1. Spirit Fanfics >
  2. Acampamento pokemon (interativa) (vagas encerradas) >
  3. Estabelecendo...

História Acampamento pokemon (interativa) (vagas encerradas) - Capítulo 7


Escrita por: e StarStriker


Notas do Autor


Finalmente, depois de muito tempo, mais um capítulo dessa fanfic, muitos de vocês devem ter sentido saudade da minha ausencia

Ocorreram imprevistos na minha vida, por exemplo a pandemia, tive que me adaptar

ate porque eu cheguei em uma nova parte da historia, então busquei inspiração,

Vale ressaltar que alguns caracteres estão apenas disponíveis no celular, prefiro fazer a fanfic aqui doque no pc, exemplo: "–" não tem no Pc e no celular tem

Capítulo 7 - Estabelecendo...


O caminho era coberto com folhas, agradando que andava descalço, no final, se via um observatório com um guarda dewott, bloqueado por uma barra de bloqueio


–voces são a excursão? Correto- pergunta para conferir


–somos, viemos aqui para o acampamento- responde a jusemar


–ja foram confirmados lá atrás, estou aqui para encontrar fugitivos, podem ir


Então a barra de bloqueio se eleva e todo o pokeal entra


Quando o guarda repara os humanos ele pede um autógrafo


–ué porque?–indaga a garota de pele morena e cabelos soltos


–deixe para lá–vira o guarda de lado


O garoto responde–que estranho– e os dois continuam a caminhada


Naquele local havia um campo aberto com algumas árvores e um rio que passava no final, que ia para dentro da floresta nas laterais


O pokeal começa a arrumar as barracas


Arthur (gengar) de @pg139 Pov's


Me sinto estranho nesse lugar, é uma sensação de não pertencimento

Vai ser difícil socializar com esse pessoal, primeiro me estabeleço e depois converso


Procuro um lugar bom, faço perto de uma árvore e sigo os passos. A barraca é pequena então acho que não terei dificuldade em montar-lá sozinho, levanto o teto da barraca, que era bem simples, e logo em seguida monto os sustentadores do teto. Depois de armar a estrutura foi fácil prender às paredes, o chão, e a lona impermeável


Estou suando bastante, não estou com a roupa certa, preciso trocar, o sol já está me torrando


Após terminada, eu troco minha roupa lá dentro, absorvo o suor com o lenço 


–ufa, deveria ter feito isso antes–comento para mim mesmo


Vejo pela abertura o pessoal está usando seus equipamentos, pego o meu e começo a terminar meus trabalhos


Coloco no chão aqueles que ainda eu tenho para fazer


Olho aquelas 5 pinturas e seleciono pokefusao entre Inteleon e serperior


Selecionei que ficasse em pé com traços estéticos da cobra, não tive criatividade para um ser entre que anda deslizando e outro com pernas para andar


Enquanto eu faço o término, um cinderace aproxima de mim reparando nos meus desenhos


Cinderace: que pokémon é esse?–fala com os dedos no queixo


–um inteperior, fusão de inteleon e serperior


Cinderace: interesaante, qual é seu nome?


–so inventei a especie


Cinderace: o seu– me aponta


–a,é… Arthur–falo coçando as costas e enrrolado


Cinderace: o meu é Arnold, você tem mais desenhos?


–tenho, posso mostrar?


Arnold: claro


Pego minha mochila e coloco lá dentro todas as minhas obras de arte e vou o apresentando cada uma


–essa daqui é uma surrealista, a mais incrível da escola, foi a maior loucura com sentido que eu fiz, a sombra muda o cenário, contraste entre noite e dia com arco-íris, mãos com o sol e a lua


Arnold: muito interesaante, já começou bem


Então eu apresento as seguintes, ele foi um bom crítico


Arnold: posso fazer um desenho?


–claro que pode, pegue–saio do local e o deixo pegar nos meus equipamentos


Arnold(Cinderace) Pov’s


Eu o acompanho desenhando, primeiramente um lucario deitado de lado, pensei um pouco antes de contínuar o desenho e então desenhei aos poucos uma silhueta feminina humana deitada na frente dele. Paro um pouco e vejo que Arthur havia corado já vendo o resto do desenho. Voltei ao desenho colocando mais detalhes na garota, realçando seus membros, desço para os membros inferiores, desenho o pau e realço a bunda, e faço o buraco no cu e continuo o pau entrando lá


Arthur: noss… que delícia errada cara–fala me olhando sério?


Viro e pergunto–oque foi? Tem pornô de tudo - Falo num tom brincalhão


Arthur: pokefilia, isso é errado - Ele diz sério


–e se o humano e o pokémon quiserem trepar? Nao precisamos de outro ser nessa relação– retruco bravamente ele


Arthur: eu vou contar para todo mundo


De repente, uma garota Inteleon aparece na nossa frente e diz:


Legal esse desenho hein, já limpa a sujeira com o próprio material


Nesse momento, nós dois coramos muito, então, ela senta no tapete repousando suas mãos e fala


Inteleon: nao deixa os humanos verem isso que pode dar B.O literalmete– ressalta a última fala


–qual é o seu nome?


