1. Spirit Fanfics >
  2. Aceita-me >
  3. Gabinete do diretor da escola

História Aceita-me - Capítulo 51


Escrita por:


Capítulo 51 - Gabinete do diretor da escola


Sasuke acorda com Naruto a se levantar para ir para o escritório de Hokage. Sasuke então decidiu se levantar também, era hora de fazer o café da manhã para as meninas. Como ele estava grávido de novo, Hokage, ou seja, o marido o impediu de fazer qualquer coisa perigosa, ou seja ele deveria ficar em casa e fazer o que ele fez quando teve as meninas. Essa gravidez não seria igual ás outras, Sasuke teria o Naruto mais ao seu lado, as meninas também já eram grandinhas e isso era maravilhoso. Naruto foi trabalhar,sem comer muita coisa, tinha acordado um pouco mais tarde. Sasuke foi levar as meninas á escola, quando o professor da Naomi se aproximou dele e disse que gostaria de falar com ele, bem o professor da Naguiza aproveita a deixa e diz também que precisa de falar com o Uchiha, as meninas correram para a sala de aula, aquilo não era bom, elas estavam fritas, assadas e cozidas quando chegassem a casa. Bastava Sasuke se aproximar delas que as filhas viam o que era bom para a tosse. Sasuke entra no gabinete do diretor com os professores, ele se senta na cadeira, ele já esteve ali, quando Naruto e ele andavam a porrada diversas vezes. Quando foi professor ele não teve que chegar a esse ponto, falava diretamente com os pais sem incomodar o diretor, não era necessário. O que as filhas tinham tramado dessa vez. Sasuke ainda não mostrava barriga, pudera estava pouco mais de um mês, mas aquilo estava a dar volta ao estômago.

-Bem, senhor Uchiha, como vai?

-Bem obrigado, e o senhor diretor?

-Também estou bem obrigado. Vamos ao assunto que deve ter mais coisas para fazer.- Ele lompou a garganta olhando para os professores das filhas dele, as turmas estavam a ver filmes educativos na ausência deles e vigiados por estagiários.- As suas filhas são o pior exemplo que temos aqui na escola.- Dizia, Sasuke engoliu um seco.- Isto não pode manter assim... É esse o exemplo que as filhas do Hokage vão dar aos outros alunos?

-Mas o que elas fizeram afinal?- O diretor tirou dois montes de folhas da gaveta.- Estou a ver.- Elas não perderiam pela demora.

-Os professores podem falar mais sobre esse assunto, fazendo um breve resumo, como pode ver, isto é imenso...- O professor de Naguiza foi o primeiro.

-Naguiza perturba os colegas, é imperativa, não para no lugar. Ela é inteligente mas é muito impulsiva.- Sasuke ouvia.- Ainda na semana passada, eu me virei para o quadro por um segundo e as minhas costas pareciam um alvo de aviões de papel. Eu a avisei mas ela não me ouve. Os colegas dela depois fazem o mesmo. Nos intervalos as crianças mais novas têm medo dela porque como ela nunca para quieta num sítio e está sempre a pular de um lado para o outro e sempre a se mexer os incomoda bastante. Depois fala como não houvesse problema nenhum com aquele sorriso de orelha a orelha. Tudo o que ela faz todos vão atrás, se ela fica de castigo na sala os outros fazem as coisas que ela faz... Ela parece uma líder de gangue. O quadro quando chego a sala tem uma cara feliz enorme a dizer bom dia... Isso não é mau de todo, mas começa a ser demais pois perturba a aula com as suas piadinhas. A miúda é demasiado feliz, não que seja mau ser feliz, mas não em toda a hora... Nem sempre é tempo de brincar..- O diretor era um antigo professor da escola parecia que aquela caracterização era lhe familiar.

-Eu vou falar com ela...- O professor de Naguiza então deu lugar ao professor de Naomi.

-Naomi é mais ou menos parecida. Mas não é tão mexida mas é cá uma artista. Está sempre a tramar alguma. Sempre que tudo está muito calado eu sei que ela vai tirar alguma da manga e isso não é bom.- Sasuke estava a ouvir incrédulo, ele não devia ter engravidado de novo, ele devia ter tomado cuidado, afinal não era bom as filhas serem já grandinhas porque aquilo lhe estava a dar medo mas ele ouvia com atenção. Apesar de seu interior querer ir a sala de aula de cada uma e puxar as orelhas e as pendurar na janela.- A Naomi é muito inquieta também, no intervalo é segue a irmã e o gangue para todo o lado, ela parece que também tem um dela. Certa vez nós estávamos a fazer trabalhos com tinta, quando olho para Naomi tinha tinta até no teto. Perguntei como aquilo foi possível e ela me disse que era arte abstrata. Coloquei de castigo e ela me disse que era uma artista não compreendida...- Sasuke se lembrou quando Naruto pintou os Hokages.- Artista não compreendida? Já me ouviu isto? O teto está completamente manchado de tinta só mesmo pintando por cima é que dá para tapar aquilo. Para não falar como ela fala com os colegas, ela pensa que pode dizer de tudo, que é normal... Chamar de idiota, parvo os outros.

-A Naguiza já não faz isso...- Pudera levou uma descasca tão grande de Sasuke na última vez que ele ouviu ela a dizer isso para um colega.

