1. Spirit Fanfics >
  2. Acerto de contas >
  3. Respostas

História Acerto de contas - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Respostas


-Jin pra que isso?

Eu perguntei quando Jin terminou de me dá comida e me vendou, antes disso ele me mandou tomar banho e me depilar, eu já tava depilado só tava crescendo mas não discuti e raspei tudo de novo, sai vermelho e ardido? Sai, mas tava liso.

-Pra sua punição, estica as mãos, vou botar um creme nelas, passa nas suas partes, vai parar de arder , vai sentir um frescor.

-Obrigado. Tá ardendo. Tá certinho.

-Não sei , abre as pernas. Tá certinho. Você não tem vergonha 

-Nao senhor... conhecesse meu corpo

-E de Jimin?

-Um pouco...ahhh esse creme é bom tá aliviando.  Cheiro de morango.. favorito do Jimin.. comestível?

-Huhum. Você seria o passivo do Jimin? 

-Sim... gostaria de tentar ..depois..eu nunca deveria ter sido tão babaca.

-Verdade.. Porque tem vergonha dele?

-Ele nunca..eu nunca me..nunca me abri pra ele tipo..eu não mostrei pra ele..

-Entendi. Vou ser direto. É ele que vai te punir.

-Que!?

-A punição é dele. Ele foi maltratado. É justo.

-Eu..vou dar pra ele? Agora?

-Não quer?

-Quero mas.. não achei que fosse tão cedo...ele nunca..agora?

-A cacete ! Decide logo?! Seu cu é lindo chega de vergonha!

-Ele é virgem! Pelo menos aí..como que ele vai..como eu vou?

-Você metia todo dia , agora é a vez dele, você recebe um consolo na bunda mas um pau não?

-Um pau é diferente, não é todo dia que um pau entra no meu cu! Total de zero vezes. Contou que sou virgem neh?

-Hum..talvez sim.. talvez não…

-Jin!

-Deixa o menino brincar.

-Eu quero aí .

-Não me obrigada a repetir. Sem direito.

-Aí ai .entendi.. solta meu pau aí.. tá doendo aí..

Jin soltou.

-Eu posso contar então?

-Só se seu dom te permitir. 

-Hum..ok.

-Vou te pegar no colo.

-Eu já posso andar.

-Eu sei, mas quero garantir. Se segura em mim.

Me segurei, logo fui erguido. Jin passou a andar comigo no colo.

-Jin..dói?

-Dói. Igual quando enfia um vibrador...para de palhaçada, você sabe com é, essa bunda é treinada..fora q vc faz com ele, com ele doeu?

-Pra caralho..ele gritou horrores…

-Ok, não foi o melhor exemplo. Mas você quer?

-Quero.

-Então vai dar certo.

-Depois disso..acabou?

-Não sei.. vamos ver como você vai se sair.

-Você..vai ver tudo? Quer dizer..tudinho?

-te incomoda?

-Um pouco.

-Tá..vou ver só metade, quando ele for enfiar eu saio. 

-Obrigado.

-De nada.

Entramos numa sala com ar, eu tava pelado, minhas mãos foram pro meu pinto quando fui posto da cama.

-Que frio, cruzes, vai encolher assim.

-Me dá suas mãos, estica pra cima, meio sentado meio deitado, isso.

-Pra que tão frio? Você só deixa frio quando..mexe com cortes.

-Isso. O frio ajuda a parar de sangrar mais rápido. Creio que não serão cortes profundos.

-Ele está na sala?

-Está.

-Jimin?!qual seu nome de Dom?

-Chim!

-O meu é Jeon. 

-Ok!

-Você me permite falar, Chim?

Eu quero contar que nunca...!.

-Não!

Fiz cara feia…Não posso enxergar nessa merda e nem falar.

-RS que bico, Jeon. Acalma-se. Chim, é pra tirar a venda?

Sim!

-Não!

Merda!

-Ok. Bom vou me afastar e deixar você trabalhar, Chim. Eu treinei ele, Jeon, o básico pra ele não te machucar.

Ele ensinou a Jimin, bom acho que não devo temer.

-Ahhh ...hummm..

nao tomei punição então gemer posso.. impossível não gemer com Jimin me lambendo, eu arqueava as costas, sentia a língua áspera passando lentamente pela minha perna, tava quente, úmida, subiu pela minha coxa, droga, ele amarrou forte, não solta, gosto tanto de segurar ele pela nuca, guiar ele sabe? Não está no comando é assustador, mas é gostoso, ter ele me provando devagar, quando chegou na virilha eu gemi mais ainda.

