1. Spirit Fanfics >
  2. Admirador (não tão) secreto. >
  3. O show não pode parar (Extra 1).

História Admirador (não tão) secreto. - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Então amores, esse é o extra 1, e eu espero que gostem!

Boa leitura meus amores.

Capítulo 18 - O show não pode parar (Extra 1).


Fanfic / Fanfiction Admirador (não tão) secreto. - Capítulo 18 - O show não pode parar (Extra 1).

Os meninos estavam parados em frente ao bar que fora indicado para eles por HuaiSang, por sorte, eles possuíam convites personalizados que permitiam as suas entradas ali.

O segurança na porta, vestido com roupas da cor de um arco-íris, logo de cara pegou os seus convites, sorriu de orelha a orelha e permitiu que eles entrassem.

Wei WuXian, Jiang Cheng, Wen Ning, Xue ChengMei, Wen Qing, MianMian, Jin GuangYao e Lan WangJi — alguns deles foram convidados por seus parceiros — olhavam fixo para o enorme banner em cima de um palco onde anunciava um ‘show’ que ocorreria ali dentro de meia hora.

— Vocês são os amigos da Sang? — Um garoto os abordou, ele sorriu mais que uma gazela e usava uma maquiagem bem chamativa.

— Sang? — O grupinho perguntou sem entender. O garoto apenas o encarou e logo sorriu balançando a cabeça.

— Oh sim, eu esqueci sobre o que ele disse — Riu baixo. — O HuaiSang está esperando vocês no camarim dele, por favor, venham por aqui — Ele disse.

Os meninos logo de cara estranharam, a final, porque diabos, Nie HuaiSang estariam em um dos camarins, e principalmente, por que era “dele”? E quem diabos é Sang?

A passos rápidos, eles acompanharam o garoto que os guiou entre cortinas, pessoas vestidas de forma estranha e muita, muita purpurina mesmo.

Em frente à porta, eles estranharam demais ver o nome de HuaiSang na porta, em baixo de seu nome havia escrito “Sang”, talvez ele dividisse o camarim com essa pessoa, não é?

Por impulso do garoto ao lado deles, eles bateram na porta e então entraram deixando para trás a gazela. Os meninos estavam parados perto de um enorme “guarda-roupa” móvel lotado de roupas glamorosas e chamativas.

— Eh, com licença? — Jiang Cheng se atreveu a falar com aquela que estava do outro lado da sala focada no espelho em sua frente. — Poderia nos dizer onde está nosso amigo HuaiSang?

Wei Ying abafou a risada com a palma de sua mão, ele agarrou-se ao braço de Lan Zhan que apenas o encarou desconfiado. Bastou apenas um olhar do menino para que ele entendesse rapidamente o que se passava ali.

Um detalhe importante é que Lan havia sido convidado pelos amigos de Wei, e não por ele. Os meninos queriam se dar bem com ele, já que praticamente ele e o outro estava “namorando”, ficando, ou seja-lá o que acontece entre eles.

— Ora bolas, vocês não reconhecem seu amigo? — A pessoa se levantou, logo virando para eles.

Usava uma roupa bem apertada em tons de cinza, preto e amarelo com bastante brilho, um salto muito alto, uma peruca loira e a maquiagem extravagante ao ponto de parar o trânsito.

Nie HuaiSang sorriu para eles, estava envergonhado com a situação, e foi aí que as meninas — Qing e MianMian — se tocaram e lembraram das palavras do menino tempos atrás.

— A-Sang? — Wen Ning foi o primeiro a se pronunciar de boca aberta.

— Sou eu — Ele sorriu. — Sei que pode parecer estranho, mas… eu me monto para apresentações nesse bar — Levantou as mãos. — Apresento a vocês a Sang.

Alguns ainda estavam em choque, outros já sabiam da situação, e Wen Ning continuava paralisado no mesmo lugar. Foi aí que ele soltou:

— Caralho você está maravilhoso — Passou a mão em seus cabelos, os olhando para trás. Seu olhar era de pura admiração e surpresa pelo que via.

— Estou sem palavras — Xue ChengMei murmurou, ele nem sequer tinha como zuar o Nie naquele momento, porque realmente ele estava divino.

