ele que deixa um sorriso escapar e eu lhe dou um selinho


  - obrigada!- falo saindo do selinho - Então... Está explicado! Talvez esse líquido seja um tipo de tranquilizante! Só que ele faz a pessoa que injetou isso ter poder sobre vc! Um exército de assassinos! - falo como uma nerd  Humana do ensino médio


  ~Peper~ - como vc sabe de tudo isso?


  - eu fuçei em algumas coisas da Lorraine.... - ele começa a me olhar desconfiado quando termino de falar isso - oque? Vc acha que eu iria confiar nela? Tinha que saber oque iria acontecer aqui... - nos dois começamos a rir, até que ouvimos panela caindo no refeitório, estávamos longe do refeitório mas o barulho foi tão grande que dava pra ouvir lá do outro lado do mundo, nos olhando por um tempo depois nos teletrasportamos para lá, ele tbm tem o mesmo poder de teletrasporte que eu, chegando lá não vimos nada, mas eu senti que tinha algo ali


   - apareça agora! Eu sei que vc está aí! - falo com a voz firme, até que uma criatura sai da escuridão - Thaylor... - sim era Thaylor só que em sua versão criatura, mas uma coisa nele estava diferente, consegui ver a mesma seringa que Peper me falou, no pescoço de Thaylor - sai daqui agora! - falo para Peper que estava atrás de mim


   ~Peper~ - não sem vc!


   - Peper Porfavor! Eu consigo controlar ele! Vá atrás dos outros! Tente encontrar alguém, eu te encontro na fogueira, ok? - ele assinti com a cabeça e eu deposito um beijo na sua testa, mesmo ele ter que abaixar para mim poder  alcançar a testa dele, eu não sou Anã! Na verdade sou grande, eu pensava que eu era uma girafa mas depois de ter conhecido o Peper descobri que ele que o mutante girafa da terra - se cuida!


  Peper já havia saindo dali, agora só estava eu e Thaylor, ou oque eu achava que era Thaylor


  - thay... Consegue me escutar? - de repente uma Garra vem até mim mas desvio rapidamente- Thaylor !


   ~Thaylor (a criatura) ~ - será que vc não percebeu? Thaylor não está mais aqui! - fala uma voz distorcida vindo de Thaylor, só que era ele! Bom... Era o corpo dele, só que estava sendo manipulado por algo - mas se você quiser... Posso te levar até ele! - ele fala dando um sorriso macabro - claro! Claro?


   - Pennyweise... Me ajuda.... Seu "filho" quer me matar - penso, e essa frase me faz ter uma ideia, uma ideia louca e perigosa mas se der certo Thaylor irá voltar


    ~Thaylor ~ - quer flutuar? - apenas fico parada na frente dele, esperando ele me puxar pelas suas garras até perto de sua cabeça, não deu um minuto e ele faz isso, meu plano tem 10% de chances de dar certo... Espero que dê certo... A criatura que estava no corpo de Thaylor me puxa até sua cabeça aonde ele abre a mesma, como se fosse comer um animal grande , quando chego mais perto rapidamente colo minhas mãos sobre sua cabeça e o levo para outro lugar, para o passado... Thaylor estava em sua forma "humana", ele não conseguia se mecher, apenas podia ver e escutar oque estava acontecendo, do outro lado da rua estava passando uma menina devia ter uns 7 anos, ela estava com um macacão com flores  vermelhas e estava segurando um pirulito, estava chovendo mas ela não estava se importando apenas estava brincando com a água no meio fio, ela não estava olhando por onde andava até que ela tropeça e seu pirulito voa para dentro do bueiro


    - droga... - ela fala se agachando perto do bueiro, então ela vê um par de olhos amarelos, era de uma criança - oi? Quem está aí? - ela chega mais perto do bueiro para ver se conseguia ver algo, do escuro aparece um garoto vestido de palhaço e estava com o pirulito dela na mão


    - acho que isso è seu! - fala o garoto esticando o pirulito para a garotinha pegar


  - obrigada - ela fala pegando o pirulito e o olhando não tinha nem um molhado e nem um cheiro de sujo, estava lá seu velho pirulito novamente - huum... Qual seu nome?


   - oh desculpe - me! Que maneiras a minha! Sou Thaylor o palhaço dançarino - ele faz uma dancinha de dentro do bueiro fazendo a garota rir - e vc? Qual seu nome?


  - meu nome è Janhy e não sou dançarina bem que podia ser... - ela lhe mostra outro sorriso


   ~Thaylor ~ - posso te ensinar a dançar! - ele fala olhando para o lado onde estava seu pai, aquilo tudo era uma armadilha para pegar criançinhas


    ~Janhy ~ - ah... Melhor não... Eu tenho que encontrar um velho amigo do meu pai... - Ela fala se lembrado do que seu pai havia lhe falando, atrás do menino surge outro palhaço só que um mais velho, e Janhy leva um susto


  ~Pennyweise ~ - não queria lhe assustar pequena! - ele fala dando um sorriso - Thaylor oque está fazendo aqui? Não deveria estar estudando? - pennyweise menti para a menina não achar estranho dois caras com roupas de palhaço no bueiro, mesmo isso sendo muito estranho! 


   ~Thaylor ~ - sim papai! Tchau Janhy ! - ele fala meio triste já que seria a última vez que veria aquela menina doce e gentil, ele tinha certeza que seu pai iria matar ela


   ~Pennyweise ~ - Janhy? Hum... Qual seu nome completo pequena? - ele  pergunta meio confuso já ouviu aquele nome antes.... 


   ~Janhy ~ - Janhy voorhens, filha do Jason voorhens - ela fala com um sorriso e Pennyweise leva um susto ao ouvir aquele sobrenome 


  ~ Pennyweise ~- pq não falou antes? Quase que te mato garota! - ele fala preocupado Jason o mataria se ele fizesse isso  - sou um velho amigo de seu pai, ele me pediu para cuidar de você enquanto iria resolver um assunto em outra cidade, seu pai e a mania dele de achar que só pq salvou minha vida eu devo favores para ele pelo resto da minha vida, e olha que sou imortal e ele tbm.... mas è assim mesmo hahaha, quer que eu te ajude a entrar? - ele pergunta vendo que a garotinha estava com medo de pular de lá de cima


   ~Janhy ~ - não pressisa senhor pennyweise! - ela se teletrasporta para dentro do bueiro - eu tenho alguns poderes hihihi- ela sorri e pennyweise rebribui o sorriso , talvez esteja admirado como que o "maior Assassino" do mundo, como Jason  chama a si mesmo, teve um filha tão doce assim?? Ele estava admirado com aquele doce sorriso, com aqueles olhos azuis e como aquela pequena criatura era


   ~Pennyweise ~ - vamos Janhy? Meu filho deve estar me esperando já - ele lembra de seu filho que agora deveria estar fazendo qualquer coisa, ou até Ponhando fogo no bueiro! Ou qualquer outra coisa.... 


   ~Janhy ~ - claro senhor Pennyweise - ela fala   mostrando seu doce sorriso


   ~Pennyweise ~ - pode me chamar de Penny querida - ele passa a mão no cabelo da mais nova e os dois desaparecem na escuridão 


      Continua...

        Vamos flutuar? 👻🔥🎈


Notas Finais


Hihi gostaram do beijo?
E de descobrirem como Janhy e Thaylor se conheceram? Espero que tenham gostando
Até mais ! ♥🎈
Logo logo vai ter missão resgate na história hihihi

É mais um pergunta.... Com quem vcs shippam a Janhy? Com o Thaylor, o Maicon ou o nosso querido Peper mesmo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...