História Achei um Death Note e Olha no que Deu - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Death Note
Personagens Personagens Originais
Tags Death Note, Originais
Visualizações 17
Palavras 307
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Self Inserction
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


yoooooooooooooooooooooooooooooooooooooo!

Capítulo 1 - Caderno de graça


Fanfic / Fanfiction Achei um Death Note e Olha no que Deu - Capítulo 1 - Caderno de graça

Olá, não direi meu nome pois sei que existem outros death notes por ai. NÃO VAI SER DESSA VEZ RAITO! Enfim, me chamarei de @ra1nhad4s3nsual1de69. Minha história começa num dia ensolarado de janeiro, faltava um dia para a volta as aulas e estava me preparando catando papel no lixão para escrever quando no meio do lixo encontrei um caderno preto novinho com alguma coisa escrito que eu não entendi porque não falo inglês, no dia seguinte, na aula, a professora pediu para todos escreverem o nome dela no caderno e então bateu as botas. Eu fiquei feliz porque a aula acabou mais cedo só que antes de sair escrevi o nome do crush no caderno e ele também deu seu ultimo suspiro foi ai que eu percebi: Precisava tirar o esmalte no entanto minha vida ficou sem sentido depois que o crush morreu então decidi pular de um pé de alface.

Depois de tudo isso fui para casa e comecei a escrever o nome de artistas famosos que eu gostava no meu caderno novo e então apareceu na TV que todos eles tinham morrido. Olhei incredula para o caderno. Todo mundo que eu escrevi o nome naquele caderno morreu. Não podia acreditar que pudesse ser o caderno então decidi tirar a prova e escrevi o nome da minha mãe nele. ELA MORREU! Fiquei muito desesperada e sai de casa correndo e chorando, tinha matado minha própria mãe. QUEM VAI LAVAR ROUPA AGORA? Naquele momento minha vida perdeu o sentido. Eu precisava de uma razão para viver. Foi então que eu ví, no fim da rua, o pior tipo de gente que pode existir, UMA PIRIGUETE! Foi aí que eu decidi: eu limparei o mundo me livrando de todas as vadias que dão em cima dos boys da escola. TODOS OS BOYS SERÃO MEUS! NINGUÉM VAI ME IMPEDIR!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...