1. Spirit Fanfics >
  2. Aceita-me >
  3. Irmãs fugitivas

História Aceita-me - Capítulo 43


Escrita por:


Capítulo 43 - Irmãs fugitivas


Sasuke estava a ir para as aulas quando uma certa menina de 1ano de idade faz uma birra porque queria Ramen, era dessa que ele matava Naruto... Naguiza tinha três e continuava a amar ramen, mas nunca tinha feito tanta birra como a irmã. Sasuke então chega atrasado ás aulas, nesse dia iria ser aulas ao ar livre. Acertar em alguns alvos, trepar árvores, fazer técnicas simples. Mas a turma dele não era muito boa com atividades ao ar livre, sempre se partiam todos. Naquele dia não era diferente, o primeiro que tinha trepado a árvore tinha caído e sangrado do Nariz. A outra foi tentar acertar no alvo, acabou por acertar num pássaro. Outro fez a técnica sexi e levou para a cabeça, aquilo era famoso por aquela escola, tudo graças a Naruo. Ele o queria matar pela segunda vez nesse dia. Completamente irrealista aquela turma de carrapatos se tornar ninja. Ma ele já tinha conseguido o quase impossível uma vez, conseguia fazer a segunda. Mas ele não achava muito isso. Até que nessa aula, um ex aluno seu apareceu para ver da sua irmã... Heshi era irmão da menina que tinha acertado no pássaro, a Mandi. Quando ele viu o seu antigo sensei o cumprimentou.

-Então... É sensei da minha irmã... Como ela se porta.- Ele sorriu para o antigo sensei.

-Ela é uma boa aluna, mas lhe falta mira.- Viu que a menina acabava por quase acertar num colega.- Mandi, deixa as kunai.- A menina olhou para baixo triste.

-Ya... Ela é muito má.

-Não devias estar a treinar?- Ele sorriu e olhou de lado.

-Sim... Mas tirei um tempo...

-Mandi treina com isto.- Lhe dava dardos de espuma.- Tenta acertar nisto.- Era um pote.- Assim é mais seguro para ti, para os teus colegas, para mim e para os animais.- Disse olhando para o pássaro que estava a ser enterrado por ela com a maior honra.- Tu deves ir treinar.- Ele sorriu novamente e uma kunai apareceu ao lado.- Agora.... Não me faças chamar o diretor.

-Estou indo, estou indo... Força nisso Mandi tu consegues.- Disse para a irmã lhe dando força. Sasuke por momentos gostava que as filhas dele fossem assim, mas não, uma tinha que puxar cabelos a outra. Ele tinha pena de Naguiza, ela adorava a irmã mas quando Naruto chegava, não existia irmã fofinha.

-Sensei... Me pode ajudar?- Era um menino bem pequeno com óculos bem grandes e ruivo, era tão fofo, ele não acreditava que aquela criatura adorável tinha dez anos como os outros.- Eu não consigo chegar ao primeiro galho para subir á árvore.

-Mateo. Talvez não seja boa ideia...- Ele olhou triste.- Anda cá, tu mais tarde podes subir ás árvores que quiseres, neste momento eu quero é que tu ensines Mandi a mirar, vá lá, ajuda-a tu és muito bom nisso. Ela não me ouve mas pode te ouvir a ti.- O menino foi lá orgulhoso de si mesmo, o sensei confiava nele para ensinar. De repente Sasuke sente duas mãos a tocar nele. Naguiza e Naomi estavam ali.- O que fazem aqui as duas?

-Papá...- Ela estendeu as mãos para pegar ao colo.

-A Naomi teve saudades e eu tirei do berço e vim aqui ter papá.- O que ele iria fazer com Naguiza, ela era uma verdadeira pestinha, Naomi também não ia atrás. Mandi olhou para as duas meninas ela adorava crianças e Mateo lhe dá com um dardo na cabeça a chamando a atenção.

-Eu vi isso Mateo...- Ele então pede desculpa.- Não devias ter feito isso Naguiza, as babás vão ficar preocupadas.

-Elas sabem... Eu deixei bilhete.- Disse sorrindo toda orgulhosa, Sasuke olhou para ele e levantou uma sobrancelha, mas desde quando ela sabia escrever que ele não estava sabendo.

-Que tipo de bilhete Naguiza?- Disse sério enquanto Naomi brincava com a gola da camisa do papá.

-Um bilhete papá... Um papel com coisas escritos.- Ele parecia bem sério a falar com ela, mas ela também sabia ficar séria.- Eu já sou grande papá, eu sei fazer as coisas de meninas grandes.- Sasuke suspirou.

-Vamos meninos, hora do intervalo.- Sasuke foi levar as meninas a sala delas, Naguiza estava de mão dada a ele e Naomi anda estava no seu colo.- Oi...

-Oi..- Disse a babá.- Aqui estão as fugitivas... Nós não sabemos como elas conseguem sair...

-Naguiza é esperta.

-Eu deixei um bilhete.- A babá olha para ela, então aquele desenho feio era um bilhete?- Aqui está.- Sasuke olha para o papel, eram um monte de gatafunhos e de desenhos que não se percebia nada.- Vês papá, como eu deixei um bilhete, não tenho culpa de não perceberem...

