História Acho que esse soju estava vencido! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, Sehun
Visualizações 41
Palavras 1.830
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiiii!! Fala garera,tô aqui do nada,bem flopada que sou,com esse imagine doido,eu fiz ele pq eu vi um vídeo de um grupo do facebook que eu participo (beijos EXODUS.GIF) aí eu comentei um pequeno trecho,e as sedentas queriam mais,por isso fiz rapidão esse imagine,desculpem qualquer erro!!
Espero que gostem!!!

Capítulo 1 - Capítulo único.


Fanfic / Fanfiction Acho que esse soju estava vencido! - Capítulo 1 - Capítulo único.

Eu e Sehun,namorávamos havia mais de 1 ano.

Como isso aconteceu?

Bom,sempre fomos próximos nos bastidores,acabei olhando esse dongsaeng diferente do que eu olhava os outros e os hyungs.

Foi em um ato de muiiitaaaa coragem,(que me envergonho até hoje)que me declarei pra ele.
Bom na verdade,foi em uma tarde,após um show.
Suho hyung disse que ele e os outros iriam sair para beber.
Eu nunca fui muito fã de bebida,mas sabia que Sehun iria,já que ele é o maior cachaceiro que eu conheço - ele bebe mais que o Minseok hyung.

- Você vai também Chan?
- Ah,eu acho que vou Suho hyung.
- Bom então se apresse,Baek e Sehun vão com você no carro.
- Okay.

Tá! Eu tinha que ir bonito oras! Era o Sehun em jogo,não podia ir com um conjunto qualquer conjunto de moletom da Adidas.

*recado para as chanbaek shipper's,a seguir tem muita fanservise,fruto de um falha - que no futuro descobri não ser - de provocar ciumes no amor da minha vida,vulgo Oh Sehun.

- BAEKKIE!!!
- Aish Chan,pra que gritar,ein?
- Ahh meu hyung preferido! - apertei suas bochechas.
- Bom vamos? Já estamos atrasados.

Nesse dia Sehun estava mais calado que o normal,não entendia nada,bom também,eu quase beijei o Baek na frente dele.

Que foi? Eu sou muito experiente em fazer ciumes nas pessoas,okay?

--

Logo chegamos no tal barzinho/restaurante,ou caralho a quatro se preferir.

Lógico,que sentei do lado do Baek.

Sou otario mesmo.

Por incrível que pareça,Sehun pediu pra trocar de lugar com Baek,e sentou do meu lado.

Akshshkzhshakzvshsbssvhzja.

Acho que isso representa meu coração na hora.

Puta que me pariu - desculpa aí mãe - Que homem cheiroso da poha,gostoso igual ele.

Cof cof*

- Galera vão querer o que pra beber - Chen hyung pergunta
- Vamos de soju e cerveja por enquanto? - Baek pergunta.

Todos concordaram.

Bom eu só,assim,sabe? Acho que bebi demais.
Agradeço a Deus por ser de madrugada e não ter quase ninguém na rua.
Por que olha...Não existe nenhuma pessoa que passou mais mico que eu.
Vou listar as coisas que eu lembro,que eu fiz naquela noite.

> Vomitei no pé do Suho.
> Roubei um beijo do Kai.
> Fiquei de pau duro.
> Me alivie na frente de todos os membros.
> Gozei na calça do Sehun.
> Me declarei em alto e bom Som "Eu quero comer você Sehun! Fica de quatro ai! Eu amo muito você e bato uma pensando em você toda noite.

Bom,teve mais alguns,mas não acho necessário contar pra vocês,é muito constrangedor.

No dia seguinte acordei com uma puta dor de cabeça.
Sorte que era folga nossa,se não estava fudido.

Logo escutei um toque na porta.

- Posso estar?

Era o Sehun.

Puta a merda.

- P-pode.

Gaguejei como passiva que sou.

Mentira viu gente,sou ativasso!

Logo o homem mais lindo do mundo entra.

- Podemos conversar sobre ontem?

Preparados para o fora?

- C-claro!
-Aquilo que você disse era verdade?
- O que exatamente? - Galera que estava tremendo para um caralho.
- S-sobre você me amar?
- E-eu.. - Vamos la Chanyeol você consegue! - Sim! Na verdade faz uns 5 meses que descobri isso.. eu realmente te a-amo! Como nunca amei ninguém - Bom essa última parte eu não sei se ele estou porque falei baixo pra poha.

