1. Spirit Fanfics >
  2. Acidentalmente - Jeon Jeongguk. >
  3. Chapter One - Vermelho Sangue!

História Acidentalmente - Jeon Jeongguk. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Estou aqui com a minha mais nova obra,sobrenatural e dessa vez será a Suzy(você) a poderosa demônio.

Alguns avisinhos básicos.
— essa obra não tem a intenção de incentivar nada citado aqui na vida real.
— a estória se passará em Califórnia.
— você se chama Suzy,caso queira mudar a vontade.
— você tem 23 anos e Jeongguk 27.

Capítulo 1 - Chapter One - Vermelho Sangue!


Fanfic / Fanfiction Acidentalmente - Jeon Jeongguk. - Capítulo 1 - Chapter One - Vermelho Sangue!

Califórnia


Maldição,Maldição,eu estou literalmente fudido,maldito seja esse livro de feitiços e invocações,maldito seja eu que fui curioso demais ao ponto de deixar isso acontecer. Você deve tá se perguntando o'que seja não?pois bem,vou explicar do começo.

— Sabe do que você precisa Jeon?Garotas,várias garotas,quem não iria querer um tatuado igual a você bom de cama. — Taehyung,meu melhor amigo falava enquanto caminhávamos de volta a nossas devidas casas.

— Eu não quero,sabe que eu sou afim da Lia! — apressei meus passos,enquanto passava pelo sinal vermelho,segurando o livro que havia pegado na biblioteca.

— Jeongguk,Jeongguk,sabe muito bem ela namora com o Yoongi cara,imagina se ele souber disso ou até mesmo imaginar que o tatuado do colégio anda paquerando a namorada dele.

Não dei ouvidos ao de cabelos avermelhados,revirando levemente os olhos e erguendo o grosso livro em mãos,rolando os olhos pela sua estrutura,o livro era totalmente em tons pretos e prateados em detalhes,um desenho me chamou muito a atenção,se tratava de uma silhueta feminina que continha chifres em uma coloração vermelha,vermelho sangue.

— o'que tanto olha nesse livro,ggukkie?

— peguei ele na biblioteca,ele estava na última fileira e escondido,estranho,não? — o observo fazer uma careta e concordar com a cabeça.

— muito,só toma cuidado...bem,vou indo,até amanhã parceiro! — deu batidinhas nas minhas costas e seguiu seu caminho,o vi virar a esquina em seguida,voltando ao meu rumo.

•••

Assim chegando em casa,passo pela sala,deixando minha mochila jogada sobre o tapete e vou até passos largos ao meu quarto,trancando a porta após passar pela mesma.

— pois bem,o'que vamos ver primeiro? — digo olhando para a capa inicial do objeto e o abrindo em seguida,lendo e observando admirado a cada palavra e letra que havia ali.

— red like your eyes, blood of my blood, among the best, come and serve me! — digo em um tom,curioso.

Um calafrio passou pela minha espinha,meus pêlos da nuca se arrepiaram por completo.

— espera,eu havia deixado a porta fechada...acho que devo ter esquecido de trancar. — me levanto e sigo até a porta,a fechando,deixo o livro sobre a cama e vou até o banheiro,retirando as roupas e as colocando no cesto de roupas sujas,entro no box e deixo a água cair sobre meu corpo,o arrepio continuava ali,assim como também a sensação de está sendo observado,olho para a porta,e logo a silhueta na capa do livro venho em minha mente,a vendo no batente da porta,apertei os olhos e volto ao meu banho.

Saio do banheiro,sentindo meu corpo quase cair para trás,ao ver uma garota...garota não,uma mulher — o'que era pior ainda — sentada na minha cama. Não deixei de notar também que ela estava vestida em um vestido vermelho totalmente colado no corpo,seus cabelos soltos sobre os ombros e seus olhos vermelhos direcionados ao livro ao seu lado.

— quem é você e como entrou aqui? — assim que dito tais palavras,as íris vermelhas sangue estavam concentradas em mim. — se não for embora agora,eu chamo a polícia.

— porque eu iria embora se foi você que me invocou,seu idiota. — cruzou os braços em frente aos seios e revirou os olhos.

— você deve ser uma louca,vamos saia,já disse que se não sair eu vou chamar… — paro assim que a mesma se levanta,dando passos lentos até a minha frente e me encarar,seus olhos mudam de vermelho para castanho,não se era coisa da minha cabeça ou se ela realmente real.

— claro que eu sou real,bobinho,eu sou Suzy,uma das demônios maiores,a que você invocou esta noite.

Seu tom era calmo e baixo,hipnotizante assim como os olhos dela,minha curiosidade era imensa ao ponto de querer tocar em seu rosto,ficar a noite toda apenas olhando seus olhos.

— o-oque?não,eu não invoquei ninguém,eu não...meu Deus o livro! — corro até o livro,relendo novamente as palavras e bato a minha própria mão sobre a testa. — puta que pariu. Olha eu não sei quem é você ou de onde veio,mas faça o favor de ir embora da minha casa!

— você ainda não entendeu?eu não vou a ligar nenhum,você me invocou agora se vire com a besteira que fez,não quero voltar e dá viagem perdida aquele bendito mundo.

Ok!Eu estou ferrado,fudido a palavra certa,se Taehyung descobrir isso eu vou ter problemas,e também...como vou deixá-la aqui dentro da minha casa?do meu próprio teto?eu estou realmente em poço sem fundo.

— maldição...que isso seja apenas um sonho e que assim que eu dormir isso acabe logo. — andava de um lugar para o outro,sem conseguir pensar em nada e nem pensar em o'que fazer para tirar aquela garota dali.

— não está pensando em me matar não né?ah você não pode,além de ser preso eu sou um demônio! — deu de ombros,chegando perto da minha cama e entrando debaixo dos cobertores ali foi o auge para meu desespero.

— ei garota,o'que está fazendo,não dei permissão para se deitar na minha cama!

— Eu dei,agora se deita ou você vai se atrasar para seu colégio amanhã. — espera!como ela sabe que eu ainda estudo?e COMO EU AINDA ESTOU DE TOALHA NA FRENTE DE UMA DESCONHECIDA?puta merda,eu só me meto em encrenca.

— OK,assim que eu dormir você vai embora e isso nunca aconteceu,agora se vira para eu trocar de roupa.

A vejo se virar e se cobrir ainda mais,se aconchegando mais na cama,e logo depois o silêncio veio fazer companhia. Me troco rapidamente e vou até a ponta da cama,olhando para seu rosto e não deixando de notar o quão ela era bonita e seu rosto era delicado ao contrário do seu modo de agir,me deito e me cubro,fechando os olhos e assim deixando o sono me dominar por completo,amanhã seria um longo dia e para Jeon...seria um dia trabalhoso e que o deixaria de cabelos em pé.


Notas Finais


Espero que tenham gostado,caso sim por favor comente oque achou e deixe seu favorito porque isso me ajuda tanto a continuar e saber que vocês estão gostando.

Meu perfil — @lettersminie


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...