1. Spirit Fanfics >
  2. AdfectusTALE >
  3. Um ensino sobre como odiar

História AdfectusTALE - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Um ensino sobre como odiar


Fanfic / Fanfiction AdfectusTALE - Capítulo 4 - Um ensino sobre como odiar

Eu acabaria acordando, eu não sei que estava ocorrendo mas quando acordei eu somente via branco, chão era branco, o céu era branco, tudo era branco, depois ouvi minha voz ecoar pelo local...espera tem um tom estranho entre eles. Jett estava na minha frente enquanto parecia discutir, ao lado dele estava Grim com seu modo desleixado e suas mãos sobre seu bolso. No fundo estava uma mancha negra, era como uma sombra minha com um grande sorriso. Quando finalmente consegui sair do meu modo zumbi do sono, consegui ouvir a conversa melhor e notar que eu fui pego por aquela coisa. Foi ai que ouvi a voz agressiva de Jettey.

--ai! Pode corta essa Gasolina intrusa! Voce chegou aqui mandando uma de bonitão botando pé na mesa e achando que e bem vindo?!

Foi ai que a voz do meu espelho vermelho finalmente falou em tom cômico aparentemente nao levando a situação a serio.

--Gasolina! HAHAHAHAHAHAHA COF COF ok ok. Ai pretinho carvão com sorriso maior que o meu, se não e bem vindo aqui não. Se pode perceber isso só pela voz do amarelão.

Foi dai que a voz estranha daquela coisa saiu, uma voz grossa esbanjando ironia pela Situação.

--ah claro, como se vocês não fossem intrusos! Voce entraram neste corpo, e tentam domina-lo deixando esta copia humana deteriorada. Devo admitir que esse lugar e vazio...e perfeito para crescer. Na verdade acho que vocês tem sorte, mas o mais sortudo aqui sou eu.

Foi ai que Jettey gritou colocando sua Mão sobre sua cintura e inclinando seu corpo se aproximando daquela mancha negra. Enquanto isso eu levantava, eu não parecia estar com medo..na verdade eu não sentia nada naquela situação. Jettey novamnte continua a falar. 

--Nos entramos aqui a força! E ainda por cima essa mente parece não suporta a gente, não e culpa nossa! Já voce entrou aqui por vontade própria! Vou levar voce a justiça e expulsar daqui!

-Vai a merda. Eu nem sei o que diabos e justiça muito menos essa logica estranha. E eu não sou intruso, eu iria chegar ate vocês alguma hora.

Grim apenas olhou a situação com varias perguntas, mas apenas não ligou para aquela resposta. Ele apenas voltou a sorri

-Ah? Mal humorado ein?

Foi ai que a mancha negra levantou um pouco sua Mão, e do chão de rachaduras saiu uma especie de mancha negra assim como o próprio. E assim ele disse.

-esse Lugar ja estava nascendo odio. Eu só to acelerando as coisas e fazendo vocês sairem dessa gaiola de uma vez. Vamos me aceitem e eu ajudo vocês a sair.

Assim Grim tomou a frente retirando a mão de seu bolso e assim sorriu mas não parecia esbanjar o humor que realmente tinha. Ele falou:

-Não vamos aceitar sua Ajuda Gasolina. Estamos começando a não gostar de voce. Voce me cheira a problema.

-Isso aumentem seu ódio, e mais lucro pra mim. Vocês não tem ideia não e? Eu sou o que representa a humanidade da melhor forma, vocês teriam eu de alguma forma, e matar o monstro seria so o começo. La fora existem tantas pessoas querendo sua alma, vocês logo inconscientemente teriam eu na sua cabeça sussurrando e fazendo vocês tomarem iniciativa pra fazer...o que mais desejam.

-Agora eu tenho certeza. Não gosto de voce.

-Oh... {suspiro} ja vi que terei que ir pro plano B. Vão pro inferno. IREI TOMAR ESSE LUGAR PARA MIM ENTAO. E QUEM SABE VOCES SE TORNAM HUMANOS DE VERDADE!

Um disparo saiu e acertou a cabeça daquela coisa, deixando um belo rombo. Assim Jett grita.

-Headshot!...E assim que se fala Grim?

-É.

Foi ai que aquela coisa simplesmente reuniu sua cabeça novamente voltando em forma novamente.

-Voce e um amarelo forte, mais forte que o comum para qualquer outro amarelo. Mas não importa, essa sua justiseilaoque não funciona comigo. 

Jett imediatamente cobriu sua Mão com a energia que havia formado com seu canhão, e assim formou uma Manopla grande. Ele tentou desferiri um soco sobre a criatura, porem ela era veloz, e a justiça recebeu um belo chute do ódio sendo afastada e irritada.

-porra! Vou fazer voce pegar fogo!

