História Acaso - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Jimin!bottom, Jungkook!tops, Markson, Namjin, Sugavela, Suspense, Tentativa De Comedia, Vhope
Visualizações 145
Palavras 2.132
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee , sou eu , o pozo ksks
Num tem graça ;-;
Esse capítulo ta meio longo mas turu bem.
Boa leitura ou n rs

Capítulo 3 - " O Plano dos ativos"


Fanfic / Fanfiction Acaso - Capítulo 3 - " O Plano dos ativos"

Uma semana depois~

Depois daquele pequeno,quero dizer, puta enorme, acidente de semana passada, Suga Hyung e Tae se desculparam e foram para sala e tudo ficou bem entre eles e tals , quero dizer, eles ainda brigam igual cão e gato, mas nada que os leve de novo na direção. Neste exato momento estou na minha com um Hobi enchendo o saco por um brigadeiro ou sei lá e um Tae chorando por perder o dinheiro do lanche dele e claro , não podia faltar, Suga Hyung roncando igual uma porca parindo. Merda, eu tô irritado. E os meninos não estão ajudando, estou irritado deste o pequeno-lê-se enorme- problema na Diretoria e nem é pelo fato de Jungkook ter nos entregado e sim por que Namjoon atrapalhou o momento que minha boca ia sair da seca e também por ter falado o que não devia para o Diretor Kwan. Foda. Eu ainda sou muito bom por não ter abrido minha boca para Jin, mas o mundo é redondo. Tomará que a Tia entre na hora que Namjoon estiver vendo os 'Vídeos Educativos' só pra aprender a cuidar mais da sua vida. Credo, eu tô afrontoso hoje rs. Senti alguém me cutucar olhei pra trás e vi que era Suga Hyung.

-Que foi?-Sussurro  impaciente. Eu só queria ficar quieto no meu canto pensando em maneiras de matar Namjoon.

-Credo, que bixa afrontosa- Sussurrou ofendido, quero dizer , fingindo estar ofendido, faço uma cara de tédio para o mesmo-Ta,parei. Olha queria falar nada não, mas acho que meu primo está xonado em cê.-Que porra de primo esse drogado tá falanu?

-De quem cê ta falanu, Hyung?-Agora fiquei curioso e não vou acabar esse capítulo sem um resposta.

-Jungkook, seu idiota!-Respondeu como se fosse óbvio.

-Ata. Pera. ÉOQ?-Sabe quando você fala sem pensar?Eu tô tipo assim ;-;

-Algum problema , Sr. Park?-Pergunta a embus-digo , professora  de História rs.

-N-não, desculpa.-Digo pedindo a qualquer Deus que estiver de bobeira por aí, me ajudar.

-Ok. Só não faça mais isso.-Assenti rápido várias vezes, arrancando risadas do albino lá atrás. A professora virou novamente para o quadro , voltando a escrever o conteúdo.

-Como cê sabe disso?-Sussurro curioso. Eu sei, curiosidade mata.

-Ui, tá curioso é?-Filho de uma Dama da noite, não acredito que ele vai fazer isso comigo.

-É melhor cê me contar detalhes antes que você conhece Deus mais cedo-Sussuro tentando intimidar o albino, falhando miseravelmente.

-Quem vê pensa que assusta-Ri debochado. Desgraçado, tomará que morra engasgado com a própria saliva.

-Nem queria saber mesmo-Digo fingindo desinteresse. Eu tô morrendo por dentro de tanta curiosidade. Talvez seja mentira desse azedo só pra me deixar curioso. Bitch.

Ok, Jimin, mantenha a calma, deve ser só uma brincadeira sem graça desse albino. Relaxa. Aaa não dá eu preciso saber mais detalhes sobre isso.

-Por favorzinho , Hyung-Digo manhoso e com bico nos lábios. Ninguém resiste a fofura de Park Jimin.

*Sinal bate*

-I alá , bateu-Fala indo em direção a porta. Bitch. Vou ter fazer macumba pesada. Será que a minha vizinha ainda tem aquela galinha preta?

Saio da sala à procura de Suga Hyung vou tentar mais uma vez, pois a esperança é a última que morre, ou seja , Jhope é imortal. Ainda descubro as macumba desse cara, mano. Vejo Suga Hyung falando com o Kookie(A: Olha essa intimidade 7u7) , ele parece feliz/animado? Não sei dizer ao certo, mais ele está bem sorridente falando com Suga Hyung. Ok, vamos lá, Jimin, eu vou tirar esse curiosidade antes do final desse capítulo ou não me chamo Park Jimin.

-Oi, do que vocês estão falando?-Pergunto como quem não quer nada.

-Eu estava falando do plano pra deixar o Ji-Assim que ele percebe que ia falar merda e para-Digo, sobre um trabalho da minha sala rs-Diz com sorriso nervoso, ele ta mentindo desgraçado.

-Park Delicia Jimin, chega aqui-Diz a gazela 1(Tae) me chamando para atrás de uma árvore meio afastada de todos, será que ele vai me matar? Medo.