-Ahhhh ai...ahhhh Ah… 

Eu queria gemer o nome dele mas ele ia me machucar na certa, ele engoliu de uma vez, do jeito que eu gosto, a boca quentinha, eu abri a minha perna um pouco mais, meus tornozelos estão presos, não posso fazer muita coisa.

-AH! 

Eu quase gritei quando ele pegou embaixo das minhas bolas e forçou mais meu pau na boca dele, depois ele soltou, eu senti ele assoprar nele, estava todo molhado, me arrepiou, eu sentia as gotas escorrendo por ele, saliva dele..minha pré porra, meu suor eu nem sei o que vai acontecer meu amor tá me levando a loucura, quando ele passou a masturbar meu pau abaixou a boca e chupou minhas bolas eu não aguente.

-Ah! Jimin.. assim ahh AIII!!!QUE ISSO? AAAII!

Eu senti um arranhou na minha coxa, alguma coisa afiada, não era faca, algo..com pontas, arranhou de verdade, eu fui reclamar, tomei outro na outra coxa, ardia, não muito mas ardia bastante, Logo em seguida eu senti Jimin lamber o arranhão inteiro, o quentinho da lingua e a saliva fizeram parar de doer, no outro ferimento também, ele abaixou até mim e me beijou, o gosto de sangue no beijo, então me machucou de verdade, ele sentou no meu colo, rebolava tão lento, mais uma tentativa de puxar ele para mim, corda idiota, essa merda não solta de jeito nenhum. Eu gosto rápido, eu gosto de fuder forte e não assim mas.. eu parei um pouquinho de lutar pra entender ele, eu não podia vê-lo mas não precisava eu sei a cara dele quando senta em mim, prazer puro, geralmente eu não deixo muito, ele sentava devagar, dava dez segundo eu ja estava jogando o quadril pra cima fazendo ele quicar, quando eu tava duro eu girava de quatro e metia, nunca pensei em apreciar o prazer dele, vamos JK, presta atenção nele.

Jimin estava gemendo, mesmo não estando dentro, ele gosta da sensação da fricção, do meu pau duro, esperar pra meter não é ruim, ele tá gemendo porque eu tô dando prazer ,ao invés de pensar  só no meu, que tal dar pra ele prazer, posso sentir prazer ...também é gostoso ele mexendo nele, o peso, gosto disso.

Eu levantei o quadril e girei pra cima, rebolei junto dele

-Ah! Ahhh.. Jungkook..assim..amor desse jeito ah ah..

eu tava mesmo gostando da gente girando atingindo pontos novos de prazer, porra, Jimin passou a ir depressa até cavalgar em mim..a quanto tempo ele não fica por cima, quantas vezes eu perguntei se ele queria está por cima? Quase nenhuma

-Ah ah ah..aii ah..

eu gemia louco, ele então parou subiu o quadril e me beijou mais rápido, do jeito que gosto, fui recompensado eu acho.. Jimin encaixou o cu no meu pinto, eu tava a ponto de jogar pra cima o quadril quando recebi o alerta. 

-Não se mexe.

O inferno. Jimin virou no meu colo provavelmente o cu virado pra minha cara. desceu até a cabeça do meu pau entrar e então parou, que tortura a cabeça sendo estrangulado pelo cu dele aqui ...ele tá contraindo queria tanto sentir  no meu pau, ao invés de descer, ele passou a rebolar, a minha cabecinha passando por todo o início dele.

-Hum..ah ah..humm..

Eu tentei não gritar , foi impossível com ele balançando a bunda pra cima e para baixo...entrou mais um pouquinho e logo as reboladas estavam de volta eu ia gozar a qualquer hora eu queria gozar, ia acontecer, porra ia sair rapidinho e era que ele queria, as reboladas mais fortes o meu pau explodindo

-Jin..ah..agora Jin..

