1. Spirit Fanfics >
  2. Acção proibida >
  3. Elevador-Parte 2

História Acção proibida - Capítulo 37


Escrita por:


Capítulo 37 - Elevador-Parte 2


Fanfic / Fanfiction Acção proibida - Capítulo 37 - Elevador-Parte 2

-Cuidar?

-Sim cuidar, quero cuidar de você, como você sempre cuidou mim •disse fazendo carinho em seu queixo

•Ela o beijou mostrando todo o amor que ainda sentia por ele e o abraçou dando um carinho gostoso

-Me responde uma coisa, você ainda gosta de mim?

-Eu não sei mais •Disse respirando fundo 

•Lagrimas caíram do rosto dela, seu coração sentia dor, ele sentiu as lágrimas dela caindo em seu blusão

-Esta bem, eu te entendo Gusttavo, te entendo e muito, votem razão eu fracassei com você

•O Gusttavo viu o quanto ela se sentia mal, e limpou lágrimas que caíam do seu rosto

-Nao Gusttavo, eu é que tenho que limpar suas lágrimas, Porque eu é que te causo dor

•Ele se levantou chorando, e ficou olhando para cima e ela também ficou em pé chorando

-Me perdoa, por favor eu não queria te trazer tanta dor

•Ele mordia o lábio chorando com muita dor ficando calado

-Me perdoa, me desculpa, eu te fiz sofrer muito, e isso me dói, me desculpa por tudo que eu te fiz, perdão Gusttavo, eu não queria sério, eu só te causo dor, Mais não se preocupes isso vai mudar, eu já não quero te trazer mais nenhuma mágoa, dor, sofrimento nem algo do gênero, Gusttavo eu vou embora de portugual

-O'que? •Ele parou de ignorar

-Sim, você precisa ficar sem mim, você precisa conhecer novas pessoas, você precisa ser feliz, você sofreu tanto e não pode continuar a sofrer assim, eu vou me embora vou para África ver meus pais, eu quero esquecer que isso aconteceu, eu quero sinceramente que você encontre alguém que te ame de verdade, me desculpa eu não queria ter entrado na sua vida, me perdoa por ter estragado tudo, eu sabia desde o primeiro dia que não ia dar certo esse sentimento, me desculpa..

-Vai me abandonar?

-Nao fale como se fosse uma má coisa, você não precisa ficar longe de mim

-Se não fosse por você, eu nem teria amado mais, você vai fugir? Você acha que indo longe vai esquecer de tudo? Quer seguir meu exemplo, eu saí da França pensando que ia esquecer tudo mais não, o meu passado me segue, quer fazer o mesmo?

-Eu vou tar com os meus pais eles serão meu consolo, isso vai te fazer bem, assim você pode me esquecer, encontrar alguém que vai cuidar de você e dos seus filhos.. etc

-Tão facil... é sempre assim nem sidney? Você sempre decide por mim, você pensa por mim, você tira conclusões por mim •Ele já estava stressado -Porque você nunca pergunta o'que eu quero? Sempre é _Gusttavo eu vou te deixar para que você fique bem com seu filho e a Tainara, Gusttavo eu vou deixar você porque comigo você não é feliz, quem te disse que eu e meu filho queremos ficar com a Tainara? quem te disse que eu quero ficar longe de você? E quem te disse você se afastando vai me fazer bem? Você não é meu ser, você não se importa com que eu sinto, porque eu sinto muito muito mesmo

-Eu não posso ficar 

-Nao pode ficar, mais pode me magoar, eu te amo e nem escondo, mais se você quiser ir, pode ir faça boa viagem e espero também muito de dentro do meu ser que você seja feliz

-Gusttavo... •Ela chorava muito

-Sidney você já sabe, eu já te disse se quiser eu repito, você não vai me fazer se afastando, porque quando é problema a gente resolve não fica fugindo, eu te amo mais se for pra ser assim, não conta comigo