— Agradeço imensamente por vocês terem vindo aqui hoje — Ele respirou fundo. — Há um tempo prometi para WuXian que um dia ele me veria montado, mas… Não é justo apenas um ver, quando todos vocês são meus amigos do coração.

— Você está maravilhoso, foi muito corajoso se fazer isso — Jin GuangYao sorriu. — Eu realmente não consigo te reconhecer assim, nem parece você!

— Esse é o objetivo, a Sang é o personagem que me liberta, que me cativa e que me fascina. Eu como HuaiSang sou feliz, mas como Sang… sou um posso de glitter! — Conforme ele se balançava, purpurina saia dele.

— Gente do céu, amiga, que sombra maravilhosa é essa no seu olho, amei a cor — QingYang disse, se aproximando mais para o analisar.

— Deus, e esse batom, que cor divina — Wen Qing a seguiu. — Você precisa me emprestar essa cor um dia! — Nie apenas ria e balançava a cabeça para as meninas que estavam o achando maravilhoso.

Os amigos seguiram a deixa das meninas, se aproximando e olhando mais de perto a montagem dele.

— Uma perguntinha — Wei WuXian ergueu o braço, chamando a atenção de todos ali. — É ele ou ela agora? — Disse, recebendo um beliscão de Lan WangJi.

Nie HuaiSang apenas riu e sorriu discreto. Ele então, colocou as mãos na cintura e por algum motivo, olhou fixo para Wen Ning que ainda estava no mesmo lugar.

— Continua sendo ele — Sorriu. — Não importa se estou ou não montado como Sang, eu sempre serei ele.

— Sinto muito pela pergunta indiscreta dele — Lan Zhan, formal como sempre, se desculpou pelo “namorado” que riu sem graça.

— Não tem problema — Ele balançou as mãos. — Agora acho melhor vocês irem e sentarem em uma mesa, daqui a alguns minutos o espetáculo vai começar.

Os meninos afirmaram com a cabeça e em fila indiana, iam saindo do lugar. Antes que Wen Ning fosse junto, ele correu e o segurou, seu olhar já dizia o porque e então o garoto apenas permaneceu ali.

Quando todos já estavam fora do camarim, ambos puderam ficar a sós para que conversassem sobre um assunto que já deveria ter sido resolvido a bastante tempo.

— Então… o que você acha de tudo isso? — Ele se atreveu a perguntar, mordendo seu lábio inferior não se importando com o batom.

Wen Ning o encarou, a passos mórbidos ele se aproximou do outro. Antes era mais alto do que ele, e agora ambos estavam da mesma altura por conta do salto do Nie.

— A-Ning, eu sei que isso pode parecer estranho, mas esse sou eu… um cara que gosta de se montar no final de semana, que usa salto alto, maquiagens e roupas extravagantes e que tem medo de tudo e não sabe de nada — Ele sorriu tristonho. — Mas esse sou eu.

Ning ainda o encarava, seu olhar estava pedido, perdido dentro daquele homem em sua frente que o encarava esperançoso por uma resposta. Ele abriu um sorriso, suas mãos tocaram os ombros de Nie HuaiSang e isso apenas serviu para que ele o aproximasse mais de si.

Com permissão ou não, ele colou seus lábios ao dele, dando-lhe um simples selar, mas que da falava muitas coisas que Wen Ning jamais conseguiria transmitir em palavras.

— Suba naquele palco e arrase como você sempre deve fazer. Apenas saiba que eu amo você e sempre vou estar aqui para o que precisar — Ning se afastou, o olhou e disse.

Afastando-se lentamente ele fez um coração com os dedos e saiu da sala deixando HuaiSang sorrindo bobo e com um dos dedos no lábio, sem conseguir acreditar que aquele beijo havia realmente acontecido. Aquilo seria um sinal de que tudo estava bem entre eles?

O palco brilhava muito, segundo os frequentadores dali, sempre que Sang fazia alguma apresentação, a animação no bar se tornava total. Os meninos estavam sentados em uma mesa próxima do palco, e esperavam ansiosos por seu amigo. Não demorou muito para que a voz no alto-falante soasse bem alta e animada:

“Senhores do nosso coração, é com grande prestígio que apresentamos a vocês… ”, tambores haviam começado a soar… “A Sang!”, a voz continuou.