- E-eu,Chan,e também te amo! Eu também descobri faz pouco tempo...Eu não sei como isso aconteceu,mas eu não conseguia controlar o meu coração quando do você chegava perto de mim,e nossa! Quando você abraçava algum membro,principalmente o Baekkie hyung,que quase morria de ciúmes!

Não pera!

Algo de errado não está certo.

Como assim ele me ama?

- Você está falando sério?
- Como nunca falei antes.

Bom eu não tinha certeza se era o certo fazer aquilo,naquele momento,mas fiz mesmo assim.

Bom,eu o beijei.

Foi um beijo calmo e suave,seus lábios são tão macios,que não quero parar de beija-lo nunca mais.

Mas como tudo que é bom,dura pouco.

O ar se fez necessário.

--

Uma semana depois do nosso primeiro beijo,o pedi em namoro,com direito a flores,bombons,um jantar romântico,tainha,vinho e muito sexo.

Sério!

Nunca tranzei tanto na minha vida.

Me lembro como se fosse ontem.

Foi após o pedido.

- Sehun,eu q-queria saber..Na verdade eu sei que é muito cedo,mas meu coração diz que eu devo fazer isso - tirei as alianças do bolso - eu queria saber se você não aceita namorar comigo? - Logo mostrei os anéis a ele.

Eu achei que o rosto dele iria partir ao meio de tanto sorrir.

Depois dizem que ele não tem expressão.

- CLARO QUE SIM!!!!


Logo fui esmagado por seu corpo,e um beijo afoito.

Ledo engano se vocês acham que parou por ali.

O beijo foi esquentando cada vez mais,ele já estava rebolando aquela raba no Chany Jr. - Que estava tão duro,que se tacasse na parece quebrava o reboco.

Claro que eu bobo,que não sou,apertei bem forte aquela bunda durinha e gostosa.

- V-vamos para o quarto. - disse ofegante.

Ele apenas acenou.

Estrelacei nossas mãos e seguimos para o meu quarto,já que eu dividia quarto com o Lay,mas ele estava na China e com isso,estava sozinho.

Logo tranquei a porta,e ataquei seus lábios vermelhos.

Ele só sabia gemer,era uma mistura de arfares e suspiros.

Eu maltratava aquele pescoço branquinho e lindo que ele tinha.

Em resposta ganhava gemidos manhosos.

A cada momento eu ficava mais duro ainda.

Percebi que estávamos vestidos demais,tratei de tirar minha blusa e minha calça,ficando apenas de cueca,ele fez o mesmo,só que me surpreendeu quando tirou a cueca também,meu olhos chegaram a brilhar.

Se com roupa o corpo dele era lindo,sem ela...Meu Deus,o que essa arte está fazendo fora do museu? Sou sortudo pra caralho.

Eu não me aguentei e o beijei de novo,logo levei a minha mão ao se pênis ereto e o bombiei,ele só sabia pedir pra ir mais rápido.

Mas eu não queria acabar com a brincadeira rápido.

Logo tirei a única peça de roupa que restava em meu corpo.

Ele arregalou os olhos ao ver o tamanho do Chany Jr.

Eu sei,eu sei,tenho orgulho do malaquias,16 cm.

Acharam que eu era a média coreana? Tenho descendente de negros bb.

- P-posso te chupar?

Recapitulando aqui,se um dia,Oh Sehun pedir pra te chupar,deixe ele te chupar,porque olha,que boquinha gostosa,sem contar que ele chupava com gosto,que eu achava que que ele estava chupando um pirulito e não meu pau.

- S-sehun,espera,e-eu vou gozar.
Logo ele se afasta.

E amigos a cena a seguir é para os fortes.

Ele simplesmente pegou minha mão,e chupou meus dedos como se fosse meu pau mano,quase gozei só de ver.

Ele logo enfiou um dedo na sua entrada, e poha como era apertada,ele contraia os músculos e aquilo era muito bom,imagina se fosse meu pau lá? O malaquias até latejou só de pensar.

Logo ele enfia mais dois dedos,e começa a rebolar neles,mano eu não estava mais aguentando,na moral.

Ele tirou seus dedos eu sentou no meu colo.

- Agora Chanye,vou sentar em você como ninguém nunca sentou antes.

R.I.P Park Chanyeol.

