História Acho que amo ele - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, EXO, Mamamoo, Pentagon (PTG)
Personagens Hwasa, Kai, Kino, Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Amor, Hwasa, Sequestro, Swasa, Yoongi
Visualizações 13
Palavras 633
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nossa são três favoritos, muito obrigada. Três pode parecer um número pequeno, mas para mim é uma imensidão.
Obrigada a todos que estão lendo a história <3
Agora chega de enrolação.

Boa leitura celumaninhus :3

Capítulo 7 - Suga


Fanfic / Fanfiction Acho que amo ele - Capítulo 7 - Suga

Acho que amo ele

Capítulo VII |•| Suga

Ele apareceu com um pano de prato em seu ombro.

— Ah você acordou... Bom dia! Pode comer eu fiz tudo isso pra você!

Ele sentou na cadeira, pegando algumas frutas para comer.

— Bom dia.. E obrigada, eu nunca vi tanta coisa que eu gosto no mesmo lugar.

Sento-me, pego um pedaço de bolo e o como.

— Você cozinha muito bem.

Ele sorriu. Senhor! O Yoongi foi abduzido, e trocado por uma cópia simpática.

— Muito obrigado. Qualquer coisa é só pedir para mim, que eu fasso.

Fiz uma expressão confusa.

— O..k... Né? Obrigada.

Chequei minha temperatura.

Será que eu estou delirando? Ou o Yoongi bateu a cabeça em algum lugar.

Não vou reclamar, eu gostei bastante do Suga.

Será que o Yoongi sofre de dupla personalidade?

Voltei a comer, mas continuei pensando nas possibilidades.

Já sei! Ele já está tramando a minha morte.

Então morrer é assim? Até que é bom...

Eu sempre sou idiota desta forma, ou depois que eu vim pra cá, comecei a fazer curso?

Parei de comer e comecei a fitar o Yoongi.

Ele percebeu que eu não parava de encará-lo, e me olhou confuso.

— Hum..?

— Você está bem?

O olhei preocupada e ele riu.

— Lógico que eu estou bem!

— Tem certeza? Pois de ontem pra cá, você tem estado muito carinhoso.

Não que eu não tenha gostado, e esteja reclamando. Longe disso, mas você está começando a me assustar.

Entende?

— Ah... Imagino... Eu tinha andado muito agressivo, então decidi mudar... Eu quero o seu bem.

Sorri.









— Obrigada por me explicar. 

Voltei a comer, mas mais tranquila desta vez.

Ele ficou me observando sem fazer absolutamente nada, mas eu não liguei muito.

Terminei de comer, levei meu prato até a pia e o lavei.

— O quê você faz pra passar o tempo?

— Eu durmo.

Nós rimos, é bom ver o Yoongi mais descontraído.

— Eu escuto música, ou eu faço minhas músicas.

— Você compõem?!

Digo com mais animação do que eu esperava.

— Posso ver?

— E-er não pode... São coisas minhas...

Ele desviou o olhar e seu rosto ganhou um pouco de cor.

— Tá bom então.

Fiquei alguns segundos pensando em outra coisa para fazer.

— Me empresta uma parede?

— Ham...?

— Você me fez lembrar, de como era bom desenhar nas paredes de casa. Mas como as paredes são suas, eu tenho que lhe perguntar. Você deixa eu pintar uma delas?

— Claro!

Ele comeu um pouco mais de sua comida. E quando eu percebi que ele havia permitido, fiquei super feliz, e o abracei em agradecimento.

— Muito obrigada, eu vou pintar uma agora.

Fui correndo para meu quarto.

Eu havia esquecido da nostalgia que é pintar, minha arte é minha vida.

Escolhi a parede aonde fica a cama e tentei arrastar a cama.

Péssima escolha de parede... Mas vai valer a pena.

Consegui arrastar a cama e comecei a fazer o desenho na parede.

Terminei de pintar a parede e sorri.

— Agora é só esperar secar.

Pus o pincel no balde de tinta, olhei para trás visualizando Yoongi e tomei um susto por não esperar vê-lo aqui.

— Meu Deus!

Coloquei a mão no peito, respirei ofegante e Yoongi riu.

— Me desculpe, eu só queria ver como você estava.

Eu o respondi meio ofegante. 

— Tudo bem. Eu tô aqui de boa, quase morrendo...

E então os olhos dele mudaram de direção, indo de encontro ao desenho na parede.

— Uau...

Ele parecia preso a pintura na parede.

— Seus desenhos estão ficando incríveis!

Minha respiração volta ao normal, e eu pude o responder direto.

— Ah obrigada.

E após eu o responder ele parou de falar, e ficou me observando em silêncio, durante uns cinco minutos. 


Notas Finais


Então... Vocês estão gostando? Está ficando bom? Gostariam de acrescentar alguma coisa?
Me digam, tá bom?

Um beijo e até o próximo capítulo ^3^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...