História Acompanhante de Luxo - Capítulo 112


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camrem, Lauren G!p, Ltops
Visualizações 1.295
Palavras 1.130
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola olá
Boa leitura
Qualquer erro perdoem e me avisem nos comentários!

Capítulo 112 - Capítulo 112



A mão que eu estava segurando, apertou a minha levemente. 

-quero casar amanhã! -escutei a voz ainda mais grossa, rouca e baixa de Lauren

-oh, meu Deus! -assustada eu a olhei. -meu Deus! -eu ainda não podia acreditar que ela havia acordado. 

-quero... exatamente. O que... Me prometeu. -ela sorriu e depois fez uma careta.
-vou buscar o médico, não feche os olhos. 

-não vou. Peça... Água... Por favor. -ela falava devagar engolindo seco.

-já volto. -sai do quarto e voltei menos de 5 minutos depois com o médico e uma enfermeira. A enfermeira trouxe um copo de água com canudinho para ela tomar. 

-fico muito feliz que finalmente acordou moça, essa garota aqui.. -pôs a mão em meu ombro. -logo mais não poderia vir lhe ver e conversar a tarde inteira com você. -Lauren me olhou dos pés a cabeça. 

-está linda. -ela falou sorrindo. 

-eu sei, estou enorme e gorda. -comentei.

-bom, vou pedir uma bateria de exames e já volto. -o médico saiu e nos deixou a sós. 

-pra mim você está linda. -me aproximei dela e dei um beijo em seus lábios. 

-eu esperei e orei todos os dias por você, eu vim aqui todos os fins de tardes para contar como foi meu dia. Me desculpe por ter dormido fora de casa naquela noite, eu me arrependi tanto de não ter respondido sua última mensagem. Desculpe por ter deixado você de lado. Eu tive tanto medo de que você morresse e eu não pudesse dizer o quanto eu amo você. -falei entre as lágrimas. 

-acalme-se, meu amor, eu não morri. 

-se isso que sinto é amor, eu não sei, eu só sei que sem você, sem a nossa rotina no apartamento, eu parei de respirar por diversas vezes, eu senti falta do seu sorriso, das nossas brigas por qualquer motivo torpe. Eu senti falta de nós. Eu senti tanto medo por você, medo das nossas meninas não conhecerem a outra mãe delas, de não ter a chance de dizer tudo o que sinto em meu coração, tudo o que sinto por você, você que por diversas vezes se declarou para mim, dizendo o quanto me ama e tudo o que quer fazer por mim, e eu sempre a deixei de lado por medo de ser magoada. Por medo de entregar meu coração, hoje eu posso dizer que eu não tenho mais medo de nada, o que sinto por você é forte e irá durar por toda a minha vida. 

-precisei quase morrer para você perceber isso? -ela disse dando uma leve gargalhada.

-não ria, Lauren! -a repreendi, enquanto limpava as lágrimas que corriam por meu rosto e sorria. -eu era uma tola e ingênua não querendo aceitar o que vinha de você, por causa da forma como nos conhecemos. 

-calma, não precisamos falar sobre isso agora, temos todo o tempo do mundo. 

-não, não temos. Eu não sei, nem posso adivinhar quando isso poderá acontecer de novo e não quero correr este risco de novo. Lauren, eu amo você! O seu amor faz parte de mim. Eu posso sentir. -ela me olhou sorrindo e puxou minha cabeça até que nossos lábios se tocaram. 

-eu amo você, Camz! -disse contra meus lábios

-eu também amo você, Lo!


Três dias mais tarde


Lauren recebeu alta e voltamos para casa, ela foi recebida com uma festa em nosso apartamento, a família e as pessoas mais próximas da empresa. Estávamos abraçadas quando um homem veio falar com ela, e reconheci-o quase que imediatamente fazendo meu corpo tremer

-que bom tê-la de volta, Lauren. -cumprimentou Lauren e a abraçou. 

-também acho ótimo estar de volta, Thomas. Já conhece a Camila? Ela é minha futura esposa e mãe das minhas filhas, como pode ver pelo volume em seu ventre. -Lauren falou e eu percebi que ela havia falado aquilo para atingir Thomas, para que ele não abrisse a boca para falar nada mais do que o necessário. 

-muito prazer, Camila -cumprimentei-o e ele beijou minha mão. -é sempre um prazer conhecer mulheres tão belas como você. 

-Sr Reyes. -assenti com a cabeça o cumprimentando, porque não.. não era um prazer “conhecê-lo”.

-não se preocupe, ele sabe o lugar dele. -Lauren falou baixinho no meu ouvido. 

-foi um prazer, mas preciso me retirar agora.Desejo uma ótima volta ao trabalho, Lauren. 

-obrigado, Thomas. -Lauren assentiu e se despediram. Então se virou para mim. -eu sei o que se passa em sua cabeça, quando você me falou naquela noite eu sabia que havia sido ele, sei que ele tem gostos peculiares, mas ele jamais irá abrir a boca para falar nada sobre você, pois preza muito o emprego que tem. 

-obrigada por não ter feito nenhum escândalo.

-não faria, não tinha por que, deixei bem claro que você é minha e somente minha. -ela me puxou para mais perto de si e minha barriga estava entre nós. -eu amo você minha futura Srª Jauregui, ah.. e precisamos pensar em um nome para as meninas. 

-é, eu sei que precisamos. Mas, primeiro, quero saber quem atirou em você e por quê?

-foi o George, encontrei-o vigiando a frente do nosso apartamento, corri atrás dele, tivemos uma briga feia e ele acabou atirando em mim. É tudo o que me lembro, após isso é só um borrão em minha memória. 

-vamos acusá-lo por tentar matar você. Prestaremos queixa e se ele estiver no país à polícia irá encontrá-lo. 

-é o que mais desejo, vê-lo atrás das grades. Ele merece tudo de ruim que vier para ele. -Lauren estava ficando desanimada. Resolvi mudar de assunto. 

-mudando de assunto, você estava acordada quando falei que tinha aceitado casar com você? -perguntei sorrindo e ela me puxou ainda mais para perto. 

-sim, eu estava acordada. E estava adorando ouvir você falar o quanto me amava e prometer que se eu acordasse você se casaria comigo. 

-você é muito esperta -dei um beijo em seu queixo e uma leve mordida. 

-pra ter você em minha cama e na minha vida, eu faria qualquer coisa, até sequestra-la se fosse preciso. -deu-me um beijo ardente. -amo você, minha futura senhora Jauregui -disse novamente e.. eu poderia me acostumar com isso!

-e eu amo você senhora Jauregui, e a amo ainda mais depois de saber tudo sobre você, o que viveu e o que fez, pois tudo isso me fez amá-la ainda mais, eu consigo agora enxergar o que realmente há dentro de você, todo o amor que está em seu coração. Só agora eu conheço realmente quem você é, porque além de termos o vínculo de duas meninas a caminho, eu também posso sentir seu coração bater no mesmo ritmo que o meu.

-eu amo você demais, Camz, e vou amar incondicionalmente pelo resto da minha vida! -sorri a olhando, passei meu dedo por seu rosto e suspirei

-prometo que farei o mesmo, meu amor!


Notas Finais


Sim, esse é o último capítulo da fic, porém.. volto amanhã com um bônus para vocês, e é isso, obrigada por embarcarem nessa comigo, mesmo, obrigada bambis 🤘🏻❤️
Até amanhã!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...