História .aconteceu no verão, culpe plutão. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 15
Palavras 319
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lírica, Literatura Feminina, Poesias

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Vou embora explorar essa imensidão


 

 

você se aproxima com uma rosa vermelha na mão

e implora por perdão

após mais uma traição.

outra tão habitual decepção

que não causa nenhum tipo de depressão.

aposentei há alguns anos meu sentimento chamado afeição,

visto que não possui a sensatez da razão,

entretanto não ameniza minha vontade de lançar mil e uma maldição.

independentemente de sua última ação

já sabia que você não passava de um corrente padrão:

que confiava em sua masculinidade até então;

outro que acreditava ter minha submissão

e pensava que era novata no jogo da ilusão.

ignore toda essa exacerbação.

não entendo o porquê de tanta procrastinação

se logo tudo terá sua terminação.

e olhando para o céu faz uma oração

como alguém que pede salvação

você não se dizia ser pagão?

nesse caso, creio que por ventura eu seja sua religião,

ou talvez só uma mera obsessão .

não esboço nenhuma expressão

perante sua enorme declaração.

não encontro em seus braços a tão ansiada proteção,

nem sequer uma única satisfação,

então digo não querer mais uma prisão,

não quero essa falsa situação

que desde o início estava fadada a destruição.

é necessário por um fim antes da iminente explosão.

sou capaz de ouvir seu abafado palavrão

e é nesse instante que me afligi toda essa questão,

me controlo para não soltar minha favorita citação

da clarice falcão

que diz “não fica triste não

eu escolhi de coração

também por falta de opção”,

no entanto guardo essa reflexão,

a fim de demonstrar alguma compaixão.

e em seus olhos vejo sofrimento por trás de sua reação,

solidão,

perturbação,

lamentação...

você tem minha absolvição,

mas, por favor, não peça por mais atenção

e não me culpe por essa decisão

culpe o universo, ou se preferir, plutão.

nossa história não passa de um simples borrão.

vou embora explorar essa vasta imensidão.

pego meu violão e uma única canção,

saio admirando essa estação

mais conhecida como verão.

 


Notas Finais


Mais uma bem aleatória, mas feita com muito amor e criatividade *-*

Obrigada por lerem! s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...