–me chamo Ester, sou a médica desse recinto, seu pet está agitado– fala passando a mão por cima do meu "amiguinho" 


Olho para o Arthur e vejo que ele está tampando o rosto com o seu casaco


–ta muito quente para usar essas roupas–falo nos sentidos térmicos e sexuais, eu costumo aplicar conotação sexual em conversas, e olha quem estudei literatura erótica


Ester me passa a mão no braço, pega o celular e diz–faz um hentai dele por favor?


Ela me mostra o celular e vejo um conhecido meu, Robert


–ainda bem que é falso, se não ia dar pornô de menor e estupro de vulnerável, mas eu não desenho muito bem homem mesmo com esse curso


–La vem a shotacon e o antropofilo– fala uma zoroark chamada Rose se referindo a nós dois junto com suas amigas que riram


–existe um conceito chamado ficção e outro chamado realidade– retruco a ela


N/A (agenolho): eu não sei a origem  desse termo, acho que foi numa fanfic com jogo de truco


Ela mostra o 190 com o celular e diz–estou de olho– fazendo sinal de visão dos dois dedos


–me diz Ester, voce trouxe o kit de primeiros socorros?


Ester: claro, vai que algo aconteça aqui


Arthur: levei os desenhos para dentro para não chamar atenção–avisa escondido


–boa arthur


Ester: sabe porquê eu vim aqui?


–porque


Ester: irei treinar a medicina natural, assim eu tenho experiência para o mercado de trabalho


–guria esperta–falo com graça e cutuco o seu cotovelo com a minha mão fechada


POV's Arnold OFF


POV’s Robert (lucario) de @agenolho ON


Eu estava tentando armar minha barraca sozinho, o que era bem difícil, toda vez que eu sustentava um lado da barraca o outro caía


-Ah! Que droga! - digo chutando um ferro, que fazia parte do sustento, 


–oque foi– diz um desconhecido atrás de mim, viro e olho


–nao estou conseguindo fazer a bendita barraca


–eu ajudo–disse o lycanroc forma noturna com entusiasmo 


–otimo, esse negócio é ferrado de montar–faco uma piada com o ferro que ele pega


–curti seu humor, qual seu nome?


Me chamo Robert, e o seu?


–Alexandre, mas gosto que me chamem de Alex


–podemos começar?


–sim


Durante a montagem ele me ensina o jeito de conectar os cabos


Alex: Para que o lateral direito sustente o lateral esquerdo você deve segurar assim–olho para ver encaixando–agora faça você nesse outro lado


Eu pego as duas barras com as duas mãos e fecho do jeito que vi


Alex: muito bem, agora falta o resto


Com a ajuda dele, término o resto da barraca


–Obrigado pela ajuda– o agradeço gentilmente


Alex: não é nada de mais


Derrepente, somos abordados por uma funcionária daquele local, uma Ninetales que vi o nome pela etiqueta, Valéria


Valéria: se não é muito incômodo, professores recomendaram que vocês ajudem na preparação da festa–disse com um tom manso e calmo


Alex: mas porque?– a pergunta intrigado


Valéria: você trabalha nos bastidores e o lucario fez curso técnico em administração


Alex: eu estou disposto, e você mano–fala me dando uma abraçada com o braço esquerdo no cotovelo


–sim, assim eu obterei experiência


Valéria: me sigam


Seguimos ela, passando pelo mato e parando em uma casa rústica, as luzes são ligadas por ela e verifico o ambiente


Lá havia dois funcionários, mesas com computadores simples e documentos, parecendo um escritório


Valéria: não é só isso, naquela porta há uma entrada para o armazém, lá tem os materiais, deixarei vocês aqui para trabalharem, salário a combinar–fala olhando a porta e sai da propriedade


Rafaela: estão prontos?–fala uma Zeraora 


–sim–eu e o Alex falamos em uníssono


Rafaela: lucario ficará aqui para fazer coisas administrativas da festa enquanto o lycanroc irá para uma sala testar músicas para a festa


Alex: porque me levaram aqui então?– se pergunta com as mãos com as palmas para cima e uma cara de non-sense


Rafaela o entrega um mapa do acampamento ao alex e diz– vá até a casa musical


Alex: tudo bem


Ficamos eu e ela 


Rafela: você fará nesses papéis o rascunho do layout–aponta


–precido saber oque será colocado lá


Ela pega uma lista com os itens e me entrega 


Rafaela: faremos rascunhos e então entregamos com uma versão digital


Eu sento numa cadeira e ela do meu lado, fazendo outra atividade


–oque você está fazendo–pergunto olhando o papel


–estou fazendo as ações e falas que iremos usar 


–okey, vou começar


Usando os conhecimentos de organização de layout, organizo as coisas de uma maneira que a movimentação não fique presa na festa, pensando bem aonde colocar cada elemento


Eu também havia de definir os locais das imagens de cada curso, e comemoração final


Coloquei os riscos que poderiam acontecer durante o evento e sua montagem


Continua…



Notas Finais


Esse é o servidor para meus leitores:

https://discord.gg/j48zQGQ

Aqui está uma votação para definir em qual historia eu foco

https://www.spiritfanfiction.com/forum/topico/spoiler-qual-fanfic-eu-devo-focar-42200


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...