História .aconchego - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Taeyong, Ten
Tags Fem!au, Limitlesslove, Lls9, Romance, Taeten, Taeyong, Ten, Yuri
Visualizações 70
Palavras 498
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: FemmeSlash, Fluffy, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


espero que gostem <3 e como sempre perdoa os erros

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction .aconchego - Capítulo 1 - Capítulo único

— Café ou chocolate quente? — Ten gritou da cozinha.

— Café — Taeyong respondeu também gritando. — Anda logo, já vai começar.

Taeyong adorava as tardes de domingo, adorava quando Ten vinha para sua casa de mala e cuia e podiam ficar assim, abraçadinhas no sofá com uma xícara quente entre os dedos e um filme ruim na TV, adorava se aconchegar no colo da namorada e a abraçar apertado, queria poder nunca mais solta-la, viver assim, protegidas do mundo pelo cobertor surrado que as cobria do vento frio.

— Eu te amo — Taeyong sussurrou para Ten quando já estavam aconchegadas uma a outra, o filme já havia começado, e o café já havia acabado.

Ten a olhou fundo nos olhos castanhos, lendo ali todas as preocupações da outra, sabendo tudo que lhe afligia. Ainda se lembrava do aperto no peito que sentiu quando a viu chorando, a palma da mão de sua mãe lhe marcada na face e seus cabelos sempre tão compridos, cortados rente a cabeça, seu sinal de rebeldia.

Lee Taeyong completou 20 anos e segundo seus pais já estava na hora de se casar, afinal ela era a única herdeira, precisaria de um marido para assumir o comando dos negócios da família, e foi quando sua mãe lhe apresentou o tal pretendente que ela se arrependeu amargamente de sempre ter abaixado a cabeça para tudo que lhe diziam, se arrependeu das noites sem dormir que passou estudando para suas boas notas na escola e também nas aulas de etiqueta, se arrependia pois nem tudo isso fez com que seus pais a enxergassem apta para assumir os negócios, tudo que viam nela era uma mão para se por a aliança e trazer mais dinheiro através de um casamento bem arranjado.

Foi nesse mesmo dia que Taeyong cortou os próprios cabelos, dando adeus aos longos fios como um prisioneiro da adeus a suas marras, desceu as escadas e encontrou a mãe na cozinha, tomando seu chá da tarde, foi neste dia que ela disse que amava uma mulher, que ela era capaz de assumir os negócios da família, mas que se eles não a consideravam capaz, podiam considerar que perderam a filha, pois não se casaria.

Chovia forte quando Ten abriu a porta de sua casa as pressas, e encontrou a namorada encharcada, o rosto vermelho pelo esforço e pela bofetada de sua mãe, os cabelos irregulares lhe caindo sobre os olhos, ela tremia de frio e de medo.

Já fazia algum tempo, e agora Taeyong cantava aqui e ali para ganhar dinheiro suficiente para pagar o aluguel, trabalhava em uma livraria e juntava dinheiro para sua faculdade, e aos domingos, ficava ali, abraçadinha com Ten, que também se esforçava para ganhar seu próprio dinheiro, sem depender da família rica, se esforçava para que fosse possível ter futuro ao lado da mulher que amava.

— Eu também te amo — disse sorrindo, espantando todos os temores de Taeyong, e lhe mostrando que tudo ficaria bem, apenas com seu abraço, com seu beijo doce.

 


Notas Finais


um dos meus temas favs do limitless love hehe, e taeten de novo, jaehyun me perdoe.

bjbj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...