História Adaga do Caos - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação
Visualizações 5
Palavras 586
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


:( peço vários favoritos caso puderem, aproveitem a história!

Capítulo 9 - O ritual


Eu estava escondido nas sombras de uma enorme sala, mal iluminada, pessoas encapuzadas estavam fazendo um círculo em volta de 6 pessoas, amarradas e amordaçadas(Com a boca amarrada). Vejo que Gab e Elias estão lá, o meu plano é interromper no meio do ritual para quebrar as relíquias, um padre chega, ele estava no andar de cima, era gordo, e sem cabelo, ele começou a falar: "Queridos irmãos, hoje será um momento de glória, iremos conseguir as duas relíquias supremas, conquistando toda a nação!" Todos continuam a ouvir em silêncio, ele pronuncia palavras runicas em latim, e todos começam a falar em coro, uma luz amarela começa a sair das arcas, eu então me preparo, mas antes sinto algo na cabeça e desabo no chão. Alguém me segura, e me leva lance de escadas, quando olho estou no segundo andar, vejo as arcas começarem a sofrer, começam a descolorir, eu vejo Gab e Elias sofrerem, deles começam a sair as suas relíquias, eu começo a chorar e gritar, imploro para eles não fazerem isso, mas nada os abala, já eu fico abalado, sem nada oque fazer, vejo a vida começar a se esvair deles,  eu tinha que bolar esse plano e simplesmente....

Eu estava sentindo muita dor, eu fiquei triste ao ver Conor gritar de tristeza, derrepente ele começa a ficar vermelho, os caras largam ele rapidamente, parece que queimaram as mãos, sua roupa começa a rasgar, ele vira poeira,  e quando vejo o padre está sem cabeça junto com todos menos eu e o Elias, quando o efeito do ritual passou, eu estava toda dolorida, mas não podia deixar ele assim, levantei co  dificuldade, ativei meu poder de uma vez só, eu me sentia mais fraca, porém mais leve, eu avancei em cima dele, e o ataquei com um soco no rosto ele desviou, eu fiquei dando uma sequência, mas ele desviava de todas, então, tentei dar um chute na sua cabeça, ele bloqueou com um braço e eu dei um pontapé em seu peito com o outro pé, ele caiu no chão, e invoquei: "Incediarios Flames Fenix" Um pássaro de fogo aparece e o ataca, ele grita devido a queimadura que ela o causou, ele estava forte, porém sem lógica, ele levanta, mas cai novamente devido a uma flecha cravada em seu peito, olho para trás e vejo Elias meio caído com o arco e flecha em mãos, ele prepara outra flecha, então me concentro em frente, ele levanta e dessa vez ele me ataca, Elias mira uma flecha em seu braço, mas Conor desvia e me acerta com um murro na barriga, eu quase perco o equilíbrio, eu avanço e tento acertar a flecha em seu peito para crava-la mais fundo, Elias errou o coração por meros centímetros, ou seja eu não o matarei, apenas causarei dor o suficiente para ele desmaiar, mas ele desvia e antes de me socar, Elias acerta uma flecha em sua perna, e eu dou um murro na flecha em seu peito, fazendo com que ele fique desacordado, Elias vem para o meu lado mancando e falar preocupado: "Você está louca? Se eu fosse um arqueiro de meia tijela, você furaria algum órgão vital!" Eu olhei para ele com lágrimas nos olhos e sorri, então falei: "Que bom que você não é então!" 

5 anos depois...

Eu estava na minha nova casa com Gab, ela estava feliz, moramos com Elias, tivemos um filho, e bom nada sairia melhor caro espectador, que pena que todos morreram... Na outra linha do tempo


Notas Finais


Kkkkkkkkkkk desenvolvi o personagem, destrui todo o reino inimigo, para depois fazer um final macabro desses, desculpa, ignorem essa parte se quiserem, posso fazer um final extra com essa outra linha do tempo, espero que gostem, peço bastante favoritos, essa foi a minha primeira história!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...