Nie HuaiSang entrou no palco desfilando como nunca. Rapidamente ele parou em frente a todos e sorriu maroto. A música iniciou é rapidamente o espetáculo começou. O garoto dançava, pulava e se requebrava todo ao som daquele ritmo animado e que já era sua marca registrada.

Seus amigos estavam impressionados na plateia, seus olhos brilhavam pelo que acontecia ali, batiam palmas ao som da música e cantavam animados. Todavia, aquela animação não era para sempre, não é mesmo?

— PAREM JÁ COM ESSA MÚSICA! — Uma voz soou alta, mais alta e furiosa do que a música que tocava.

Todos os que estavam dentro daquele bar olharam para a porta onde um homem se mantinha parado com os braços cruzados, as feições bravas e um cinto de couro na mão.

Nie MingJue olhava com fogo nos olhos para HuaiSang que deu um passo para trás e começou a tremer na base de uma forma assustadora. Ele estava com medo, com medo pelo que seu irmão faria consigo.

Wen Ning levantou-se no mesmo instante para ajudar a pessoa que gosta, mas foi segurado com força por Lan WangJi que balançou a cabeça para os lados dizendo que ele não deveria se meter naquele meio.

Ele foi puxado também por Xue ChengMei que o forçou a sentar novamente, o menino olhou para o chão e sentiu um aperto em seu peito que jamais havia sentido antes.

— Você! — MingJue apontou para o Nie mais novo. — Desça agora e vamos conversar, estou te esperando nos fundos e se você não me seguir agora mesmo vou fazer um escândalo aqui dentro! — O mais velho disse antes de se virar e marchar para a porta de saída/entrada.

As pessoas olhavam assutadas para o que acontecia ali, aquela voz soou do alto-falante soou novamente dizendo que o ‘show’ não pararia ali. Um dos assistentes de palco chegou perto de Nie HuaiSang e falou algo em seu ouvido, ainda temendo, ele afirmou com a cabeça e correu em direção a saída.

Seus amigos encaravam tudo sem saber o que fazer, foi aí que Wen Ning se levantou e antes que pudesse ser segurado mais uma vez, ele correu em direção a saída, seguindo HuaiSang ao encontro de MingJue.

Seguindo a deixa, os outros se levantaram e foram também ao encontro daqueles três, eles temiam que algo acontecessem, até porque o temperamento daquele homem nunca fora um dos melhores.

Eles correram em direção aos fundos, onde Nie MingJue encarava HuaiSang e Wen Ning que estava em sua frente tentando o proteger.

— Saia da minha frente garoto, suma daqui, isso não tem nada a ver com você — Nie MingJue disse, ele mantinha seus braços cruzados e o cinto de antes estava no chão.

— Eu já disse que não! — O garoto elevou um pouco sem tom de voz. — Você não vai machucar ele!

— Já falei que não vou tocar nele! — MingJue gritou. — Agora suma!

— A-Ning, vá! — Nie HuaiSang disse. — Vá agora mesmo, por favor — O garoto o virou, fazendo com que ele encarasse seus olhos chorosos. — Vá.

— Eu não posso, não vou te deixar sozinho! — Disse bravamente.

— Wen Ning! — Wei WuXian gritou, sendo observado por todos ali. — Venha agora até aqui, isso não tem nada a ver com você e muito menos conosco, não meta seu nariz onde não foi chamado — Bateu o pé contra o chão.

— Eu já disse que não vou — Ele gritou fazendo birra.

— É com você Lan Zhan — Wei Ying respirou fundo.

Lan WangJi se aproximou rapidamente, parando na frente se MingJue e só garoto, ele puxou Wen Ning é o colocou em seu ombro, o levando de volta para onde os meninos estavam.

— Me solta! — O garoto disse, assustado.

— Não — Lan Zhan respondeu simplista.

— Caraca irmão, você é bombado hein — Xue Yang brincou. — Depois vamos juntos a umas aulas de crossfit seu crossfiteiro — Brincou.

— Vamos sair daqui, deixá-los a sós — QingYang murmurou para os olhos que apenas afirmaram com a cabeça.

De fininho os amigos saíram dali deixando os irmãos Nie se entre olhando. MingJue encarava HuaiSang, o garoto não fazia ideia do que falaria.

