1. Spirit Fanfics >
  2. Admirador Secreto >
  3. Primeira Carta

História Admirador Secreto - Capítulo 1


Escrita por: e Neverland_Pjct


Notas do Autor


Oi oi oi, trouxe está fic pq sou apaixonada por Ray e Emma e também acho super fofo o tema admirador secreto, ai ai essa yatoffy ein....

Capítulo 1 - Primeira Carta




A garota de cabelos alaranjados havia acabado de chegar na escola depois de tanta correria; seu despertador estranhamente não havia tocado, fazendo a mesma acordar vinte minutos atrasada. Foi capaz de comer apenas uma maçã - no caminho - e estava morta de cansaço sem nem o dia ter começado direito. Chegou em sua faculdade já conseguindo ver sua melhor amiga, Gilda, vindo em sua direção preocupada.


– Emma! O que aconteceu? - perguntou preocupada com a amiga - você nunca se atrasa, fiquei extremamente preocupada lhe esperando! 


– Perdão, perdão! - comentou com um sorriso envergonhado no rosto - meu despertador acabou não tocando, e eu tinha ficado acordada até às três da manhã! Acredita? - falou indignada pelo despertador não ter tocado justo no dia em que precisava.


– Pelo menos você chegou, estava realmente pensando que havia acontecido algo consigo! - comentou acompanhando a amiga até o armário para pegar as livros - você tem que parar de ficar acordada até tarde! Você estava jogando com o Norman novamente?


– Sim, mas olha, eu posso explicar! - comentou já sabendo do sermão que iria receber da amiga - Eu gosto tanto dele, eu nunca seria capaz de negar um pedido dele, você sabe! 


– Mas, Emma…


– Eu sei, eu sei - cortou a fala da amiga, chegando nos armários da escola - só porque ele é o cara mais popular da escola, eu não devo ser tão entregue a ele pois posso me iludir e mais bla, bla bl-


A garota de cabelos laranjas ficou quieta, junto com a de cabelos esverdeados. No mesmo instante em que a mesma abriu seu armário pronta para pegar seus livros, uma pequena cartinha caiu, indo de encontro ao chão frio da faculdade, deixando as amigas curiosas com aquele papel. Sorte a delas de não ter ninguém no corredor no momento, ambas sabiam que já teria provavelmente algumas pessoa olhando para as duas desde já.


– O que será isso? - perguntou pegando a carta do chão - não lembro de ter deixado isso aqui em meu armário ontem. 


– Vamos ver o que tem dentro - sugeriu Gilda, olhando pro papel nas mãos da amiga.


Emma concordou no mesmo instante. Olhou por poucos segundos para a pequena carta e optou em abri-la. Assim que a carta foi aberta, a alaranjada pegou o outro papel, abrindo o mesmo para poder ler-lá;


“Quero apenas cinco coisas...

Primeiro é a coragem

A segunda é ver o outono

A terceira é o grave inverno

Em quarto lugar o verão

A quinta coisa és seu amor

Quero te amar sem ter medo

E quero que você me ame de verdade.

Abro mão da primavera para que você possa me dar uma chance.


- R.”


Quando terminou de ler a carta que havia recebido, as bochechas da garota ficaram no mesmo instante vermelhas. Sentiu-se uma completa boba apaixonada por ter recebido uma pequena cartinha de amor como nos belos filmes de romance clichê que via nos cinemas. A de cabelos verdes sem entender o que a amiga tinha lido no papel por ter ficado tão animada e envergonhada ao mesmo tempo, ficou perguntando sem parar pra mesma sobre o que tinha na carta - não obteve resposta da outra, e ficou chateada por isto. -


O dia acabou se passando por uma Emma olhando todos os rapazes de sua sala e uma Gilda extremamente chateada.



Notas Finais


O poema eu peguei do Google, todo mundo sabe que eu não tenho criatividade para poemas, e também, do todos os créditos para a pessoa que criou pois ta mUITO FOFO !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...