1. Spirit Fanfics >
  2. Adios >
  3. End

História Adios - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


eu fiz essa história no meio da madrugada, estava escrevendo isso daqui desde às quatro da manhã se n me engano, então não deixem ela flopar. 😭😭😭

Capítulo 1 - End


Fanfic / Fanfiction Adios - Capítulo 1 - End

Sinto que estás aqui, pois esse sentimento de estar sendo observada nunca vai embora. Os barulhos sem origem me deixam agoniada.


Mas ela gosta de brincar comigo. Eu sei disso.


Como uma sombra ela me persegue; oposta. De dia eu não a vejo, sequer sinto sua presença. A noite, é como se ela estivesse em todos os cantos.


Esconde-Esconde não era e nunca foi meu forte, mas nós fazíamos isso com frequência, embora eu não quisesse. Era inevitável.


A sensação de estar sendo observada quando está na sala assistindo algo na TV; a sensação de estar sendo encarada de forma maliciosa enquanto toma banho; a sensação de pensar que a qualquer momento alguém (ou algo) pode simplesmente abrir a porta do quarto com toda a calma do mundo e fazer sabe-se lá o que; a sensação estranha de excitação minutos antes de dormir, mesmo quando o cérebro está viajando...


Tudo isso era culpa dela.


Perdi as contas de quantas vezes meu coração disparou quando qualquer coisa que eu visse ou escutasse me parecesse suspeita. Todas as noites em meu quarto, ela estava lá. Sua silhueta era de uma criatura horrível e medonha, mas ao entrar em contato com a clareza da luz do ar condicionado, ou da lâmpada que iluminava o quarto por baixo da porta; lá estava uma linda e bela garota loira, apelidada por mim de Jiwon ─ já que seu nome real era desconhecido por mim.


Não sabia por quanto tempo ela me torturaria daquela forma, seguindo meus passos, respirando contra o meu pescoço e, quando eu me viro, ela nem está lá; fechar os olhos e ter uma leve impressão de que ela está sobre meu corpo, encarando-me como se tivesse poder sobre mim.


Era uma tortura.


Eu só queria que isso tudo chegasse ao fim.


Mas, neste exato momento, ela retornou da escuridão, caminhando lentamente em minha direção enquanto meu corpo estava em transe.


A tão conhecida paralisia do sono.


Não tinha o que fazer a respeito, então eu apenas observei seu corpo demoníaco se aproximando e voltando ao de uma bela garota ao passar pela claridão mencionada anteriormente por questão de segundos, até se afastar e, novamente, a criatura horrenta dar as caras. Enquanto andava, a mesma sussurrava "adeus" em diferentes línguas, sendo elas: inglês, e francês. Senti um peso pouco abaixo da barriga, se mexendo levemente como quem está inclinando-se em alguma direção.


E ela estava na minha.


Não fui capaz de enxergar seu rosto e isso me deixava desesperada e aliviada ao mesmo tempo. Porém, tal fato não durou muito até seus olhos brilharem perante os meus com uma aproximação absurda e apavorante.


─ Adios. ─ ela sussurrou. Seus olhos gigantes se esbugalharam e seu brilho era quase capaz de me cegar por estar tão perto da minha face.


Um par de mãos distorcidas envolveram meu pescoço, apertando-o com uma força absurda, fazendo-me revirar os olhos, com um grito de angústia querendo escapar da minha garganta maltratada, falhando miseravelmente.


Sem ar, meu corpo que até então estava inclinado para cima bateu com tudo no colchão. Me senti tonta por menos de um segundo até fechar os olhos e o oxigênio se tornar inútil.














Meu fim havia finalmente chegado.





















Assim como o de todo mundo chegará.


Notas Finais


eu não romantizei a mia com o capirots, okay? okay.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...