História ACS- O circo - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 5
Palavras 1.209
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Incesto, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 2 - Capítulo 2 - Acontecimentos...


Fanfic / Fanfiction ACS- O circo - Capítulo 2 - Capítulo 2 - Acontecimentos...

Queria poder dormir o dia todo, mas isso não é lá a atitude de uma dama. Mas eu realmente não entendo a necessidade de me acordar as 8:00 da manhã! Certo,certo...Não posso fazer nada além de me levantar,ficar parada feito uma estátua enquanto as empregadas me vestem e colocam aquele pesadelo materializado em formato de espartilho! Porque nós crianças temos que usar espartilhos?! Quando eu virar mulher de fato irei protestar contra isso...

Além de não nos deixar respirar direito, ainda limitam nossos movimentos. Confesso que melhora a coluna, mas sinceramente o que tinham na cabeça para inventar isso? Eu até imagino o que as pessoas no futuro irão pensar sobre isso:"elas são loucas!Quem usaria isso?Elas respiravam...?" E eu concordo plenamente sobre isso,somos loucas por usar isso! Porém não temos escolhas quanto à isso,a sociedade nos impõe padrões...tipo esses cachos que algumas fazem... (são feios demais!). Quem é homem não sabe o alívio que nós mulheres sentimos quando tiramos o espartilho! Parece que nossa alma é libertada...!

-A senhorita está bem?-Uma empregada me perguntou com uma certa preocupação...

-Sim, estou ótima...-Não,eu não estou nada bem...

-Que alívio!pensei que não estava apertado o suficiente...-Você realmente não vê meu pedido de socorro?!

-Na verdade, está muito bem colocado...do jeito do que gosto!-Por favor, não acredite em mim!

  -Você está pronta! Nós a acompanharemos até a sala do café...-Disse me levando para os corredores do castelo

Não foi tão longo quanto eu esperava que fosse,assim chegamos a tal sala onde avistei minha mãe e meu pai sentados naquela mesa cheias de comidas deliciosas esperando por mim! Fui em direção à minha mãe que deu um beijo me minha testa assim como meu pai, mas uma coisa que percebi foi que os donos da "casa" não estavam presentes na mesa:

-Mãe, onde estão o Rei e a Rainha?-Minha mãe olhou rapidamente para meu pai...

-Eles viajaram para castelo de um de seus parentes, nós não iremos ve-los à tempo pois iremos hoje para casa...-Me disse com um sorriso cheio de ternura.

-E quanto às irmãs?-Perguntas,perguntas...e perguntas

-Já tomaram seu café da manhã,elas acordam bem cedo...diferente de você- Desde de quando acordar as 8:00 da manhã é acordar tarde? As pessoas aqui no castelo acordam tão cedo que eu acho que o apresentador de vacas ainda elas está levantando da cama...

-Mas de qualquer forma estou com fome!

Era óbvio que eu não iria resistir a um banquete desses, afinal iremos embora para casa hoje mesmo...O que é uma pena,pois queria conhecer mais as irmãs...Será que elas irão se despedir de nós?espero...

É engraçado é que quando não gostamos de tal lugar o tempo passar "super" devagar, mas quando estamos bem, nos divertindo ele passa num estalar de dedos!por isso que devemos aproveitar o tempo que foi imposto para nós...

Pensei nisso enquanto observava as árvores de haviam no caminho para casa,é realmente intrigante o quão filosóficos somos enquanto estamos observando a paisagem dentro de uma locomotiva. Podemos até pensar em como fazer um pedaço de lata gigantesco voar com pessoas dentro. Invés de isso podiam inventar bancos mais confortáveis, meu traseiro está doendo! Parece que nunca chegaríamos em casa, mas chegamos,doloridos,enjoados...mas chegamos...

Assim que entramos em nossa casa fui direto ao meu quarto me jogar em cima de minha cama sem ligar para as empregadas que me viram, porém tenho certeza de que meus pais irão descansar também. Afinal, foi de fato uma longa viagem. Com essa idéia na mente chamei algumas empregadas para colocarem meu pijama, será ótimo de eu vá dormir agora, mas é ainda melhor quando a empregada retira o meu espartilho! É glorioso! Logo depois disso eu adormeço em meus confortáveis lençóis...

No dia seguinte(sim,no dia seguinte...) logo após de todo aquele processo de vestimenta fui saltitante ao encontro de meus pais que aparentemente não estavam tão alegres igual a mim, estavam...tristes? Eles não são pessoas de ficam tristes à toa, algo grave aconteceu...:

-Mãe, pai porque estão tristes?- Estou com medo da resposta de ambos...