-Naguiza, tu estás de castigo...- Naguiza cruzou os braços e fez beicinho.- Não adianta, eu não sou teu pai... Se sais mais uma vez sem autorização das babás ficas um mês sem ramen.- Era a única ameaça que resultava.- Agora será duas semanas.- Naguiza estava perplexa ela só queria ajudar Naomi, tinha sido culpa dela.

-Eu só estava a tentar ajudar Naomi, não é o papá que diz que tenho de proteger e ajudar minha maninha... Eu estava.- Disse quase em lágrimas. Sasuke foi limpa-las.

-Naomi também está de castigo.- Não era aquilo que ela queria ouvir.- As duas sem ramen por duas semanas.- Depois ainda se admirava que o marido tinha mais mimos que ele. A filha mais nova estava com saudades dele e ele a castigou.

-Mas ela estava com saudades.- Disse Naguiza.

-Naguiza, vocês não podem sair sem autorização, se ela estava com saudades dizias a babá, ela me chamava ou vos levava até mim.- Naguiza estava a perceber.-Não tem problema estarem comigo em aula, vocês até são caladinhas e quietas... Tirando uma vez ou outra. Mas não podem sair sem autorização. Percebido?- Naguiza percebeu, ela sorriu e fez que sim.- Promessa do dedinho.

-Promessa do dedinho papá...

-Nunca mais vais sair sem autorização.

-Nunca mais vou sair sem autorização.- Fizeram a promessa.- Estou de castigo a mesma papá?- Sasuke olhou para ela enquanto se virava para a aula.- Adeus papá... Eu já percebi.- Vez sorrindo torto.- UPS.

Sasuke estava em casa com as meninas, cada uma estava com um papel á frente e com tinta, Naguiza tinha cor de rosa, Naomi, por algum motivo gostava de verde, mas tudo bem, Sasuke suportava isso, desde que não fosse laranja. Naruto chega a casa e vê a sujidade imensa que elas estavam a fazer, ele entra em pânico, Sasuke estava a cozinhar e elas ali a sujar tudo. Então ele toma uma atitude.

-Não sujem isso, vão ficar de castigo.

-De novo não... Mais duas semanas sem ramen?- Naguiza fala e Naomi olha para o pai toda feliz o querendo abraçar.

-Não, Naomi...- Ele estava a ser mais rígido com as filhas, ou tentava.- NÃO...- Viu a tinta cair toda.

-Que vem a ser isto?- Naruto engasga.- Naomi, estás toda suja filha. Naguiza...- Diz olhando para as filhas.

-Pai cupa...- Ela queria chorar, era tudo culpa dele, se ele logo lhe tivesse pegado ao colo aquilo não tinha acontecido.- Decupa mana...- Naguiza estava toda suja também de verde e ela não estava a gostar.

-Não faz mal...- Disse quase chorando mas tentando não chorar.

-NARUTO?...- Bufava.- Olha as miúdas?

-Olha o chão?- Sasuke olhou, o que tinha. Ele percebeu.

-Tu és um idio....- Tentava não completar com as meninas ali.- Eu coloquei um resguardo no chão e nas coisas da sala para elas não sujarem...- Naruto reparou melhor, realmente tinha uma coisa transparente em quase toda a sala.- É só tirar.

-Como eu iria saber.- Naomi ainda queria colo e estavas prestes a abrir os pulmões. Naruto percebe e pega ao colo ficando sujo de tinta também.- O que queres que eu faça?

-Dá-lhes banho e toma um.- Naruto estava a pensar se era as duas.- Sim, ás duas, já... O tempo está a contar.- Como o marido fazia isso... Parecia que entrava no seu pensamento. Isso era estranho.

-Então...- Brincava com elas na banheira.- Veio uma forte onda e o barco afundou.- Jogou água para as filhas. Elas riam á gargalhada- Mas o capitão Naruto Uzumaki salvou os tripulantes.- Tirou primeiro Naomi da água e a secava com uma toalha. Depois tirou Naguiza.- Rápido os levou para terra firme...- Pegou nelas ao mesmo tempo e levou para o seu quarto, onde ele tinha escolhido roupas para elas.- Consegui os aquecer, arranjar abrigo e tudo em menos de uma hora.- Dizia as vestindo.- E finalmente...- Sasuke abriu a porta.

-Jantar...- Naruto sorriu

-Arranjou comida e missão comprida.- Disse rindo alto atirando uma ao ar e depois a outra. Sasuke ficou com o coração nas mãos, aquilo tinha sido muito alto.- Capitão Uzumaki pronto para comer e os meus tripulantes?

-SIM.- Gritava Naguiza já na mesa de jantar.

-SI.- Falava bem alto Noami.

-Por favor que o capitão Uzumaki coma devagar e de boca fechada, ainda temos mais mantimentos.- As meninas riram, depois do jantar Sasuke fala.- Toca a comer fruta... Ainda podem morrer de escorbuto, o capitão e os tripulantes não querem pois não?- Eles os três fizeram que não, seja lá o que isso era. Mas soava mal, Sasuke beijou o marido que estava bem divertido.- Bem me parecia.- Disse sorrindo para eles.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...