1. Spirit Fanfics >
  2. Aceita-me >
  3. Desejos mirabolantes

História Aceita-me - Capítulo 53


Escrita por:


Capítulo 53 - Desejos mirabolantes


Sasuke de repente acorda com a barriga muito maior. De repente, digo, cinco meses, ele achava estranho, ele estava muito maior do que nas outras vezes, sentia-se muito mais pesado e o bebé era demasiado elétrico para o seu gosto. Passava quase todo o dia a comer gelado, sabia lá porquê, esteja frio ou calor, ele comia gelado. Ramen, não era tão recorrente como era com as meninas, mas ele adorava coisas frias, se fosse comer ramen colocava gelo lá dentro. O café que antes era insuportável, ele bebia com gelado, o chá igual. Naruto, agora levava as meninas a escola e Sakura as levava para casa. Isso, porque Sasuke ficava muito cansado facilmente, não conseguindo acompanhar direito as filhas até lá. O que acontecia é que elas se levantavam mais cedo para irem com o pai, ficavam no escritório dele uma hora e depois iam para a escola. Ás vezes elas eram meninas comportadas e ficavam direitas e eram completamente exemplares, outras, lhes dava na louca e começavam a fazer o diabo a quatro no escritório do pai. Até o loiro se via a risca para acalmar as meninas e fazer que elas se comportassem. Como Sasuke conseguia? Era o que Naruto perguntava mil vezes a si mesmo. Com uma criança a caminho elas precisavam de se acalmar, Sasuke não teria a energia necessária, bem, ele já não tinha a energia necessária para brincar e puder estar com as filhas o suficiente.

-Meninas por favor... Podem ficar um pouco quietas. O pai precisa de acabar um relatório em dez minutos.- As meninas não pararam.- Naomi, Naguiza. - Levantou um pouco a vez.- Não volto a repetir. Já sentadas na cadeira antes que me passe da cabeça.

-Já está.- Disse Naomi cruzando os braços e se sentando.

-Calma pai. Nós estávamos só a brincar, não é precisa se irritar tanto. Já parece o papá.- Naruto olha para elas e suspira.

-Eu sei. Mas meninas, o vosso papá está numa situação delicada neste momento. Ele tem o vosso mano ou mana na barriga e ele precisa de um pouco de paz. Para que eu esteja ao lado do vosso papá, a tempo de o ajudar com tudo, tenho de fazer as coisas bem e rápido.- Disse tentando explicar.

-O papá está sempre muito mais cansado agora. Nem brinca mais connosco como antes.

-Naomi, não vês que o papá está mais gordo agora, ele não consegue fazer mais isso.- Naguiza tentava explicar á irmã.

-Mas isso é chato.

-Para que o papá possa brincar com vocês tem de ser coisas simples.- Naruto explicava para as filhas.- O pai hoje vai comprar um puzzles para vocês fazerem juntos, e jogos de tabuleiro... Que acham?- Elas fizeram que sim.- Ok, então eu vou chegar um pouco atrasado hoje, mas vai levar essas coisas para vocês. Agora siga que está na hora da aula.- Lá elas foram e alguém bateu a porta.- Sim... pode entrar.

-Sou eu Naruto.

-Olá Tsunade sama. Como está?- Ela se sentou.

-Estou ótima e contigo?

-Também.

-As meninas?

-Saíram daqui pareciam uns foguetes, não viu?- Ele sorriu de orelha a orelha.

-Eram elas? Foram tão rápido que nem reparei.- Tsunade sorria para ele também, era um pai muito orgulhoso.- Vim aqui falar por causa de Sasuke.

-Tem alguma coisa má com o bebé?- Naruto estava preocupado, ele tinha dito que estava tudo bem, mas podia estar a mentir.

-Está tudo bem com o bebé e com o Sasuke também.- Naruto já ia perguntar pelo marido.- Mas a questão é que vocês devem saber mais sobre o...

-Não... Sasuke não quer. Se o bebé e ele estão bem, então é isso que importa.

-Naruto vocês devem....- Naruto voltou a interromper.