Sei lá o que Jimin queria que Jin fizesse eu só sei que Jimin desceu a bunda até o fundo uma única vez ...foi o suficiente, quando voltou só a Cabecinha a venda saiu dos meus olhos e eu gozei ele gemeu alto eu gemi rouco parecia que eu tinha desentupido o pinto de porra e pela quantidade que saída pelas laterais do cu dele parecia isso mesmo , como não tava totalmente dentro o gozo bateu na parede dentro dele e jogou pra fora dele, ele deu uma engatinhada e meu pau saiu, ele fez força e a minha porra saiu todinha, escorria pelo cu dele, pelas pernas dele, chegava no lençol. Eu chuparia com prazer, só uma chupada, gostosa, foi a cena mais sexy que eu já vi na vida.ele engatinhou para fora da cama, se levantou e passou a desamarrar meus tornozelos , agradeci mentalmente, quando ele veio me desamarrar as mãos eu notei seu rosto cansado, punições são cansativas pros Doms Também e a dele eu sei que será longa, ele está fazendo o que gosto mas me privando de Pequenos prazeres que fazem parte e fazem diferença. Minhas mãos foram soltas da cama, mesmo assim estão unidas amarradas juntas Jimin me puxou pra..que porra é essa? Parecia um tronco enorme de madeira, fui amarrado ali. Puts ,ele juntou as mãos as minhas e amarrou junto, o corpo colado ao meu pra amarrar, beijei quando ele estava terminando de me amarrar. 

-Pode falar, Jeon.

-Graças a Deus.

-Ahhhhh…

Jimin ficou colado comigo, colou a testa na minha, fechou os olho e gemeu sofrido, boiei de novo, fui entender quando olhei pra baixo e vi Jin lambendo a panturrilha de Jimin, a minha porra sendo recolhida por ele e Jimin quase tendo um orgasmo com a língua dele, meu sangue ferveu.

-O que pensa que está fazendo, Jin?

-RS dando prazer a ele... até que você acerte.

-acerte o que ?

-Tente descobrir.

Porra, o meu mestre tá chupando o cu do meu namorado e eu que tenho que descobrir algo certo? Tô vendo é várias coisas erradas. Não consigo me concentrar com Jimin gemendo igual uma puta ainda olhando pra minha cara, óbvio que tava me excitando ainda mais com nossos paus crescendo juntos mas porra, ninguém disse que iam tocar no meu namorado ele é só meu!

-Deixa eu ver, se você encostar esse pinto no cu do que é meu eu vou bater em você até a morte, Jin.

-Errado ah ah ahhhhhhh o Daddy….ahhh

Ele tá chamado o Jin de Daddy!!??? Eu mato ele!

-Quanto mais errar mais vai ficar pior , tomara que você você acerte antes de..eu... terminar o serviço.

-A não ..não não ... é.. ele é meu e você não pode encostar nele?

-Ah!! Assim Jin..ah ah..enfia mais ahh..

Jimin empinou pra trás, eu tava a ponto de chorar, Jimin não me olhava mais, eu preciso acertar o que eu preciso aprender, o que preciso aprender mais sobre .. ele, minha mente me levou pra festa onde Tudo começou , quando Jimin teve aquele ataque de ciúmes.

Flash back on

-Porque tá agindo assim, Jimin.

-Porque? Daddy você tá o tempo todo com ela!

-Jimin ela é minha amiga, não só minha ex.

-E eu sou seu baby..a Daddy você me trouxe na festa e-

-Para de me chamar assim! Ninguém pode saber, você sabe que as pessoas não aceitam! Vai ser em cima de mim que vai vir! Eu não posso ter essa fama! Eu te trouxe mas me arrependo, fica quieto ! Eu não posso ser humilhado aqui entendeu?

-Mas..eu posso?

-Isso não importa agora! Eu tô conversando, se distrai por ai sei-la. Eu tô ocupado.

-Tá..

Jimin saiu todo murcho eu não tinha tempo pra ele, era a festa da faculdade, ex alunos ele nem deveria estar aqui, eu só trouxe porque ele não queria ficar sozinho. Ele tá rebelde, eu não acredito nisso, não aguento mais ele assim, não tô com o tempo pra punir ele mas vou ter que fazer isso, ele não pode me perturbar assim..  que cara egoísta.

-Kook-ah???

Acordei com Melissa alisando a minha coxa.

-Que? Desculpa eu me distrai.

-Percebi..aquele baixinho é seu namorado agora?

-É sim.

-Bonito ele, pelo menos você me substituiu por algo melhor..

-A que isso, você era ótima, RS linda, inteligente, elegante humm.. Melissa..

-E boa de cama, era o que ia dizer?

Melissa estava com a mão na base da minha coxa, alisava discretamente meu pau com as pontas dos dedos. Eu revirei os olhos, eu não fiz com Jimin ontem porque ele queria assumir e eu não deixei..eu que faço pelo menos duas vezes ao dia tava explodindo, ela continuou fazendo e eu fiquei com meia barraca armada.