-Olha Tae, eu juro que foi sem querer que derrubei sua escova no vaso quando fui dormir na sua casa-Falei rápido e desesperado-Mas não precisa chegar ao ponto de me matar na escola , eu ainda quero conhecer meu Bias e quero ver Namjin se assumindo-Falo rápido.

-Éoq , Park Jimin?-Pergunta bravo, eu só acho, só acho mesmo, que falei merda- Mas esquece, eu queria te perguntar uma coisa.-Fala olhando pros lados para ter certeza que ninguém escute nossa conversa, a questão é quem ia querer ouvir as merdas de Taehyung. 

-Fala, Benino!-Ótimo mais uma coisa pra mim ficar curioso. Aff, assim não dá, Deus, pó. 

-Você sabe o que os ativos estão tramando?-Eu não posso ver meu rosto agora, mas aposto que ele tá muito "WTF?". 

-Ô seu drogado , do que cê tá falanu?-Falo já perdendo a paciência, porra , hoje tiraram o dia pra me deixar curioso/confuso. 

-Namjoon, JHope e Jungkook, sua anta. Eu tô falanu que o Suga ta aprontando alguma e tá levando os ativos junto no plano dele-Por que caralhos ele tá se referindo aos meninos como os "ativos"? 

-Tá e onde eu entro?-Já tô cansado das maluquices da gazela 1.

 -Você vai me ajudar a convencer o Jin Hyung à se juntar à nós para saber o que os ativos estão apontando- É sério issu , produção? 

-Menino, cê não tem nada mais pra fazer não? Sei lá, dar pro seu namorado ou lavar uma louça, qualquer coisa do que me encher? E se eles estiverem aprontando eu num tenho nada à ver-Digo grosso. Na real , qual o problema desse menino?- Tá, eu ajudo, por que eu tô muito curioso - bipolaridade On. 

-Ótimo , amanhã vou passar na sua casa antes da escola para irmos juntos para escola e já preparar algum plano. Agora eu tenho que ir, Tchau- Diz rápido e saindo correndo em direção ao Hobi, mas antes me deu um beijo na bochecha e sussurrou para acordar cedo amanhã e logo indo com seu namorado. Garoto estranho esse, eu hein. 

-Eu não gosto muito dessa aproximação sua e do Tae Hyung-Fala o moreno brotando do nada me dando um susto e fazendo soltar um grito nada másculo. 

-Caralho, garoto, meu coração-Digo com a mão no peito tentando acalmar a minha respiração.

 -Eu tenho esse efeito nas pessoas que me vêem, elas ficam sem ar-Diz me dando um piscada. Ainda me pergunto cadê o Jungkook fofo. 

-Ixi filho, tá achando que sou tuas negas que cê pega na rua?-Digo bravo com a audácia desse garoto-Cadê o respeito com o seu Hyung?-Eu preciso ensinar boas maneiras pra esse garoto(A: Por que eu pensei merda disso? ;-;) 

-Bem que poderia ser, né-Fala com um sorriso sapeca no rosto, safado!-Mas o @ não colabora-Finge estar triste. Aposto que foi a gazela 1  que ensinou isso à ele essas coisas. Desgraçado. 

 -Garoto dá licença que eu tenho mais o que fazer invés de discutir com uma criança fã de Iron Man-Digo indo em direção ao enorme portão com o nome da escola.

 -Ei, não fale assim do meu Ídolo, Mochi-Destacou a palavra "Mochi" ele sabe que eu fico puto quando me chamam assim. 

-Éoq desgraça?-Me viro quase que imediatamente vou até a árvore meio isolada, pronto para dar um murro daquele muleque sem vergonha.

 -Hyung, calma, eu só tava brincando-Diz caminhando para trás e batendo as costas na árvore, agora eu mato aquele filhote de Neide. 

-Agora eu vou te matar!-Me impulso para frente para poder bater naquele poste ambulante, tropeçando numa pedra e quase caindo no chão-meu BFF- se não fosse pelo pirralho ter-novamente- me segurado. Nunca pensei que pegaria ranço de uma pedra. 

-Hyung, você tem que prestar mais atenção onde pisa, você pode se machucar!-Disse 'preocupado'. Demônio, sei que tá rindo de mim por dentro. 

-Para de fingir estar preocupado, garoto-Falo me soltando dos seus braços e arrumando minhas roupas um pouco amassada por quase ter caído.

 -Mas eu realmente me preocupo com você, Hyung-Fala com a voz baixa e um pouco rouca-Eu fiz alguma coisa errada pra você para estar me tratando assim? Me desculpe se são as piadas sem graças e sem respeito- Senti um pouco da sua mágoa na sua voz, ele estava de cabeça baixa e brincando com os dedos, parece arrependido.

 -Claro que não, Jungkook. Você não fez nada de errado, não precisa se desculpar, é que hoje não foi meu dia. Desculpa se eu fui grosso com você. Me desculpa.-Disse arrependido de ter trado o mesmo dessa forma. Me abaixei um pouco para o mesmo poder me ver-Ei, olhe pra mim-O mesmo fez,  seus olhos estavam meio marejando. Merda.

