História Acasos Do Amor - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Luna Valente, Matteo Balsano
Visualizações 36
Palavras 519
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - A chegada no hospital


Fanfic / Fanfiction Acasos Do Amor - Capítulo 11 - A chegada no hospital

Matteo Balsano

Estava escutando bem baixinho um Barulho de ambulância, e a voz bem baixinho de uma garota que eu acredito ser a Luna,ela falava " fica comigo Matteo,não me deixe ".

Não vou te deixar meu amor. Não conseguia falar. Estava com muita dor,não via nada.

As memórias começaram a pipocar na minha mente. Simon,meus pais, Luna. Ela ia levar um tiro,por um momento eu pensei que iria perdela,eu não podia. Sem pensar duas vezes me joguei em sua frente,esqueci tudo,esqueci vingança contra ela e vi o quanto fui idiota em fazê-la sofrer. Eu a amo,e agora a única pessoa que quero vingança é Simon Alvarez. Esta decretado.

Luna Valente

Fui o caminho todo até o hospital ao lado de Matteo,não penso em me afastar,estou com tanto medo de perdelo.

Chegando ao hospital ele foi levado para A sala de emergência,vários médicos corriam pra lá e pra cá. Comecei a me desesperar com todo aquele movimento,oque estava acontecendo ?

Sai dos meus pensamentos com um médico me chamando.

Dtr (doutor) - Você é oque do Matteo Balsano ? - perguntou.

- Sou namorada. - falei rápido - Ele tá bem ? - desesperei.

Dtr- Ele vai entrar para a sala de cirurgia agora. Aconselho a senhorita a rezar bastante. - assenti sem saber muito o que dizer.

Fiquei horas esperando,estava desesperada,não comi,não fui pra casa,só me dei conta que fiquei lá a noite toda quando eu vi o médico me comprimentar dizendo " bom dia ".

Dtr - Senhorita Luna ? - veio até a mim. - Tenho notícias. - deu um sorriso.

Me levantei na mesma hora.

Dtr - Matteo está bem,receberá alta hoje a noite, preciso fazer uns exames ainda. Aconselho que a senhorita vá buscar umas roupas pra ele,tome um banho e coma. Ou quem vai ficar doente será você - deu um sorriso,eu só assenti mais feliz que nunca. Dei um abraço nele e o mesmo sorriu.

Sai em desparada pra minha casa,tomei um banho de meia hora,comi algo bem reforçado e fui pra casa de Balsano com as energias renovadas.peguei suas roupas e voltei para os hospital.

Entreguei as roupas para a enfermeira e a mesma entregou para o doutor.

..... A noite ...

Dtr - Pode e ver o Matteo,o motorista dele já está a caminho. - deu um sorriso e eu fui até a sala,vendo o mesmo olhando para um lugar fixo.

- Eu fiquei com tanto medo de perder você. - deixei um soluço de choro escapar e ele me chamou com as mãos.

Matteo - Eu nunca deixaria você Luna. - uma lágrima desceu de seus olhos. - Me perdoa,por tudo,me desculpa de verdade,eu.. - o interrompi

- Não peça desculpas,se você ... Eu não me perdoaria. - colei minha testa na dele.

O dtr chegou, assinou a alta dele e ele foi pra casa com dificuldade,o médico receitou uns remédios pra dor e outras coisas.

Chegando na casa dele,fiz algo pra comermos e comemos entre brincadeiras e risadas. Não tem explicação do que eu sinto por ele.

Matteo - Eu te amo - disse enquanto acariciava meus cabelos.

Luna - te amo mais - demos um beijo e dormimos entre carícias. O amo mais que a mim mesma.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...