-Você tem de fazer alguma coisa com estas meninas... Não pode continuar assim. Ainda por cima filhas do Hokage... Imagine que os pais das outras crianças vêm um comportamento destes das filhas do Hokage?- Depois o diretor se lembrou de quem era a caracterização.

-Oh... Verdade eu tive um aluno exatamente assim.- Sasuke olhou para ele e fez um mini sorriso, ele sabia também.

-Ai sim?

-Quem.- Perguntavam os professores.

-O próprio Hokage.- Sasuke baixou a cabeça, era verdade.- Afinal de que estávamos a espera elas são filhas dele. Agora é que lembrei da porcaria que Naruto fazia. Comparado do que elas fazem, ainda vocês estão com sorte... O Naruto era impossível, meu Deus.- Os professores ficaram de boca aberta.

-O Hokage era pior que as filhas.

-Dez vezes mais.... A Naomi pintou o teto e a parede?... Naruto pintou o bosto dos Hokages.- Eles olharam para Sasuke, ele fez que sim.

-Levou uma descasca do terceiro que só visto...- Dizia o Uchiha.- Mas eu vou falar com elas... Eu prometo, elas vão melhorar.

-Claro... Eu confio em ti...- Disse o diretor.- Nós não precisamos de mais dois Narutos nesta escola, um quase a destruía, imagina dois...- O diretor se arrepia pensando em dois Narutos.

Sasuke vai para casa, ele tem de pensar como castigar as meninas, mas uma maneira que fazia sentido, uma maneira que elas não voltariam a fazer o mesmo. Deu por si sentado no sofá com a mão na barriga, a ideia de ser pai de novo não lhe estava a agradar tanto assim. Já tinha começado o enjoo devido á gravidez, ele vomitou nesse dia mais do que o normal. Mas pensava que era devido á notícia das filhas. Se ele dissesse a Naruto ele provavelmente não ira fazer muita coisa, iaria colocar de castigo mas não era o castigo suficiente. Sakura como ia buscar sempre a filha trazia as meninas. Sasuke as levava juntamente com a filha de Sakura para a escola e a mulher de cabelo rosa as levava a casa. Sasuke estava a espera delas com os braços cruzados na sala, elas entram e logo se põem de joelhos na frente do papá, elas sabiam exatamente o que fazer. Nenhuma foi capaz de falar primeiro, só olhavam para o chão bem cabisbaixas. Elas sabiam as consequências dos atos delas.

-Não gostei do que ouvi hoje.- As meninas estavam caladas.- Vocês a partir de agora vão ter regras bem precisas e específicas.- Elas só ouviam a voz fria do papá delas.- Primeiro, tomar conta do gato sozinhas, pois ele é vosso. Segundo, fazer o vosso café da manhã, seja cereais seja o que for. Terceiro, chegam a casa e sem um pio vão fazer os trabalhos. Quarto, o vosso quarto tem que estar sempre bem arrumado quando saem para a escola, mesmo que isso significar acordar muito mais cedo. Quinto, a vossa casa de banho é da vossa responsabilidade, eu não vou andar a arrumar sempre. Sexto, levar o lixo fora e fazer a reciclagem é vossa tarefa a partir de agora. Percebido?

-Sim papá.- Disseram as duas.

-Agora falamos de castigos.- As meninas engoliram um seco...- Naomi, tu depois da escola amanhã vais levar tinta para a sala e pintares as paredes com a cor decente. Se não for a cor certa vais pintar toda a sala... Naguiza, como és líder do gangue e colocas a tua irmã lá dentro também, vais ter o prazer de a ajudar nessa tarefa... Perceberam as duas?

-Sim papá...

-Naguiza, a partir de manhã, fazes o teu bom dia no quadro como quiseres mas não deves incomodar as aulas. O intervalo é para brincar, as aulas é para aprender. Ou seja fica quieta ou vais ficar um mês sem ir a rua brincar com os teus amigos...- Naguiza fez que sim com a cabeça.- Naomi... Tenho uma tarefa perfeita para ti...- Ele se levantou e levou a menina para um canto da sala.- Amanhã vou falar com o teu professor, sempre que chamares alguém de idiota, parvo ou burro, ou outra coisa ofensiva quero que ele me avise... Ele vai colocar no teu caderno quantas vezes tu chamaste e qual foi o nome. A partir de hoje, tu vens para este canto, vais pegar nas pedras, cada uma por cada letra, colocar num saco e fazer abaixamentos com elas. Quantas mais palavras más tu disseres mais vais ter que repetir tudo. Percebido?- Ela fez que sim.- Começa agora, vinte, só para teres o gostinho.- Ele olhou para Naomi ela vez sem reclamar.- Vocês as duas, tenha mais uma reclamação de mau comportamento ou de demasiada brincadeira que as duas vão dormir na cave.- Ele disse depois de Naomi ter acabado e elas fizeram que sim, até aquele momento ele estava façal sério e frio...- Muito bem, vão fazer o trabalho da escola...- Disse dando um beijo na cabeça de cada uma.- Isto é para o vosso bem. A escola é importante.- Disse sorrindo tocando no nariz de cada uma das filhas.- O papá vos ama está bem.

-Nós também te amamos papá.- As duas o abraçaram. Ele sabia que estava a ser duro mas era preciso.

Naruto chegou bem tarde e Sasuke lhe contou o que tinha acontecido e em vez de ele o defender ele riu.... Sasuke olhou para ele furioso e ele parou, prometeu que no dia seguinte ele também falava com elas e que o marido tinha feito muito bem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...