História Acordo Entre Reinos - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Abo, Alfa, Beta, Jimin Ômega, Ômega, Principes, Reinos, Yaoi, Yoongi Alfa, Yoonmin
Visualizações 33
Palavras 1.266
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoal, desculpem o atraso.
Espero que gostem do capítulo e me desculpem qualquer erro.

Boa leitura!

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Acordo Entre Reinos - Capítulo 2 - Capítulo 2

Pov's Autora


  Jimin deu uma breve olhada na sala, constatando que a casa não era tão ruim, bom, mas nada se comparava ao palácio em que vivia.

  O ômega se virou para o albino atrás de si, que ainda estava em frente à porta, agora fechada. Percebeu que ele não era tão alto igual a maioria dos alfas, e nem tão musculoso também. Era apenas alguns centímetros mais alto que si, e por baixo da blusa que usava, apenas a silhueta de pequenos músculos se era notável. Mas nem por isso deixava de ser um rapaz bonito.

  —Onde fica o banheiro? Preciso de um banho. —O moreno falou depois de algum tempo em silêncio, mordendo o lábio inferior.

  —Hm, eu te levo. —Yoongi murmurou, ajeitando a franja que caía em frente aos seus olhos, a expressão em seu rosto era quase morta. Ele voltara a assumir o controle sobre o seu lobo interior, que ficara um tanto eufórico com a presença alheia.

  O mais velho passou a caminhar em direção às escadas, sendo seguido pelo Park, que se manteve em silêncio. Ambos subiram os degraus e logo chegaram em um curto corredor, este que dava acesso ao quarto em que o casal iria ficar. Havia também a porta do escritório, que estava fechado e uma outra, onde havia um banheiro.

  —Aqui fica um banheiro. —O alfa disse, indicando com a cabeça o local indicado. —Mas se preferir, no nosso quarto também tem um.

  —Okay. —O Park murmurou, se sentindo um pouco incomodado pelo fato do outro não ter lhe dado tanta atenção igual aos outros alfas que convivera.

  Ora, Jimin era um belo ômega. Seus cabelos negros eram brilhantes, seu rosto tinha traços delicados e o corpo, ah, que belas coxas ele portava. Sempre fôra o alvo de desejo de todos, e parecia que o Min não havia reparado em nada disso, agindo com indiferença. E o pior de tudo, na visão do menor, era que eles sentiram uma rara conexão.

  Não que ele estivesse de acordo com o casamento e que iria se comportar como um ômega "apaixonado", longe disso. Ele queria que ao menos recebesse um olhar de desejo.

  E fôra com esses pensamentos que o ômega se afastou do outro, pisando duro e um pouco emburrado, e entrou no quarto, fechando a porta com mais força do que devia, deixando para trás um Yoongi confuso.

  "O que foi que eu fiz?“ se perguntou, ainda encarando o lugar onde outrora o outro estava.

  Após alguns segundos refletindo, o Min pensou que aquele ômega deveria ser bipolar. Deu de ombros e foi para a cozinha, atrás do beta.

(...)

  —Ele fez isso? —Namjoon perguntou baixo, encarando o príncipe à sua frente.

  Ambos estavam sentados em volta da mesa de madeira, o beta já havia feito o jantar e estavam apenas esperando o ômega descer para comerem. A noite já havia caído, e a única fonte de iluminação vinha das velas acessas em alguns castiçais, espalhados em pontos específicos da casa, deixando o ambiente confortável aos olhos.

  —Fez, mas eu não entendi o motivo para tal ato. Fiquei parecendo um bobo parado no lugar, enquanto ele saiu bravo. —Resmungou apoiando a cabeça na mão direita, olhando para o outro. —Será que ele é louco?

  Namjoon acabou rindo com a expressão engraçada que o outro fizera, e apenas se limitou a negar com a cabeça.

  No mesmo instante, Jimin apareceu no campo de visão do beta, que parou de rir e se levantou da cadeira, fazendo uma pequena reverência quando o mesmo chegou mais perto.

  —Me chamo Kim Namjoon, estarei a sua disposição, vossa majestade. —O loiro endireitou a postura e viu o outro se sentar na cadeira do lado esquerdo de Yoongi, que estava sentado à ponta da mesa.