-Entao o'que que você quer que eu faça? Nossos mundos giram para lados opostos

-Eu nunca fui bom a geografia, nem sei se o mundo gira, Eu quero que você fique aqui comigo, você não disse que cuidaria de mim? Cuida, me dá um lar, um lugar no seu corpo para me acochegar, quero acordar com você do meu lado, quero sentir aquele cafuné que só você sabe fazer, quero o seu calor em mim, quero ficar encolhido e agarrado bem grudado  no seu corpo, quero te sentir, quero ver o pôr do sol beijando seu lábios ouvindo um te amo da sua boca,  acordar ter o abraço de você e o Laríky junto, e dos nossos outros filhos, custa? É pedir de mais?

-Eu tenho medo dê dar errado, você é meu professor e se alguém descobre?

-Teu curso acaba dentro de 3 semanas 

-Esta bem, mais eu tenho medo de não te dar filhos, ser infertil, você se cansar de mim..

-Se eu não me cansei ouvindo essas besteiras, não vou me cansar nunca, nós adotamos, se quiser a gente fica com o Laríky já que você só quer um filho

-Gusttavo porque você tem que ter solução pra tudo?

-porque você não fecha a boca e me beija? •Ele a segurou pela apertando a bunda, A beijou mostrando quem manda -Eu quero brincar com sua bunda, não com o seu coração, cuida de mim vai •Pediu com carinho

-Esta bem, mais se você contar para alguém eu desminto..

-Oque?

•Ela se ajoelhou e puxou o calção dele, pegou no pau e começou fazendo um oral

-Ainda tá doendo muito?

-Voce já tá curando 

•Era a sua primeira vez fazendo oral, nunca tinha feito um, não por nojo, porque ela tinha medo de fazer errado

-Tou fazendo direito?

-Tou me segurando para não bater em você •Ele apertava o corrimão do elevador e outra mão puxava o cabelo dela, ele também gemia de tensão 

•Ela fazia uma carinha de santa olhando para os olhos dele apesar da fraca iluminação, ele sabia o'que ela estava fazendo, não era de Deus, ele gozou na boca e ela para não fazer desfeita tomou tudo

-Tem um gosto muito bom •Ele ficou Corrado

-Voce sabe que não vai entrar no céu? •disse enquanto a deixava de 4 segurando o corrimão

-porque?

-Como você sabia que tinha que vir de saia, esquematizou tudo nem?

-Aham, não me tortura vai logo com isso

-so não grita muito, estamos em um hospital

-Aham

•Ela não se segurava e gemia alto, então ele teve que fechar a boca dela, depois de um tempo ela gozou e ele também já estava quase gozando

-É isso que eu quero para o nosso futuro tá me ouvindo? •disse puxando o cabelo dela com força

-Vai me deixar careca Gus

-Hoo minha Durinha •Ele já estava gozando quando as luzes se acederam e o elevador começou a mover se devagar

•Eles tiveram que se arrumar rapidamente, ao abrir o elevador havia muito gente 

-O nosso hospital pede várias desculpas por esse acidente, o elevador é pra nos ajudar, não pra nos atrasar, e o hospital oferece isso como perdão

-Sim obrigada, não sabe o quanto eu tava apressada

-vosso hospital é mesmo feiticeiro, me fez comer e eu não tou satisfeito

•Todos ficaram pensando que ele se referia a comida do Laríky

-pedimos as nossas desculpas

-Esta bem, nós já vamos •A Sidney puxou o Gusttavo

-voce é maluco? 

-Vamos ver o Laríky?

-Eu já o vi, tenho que ir..

-Eu disse vamos ver o Laríky sua resposta é sim vamos amor da minha vida, não perguntei o'que você deve fazer

•Ele falou com uma atitude de professor chatão que percorreu um frio na Sidney

-Esta bem

-Agora da aquele sorriso fofo que eu amo

•Ela sem querer riu

-Esse mesmo

-para com isso, seu idiota •Disse rindo bem tímida

Continua....





Notas Finais


Obrigada 💗❤️✨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...