1. Spirit Fanfics >
  2. Admirador Secreto >
  3. Capítulo 12

História Admirador Secreto - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction Admirador Secreto - Capítulo 12 - Capítulo 12

Dor de cabeça. Era tudo que eu sentia naquele momento. Acordei em um quarto com pouca iluminação e tomei um susto ao perceber uma pessoa do meu lado.

- Que bom que acordou. - Jimin diz sorridente. - Você demorou pra acordar.

- A culpa não foi minha se você me deu uma pancada tão forte. 

- Desculpa por isso. Era preciso pra eu poder te trazer.

- E quem disse que eu queria vir?

- Grossa como sempre.

- Você não viu nada.

- Tá, mas agora fica aqui que eu vou trazer sua comida.

- Não tô com fome.

- Não perguntei. Você vai comer.

Ele sai do pequeno quarto e volta com uma bandeira de comida nas mãos. 

- Aqui. - Ele coloca em cima da cama. - Come tudo, amor.

- Eu disse que não quero.

- Deixa de birra, garota e come logo.

- Não é birra, só não estou com fome!

- Vou ter que enfiar isso na sua boca?

- Nem tente.

- Qual é,  S/N? Já enfiei outras coisas...

- Cala boca, seu idiota!

- Sabe, me deu uma saudade da sua boquinha, em todos os sentidos. Quer me ajudar?

- De jeito nenhum. 

- Não tem problema, quem manda aqui sou eu. 

Jungkook On

Depois de ouvir a voz de S/N pela última vez, eu desmaiei e fui encontrado tempo depois. Estava no hospital e todo meu corpo doia. E quando eu menos esperava, recebo visitas.

- Jungkook! - Lisa vem correndo até mim.

- Você tá bem, cara? - Taehyung pergunta. 

- É claro que não,  né  Taehyung. Olha pra ELE. - Jennie responde.

- Falei com o Jungkook, não com você. - Ele rebate.

- Sim, eu tô bem. Mas vocês sabem da S/N? 

- Achamos que você sabia dela. - Namjoon responde.

- Como assim? Vocês não pegaram ela?

- Pegar ela de onde?

- Ela tava comigo e um cara apareceu.

- Isso tá muito confuso. - Lisa diz.

- Explica direito. - Jennie pede.

- Acho que era Jimin o nome dele. - Consigo me lembrar.

- Não creio. - Jennie fica paralisada.

- Para, Jimin não é o ex da S/N? - Taehyung pergunta.

- Sim. - Namjoon responde.

- Por que eles terminaram? - Lisa fica curiosa.

- Ele era muito abusivo e possessivo. - Jennie diz.

- Então a S/N tá sozinha com esse cara? - Pergunto. 

- Sim...- Taehyung diz. 

- Temos que fazer algo! Tenta ligar pra S/N, sei lá.

- Ele deve ter pegado o celular dela. - Lisa diz.

- A S/N é esperta, ela deu um jeito de esconder.

- Eu ligo. - Namjoon pega o celular.

S/N On

- Park Jimin! Cadê voc-

- O que faz aqui?

- Quem é essa? 

- Não te interessa, Rose.

- Se não interessasse, eu não perguntaria. 

- Sou a S/N e fui sequestrada por esse aí.

- Achei que fosse pegar ela no final do mês. 

- Eu ia, mas mudei de idéia. 

- Podemos conversar? - Rosé pergunta para Jimin.

- Claro. - Eles saem do quarto. 

Assim eu saem eu sinto uma vibração entre minhas roupas, Era meu celular escondido.

- Alô?

- S/N? Você tá bem?

- Sim, mas o Jimin-

- Já sabemos. Sabe dizer onde você está?

- Não. Como está o Jungkook?

- Vivo. Vamos tentar rastrear sua ligação.  Fica aí por um tempinho .

- Tá bom.

- S/N? - Jennie pega o celular.

- Oi, Jennie!

- Como você tá amiga? Aquele desgraçado te fez alguma coisa?

- Ele me deu um tapa e acabei desmaiando. 

- Ah, EU VOU ARRANCAR O NEGÓCIO DELE FORA!

- Calma Jennie. - Ele pega o celular. - Amor, onde ele tá?

- Saiu com uma tal de Rosé.

- Sabe se eles voltam por agora?

- Eles devem estar na sala ou algo assim, aqui não é muito grande. 

- Tudo bem. A polícia ta com a gente é já vai rastrear a ligação. 

- Ok.

Alguns minutos depois...

- Conseguiram! 

- Ótimo! Venham logo, por favor  

- A gente ta indo.

Desligo o celular e porta se abre 

- Sentiu minha falta? - Jimin entra no quarto.

- Pode ter certeza que não 

- Poxa, amorzinho. Magoou.

- E eu com isso?

- Olha aqui, garota! É melhor parar de me responder assim, ou vai ser pior pra você. 

- Você não manda em mim.

- Quem disse? Tenho total poder sobre você agora, S/N. Posso muito bem te prender nessa cama e relembrar os velhos tempos.

- Idiota...

- O que eu disse sobre as palavras?

- Vai se fud-

- Jimin! - Rosé entra no quarto. 

- O que foi agora? 

- Eu ouvi o barulho de sirene. 

- Você ta ficando maluca? É coisa da sua cabeça. 

- Mas-

- É coisa da sua cabeça,  imprestável. 

- Não fala assim com ela.

- Cala boca, S/N.

- Vem calar.

- Ótima idéia. Ele se aproxima rapidamente. 

- Eeei, sai de perto de mim! 

- Faz tempo que não toco seus lábios,  e estou com saudade. - Ele prende meus braços  com uma mão e segura meu rosto com a outra, me beijando em seguida.

- Nojento! - Mordo o lábio dele.

- Desgraçada! Agora você vai pagar por isso. - Ele levanta a mão para me bater, mas é surpreendido por uma pancada.

- Rosé...- Ela havia quebrado um vaso de vidro na cabeça dele.

- Eu te amo, Jimin,  mas você é muito tóxico pra mim. - Ela deixa uma lágrima cair quando abraça a maior ainda desmaiado.

- Rosé, por que está com ele?

- Porque eu amo ele! Juro que ele era diferente, mas aí começou o plano de te sequestrar e-

- Ei, ele também era diferente comigo. Eu amava muito ele, mas ele virou possessivo, até que um dia levantou a mão pra mim e por isso terminamos. 

- Como você conseguiu acabar com esse sentimento?

- Ele foi embora com o tempo. Não parei de ama-lo assim que terminamos, isso o tempo foi resolvendo. 

- Mas e se eu não conseguir parar de ama-lo?.

- Você vai, e um dia vai encontrar uma pessoa maravilhosa que vai te fazer muito bem. Prometo. 

- Obrigada, S/N. - Ela me abraça chorando. 

Então,  escutamos um barulho bem alto de uma porta sendo arrombada. 

- S/N





Notas Finais


Já sabem sobre os erros ortográficos, né? Então pronto @_@


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...