1. Spirit Fanfics >
  2. Acompanhante de luxo >
  3. Enfeitiçados

História Acompanhante de luxo - Capítulo 27


Escrita por:


Capítulo 27 - Enfeitiçados


Fanfic / Fanfiction Acompanhante de luxo - Capítulo 27 - Enfeitiçados

 Eu adoraria e prazeroso ir pra cama com você,mas eu vou me casar com o embaixador ele fez o pedido a uns dias nossa viagem e pra comemora que aceitei.

Ele me olhou e apertou a minha mão,ficou com ódio e não teve o que dizer,jamais imaginou que eu poderia ser pedida em casamento por alguém tão importante,mais chora bebê eu fui.

– Você o ama,afinal tem quase cinco anos juntos?

– Não é amor,ele e maravilhoso sempre me fez bem antes dele eu só era mais uma prostituta ele entrou em minha vida e mudou tudo,ele já me propôs o que você acabou de propor. Mais amo a minha liberdade,e só faria isto por amor e não por dinheiro.

Ele não disse uma palavra,tomou o champanhe e ficou sem o que dizer eu quebrei seus planos e seus desejos,eu não ia ser nunca sua amante e muito menos volta ir pra cama dele depois deste fim de semana.

– Foi por isto que fiquei neste fim de semana com você,quando vi que era você e não ele foi uma despedida da minha antiga vida,porque serei mãe e esposa de um só homem ele me ama de verdade vai passar por cima de tudo pra me ter só pra ele, até abriu mão de ser governador pra se casar comigo.

Ele estava cabisbaixo e

arrasado e eu o destruindo mais ainda,o que pensa que e dono do mundo.

– Nossa estou comovido!

Irônico o safado que ódio,mesmo assim eu ainda estava doida pra dar pra ele e senta no seu cacete isto eu não podia negar e o melhor cacete que já sentei.

– Tudo bem,então significa que hoje e nossa última noite juntos,eu vou sentir saudades dos seus gemidos.

Como pode ser orgulhoso,porque não disse que sentiria a minha falta,mais não disse gemidos pra me magoar mais não conseguiu porque se tinha uma coisa que eu adorava era sentir e dar prazer e eu estava ali pra isto,já acariciei seu membro por cima da calça e meti lingua em sua boca e masturbei sua lingua com a minha,ele gemeu ao sentir o poder da minha lingua na dele,mal jantamos estava tudo muito romântico mais eu e ele queria mesmo era putaria ele enfiou o dedo em mim e me masturbava o clitóris eu não estava aguentado mais queria se fudida.

– Eu vou gozar,mete o dedo.

Ele sorriu e mordeu a minha língua e parou tirou a minha mão de seu pênis, e aos poucos voltamos ao normal eu o implorava com os olhos pra se fudida,ele entendia que ignorava cada olhada saímos do barco depois de uma hora eu não aguentava mais,e quando e entramos na limousine ele disse ao motorista mais rápido possível pro hotel,acabou o romantismo o cavalheirismo e até os sorrisos apaixonados.

Não me tocou dentro do carro e quando chegamos ao hotel ele já me segurou com força pelo braço e abriu o meu vestido e com a outra mão me segurou os cabelos e puxou e enfiou os dedos dentro da minha xota e apertava.

Ele  queria me castiga por te enganado é  o melhor e que ele achou que ia me enganar com a viagem,mais ele foi enganado e isto ele odiava o dono do mundo.

Me jogou no sofá de quatro e bateu na minha bunda,e enfiou o dedo na minha bunda,e puxou os meus cabelos e me virou de frente pra ele e abriu o zíper e deixou a calça descer.

– Chupa e me faça gozar.

Eu olhei com a cara mais safada que tinha guardada e o puxei de dentro da calça com a boca e modisquei com os lábios e lambia,isto eu fazia muito bem afinal e anos de prática, segurei com as pontas do dedos suas bolas e suguei sem para e tirei sua calça e a cueca,e continuei a lamber e movimenta a cabeça do seu pênis duro e batia com ele em meu rosto e ajudava com os meus dedos acariciava sua virilha e as popas da bunda ele gemeu ao sentir a pressão que fiz com a língua e acelera o e o fiz gozar na minha boca eu lambi tudo não deixei sobra nada,era puta que ele contratou estava aí em sua cama a puta que ele tanto queria.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...