1. Spirit Fanfics >
  2. Acompanhante de luxo >
  3. Preciso dela

História Acompanhante de luxo - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Preciso dela


Fanfic / Fanfiction Acompanhante de luxo - Capítulo 16 - Preciso dela

Alfonso Foi a melhor noite da minha vida eu precisava dela em minhas noites,só não sabia como ela era durona cheguei no escritório e fiquei pensando nela não saia da minha cabeça me apaguei no sofá o dia já estava clareando,acordei com barulhos de telefone e olhei a secretaria estava me olhando e. com. café na mão. - Me traz algo pra comer,estou faminto. Nunca comi nada no meu escritório só ela,eu já estava morrendo de saudades da corpo dela,mal tomei o café e já entrei em reuniões echatices eu estava longe não conseguia concentra em nada,me vi na minha mesa com os olhos fechados a mesa cheia de papéis e co tratos pra analisar e eu viajando no corpo dela,eu nunca fiquei assim preciso dela. - Alfonso está estranho,vamos sair a noite só nós dois. - Sim vamos estou precisando,não consigo tira aquela mulher da cabeça. - Você ta louca e uma qualquer,tem a melhor mulher em sua vida a Dulce. - Como assim,qualquer uma não entendo você, e complicado Ucker nenhuma mulher e uma qualquer são todas maravilhosas e ela é a melhor. Ucker ficou me olhando falar dela por horas,mas seguimos com os negócios e assim passei a tarde pensando nela e no trabalho a noite saímos num bar no centro aonde só vai os executivos iam pra relaxa e falar de negócios e mulheres,sentei com meu copo de uisque e ela me veio no meu pensamntos. - Vou viajar estou precisando de um tempo só pra mim,Dulce foi hoje pra casa dos país,eu não tô conseguindo pensar em casamento. - Você nem parece que vai se casar,está distante e confuso. - Ucker não consigo esquece aquela mulher,ela me deixou perdido eu não sei o que aconteceu,nunca quiz tanto transar com uma mulher assim. - Ela te enfeitiçou amigo. - Sim,estou completamente enfeitiçado por ela,mas ela e durona. Bebemos e falávamos dela o tempo todo,mais eu precisava ve-la e senti-la de novo e sai do bar quase 23 depois de quatro doses de uísque e a cabeça do pau ainda ardendo de tanto que ela chupou eu ainda queria sofrer mais. Quando cheguei na casa dela eu batia sem para na porta já que não tinha outro opção,e um senhor chegou. - Ela não está mais aqui,foi embora a tarde. - Como assim Senhor,estive aqui pela manhã. - Sim meu filho elas mudaram,a tarde mas vai no bar no fim da rua pode ser que o amigo delas saiba algo. - Como se chama,o amigo? - Safado e o Charles,gigolô do bairro. Sai e fiquei sem entender o senhor o odiava,e quando cheguei era um bar no final da rua o lugar era horrível mais muito bem arrumado,e bebidas caras com mulheres bonitas e bem sorridente,entrei e sentei e tomei um uísque uma morena se aproximou e começou a falar e rindo comigo,e perguntei tudo que eu precisava saber e sai deixei pago uma garrafa de champanhe pra ela do melhor. Quando cheguei em casa precisava de um banho era quase 1 da manhã e meu corpo doia eu liguei no número é custou atende,falei pouca coisa porque ele falou sem para e não fui direto ao assunto,queria saber do que se tratava. - Pra quando precisa da acompanhante e tem preferência de garota? Eu oi o que foi eu pensei e uma agência de acompanhantes, Como assim e o que tinha haver com ela sentei e ele falava eu fiquei sem ar senti-me e perdi o chão,e ódio subiu a minha cabeça,como assim ela e uma acompanhante? - Você quer pra quando o encontro posso te manda o catálogo você escolhe. Deixei ele falar se não ia descobrir que eu estava atrás de informações e não de uma acompanhante mais eu não acredito que ela seja uma delas. - Calma,eu quero uma em especial. - Sim, tenho várias.  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...