História Admita! Não será para sempre. -Jungkook fanfic. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags dificuldades, Drama, Jovem, Medico Novo, Tragedia
Visualizações 39
Palavras 1.032
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom esse cap, esta legal, mas achei que poderia ficar melhor.

Capítulo 2 - Parece uma eternidade.


Acordei, aparentemente no outro dia com uma enfermeira ao meu lado, já estava conseguindo se mover, então me ajeito na cama, com um pouco de dor. Ela vê e vem em minha direção.

??: cuidado, não tá podendo fazer esforço.

Mélany: cadê o Jungkook?

??: foi descansar.

Mélany: ele vai voltar?

??: só amanhã a noite.

Eu não sabia o motivo de estar tão preocupada com ele, ele era só um médico, que eu só vi uma vez na vida, nada demais. 

??: gostou dele?

Mélany: o que?!

??: parece que gostou dele.

Mélany: é... Ele é um bom médico.

??: só gostou dele por causa disso? -diz desconfiada-

Mélany: sim.

??: conta outra, ele é novo, bonito, gentil e bem atencioso. Você é nova bonita também, e se entereçou por ele. Se eu tivesse sua idade não perderia tempo. -diz sorrindo- 

Mélany: mas eu não sinto nada por ele, pelo menos nada especial.

??: tá, conta como se sente quando esta com ele.

Mélany: bom só estive com ele duas vezes.

??: já tem bastante coisa pra contar. -diz rindo-

Mélany: quando estou com ele me sinto segura, protegida, calma, relaxada, sinto um alívio, quando ouso a voz dele me sinto bem, gosto de sua aparência ele é bem bonito, não vou mentir.

??: viu, é daí que começa, depois de um tempo, terá outros sentimento, mais intensos.

Mélany: mas ele é médico, sou apenas uma paciente, nada vai acontecer entre nós.

??: existe barreiras no amor, mas as pequenas como essas, é só passar por cima -diz sorrindo- vai fundo.

Mélany: você é louca -digo rindo-

??: isso não é loucura, é falta de alguém, ah quando mais nova, era linda! Com um corpo que chamava a atenção, e dava inveja também, mas agora tô feia velha, e com o corpo caido, mas como eu queria alguém, já estou subindo pelas paredes. -começamos a rir-

Mélany: mas isso é loucura, só conheço ele pelo nome, e olhe lá.

??: mas pode conhecer muito mais do que um simples nome, basta você querer, você tem muito o que viver,e pode passar o resto de sua vida, ao lado de quem você ama.

Mélany: mas. -sou interrompida-

??: você é muito confusa, e quer resposta pra tudo, tem coisas que não tem resposta certa, outras você tem que descobrir sozinha, e algumas você apenas sente.

Mélany: entendi.

Logo ela saí do quarto, me deixando sozinha com meus pensamentos, penso em mil coisas que eu poderia estar fazendo agora, mas estou presa a uma cama de hospital, fiquei o dia todo encarando a janela, vendo as nuvens indo e vindo, e o tempo passar bem devagar, como se não quisesse anoitececer, estava muito entediada, e com dor pelo corpo. Foi difícil dormir mais eu consegui, logo após jantar.

Acordo no dia seguinte, com um sorriso no rosto, talvez por saber que Jungkook viria hoje, eu não sei o que exatamente eu sinto por Jungkook, mas de uma coisa eu sei, quase não o conheço.

Fiquei o dia todo acordada pensando no Jungkook, no sorriso dele, na fala dele, e sem tirar que fiquei a tarde toda sorridente, as enfermeiras estranharam meu comportamento, mas a... Bom como não sei o nome dela, ela vai se chamar... Maria, pronto Maria! Daí a Maria contou a elas, que eu gostei do Jungkook, todas elas eram mais velhas do que eu.

?? 1: que bom! Espero que consiga, conquistar ele.

?? 2: ela vai, aliás ela é nova bonita... Vai conquistar ele muito fácil.

?? 3: mas ele não namora?

?? 2: não desanima a menina, é mentira Mélany, ele não namora.

Depois de muito rir delas, elas saem do quarto me deixando sozinha novamente, fecho meus olhos, e ouso a porta abrindo e fechando, será que é ele? Abro os olhos rapidamente, dando de cara com o mesmo, todo sorridente.

Mélany: oi.

Jungkook: oi, como está?

Mélany: bem.

Jungkook: ficou chato sem mim?

Mélany: por que? Não faz muita diferença.

Jungkook: nossa! Você sempre foi assim?

Mélany: assim como?

Jungkook: um poço de arrogância.

Mélany: me poupe né, e olha quem fala.

Jungkook: eu não sou assim.

Mélany: você é pior.

Ele dá uma risada fraca, pegando meu braço divagar.

Mélany: aaahhh! -gemo de dor-

Jungkook: está doendo muito?

Mélany: o suficiente, pra eu querer te bater.

Jungkook: mas preciso medir sua preção. Olha eu vou pegar seu braço se doer, pode fazer o que quizer com o meu.

Mélany: tá, vai rápido.

Ele  levanta meu braço novamente, estava doendo muito, então começo a apertar o braço dele. Quando terminou, apenas discansei meu braço na cama novamente.

Jungkook: sua família esteve aqui, quando estava em coma, mas como sua mãe não mora aki, teve que voltar pra casa, e ela disse que vinnha hoje.

Mélany: que bom. Me distraio um pouco...Jungkook. -chamo sua atenção- você tem namorada?

Jungkook: por que tanta curiosidade?

Mélany: só pra saber mesmo.

Jungkook:não, eu não namoro.

Mélany: ok.

Jungkook: por que?

Mélany: só pra saber.

Ele dá um sorriso bobo, logo fazendo alguns exames comigo, depois ele sai do quarto.

Fiquei sozinha novamente, mas fiquei pensando se minha mãe realmente viria me ver, eu fiquei a tarde toda a sua espera, mas ela não veio. 

Já estava a noite, quando Jungkook, entra no quarto. Eu não estava nada boa.

Jungkook: tudo bem?

Mélany: por que você sempre faz essa mesma pergunta?! -digo quase chorando-

Jungkook: ela não veio né?

Mélany: não.

Ele suspira, e vem em minha direção. Eu já estava até chorando.

Jungkook: não se preocupe ela deve ter seus motivos para não vir. Talvez estava sem dinheiro, ou algo do tipo, não fique assim.

Mélany: estou me sentindo sozinha no mundo Jungkook! 

Jungkook: olha Melany, sei que aconteceu muitas coisas ruins, e você ainda está processando tudo, mas você pode mudar isso, a única pessoa de quem mais precisa no momento, é você mesma, só você sabe como fazer isso.

Mélany: mas preciso de companhia, de amigos, de parentes.

Jungkook: eu posso te ajudar -diz sorrindo- 

Mélany: obrigado, você tem me ajudado bastante.

Jungkook: então fala sobre as últimas novidades.

Mélany: a não ser as enfermeiras, te empurrando em cima de mim, foi boa.

Jungkook: mentira que elas fizeram isso! -diz rindo- 

Mélany: verdade!

Depois de conversar algumas coisas com o Jungkook, eu comecei a ficar cansada, eu não saía da cama, mas os medicamentos, davam muito cansaço e fome. Mas eu não queria dormir, queria ficar conversando com o Jungkook, vai saber quando vou ver ele de novo. Mas sem almenos perceber, me entreguei ao sono, e quando fui perceber já estava dormindo.


Notas Finais


Então foi isso, até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...