Ele apóia uma de suas mãos no meu ombro,e a outra guia meu pau até sua entrada apertada.Foi a melhor sensação da minha vida.

- Puta a merda Sehun,você é muito apertado,e quente também,posso gozar só com isso.
- Calma aí garotão,temos que brincar muito ainda.

Ele começa a se mexer,subindo e descendo,as vezes rápido,as vezes devagar.

Só sei que eu estava pirando.

Eu não me aguentei com ele indo assim,segurei na sua cintura ditando um movimento forte e rapido,o som de sua bunda de encontro com minha pélvis estava me deixando mais exitado - se isso for possível.

- Ahnnhhnn Chhannyeeewww!! M-mais rapid-doow...
- Po-oha Sehun,você vai me matar desse jeito.
 - AAHHAAWWW!
Quando ele gritou,soube que estoquei o seu ponto doce,continuei assim por algumas estocadas,mas eu queria mais.

- Fica de quatro pra mim vai.

Logo retiro meu pênis ereto de sua entrada rosada,ele levanta do meu colo e se posiciona de quatro na minha frente,não me aguentei e fui de encontro a entrada dele com minha boca.Ele só sabia gemer manhoso e pedir por mais.
Acabei com essa brincadeira rápido,eu queria gozar logo.
Masturbei um pouco meu pênis,logo encaixando a cabeça no meu pai naquele buraco lubrificado.
Por mais que eu tenha acabado de sair dele,ele continuava apertado.

- Poha Sehun,seu gostoso do caralho.

Enfiei meu membro todo,na primeira estocada recebo um gemido mais agudo que  normal,já soube o que era.

Estoquei seu buraco com tanta força,que cheio que minhas bolas entrariam junto.
Eu segurei em sua cintura ditando um movimento mais rápido ainda,com minha outra mão comecei a masturbar o seu pênis esquecido,ele estava tão duro como eu.

Eu sabia que ele estava prestes a chegar ao seu limite,quando a sua entrada se contraiu fortemente no meu pênis e senti algo melado na minha mão,soube que ele havia gozado,ao constatar isso,o deitei na cama,com meu pênis ainda dentro de si e o estoquei ate chegar ao meu limite,retirei meu membro de dentro dele,deitei ao seu lado e o abracei.

Dei um último beijo em seus lábios,e acabei adormecendo.

--
Eu e Sehun tivemos momentos muito bons juntos,claro que tivemos briguinhas e tal,mas isso todo casal tem.
Como os membros já são acostumados com casais gays,não foi nenhuma novidade contar pra eles que estávamos juntos.

Ficamos até surpresos com isso.

Mas algo que atualmente está atrapalhando muito o meu relacionamento com meu namorado é nossas crises de ciúmes.

Ele morre de ciúmes de mim com os membros principalmente com o Baek,já que segundos as fans "ChanBaek is real" ele fica putasso,mas nada que uma chupadinha aqui,uma lambidinha ali,não se resolva.

Confesso que sou muito possessivo com ele,não posso ver ele com algum amigo que já fico me mordendo de ciúmes.

Bom,hoje eu e Sehun vamos a uma entrevista e tal,estávamos eu ele e o Kai.

Estava tudo bem,a entrevista foi uma beleza,nada de mais.

Fizemos as fotos e tal,beleza,nada de mais.

Mas Sehun encontrou um amigo do colégio,o "amigo" dele o olhava de cima a baixo,como se tivesse comendo ele com os olhos,eu não estava mais me segurando de ciúmes.Mas quando ele se virou pra ver se o Kai estava perto,aquele cara olhou tanto pra bunda dele,que quase não gritei se ele queria pegar nela.
Isso foi um estopin,segui com passos duro até ele,eu não estava nem aí se alguém iria filmar ou não,só queria tirar ele de perto daquele cara,quando cheguei perto dele,liguei o seu pulso e o puxei pra fora daquele evento.

Ele tentava se justificar mas eu não queria conversa.

- Chany,era só um amigo
- Eu não me importo! Você viu como ele olhou pra sua bunda?
- M-mas_
- Mas nada,só eu posso olhar,tocar e comer essa sua raba gigante
- C-channie,estamos em público
- Então vamos embora logo,estou doido pra deixar uma marca em vc,pra todos verem que vc tem dono.

Aí vocês já devem imaginar o que aconteceu,não é mesmo?





Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...