Grim começou a rir

-gasolina pegando fogo HEHEHEHEHEHEHEH

--Vai pro inferno Gri-

Jett se destrai, acabando por ser acertado por um grande soco sobre seu queixo que faz dançar no ar. Grim apenas vou a situação com cara de pamonha e olhou de volta para aquele coisa.

--Ok. Agora vou levar situação a serio.

Assim foi feito, Grim criou uma faca cristalina de cor avermelhada e mirou para aquela emoção corrupta a sua frente.

--Socar as pessoas enquanto vao xingar os outros não e legal sabia?

-Me atacar a curta distancia e suicídio, mesmo pra você, imundo de cor vermelha.

Um disparo acertou a cara daquela criatura, e outros mais, ate que ela se irrita e começa a rebater tais disparos não se importanto em acabar danificada pois logo se recupera. Os disparos de cor avermelhada vinham da faca cristalina.

-bruh. Se achou que ia atacar a curta distancia só pois criei uma faca? e trollei muito.

-tch! 

O negro, imediatamente iria para cima de determinado avermelhado, se mostrando veloz assim como um sentimento que se espalha facilmente deveria ser. O ódio encurrala Grim utilizando sua Velocidade e o determinado apenas explode sua faca de determinação afastando a criatura mas não a parando, porem durante a luta o determinado começou a se adaptar a velocidade mesmo depois de recebe alguns ataques se mantem como se fosse nada. Porem o ódio nao fica atrás, e conforme entra em ápice de furia ele se torna mais forte com Grim sentindo dificuldade aumentar.

-Ta explosivo demais. Bora relaxar e sair de vez de minha residencia? 

-sua residência?! Negativo.

Jett atras de Odio, dispara sobre o mesmo duma forma que não prejudicasse o seu espelho vermelho. Acertando em cheio o ódio que fica cada vez mais distorcido com sua raiva aflorando e se demostrando em seu rosto

-Nossa residência! 

-voce e comunista por acaso? Voce e justiça, agora faz sentido. E quase uma piada. E por isso que a justiça não funciona as vezes?

-cala boca!

-GRAAAAAaaaaaAAAAaaaAAAAAH!!!!! 

O chão começou a tremer, aquele limpo apesar de rachaduras chão branco estava se tornando preto. jett, Grim e ate mesmo eu começamos a sentir uma sensação ardente, que te deixa nervoso, suas mãos tremem, um sensação que te cobria e aos poucos lhe dominava com voce querendo que suas mãos percorra a violência. O ódio e a sensação mais estranha que senti. Foi ai que finalmente falei.

-o que e isso? Voce esta nos dominando?

-não, e o seu próprio odio. Eu só o Fiz sair. Eu pensei que você não seria capaz de sentir isso, mas no fim você não e tao vazio assim.

Grim gritou

-É! Agora to com mais vontade de arregaçar sua cara de gasolina!

Jett...Gritou em tom ainda mais alto

-Boooom!!

Se for lançado ataque simultâneo de ambos, com Grim balançando sua espada e jogando um ataque de meia luta de forma energitica que corta o chão como papel, já jett lança com sru canhão um disparo. Não...surgiu nenhum efeito, a criatura saiu Ilesa.

-vocês não entenderam. Eu sou o ódio, e vocês ja me deram boas vindas sem perceberem. Agora parem de me atacar, e inútil sua determinação e justiça estão agora cheias de ódio. Querem tacar fogo em fogo? Imbecil.

Ele ergue suas mãos, e neste momento determinação e justiça param, eles não conseguem responder a isso, eram escravos do ódio agora.

-agora sim. Bom ja que me aceitara-

Aquilo sentia algo gelido e duro tocando sua cabeça, sua cabeça era amassada enquanto seu corpo se esticava, ele era lançado como borracha. Eu acabei reagindo? Eu...acabei de desferir um soco? Isso foi impulso?

-por que eu fiz isso?

Eu me perguntava, enquanto o ódio se levantava e dizia

-parece que eu julguei voce mal. Não vou mais descarta voce agora ser útil. Sua força de controle sera usada para outro proposito!

-o qu-

Antes que eu continuasse, o Ódio me agarrou através de meu ódio que fluia em meu corpo, me paralisou. Eu conseguia resistir mas...não estava determinado suficiente.

-Voce e forte e nem sabe. Mas vou te fazer uma pergunta...

Dizia o Odio, enquanto se aproximava de mim. Me rodeava e me corrompia enquanto sorria.

-VOCE quer saber o que ocorre se eu juntar um grande poço vazio e frio pronto para ser preenchido, encher este de ódio, determinação e justiça? Sera...MUITO DIVERTIDO. VOCE VAI ADORAR A SENSAÇÃO DE PRAZER, ELA SERA MUITO DOCE, SABOROSA E ACIMA DE TUDO..SERA COMO VOCE...FRIA.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...