1. Spirit Fanfics >
  2. Addicted - Markson >
  3. Não quero te ver pelado - Capítulo Nove

História Addicted - Markson - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Não quero te ver pelado - Capítulo Nove


Não quero te ver pelado - Capítulo Nove

A lua ainda brilhava sobre o rosto do dois garotos, Mark em quase um sono profundo e Jackson acordado, um pouco irritado. 


Jackson queria Mark deitado de barriga para cima, para conseguir abraçá-lo facilmente. O pequeno ficava se negando, virando se de lado novamente. 


Já irritado por Mark o ignorar, o musculoso da um tapa na bunda do garoto, fazendo ele se virar rapidamente e puxar os cabelos do chinês. 


— Tá bom, tá bom! Não vou te perturbar mais - Jackson diz, fazendo o pequeno se virar novamente, dormindo em seguida. 


Perturbar Mark não era uma opção, ainda mais quando o mesmo dormia. 


[...]


Já era de manhã e Mark foi o primeiro a abrir os olhos, os esfregando lentamente e percebendo a mão de Jackson em volta de seu pescoço, se levantando rapidamente, preparando para dar um soco no chinês, mas desistindo ao vê-lo dormir. O cobriu e voltou a dormir, se aconchegando nos braços do musculoso. 


[...]


Já estavam todos na escola, no meio do intervalo jogando basquete, flertando em meio ao jogo e desafiando um ao outro para ver quem é o melhor. 


— Por que eles estão flertando enquanto jogam basquete? - Jungkook diz baixo, sentado em uma cadeira olhando eles jogarem, sendo massageado por algumas garotas 

— Parem com a massagem, é a minha vez - Jungkook diz, se levantando e indo até o ginásio. 


Ao chegar, alguém lhe joga a bola, fazendo o garoto jogar para Jackson, pegando de sua mão e acertando em cheio na cesta. 


— Jungkook é tão bom! - as meninas gritavam, batendo palmas ao vê-lo acertar a cesta. 


Mais uma vez, o garoto pega a bola, jogando para Mark, mas tirando de sua mão e acertando na cesta. Sendo bajulado pelas garotas e odiados pelos garotos. 


— Que lado você está? sai fora! - Jackson diz, chutando Jungkook 

— Não me bate - Jungkook diz, indo para trás em meios aos chutes 

— Está quebrando as regras - Jackson diz, ainda o chutando

— Jungkook, vai se sentar - Mark diz, fazendo o garoto voltar ao seu lugar de antes. 


De volta ao jogo, Mark estava chegando perto da cesta, pronto pra acertar e ganhar a partida. Em meio a isso, um garoto de cabelos negros o empurra, fazendo o pequeno bater seu rosto na grade, machucando o inteiro.


— Vai se fuder, como ousa empurra-lo! - Jackson avista o garoto, dando um chute no mesmo, tentando ir para cima, mas sendo impedido por Jungkook 

— Jackson! Jackson! Nao mecha com ele, vá olhar o Mark primeiro - Jungkook diz, tentando usar suas forças pra segura-lo 

— Mark, deixa eu ver - Jackson diz, chegando até o garoto, colocando as mãos no ferimento, tentando ver se estava realmente grave 

— Mark! - uma voz soa lá do fundo, vendo um pequeno menino vir correndo, preocupado pelo que havia acontecido com seu amigo

— Quem te machucou? - Taehyung diz, empurrando Jackson de leve, vendo o amigo

— Estou bem, não vai ficar cicatriz - Mark diz, colocando a mão no rosto por conta da dor

— Você fez bem batendo nele - Tae diz, se virando para Jackson 

— Sua bicha! O que está dizendo? - Jackson o responde, sendo totalmente grosso

— Quem está chamando de bicha? - Tae diz, olhando em volta, um pouco confuso e aflito 

— Você! 

— Seu! - Tae tenta dizer, sendo interrompido por Mark

— Jackson, pare. - Mark diz, vendo o chinês sair do local 


[...]

 

Já caminhando de volta para casa e mancando aos poucos, com uma enorme dor no corpo. Ao olhar para trás, avistou Jackson vindo em sua direção, pegando no braço do garoto e pedindo que o pequeno subisse na bike. 


— O que está fazendo? - Mark diz, soltando-se de Jackson 

— Suba! 

— Não - Mark diz, soltando se novamente 

—Eu quero que você suba! - ele diz, largando a bicicleta no chão, tentando pega-lo no colo e o colocar na bicicleta 

— Eu faço sozinho! - Mark diz, se soltando de Jackson e montando na bicicleta. 


[...]


Ao chegar em casa, seu pai já percebe a ferida em seu rosto, ficando logo preocupado. 


— Filho, o que aconteceu com seu rosto? 

— Nada, eu caí - Mark diz, desviando o olhar 

— Caiu? Me deixe ver - Seu pai diz, colocando a mão no rosto do garoto, fazendo o mesmo recuar 

— Não é nada, só me arranhei um pouco - Mark diz

— Onde está Jackson? Por que ele não voltou? - seu pai pergunta 

— Ele morreu - Mark diz, fazendo seu pai demostrar uma expressão confusa e preocupada 

— Morreu? Como assim? - ele pergunta 

— Já chega, não precisa se preocupar com ele, apenas cuide da sua vida - Mark diz, colocando sua bolsa na cama, sentando se na cadeira em seu quarto. 


Logo adiante, Jackson vinha, abrindo a porta e encontrando seu pai (pai do mark) 


— Já está comendo, por que não me esperaram? - Jackson pergunta 

— Ue, Mark disse que você havia morrido - O pai do garoto responde 

— Eu? Morto? - Jackson diz, indo em direção ao quarto do pequeno. 

— Quem morreu? - o mesmo pergunta, se sentando na cama 

— Quem te disse para vir? Não estava me ignorando? - Mark pergunta, olhando para o garoto e se virando para frente novamente 

— Eu não te ignorei, só você acha isso - Jackson diz, abrindo sua bolsa e colocando remédios que havia comprado na mesa 

— Eu já peguei medicamentos na enfermaria. Por que comprou esses? - Mark diz

— Você pegou na enfermaria de outra pessoa, esses foram eu que comprei, não são os mesmos.  - Jackson diz, pegando a bolsa do pequeno e jogando os remédios que ele havia pegado na enfermaria no lixo

— Não os jogue fora - Mark diz, virando se para frente furioso

— Vamos tomar banho juntos, posso te esfregar, você tem feridas pelo corpo, não vai conseguir - Jackson diz

— Eu so machuquei o meu rosto, não irá me afetar em nada - Mark diz,  já notando o pensamento pervertido de Jackson 

— Você machucou a perna - Jackson diz

— Eu so arranhei um pouco, não é bem um machucado - o pequeno diz, massageando a perna de leve 

— Dois homens tomando banho, por que está com vergonha? - Jackson diz

— Não quero te ver pelado - Mark diz, se virando para frente novamente. 














Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...