Fiquei irritado comigo mesmo por ter magoado o moreno.

-Está tudo bem não precisa chorar-Falei com a mão na lateral do seu rosto fazendo um leve carinho, vendo um pequeno sorriso no rosto do mesmo. 

-Tudo bem, Hyung- Disse com um dos seus sorrisos de coelho-Hyung, eu posso te abraçar?-Pergunta  um pouco reseoso, provavelmente com medo de levar um não. 

-Claro! Nem precisa pedir-Digo abrindo as mãos e com um dos meus eyes-smiles, vejo o moreno à minha frente abrir um grande sorriso e abraçar minha cintura e afundar o rosto no meu pescoço, senti ele cheirar o mesmo, me arrepiei um pouco com isso mas não dei muita bola.

 Ficamos assim por um tempinho até ele separar o abraço com um sorriso lindo, Deus que eu não me apaixone. Amém.

 -Hyung, está meio escuro quer que eu te acompanhe até sua casa?-Pergunta gentil olhando para o seu e vendo que o pôr do sol já se foi. 

-Tudo bem, eu posso ir sozinho-Falo não querendo incomodar o moreno, na verdade, eu tava todo cagado, vai que alguém me pega e fala que tem que pegar pra me ter de volta? Meus pais não vão pagar nada para o ladrão e eu vou ter que viver com um ladrão, já pensou? 

-Eu insisto-Falou rápido e com a voz meio rouca. Como a voz dele foi de fofinha para uma voz grossa pôrno? Deus, eu necessito de sanidade. 

-Tudo bem, vamos antes que fique mais tarde pra você ir para casa-Falei já caminhando em direção à minha casa sendo acompanhado por Jungkook. O caminho foi silencioso, mas um silêncio confortável. Senti alguma coisa na minha mão e vi que só era a mão de Jungkook encostando na minha com o balanço do caminhar, pego a mão do mesmo, entrelaçando as mesmas e olhando para frente, vejo de canto Jungkook olhar para as mãos entrelaçadas e sorrir grande, soltei uma risada baixa pelo o sorriso feliz do mesmo. 

-Sua mão é pequena e fofa, ela parece muito com você, Hyung.- Sinto minhas bochechas ficarem quentes pela fala do moreno e por algum motivo eu não fiquei irritado com o mesmo ter me chamado de pequeno, pelo contrário, me senti feliz. Merda, eu não posso me apaixonar.

 -O-obrigada-Digo baixo, vejo o moreno rir baixinho e falar um "fofo". Depois de alguns minutos chegamos na frente da minha casa, já estava de noite.  

-Não é perigoso você ir sozinho para casa essa hora?-Perguntei preocupado,  já estava bem escuro. 

-Eu moro à duas quadras daqui, Hyung, não precisa se preocupar.-Diz risonho, provavelmente rindo da minha cara.

 -Mas mesmo assim é perigoso-Falei insistindo. Ele soltou minha mão e senti um frio na minha mão, o que fez arrepiar.

 -Não se preocupe, Hyung. É melhor você entrar, aqui fora está frio e você só está com uma blusa fina.-Dita o moreno, faço um bico e assenti concordando.

 -Ok, Tchau. Cuidado!-Digo preocupado com o mesmo. 

-Ta bom, tchau , Hyung.-Diz acenando, esperando eu entrar em casa. Estava abrindo a porta de casa, mas eu voltei correndo  até o mesmo, vejo o moreno me olhar confuso assim que cheguei até ele dando um selar rápido e simples na sua bochecha. 

-Boa noite, Jungkook-Dito isso volto para a porta de casa acenando, vendo o mesmo ainda em choque me acenar de volta. Entro em casa e vejo minha Omma no telefone e dou um beijo rápido na bochecha e sussurro um 'Boa noite, Omma' recebendo um 'Boa noite, amor' Omma sabe ser carinhosa quando quer só não é sempre :') 

Subo as escadas e vou para meu quarto, Appa provavelmente já está dormindo, o trabalho dele é muito rígido, às vezes fico mal pelo Appa ter que trabalhar tanto para nos sustentar. 

 Vou até meu guarda roupa e pego um moletom qualquer e um short até minhas coxas e um par de meias, ventindo o conjunto, fui até o banheiro escovar meus dentes.

 Depois de escovar os dentes, fui até minha cama pegando meu celular e colocando para despertar mais cedo por causa do 'plano' da gazela 1. Apaguei a luz e fui para debaixo das cobertas estava realmente frio em Busan. 

Me lembrei das palavras de Jungkook.

 "Eu realmente me preocupo com você, Hyung" 

Com um sorriso bobo , adormeci. 

Pois amanhã será um dia longo...


Notas Finais


Eu não gostei muito desse capítulo mas melhor que os outros que eu fiz, ele ficou :')
Espero que tenham gostado.
Até o próximo~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...