História Acorrentados - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Bacchus Groh, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Romeo Conbolt, Ur, Wendy Marvell
Tags Fairy Tail, Gale, Gruvia, Jerza, Miraxus, Nalu, Rowen
Visualizações 198
Palavras 603
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - De frente com a colônia


O local atual de ação era o topo do prédio mais seguro que eles tinham para subir, olhando por um binóculo estavam Natsu Lucy Gajeel Erza e Jellal, Wendy Romeo e Levy haviam ficado na cúpula.

- São dezenas... Talvez centenas. Natsu dizia analisando.

- tudo que temos que fazer é destruir o ovo que tem dentro daquela coisa, não é ? Serve como se fosse um pilar. Gajeel diz vendo uma bolha marrom em constante movimento.

- deixem isso comigo. Lucy disse preparando o arco, com a mira travada Erza se pois a impedir.

- não vai funcionar... E pode alertar aquelas coisas, temos que ir até lá.

- certo. Lucy disse e assim colocou seu arco as costas, pegando seu chicote.

Se aproximando mais, mas ainda não entrando na parte das colônia uma cena de horror era vista, um estupro de uma parasita fêmea perante 7 machos.

Lucy fechou os olhos horrorizada enquanto Jellal sentiu um enjôo, sangue saia da boca da parasita enfraquecida pela violência.

- essas criaturas... Me dão arrepios... Gajeel disse e viu o rosado passar a proteção.

- Karyuu no... HOUKOOOOOOOOU. Natsu grita e Queima as Criaturas vivas.

Lucy tremia ainda com a cena na cabeça.

- não pense nisso agora.... Vamos avançar. Erza disse segurando o ombro da loira.

- certo...

Avançando até a entrada da colônia Natsu e Lucy de um lado, Erza Jellal e Gajeel do outro.

- prontos..? No 3. Erza disse.

- 1....

- 2....

- 3....

Avançando Lucy se joga ao chão atirando flechas contra as Criaturas da frente, passando pela loira Natsu queima com seu fogo as demais, Erza avança e dilacera mais criaturas, Jellal da suporte a Lucy junto de Gajeel.

- Natsuuuu. Lucy grita.

- Certo.

Dando apoio a loira o rosado a joga para o ar, atirando flechas Lucy ataca por cima enquanto o rosado usa de seu fogo para combinar com as flechas da loira, atingindo a cabeça dos parasitas Lucy cai em cima de um carro virado.

- Ótimo trabalho. Erza disse.

- obrigado/obrigada. Natsu e Lucy falaram juntos.

Usando do fogo de Natsu e o rugido de ferro de Gajeel o ovo aparentemente é destruído, confiantes em sua vitória os 5 amigos resolvem voltar, mas com a queda do "pilar" eles ouvem um berro.

- que... Que foi isso ? Natsu olha para trás.

Se assustando os 5 amigos se vêem de frente a um parasita gigante berrando em fúria ele demonstrava ser uma fêmea.

- essa deve ser a rainha da colônia. Gajeel disse.

Escorregando e caindo Lucy grita.

Recuando Natsu e Gajeel se olham.

Erza avança com os 2 garotos e os três começam a enfrentar a criatura, notando que diferente das demais ela possuía olhos Lucy levantou.

- pessoal, cuidado ela pode ver vocês Lucy disse e Jellal notou também.

- é verdade, não dá para distrair essa pelo som. O garoto disse.

Levantando Lucy sacou seu arco.

- eu posso... Não... Eu vou cegar ela. Lucy disse e se concentrou.

No 3 a 1 a criatura permanecia sem se machucar até que uma flecha se alojou em seu olho, um grito de dor saiu, Lucy havia atingido, perdendo a visão do olho direito Natsu sorriu.

- bom trabalho luxy. Ele disse e golpeou a perna da parasita que caiu, estendendo a mão para cima a parasita tem seu braço cortado por Erza, enquanto Gajeel atinge a barriga da mesma, não demorou muito para que a criatura nomeada de Parasita rainha viesse a ceder e morrer.

- se existem mais colônias....

- devem existir mais rainhas...

- e logo mais parasitas devem estar nascendo....

- não temos muito tempo a perder.

- ou então nossas vidas vão acabar de um jeito terrível. Lucy disse

- Certo, vamos voltar pra cúpula e amanhã voltamos para explorar.

- Certo. Os 4 restantes disseram para Erza.

Continua... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...