História Simplesmente as coisas mudam. . . - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Romance, Sobrenatural, Terror
Visualizações 98
Palavras 1.419
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Baile de máscaras ...


Fanfic / Fanfiction Simplesmente as coisas mudam. . . - Capítulo 3 - Baile de máscaras ...

Suelen  

On :

1 cemana depois ...



Dez  daquele primeiro sonho  que  está  mais pra   pesadelo  não   pararam mais  de  vir mais , agora  tenho  pesadelos todas as   noites e os  meus  pesadelos são confusos  ,como  se  fossem inigmas que  davam  a  uma  mensagem  subliminar se  colocasse  eles  em  ordem  certa  , como  se  fosse  notas  musicais  que tem  colocar  cada  nota  em  seus  lugares  pra musica tocar  do jeito  certo  


E complicado explicar os meus pesadelos , podemos  dizer   que  eles são relacionados  a  um  romance  de  um  casal é  começa  feito  um  sonho   começam  com  algo tranquilo, bom, doce, calmo até  que  quando  estão  no meio  eles  ficam  amargos, cruéis e  começa  o  medo, o pânico, a dor ,a  decepção ,a traição,  a  mentira, a  hipocrisia, e  só  restam  a  destruição  e o  sonho  acaba  em  um  pesadelo e   antes  do sonho acabar  só  restam sombras  e  vozes falando  algo  que  chega  a  ser  impossível de compreender ,  eu prestei  atenção nos  meus pesadelos e eles  são  diferentes, mas  eles  carregam  a  mesma  mensagem  e  é  como  se  eles   só  quisessem  que  eu  entendesse  a  mensagem , mas  eu  não  intendo a  mensagem  completamente  , então  eles  vem de  maneiras  diferentes  ,mas  com  a  mesma  mensagem  até  eu  intender  a  mensagem  aí  eles vão  desaparecer 


É  como  se  eles  quisessem  dizer  que  O  começo  vai  ser  doce ,mas  o  final  vai  ser  completamente amargo ,e  aí  que  chega o  resto  da  mensagem  pra  compreender  e  como  se  eles  quisessem  da  um alerta  sobre  alguma  coisa que  pode  acontecer só que com  alguém ,mas  quem  é  esse  alguém ? Será  ...Eu ?


Gean : Suelen ?


Eu : Oi? o  que ?ah?


Gean : de  novo  em  transe  em  seus  pensamentos  


Eu : desculpa  Gean...


Gean : pensando  no que dessa  vez? 


Eu : nada  demais ...Mas  o  que  estava  ffalando mesmo? 


Gean : baile  de máscaras ,lembra


Eu : lembro  que  vai  te  um baile  de  máscaras  na  cidade  pra  comemora  ... (cara  de  tentando  lembrar)


Gean : Pra  comemorar  a festa de  maneira  secreta e  no  final  da  festa  todos  revelavam  suas  aparências por  trás  das  máscaras  


Eu : isso , mas  o  que  isso  tem mesmo? 


Gean : você  vai


Eu : Eu? Não  sei  , você  sabe que  não  sou  muito  de  festas patifarias  toda


Gean : É  você  acha  que  fosse  com  patifaria  minha  mãe  deixaria  eu ir  , cclaramente que não, a  festa  vai  carregar  toda  aquela  coisa  de  antigamente, tipo  bem  original  mesmo


Eu : nhum ...tipo  na  época de 1901

Gean : Exato 


Eu : interessante ...


O  sinal  toca  e  tivemos  que  voltar  pra  sala  de  aula  e  a  aula  era  de  religião  e  quem  daria  aula  hoje  só  pra  substituir  o  professor  a  pastora  então  a  aula  foi  um  lixo, e  entre  nós  isso  ta  mais  pra  lavagem  cerebral   de  um  bando  de pessoas  que  não  sabem  realmente  a  verdade  por  trás  das  máscaras 


Eu  cheguei  em  casa  e  tinha  um  bilhete  do  meu  pai  dizendo  que  só voltava  depois  de  amanhã  (novidade*-*) Eu fiquei lendo até  que  eu  fiquei  pensando  sobre  o  baile de máscaras então eu  fui  pro  sótão ,pra  ver  se  achava  alguma  coisa  de  máscara  até  que mechendo nas  caixas  e  várias  coisas  eu  acho  uma  portinha escondida  que  nunca  tinha  visto  e  ela  estava  com  uma  fechadura  bem  grande  e  que  pelo  visto só  dava  pra  abrir  com  a  chave , então  eu  fiquei  procurando  a  chave  até  que  eu  pensei que  o  único  lugar  que  se  pode  achar  chaves  daqui  e  no  escritório  do  meu  pai  e  ele  não  estava  então  tecnicamente  eu  podia  entra  lá   abri  a  porta  vê  o  que  tem  dentro , fecha, e  coloca  a  chave  no  mesmo  canto  que  eu   achei  


Eu  sai  do  sótão  e fui  em  direção  da  porta  do  escritório  e  assim que  eu  estava  na  frente  dela  eu  entrei , eu  nunca  tinha  entrado  naquele  escritório  e  quando  eu   abri a  porta e  olhei  pra  baixo  era  como  se  a  sala  dele  fosse  lá  em  baixo , em  volta  do  buraco tinha vários livros e  a  onde  tava  a  porta  tinha  uma  escada  enorme  até o  fundo  que  devia  dar  a  algum  lugar  , eu   dessi  e  quando  cheguei  até  o  final vi  que era  fundo  e  quando  eu  olhei  pra  cima  vi  vários  livros  e  as  únicas  palavras  que  saíram  da  minha  boca  foi