-Ahh..Melissa..eu ia ..dizer sexy humm

-Dá na mesma..o que acha Jeon? Tem uma área externa aqui..a gente podia..ficar mais a vontade

-Que tal ficar mais a vontade com isso aqui?

Jimin apareceu com uma taça de champanhe e jogou tudo na cara de Melissa, ela saiu puta da vida e eu vim arrastando ele até o carro.

-EU NÃO ACREDITO JIMIN! TÁ DOIDO???EU DISSE PRA VOCÊ FICAR QUIETO! ESSA FESTA É IMPORTANTE PRA MIM! VOCÊ NÃO PENSA EM MIM! 

-VOCÊ QUE NÃO PENSOU EU MIM! VOCÊ NÃO FICOU COMIGO UN SEGUINDO! SABIA QUE EU NÃO CONHECIA NINGUÉM!ME EXPULSOU E QUANDO EU VOLTEI VOCÊ TAVA QUASE TRANSANDO COM SUA EX NAMORADA!

-VOCÊ.. TÁ EXAGERANDO!QUER SABER? ELA ME DARIA MAIS PRAZER QUE VOCÊ! NÃO ACREDITO QUE NÃO PENSOU EM MIM!

Flashback off

-Eu não pensei em você Jimin…

-Chegou perto.

-Jungkook..

Jin abriu a sua calça, eu já tava chorando eu não ia aguentar aquilo, Jimin não gemia mais, ele olhou pra mim, implorou que eu acertasse então eu fiz a única coisa que eu podia, Jimin tinha as mãos presas às minhas, mas meus pés estavam soltos, não tinha como evitar o Jin, o que fiz foi ir para o lado, Jimin bateu o peito no tronco quando eu girei e fiquei com o meu peito colado em suas costas, a corda machucando pela segunda volta mas tava tudo bem.

-Jeon o que está fazendo?

-Me perdoa Jimin..eu sou idiota. Eu lembrei daquela noite, aquela que brigamos meu amor você podia fazer o que quisesse ser de quem quisesse, mas você me escolheu, me escolheu para amar ..eu fui tão egoísta tão estupido, eu deixei aquela vaca chegar perto de mim. Eu mal enxerguei você, me perdoa, eu sei que você não quer ser do Jin de verdade não é?

-Não, Kook..não quero..

-E não vai ser...eu não vou mais mandar na sua vida mas vou te proteger no que quiser..então.. vai Jin, se quer alguém, pode fazer em mim, tudo bem.

-Mas Jungkook você é-

-Sou exatamente o que precisa então…. só não machuca ele, eu sou o culpado de tudo, não enxerguei os sacrifícios que ele fez por mim, hoje eu o vejo muito bem, se é preciso fazer isso Jin, se você acha que.. fazer comigo vai nos deixar bem faça o quanto quiser comigo, eu não vou reclamar, eu só não quero que machuque o Jimin. Já fiz isso demais.  Meu amor calma tá.. 

-Você…. já fez isso antes, neh Kook?

-Eu.. já amor, claro, já sim. Vai Jin. To pronto.

-Ele é virgem, Jimin. Nunca com um homem de verdade, só brinquedos.

-Jin!

-Kook..sai daí..

-Shiii tudo bem amor..tudo bem, não é nada demais..

Jin segurou minha cintura, ele tava metendo em mim, estava doendo demais …

-Kook..

-Hum..tudo bem..anjo, ai…. antes eu...do que você. A!

Gritei quando Jin saiu de mim…

-Resposta certa. Meu trabalho aqui acabou..ae soltar vocês. 

Jin nos soltou, eu nem vi ele sair, só sei que abracei Jimin com força.

-Jimin, meu bem, tudo no lugar? Tá tudo bem??

-Eu que pergunto..Kook..seus pulsos..

Ele viu as marcas roxas…

-Não bebe, tá tudo bem, depois passa, tá tudo bem.. meu amor desculpa, desculpa mesmo, naquele dia .o que falei pra você..

-Calma eu sei..tudo bem...acabou eu acho.

-Espera..Jimin espera..eu quero..com você..Você me deu tudo na vida..me dá só mais uma coisa

-O que?

-Me dá.. minha primeira noite de amor ..seja meu ativo hoje..se não gostar tudo bem mas..por favor. Não tem haver com ser seu dom ..eu só quero você no comando.. pode usar o que quiser comigo, não ligo.

-Que tal só..fizermos amor?

-Acho maravilhoso


Notas Finais


Tirei alguns objetos que Jimin tinha separado pro cap não ficar tão pesado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...