-Seu pai lhe explicará melhor do que eu...-Me virei para meu pai que aparentemente estava nervoso...

-O Rei e a Rainha viajaram,se lembra?-Concordei com a cabeça...

-Uma forte tempestade os atingiu ontem à noite...o navio afundou levando-os...sabemos disso através de outros navios que passaram hoje de manhã. A viagem não era longa, por isso a preocupação quanto à eles. O Rei e a Rainha morreram filha...-Mas...Como...

-Não fique triste, não queremos a ver assim...-Estamos sem reis agora...dependemos das irmãs agora...

-A notícia se espalhou rapidamente em toda Inglaterra, e eles já estão decidindo a nova Rainha...-Disse minha mãe...

-Porque já estão decidindo a nova Rainha...?-Falei quase sussurrando...

-Ficar sem um Rei ou Rainha por muito tempo prejudicará bastante nosso país...-Disse meu pai...

-E qual das duas irá ser a nova Rainha?-Perguntei curiosa...

-É esse o problema, ambas são inteligentes,bonitas,sabem economia...Está acirrado.-Continuou meu pai.

-E como irão decidir?-Perguntei confusa.

-Através de uma jogo chamado: xadrez,parece bobo, mas isso é realmente importante para a realeza...-Pai

-Pensei que seria através do povo...!- Disse como se fosse o óbvio à fazer.

-Não importa não é? Pessoas se vão alguma hora,então venha me dar um abraço bem apertado!- Quando minha mãe me falou isso instantaneamente nasceu um sorriso e meu rosto.

-Nós te amamos,por mais dorminhoca que você seja!-Disse minha mãe esboçando um sorriso.

-Eu sou uma criança preciso comer e dormir bastante! -Nós rimos bastante enquanto comíamos,nesse momento me lembrei sobre perguntar algo:

-Essa partida de xadrez será aberta ao público?

-Sim,para que não aconteçam fraudes.-Respondeu meu pai 

-E quando será? Nós iremos assistir?-Nunca vi uma partida de xadrez,sempre quis joga mas nunca soube...

-Sim,nós iremos e será amanhã. E novamente sim para seu:"JÁ?!"...-Sou um livro aberto para eles...

O restante do dia foi normal assim como os outros,comi,tomei banho, estudei em casa (mais que professora chata meus pais contrataram!) Estava contando as horas até o evento esperado, não que eu ficasse feliz por isso estar acontecendo, mas um dia todas as pessoas morrem...

E finalmente no dia seguinte estávamos indo ao lugar onde seria a partida de xadrez mais emocionante de todo o mundo!(assim espero...e foi) alguns minutos depois a partida havia começado, ambas estavam deslumbrantes em suas vestes reais (Athena fica linda de preto...) Todos estavam vidrados no que estava acontecendo. Athena não parecia ter qualquer dificuldade diferente de sua irmã: Viollet, o nome que descobri faz 1 minuto dito por uma mulher...

Viollet estava nervosa não parecia estar muito "interessada", acho que ela não gosta muito disso,deixando assim óbvio quem iria ganhar:Athena. Resumidamente ela ganhou, segundo minha mãe, Viollet tem uma dificuldade que ela tinha em relação a esse jogo. Ela não tinha interesse em jogos no qual achava fúteis,presa em seu mundo de livros:

-Foi um boa partida, minha irmã...-Disse Athena ironicamente,consigui entender na leitura labial.

-Boa sorte! O trono não é lá muito confortável...!- Disse Viollet em tom de deboche...

-Não se preocupe, colocarei um um almofada para não amassar meu traseiro...-Quero rir ,mas não posso tenho que le-las!

-Nem ouse...!-Sua expressão era tão assustadora que senti na pele o medo alheio dela...

-Claro,claro...- Athena.

E assim foi decidido a nova Rainha da Inglaterra, sua coroação não demoraria para acontecer. Por isso a maioria das pessoas resolveram festejar a nova Rainha! Haviam pessoas que não aceitavam que as jovens mulheres herdeiras não seriam certas para o trono por eram muito novas,acho que o discurso feito por ela calou a boca dessas pessoas...!

Tantas coisas aconteceram, porém sinto que algo que vai mudar minha vida, precisamente a minha...

   

  

 

 

 


  

       

  


 



Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...