Eu :  incrível 


agora  eu  entendia  porque  meu  pai  não  saia  desse  lugar  ,mas  ali  só ttinha  livros  até  que  eu  percebi  que  tinha  uma  porta   e   essa  deu  pra  abri  e  dava  pra  uma  sala  maior e tinha  computador ,poltrona  e  uma  parede  com  várias  chaves  ,só  fiquei  meio  minuto  admirando  o  lugar  depois  eu  fui  procurar  a  chave  certa e  achei  e  fechei  tudo  e  sai  do  escritório  incrível  e voltei  ao  sótão  e  fui  direto  na  portinha ,mas quando  eu ffui  atrás   da  porta não  estava  mais  lá  ,eu  fiquei  com  a  cabeça  completamente  confusa e  fiquei  ali  pensando  um  pouco  e  depois  subi  e fui  pro  meu  qquarto  coloquei  a  chave  na  minha  gaveta  e  acabei  dormindo  de  tanto  cansaço  que  eu  realmente  não  sabia da  onde  tinha  vindo , mas  veio  de repente  .   .  . 



Dois  dias  depois  .  .  .



Hoje  a  noite  já  seria  o  baile  de mmáscaras  então  como  hoje  a  noite seria  o  baile  de  máscaras  ,hoje  nãoteteve  aula (ALELUIAaaaaaaaaa! Amem  senhor!)


O  meu  vestido  era  todo  preto  e minha  mascara  tinha  detalhes  dourados  e  pretos ,quando  já  era  perto  de  ficar  de  noite  eu  comecei  a me  preparar , eu  fiz  um  penteado  e  uma  máquiagem  de  diva  e  coloquei  a  máscara  e  um  vestido  e  no  final eu  coloquei  um  salto  bico  fino  preto  e  quando  foi  perto  do  baile  eu  não  deixei  ninguém  ver  eu  sair  de  casa  se não  ian  descobrir  que  era  eu  , a  festa  era  no  salão  da  cidade  , todas  as  damas  e   cavalheiros  com  seus  trajes  e  máscaras  elegantes  escondendo  suas  identidades  fazendo  as  coisas  ficarem  mais  divertidas  pra  mim 


Todos  dançavam  e  comemoravam  assim  como  os  velhos  tempos ,tudo  chegava  a  ser  igual  a  aquela  época  e  quando  eu  cheguei   todos  me  olharam  admirados   ,eu  entrei  no  salão  e  todos  ficaram  curiosos   até  que  começou  a  dançar  ,muitos  me  chamavam  para  dançar  ,mas  eu  os  dispensava   até  que  eu  percebi  que  algo , melhor  dizendo  alguém  me  observava  e  era  um homem  chique  da  cabeça  aos  pés  com  uma  máscara  que  me  deixava  totalmente  com  vontade  de  ver o  que  tinha  além  da  máscara  ,não  sei  porque


Ele  vem  em  minha  direção  e  beijá  minha  mão  e   estende  a  mão  para  Dançar  e  eu  a  pego  , ele  me conduzia  perfeitamente  bem  e  carregava um  charme  e  uma  luxúria  que  eu  nunca  tinha  visto  alguém  ter

  

A  máscara  escondia  seu  rosto  mais  não  olhos  ,os  olhos  eram  penetrantes,sedutores e chegavam a  ser    enpinotezadores  ,pois eu  não  conseguia  parar  um  minuto  de  admira-los  


A  dança  acaba   e  quase  dancei a  nnoite  toda  com  ele  sem  men  sequer  falar  com  ele  até  que  ele  foi  me  conduzindo  um  pouco  pra  longe  da  festa  até  que  sinto  uma  mão  me  puxa  meu  braço  fazendo  eu  me  eu  sair   de  perto  dele  e  quando  eu  olho quem  era  era  meu  pai  ,mas  o  que  ele  estava  ffazendo, como  ele  sabe  que  sou  eu? Pera  aí  o  que  tá  acontecendo  aqui? !


 pai:Minha  filha  nnão  será   a  vítima  dessa  noite  e  de  nenhuma , suma  daqui  


Ele  fala  isso  a  o  homem  sorri e  assenta  que  sim  com  a  cabeça  e  some  e  volta  pra  festa 


Eu : Pai ? O  que  faz aqui? Como  sabe que  sou  Eu? Porque  fez  isso? Como  assim "vítima  dessa  noite?Porque  está  aqui? Pera  aí   o  que  aconteceu  aqui? 


Pai :Eu  vou  te  explicar  tudo quanto  chegarmos  em  casa ,a  Suelen temos  muito  a  conversa  é  debater (suspira  e  meche  os  óculos)


Fomos  embora  pra  casa  e   eu  me  sento  no  sofá  e  ele  se  senta  na mesinha  da  sala  ficando  na  minha  frente 


Pai : vamos  começar  ,você  entrou  no  meu  escritório sem  permissão  não  é  (encara )


Eu : como  você ...


Pai : você  tirou  uma  chave  muito  importante  de  lá (mostra  a  chave)


Eu : pai  eu ...


Pai :  Eu  sei ,você  queria  abrir  a  portinha  do  sótão ,mas  quando  você  voltou  com  a  chave  a  porta  não  estava  mais  lá  (sorri)


Eu : isso


Pai : É  daí  que eu  vou  começar  a  te  explicar  a  verdade  Suelen  ,bem  eu  sou  um  .   .   .




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...