-O Sasuke prefere assim, não é não. Ele decidiu ser surpresa, será surpresa então.- Naruto sorriu.- Eu queria saber mais, mas o meu marido assim quer, então eu vou respeitar a sua decisão.- Tsunade bufou, não havia maneira.- Mas tem a certeza que o bebé está bem.

-Sim, estão ótimos.- Naruto não percebeu a dica e Tsunade desiste, estava a falar para um cavalo, não para um cavalo não que eles são mais inteligentes. Para uma porta... afinal não que ela ainda tem uma função, e se não for pessoas com a inteligência em baixo da média a coloca-las, então todas serviam muito bem.

-É isso que importa.- Tsunade saiu do escritório estupefacta com tanta idiotice junta.

Mais tarde as meninas chegam a casa e Sasuke estava a devorar sorvete de morango. Ele fez panquecas e depois colocou mais sorvete em cima. As meninas adoravam o novo papá, quer dizer, a comida dele. Pois ele estava muito mais sensível, o humor alterava bastante e estava constantemente cansado. Lá fizeram os trabalhos da escola, quando Naruto chega com o jantar e um monte de outras coisas que ele disse que iria levar. Dá um beijo no marido e sorri lhe dando mais sorvete. Naguiza e Naomi estavam muito felizes com os novos jogos, assim o papá delas podia brincar mais com elas. Naruto estava a dormir bem sossegado, eram umas três da manhã, quando alguém lhe dá um pontapé e o faz cair da cama, ele não acordava por nada e Sasuke teve que tomar medidas mais radicais. O loiro se levantou de chão e olhou para o marido com cara de caso, o homem de cabelo preto e de olhos escuros apenas olhou para ele quase fazendo beicinho.

-Sim?- Disse Naruto olhando para Sasuke.

-Eu quero tarte de morangos, com gelado de baunilha por cima.- Disse fazendo cara bem triste.

-Sasuke são três da manhã, volta a dormir que isso passa.- Mas isso não passou e passado mais uma hora Sasuke acorda o marido do mesmo modo.- Olha aí.... Sasuke.

-Eu quero muito tarte de morangos com gelado de baunilha.- Naruto cruzou os braços se sentando na cama ao lado dele.- Eu preciso urgente, eu não consigo dormir sem comer isso.

-Onde eu vou arranjar isso ás quatro da manhã?

-Podias ir ao mercado 24 horas....- Disse olhando para o loiro tristemente.- O nosso filho ou filha quer muito isso.

-Sasuke, amor, sério?- Ele fez que sim.- Deixa-me vestir alguma coisa.- Naruto foi vestir uma roupa muito simples.

-Já te disse que te amo muito.- Naruto olhou para ele, ele sabia dar manteiga.

-Eu já volto.- Ele saiu de casa.

-Hokage, por aqui a estas horas?

-Pois é...- Disse ao dirigente de loja.- Tem tarde de morangos? Eu não encontro.- Disse já tendo um pacote de gelado de baunilha na mão.

-Só pré congelados...- Naruto pensou que estava fantástico, Sasuke adorava comer coisas geladas por algum motivo e se não quisesse ele podia colocar um pouco no micro-ondas ou então no forno para descongelar mais depressa.

-Cheguei.- Disse levando pratos e talheres para o quarto, Sasuke estava a brincar com a barriga bem grande dele.- Não havia fresco só pré congelado.- Sasuke provou e amou. Naruto aproveitou e fez companhia a comer mas estava demasiado congelado para ele o que o fez aquecer um pouco no micro-ondas.- Como consegues comer isso assim. Nossa... até me arrepia.

-Eu amo isto.- Disse colocando mais na boca.- Obrigado... Eu te amo.- Naruto sorri também comendo a fatia dele quente.

-Também te amo, mas não quando me fazes acordar no meio da noite para te satisfazer desejos mirabolantes.- Sasuke olhou para ele triste.

-Desculpa... Não é por mal.- Naruto se arrependeu de ter falado parecia que o marido ia chorar.

-Estava só a brincar.- Disse limpando as lágrimas de Sasuke.- Te amo de mais.- O Uchiha sorriu.

-Detesto estas mudanças de humor repentinas... Isto vai matar-te um dia.- Disse sorrindo um pouco.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...