  —Pode me chamar apenas de Jimin. —O moreno falou sorrindo, fazendo os seus olhos virarem dois risquinhos. —Pode nos servir, por favor?

  O alfa olhou para o ômega sem entender. A pouco tempo atrás ele aparentava estar bravo, e agora, estava todo simpático.

  O albino resolveu não comentar nada, não queria que o menor voltasse a "surtar" novamente. Optou por apenas observá-lo, percebendo que o mesmo não estava mais tão pálido quanto a hora em que havia chegado.

  —O que foi? —O Park perguntou, chamando a atenção do mais velho, este que só agora percebera que a comida já estava servida. —Eu sei que sou bonito, mas não precisa ficar me olhando tanto.

  —Eu estava apenas pensando. —Resmungou depois de piscar algumas vezes e logo desviou o olhar para o prato, sentindo o rosto esquentar um pouco.

  O Min escutou o som de uma baixa risada vindo do beta, que apenas observava tudo em silêncio. Yoongi nunca fora do tipo de ficar sem jeito na frente de alguém, muito menos na frente de um Ômega, isso era um bom motivo para provocar o divertimento alheio.

  —Bom, se não se importarem, irei me retirar agora. —Namjoon falou se aproximando um pouco do príncipe mais velho. —Jin deve estar me esperando.

  O albino olhou para o maior e percebeu o doce sorriso em seu rosto, logo assentindo com a cabeça.

  —Claro, cuide bem do Seokjin-hyung. —Disse e em seguida o beta se retirou do local, indo para a pequena casa que ficava ao lado.

(…)

  Após o jantar, o ômega se ofereceu para lavar a louça, usando a desculpa de que não queria dar muito trabalho para Namjoon no outro dia, e Yoongi fora tomar um banho antes de se deitarem.

  Guardando o último prato, Jimin secou as mãos e andou em direção ao quarto que dividiria com o alfa, apagando todas as velas que encontrou no caminho.

  Ao chegar no aposento, o moreno sentiu uma forte corrente de ar frio lhe atingir, causando arrepios por todo o seu corpo.

  "Por que diabos essa janela está aberta?" se perguntou enquanto corria para fechar o vão por onde o vento entrava.

  O rapaz logo se deitou na cama, se embrulhando com a fina manta que forrava o colchão. Ele não era nada acostumado a esse clima frio do Reino do Inverno, do lugar de onde vinha, a temperatura era muito mais elevada, e raramente fazia frio.

  Ao sair do banheiro, já vestido com a roupa de dormir, Yoongi se deparou com o ômega tremendo em cima da cama e logo sentiu uma enorme vontade de abraçá-lo.

  —É sempre tão frio por aqui? —O Park perguntou com um fio de voz.

  —Na maior parte do tempo, sim. Dificilmente a temperatura aumenta. —Falou indo até o guarda-roupa, pegando algumas cobertas mais grossas e levando até a cama. —Aqui, vai ficar doente se tomar tanta friagem.

  O ômega prontamente se cobriu com os tecidos, agradecendo ao outro pelo cuidado. O Min se deitou ao lado do moreno e assoprou a vela que estava no gabinete, deixando apenas a fraca luz da lua iluminar o quarto.

  —Ainda sinto frio. —Jimin sussurrou, se aproximando um pouco do mais velho.

  Mesmo no escuro, o alfa notou o brilho no olhar do Park, como se ele estivesse fazendo um pedido silencioso para si. Lentamente, Yoongi passou os seus braços em volta da cintura do ômega, trazendo o pequeno corpo para perto do seu.

  —Você cheira bem. —Murmurou próximo aos cabelos negros do menor, sentindo o próprio coração errar a batida.

  Jimin sorriu com os olhos fechados, e se aninhou mais contra o peitoral quente do alfa. Nunca se sentira tão a vontade quanto no momento, ele se sentia estranhamente seguro junto ao albino.

  Talvez, aquele casamento não fora tão má ideia quanto pensara no início.


Continua...


Notas Finais


E aí, o que acharam? Espero que tenha gostado ^^
Até a próxima vez.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...