História Admita! Não será para sempre. -Jungkook fanfic. (REVISÃO) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Personagens Originais
Tags dificuldades, Drama, Jovem, Medico Novo, Tragedia
Visualizações 159
Palavras 850
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse cap tá bem legal, espero que gostem, por que eu amei, boa leitura...

Capítulo 4 - Revivendo momentos


Quando amanheceu, eu fiquei sentada na cama ouvindo música, mas como não estava com fones de ouvido, deixei no som do próprio celular, depois de algumas músicas, o Jungkook entra no quarto cantando a música que estava tocando. Então começamos a cantar a música no "dueto" meio desafinado, quando a música acabou ficamos rindo.

Jungkook: nunca me contou que gostava desse estilo de música.

Mélany: gosto... E muito.

Jungkook: mas caí entre nós, você canta muito mal -começamos a rir-

Mélany: fala como se fosse um cantor profissional.

Jungkook: e que falou que eu não canto bem?

Mélany: eu, e o mundo todo -começamos a rir-

Jungkook: quer dar uma volta, no hospital?

Mélany: sério? Quando falou que eu iria sair, eu pensei que fosse alguém enfermagem, que me levaria.

Jungkook: é o certo, mas troquei com uma amiga minha, e vai dar pra eu te levar.

Mélany: que bom, mas como conseguiu fazer isso?

Jungkook: quando fui pedir a ela, ela concordou sem mais nem menos.

Mélany: acho que ela gosta de você.

Jungkook: acho que não, e mesmo se gostace perderia tempo, não tô afim de um relacionamento agora.

Aquilo foi um tapa sem mão, me senti estranha, e senti um aperto no coração. Queria desistir de sair dalí, mas seria mentira.

Ele então pega uma cadeira de rodas, e me tira da cama me colocando na cadeira, logo saindo do quarto, o corredor era muito movimentado, e com muita correria, descemos até o ultimo andar e saímos do hospital indo pra quadra.

Como era de manhãzinha, o sol quase não aparecia, era um silêncio apenas com os pássaros piando, e o leve vento da madrugada indo embora.

Mélany: como eu sentia falta disso.

Jungkook: gostou?

Mélany; amei! Mas... Por que fez isso já que não era sua obrigação?

Vejo ele desviando o olhar, com uma espressão se estranha.

Jungkook: pelo visto não gostou de eu ter te trazido né.

Mélany: claro que gostei, mas quero entender o motivo.

Jungkook: pelo mesmo motivo de eu sempre querer saber se está bem, sempre querer me aproximar mais de você, e tentar te entender, e esse motivo é eu gostar de você.

Fiquei gelada, ele gostava de mim!

Jungkook: acho melhor voltarmos.

Mélany: não! Você falou agora é minha vez de falar -falo exaltada fazendo ele arregalar os olhos- eu... Também gosto de você, mas pensei que eu era a iludida da história, então fiquei com medo.

Jungkook: medo de que?!

Mélany: medo de sofrer Jungkook, não sou mais uma criança, meus sentimentos são intensos, eu reprimo meus sentimentos, com  medo do que ele pode me causar.

Jungkook: eu te entendo... Mas você tem que aprender a arriscar mais, você não saberia o que eu sinto, se eu não tivesse arriscado em te falar, e você a mesma coisa, arriscar as vezes pode não ser uma das melhores idéias, mas também pode ser a melhor escolha da sua vida.

Ele apóia seus braços na cadeira, e chega perto do meu ouvido.

Jungkook: não reprima seus sentimentos... Por que eu vou ficar aqui, com você. -diz rindo-

Ele encosta nossos lábios bem divagar, era uma coisa "diferente" pra mim, aliás nunca tinha ganhado um beijo tão calmo, mas era bom e romântico. Logo ele aprofunda nossos lábios um no outro, enquanto segurava meu rosto, sua língua pede passagem e eu sedi, ele então me levanta da cadeira, colocando todo meu peso em seu peito, e segurando minha cintura com força pra eu não cair. Nosso beijo era maravilhoso com sorrisos de satisfação, não sentia falta de ar, pois a todo momento paravamos o beijo, para nos olhar e trocar sorrisos.

??: EEEECCCCAAAA!! -ouço vozes-

Paro o beijo pra olhar, e me deparo com algumas crianças do hospital nos olhando, começamos a rir pelo ocorrido.

Jungkook: vocês são muito levados -diz brincando- eu vou pegar vocês!

Ele começa a correr atrás das crianças, e no mesmo estante elas correm dele, então ele alcança uma menina pegando ela no colo, vindo em minha direção e parando na minha frente.

Jungkook: Nicole -chama a atenção dela- ela é minha namorada -fala apontando pra mim- ela é bonita? 

Ela balança a cabeça positivamente cheia de vergonha.

Nicole: como é o nome dela?

Jungkook: Mélany.

Nicole: nome bonito. *que fofa!*

Mélany: obrigado, seu nome também é lindo.

Nicole: obrigado.

Jungkook põe ela no chão, e ela sai correndo em encontro das outras crianças. Jungkook me leva pro quarto novamente e me põe na cama, conectando os aparelhos.

Mélany: precisa mesmo disso?

Jungkook: sim.

Mélany: eu acho que não tem necessidade.

Jungkook: não sabia que se formou em medicina -fala sarcástico-

Mélany: não precisa se formar em medicina, pra saber disso.

Jungkook: claro que precisa, é a mesma coisa que fazer uma cirurgia, mas sem saber como é o processo.

Mélany: Jungkook, eu não sabia que eu era sua namorada, aliás você disse que não queria um relacionamento.

Jungkook: faz pouco tempo, então é normal não saber. E mudei de idéia.

Mélany: eu tô namorando e eu não sabia?

Jungkook: exatamente -começamos a rir-

Jungkook sai do quarto, me deixando sozinha com alguns barulhos do lado de fora do quarto, sair um pouco da cama foi bom, eu precisava exparecer a mente, e sair um pouco desse quarto.

Como eu não dormi, acabou que a tarde o sono veio com tudo, e como eu não tinha nada pra fazer, resolvi ir dormir. 


Notas Finais


Então foi isso espero que tenham gostado, demorei um pouco pra ter a criatividade. E perdão pelo cap curto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...