1. Spirit Fanfics >
  2. Acolhida pelas trevas >
  3. Hey, você esta no jornal

História Acolhida pelas trevas - Capítulo 13


Escrita por:


Capítulo 13 - Hey, você esta no jornal


Fanfic / Fanfiction Acolhida pelas trevas - Capítulo 13 - Hey, você esta no jornal

As férias terminaram, até passaram mais rápido do que Hermione –e qualquer um dos outros jovens bruxos – queria. Depois que todos começaram a aceitar o plano de Dumbledore, eles passaram a ver Hermione como uma Black –ensaiando para quando voltassem a Hogwatrs. Quando não estava tendo aulas com Snape, ela tinha melhorado consideravelmente em Legilimência  e oclumência, assim como forjar memórias, ela estava com Sirius e Harry, tomava chás da tarde com Andrômeda e Gina, isso a ajudava a aprender ainda mais como se portar.

Harry estranhou no inicio da ideia de seu padrinho ter uma filha, mas acabou aceitando e desejando –assim como Sirius –poder trazer a menina para casa. Harry e Sirius tinham o mesmo desejo: Ter uma família. E Hermione, que acompanhava de perto o desejo deles e seus motivos, queria mais que tudo poder fazer esse desejo ser cumprido.

—Rony, coma mais devagar –Molly Weasley ordenou exasperada enquanto observava o sexto filho devorar um pedaço de torta como se a mesma fosse fugir a qualquer instante –GINEVRA, DESCA PARA O CAFÉ!

Hermione, que estava muito perto da mulher, encolheu-se com o grito de Molly. Largo Grimmauld estava uma bagunça, todos muito agitados para o retorno a Hogwatrs, um corre corre e muitos gritos –a maioria vindos da matriarca da família Weasley.

—Eu vou chamá-la –Hermione avisou terminando o seu café e correndo até o quarto da ruiva –Gina, sua mãe esta chamando.

—Eu ouvi –Gina revirou os olhos –As sete vezes!

—E por que não desce?

—Estou terminando minha mala –A ruiva fechou o malão e avaliou o quarto –Será que estou levando tudo?

— Bem, levando em conta o feitiço Indetectável de extensão que você pôs no malão.. eu acho que sim.

—Como você sabe que eu coloquei esse feitiço? –A ruiva questionou

— Por que eu te conheço e sei que você exagera, um malão não caberia tudo que você acha que vai precisar –Hermione respondeu

—Eu só quero estar preparada para todo tipo de situação –Gina se defendeu –Vamos descer, ou mamãe sobe para me buscar pelas orelhas.

—Seria uma cena incrível –Hermione provocou a amiga

— Vá catar gnomos, Black –Gina rebateu e empurrou a amiga para fora do quarto

No começo, Hermione tinha achado extremamente estranho ouvir alguém referir-se a ela como Black, ainda achava, mas sabia que precisava se acostumar. Não havia uma data para até quando aquela mentira iria, ela só não esperava que durasse tanto.

—Você não vai descer? –Gina perguntou vendo a amiga ir em direção a seu quarto

—Vou checar meu malão.

—Você já fez isso ontem, acho que umas seis vezes.

— Vá catar gnomos, Ginevra!

—É GINA –A ruiva gritou enquanto Hermione se afastava

Hermione entrou em seu quarto, que tinha decorado –com permissão de Sirius – durante todas aquelas semanas que passou por ali. Checou seu malão, procurou pelo quarto qualquer coisa que iria precisar e então se sentou na cama. Não iria mentir, sentiria falta daquele quarto, daquela casa, e da companhia de Sirius. Tinham passado uma quantidade gigantesca de tempo juntos e voltar a Hogwatrs significava deixá-lo -temporariamente. Agora entendia por que Harry, depois que conheceu Sirius, sempre ficava deprimido por ir embora do Largo Grimmauld.

—Hermione? –Sirius bateu na porta –Posso entrar?