— Irmão, eu… — Ele tentou falar, mas o homem levantou a mão para que ele parasse.

— O que diabos você está fazendo com a sua vida? — O Nie perguntou. — O que é isso tudo?

— … — HuaiSang piscou algumas vezes, é sua boca se mexeu, mas nada saia.

— Vamos diga! — Ele gritou. — Diga o que diabos você está fazendo!

— Eu estou vivendo a minha vida — Nie HuaiSang disse alto. — Estou fazendo o que amo, o que eu gosto. Estou sendo quem eu realmente sou.

Nie MingJue abaixou o olhar para o chão, observando o salto alto de seu irmão que estava perfeitamente alinhado. Ele subiu seu olhar para as roupas chamativas que ele vestia. Subiu um pouco mais seu olhar, encarando o rosto maquiado e a peruca loira de seu irmão caçula e a forma perfeita como seu delineador estava.

Foi aí que ele percebeu a forma em que a maquiagem dele estava se borrando lentamente com as lágrimas que desciam. O Nie mais velho nem sequer havia brigado com ele muito, e o pobre garotinho já estava se derretendo todo.

MingJue ergueu sua mão, tocando as bochechas rosadas pelo colorete, pelo visto aquele reboco não era aprova d'água. Ele então, não conseguia pensar em mais nada do que em seus pais que já não estavam mais vivos e em como lutou durante anos para proteger aquela criança em sua frente.

— Você cresceu muito — Sorriu bobo. — Já não é mais o mesmo garotinho que posso fazer o que bem entender.

— Eu sei que isso é diferente irmão, mas tente me entender, eu amo essa vida, eu sou discreto, mesmo montado, eu continuo sendo um garoto — Ele murmurou em um fio de voz.

— É difícil aceitar que meu irmãozinho que criei desde pequeno, gosta de se vestir de mulher nos finais de semana e dança em um bar drag — Ele falou baixo. — É complicado descobrir que seu bebê não é quem você realmente pensou.

— Me desculpe por não ser o homem másculo que você sempre quis que eu fosse — Ele estava tentando se curvar, mas foi segurado por Nie que o puxou para seus braços.

— Não se desculpe — Ele disse. — Você não tem culpa, você nasceu assim — O homem riu. — Para falar a verdade, eu sempre pensei que pelo fato de você amar titanic, já te denunciava um pouco.

— Eu amo esse filme — HuaiSang gargalhou. — E você também gostou na vez que assistiu comigo.

— É, não posso dizer isso, mas eu não gostei do final, você sabe muito bem que dava para os dois subirem naquela porta — Os irmãos Nie riram.

— Irmão — HuaiSang chamou. — Você ainda me ama?

— Jamais deixaria de te amar irmão, independente de qualquer coisa — MingJue o apertou mais. — Eu te amo hoje, amanhã e sempre.

Os irmãos logo se separaram e se olharam sorrindo, o coração de HuaiSang estava muito mais leve do que jamais esteve, MingJue também tinha a mesma sensação.

— Só uma perguntinha mais — O Nie mais velho disse. — Qual o seu relacionamento com aquele garoto? — Perguntou inexpressivo.

Nie HuaiSang, pelo tanto do olho, viu várias cabeças empilhadas escutando toda a conversa dos dois. Ele então sorriu e simplesmente disse:

— Ele é meu namorado — Timidamente ele respondeu. — E eu gosto muito dele.

— Vamos conversar quando chegarmos em casa — Ele afirmou com a cabeça. — Agora vamos voltar, você tem um espetáculo para terminar e o show não pode parar.

— Sim! — Eles sorriram um para o outro e pela porta dos fundos entraram correndo logo casa um para um canto.

Os amigos que estavam escondidos atrás daquela parede, logo correram também para dentro, Lan WangJi ainda com Wen Ning nos ombros já que o rapaz estava em choque após as palavras de seu crush.

Dentro do estabelecimento, o palco foi esvaziado e as luzes em tom do arco-íris voltou a brilhar, e lá estava ele, Nie HuaiSang com um sorriso de orelha a orelha, afinal, o espetáculo não podia parar.


Notas Finais


Então esse foi o extra 1, tomara que tenham gostado! Logo mais vem o extra 2.

Erros serão corrigidos posteriormente, ok? Ok!

Bye <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...