—Claro –Hermione assentiu

O homem se aproximou, sentando-se ao lado dela, e sorriu brevemente.

—Eu tenho um presente para você –Ele estendeu uma caixinha preta para a menina –Pedi para Remo fazer especialmente para você.

Hermione aceitou a caixinha, curiosa, e abriu. Dentro havia um anel de prata, delicado, com uma pedra roxa no centro.

—É uma Ametista –Sirius indicou a pedra –É considerada há séculos como pedra da nossa família.

—Sirius, eu não acho que devo aceitar.

—Hermione, eu quero que aceite –Sirius respondeu –Eu sei que tem sido um desafio e tanto se passa por minha filha, e mesmo que eu vivesse por mil anos, jamais conseguirei de agradecer o suficiente por tudo que você esta fazendo.

—Eu não estou fazendo nada ainda –Hermione respondeu

— Está.. Você tem me dado esperanças, Hermione. Eu as tinha perdido.. eu acabei perdendo a fé de encontrar minha esperança. Mais, desde que você chegou, você me devolveu a esperança. Eu sinto que, graças a você, vou ter minha filha de volta. Jamais serei grado o suficiente por isso. Fique com o anel, é.. um agradecimento por tudo.

Hermione analisou o anel e então assentiu, ela o colocou no anelar direito, a pedra se destacou no seu dedo.

—Obrigada –Hermione agradeceu o homem e então o abraçou –Nunca duvide que sua filha vá voltar, Sirius.

O homem assentiu, juntos eles desceram com as coisas de Hermione e voltaram para a cozinha. Todos já tinham tomado café da manhã e estranhamente estavam todos amontoados ao redor do senhor Weasley.

—O que esta havendo? –Sirius perguntou

— Hey, você esta no jornal – Gina exclamou olhando diretamente para Hermione

—O que? –Hermione se aproximou, o senhor Weasley lhe estendeu a edição matinal do profeta e a garota o pegou

Os olhos arregalaram-se com a matéria da capa. “A herdeira dos Black!” e mudava para “Hermione e sua herança!”  e junto uma foto de Hermione, no quarto ano durante o baile de inverno.

“Como todos sabem é Mui Antiga e Nobre Casa dos Black (ou simplesmente Família Black) é uma das maiores, mais antigas e mais ricas famílias bruxas de puro-sangue da Grã-Bretanha. Mas, como toda família, os Black também tem seus esqueletos no armário e seus segredos. Entre mortos, deserdados, e impossibilitado, apenas um homem podia continuar com a linhagem dos Black. Sirius Black, como todos sabem, é um foragido do ministério e um assassino, mas isso não muda o fato dele ser o único Black vivo. E engana-se quem pensou que a linhagem tinha morrido nele, minhas fontes me garantiram que Sirius Black tem uma herdeira.

Hermione Granger, ou aparentemente Black, é a herdeira de todo o império dos Black. Minhas fontes não me revelaram como ela descobriu ser a herdeira de uma família tão poderosa, mas me garantiu que todas as medidas foram tomadas e ela é de fato uma Black.

Agora, meus leitores, preciso perguntar: Hermione Black já tem acesso a todo império Black? Ela sabe o que ira fazer com tudo que é seu? Ela tem contato com os outros parentes, como os Tonks e os Malfoy? E o mais importante, ela tem contato com o seu pai, Sirius Black?

Mas, também restam duvidas cruciais: Como o jovem Potter, com quem Hermione já teve um relacionamento amoroso, recebeu a noticia de que ela é filha de um homem que assassinou doze trouxas? E quem é a mãe dela?

Garanto a vocês, eu vou descobrir tudo sobre a nova herdeira Black.

Por Rita Skeeter

—Merlin –Hermione murmurou terminando de ler

—Como foi que ela descobriu isso? –Sirius questionou

—Simples, eu contei a ela –Dumbledore respondeu assustando a todos com sua repentina presença



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...