História Adoção - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Fugaku Uchiha, Hinata Hyuuga, Itachi, Izumi, Mikoto Uchiha, Naruto, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Sasusaku, Tenten Mitsashi
Visualizações 238
Palavras 3.422
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey pessoal! Como vocês estão? Eu estou tentando um pequeno bloqueio de criatividade T-T Mas vai ficar tudo bem! Na maior parte do tempo eu fico com tédio, então eu atualizo a fic. Estou com umas ideias diferentes aqui na cabeça sobre possíveis novas fics. Então fiquem ligados no meu perfil!
Beijocas e boa leitura!

Capítulo 12 - Piscina


Fanfic / Fanfiction Adoção - Capítulo 12 - Piscina

Sakura POV

- Ótimo, mas eu trouxe um negócio e preciso usar. Então eu vou no banheiro. - Ótimo. O cara acaba de me salvar de um tarado e quer me deixar sozinha de novo, numa casa onde não conheço ninguém e ainda por cima está frio. Eu nem tô com medo. Sasuke parece perceber que eu não estou bem, pois ele se aproxima retirando o blazer e colocando em mim. - Vai ficar tudo bem. - Ele diz olhando em meus olhos. Nesse momento, uma corrente elétrica passa pelo meu corpo, fazendo eu ficar arrepiada. Não esperava essa reação de Sasuke. De algum modo, ele me passa confiança. Segundos depois, ele sai rumo ao banheiro.

Eu continuo na poltrona, a indagar as ações diferentes de Sasuke hoje. Ele me mostrou um lado diferente, confesso que eu gosto mais desse lado.

Fico observando os movimentos do lado de fora da casa. É uma rua tranquila. Me ajeito na poltrona e acabo pegando no sono.

 [...]

Desperto, estou dentro de uma espécie de van. Procuro meus irmãos e os encontro nos bancos à frente, estão capotados dormindo iguais a anjinhos. Sasuke está a um banco de distância do meu. Ele está com os olhos fechados, mas não está dormindo.

Percebo que estamos entrando na mansão. Fugaku para a van em frente a porta, Mikoto saí e a porta abre para sairmos. Sasuke abre os olhos e percebe que já estou acordada. Ajudo Mikoto com as gêmeas e Fugaku pega Yusuke. Já Sasuke vai para dentro da mansão, acho que para seu quarto.

Sayuri está meio acordada, ajudo-a a sair enquanto Mikoto carrega Saori. Levamos elas para o quarto e as deixamos em suas camas.

- Sakura? - Mikoto me chama assim que saimos do quarto. - Podemos conversar por um instante?

Assinto e me levanto, sendo guiada para a cozinha, o de encontramos Fugaku. Eles parecem receosos mas logo começam a falar.

- Semana que vem vamos leva-los para trocar o sobrenome. - Fugaku diz. - É claro que seis irmãos não tem escolha, são pequenos demais. Mas você tem, e queríamos saber se você deseja ter o nosso sobrenome. - Pisco algumas vezes e dou um pequeno sorriso.

- Isso é muito legal da parte de vocês, mas... - Suspiro e balanço a cabeça negativamente. - Não, eu não quero ter o sobrenome de vocês. Sei que vocês me adotaram, e eu agradeço eternamente por vocês terem tirado eu e meus irmãos daquele lugar, mas eu já cresci. Eu tive uma mãe, eu sei o que é ter uma mãe e sei o quanto ela me amava. Eu sinto que trocar de sobrenome desse jeito é apagar toda a história dela. Vocês podem ser os pais do Yuu, da Sao e da Say... mas nunca serão os meus, me desculpem. - Mordo o lábio inferior - Eu também não quero o Sasuke como irmão, então...

- Tudo bem. - Mikoto sorri fraco - Você tem direito de escolher, meu bem. Cuidaremos de você ainda assim, tudo bem? Vamos dar tudo o que você precisa e você é parte da família, mesmo não sendo como nossa filha.

- Obrigada. - Digo sorrindo - Obrigada por tudo, mesmo! - Mikoto me abraça e eu me lembro do abraço da minha mãe. Fazia um tempo que eu não tinha a sensação de estar sendo acolhida. Isso faz uma lágrima solitária rolar pela minha bochecha e cair no ombro de Mikoto.

- Não chore, Querida. - Mikoto diz olhando em meus olhos. - Vai ficar tudo bem. - Dito isto, ela beija a minha testa com carinho. - Vá dormir. Boa noite, Querida.

Apenas assinto com a cabeça saindo do ambiente e vejo uma Mikoto emocionada sendo abraçada por seu marido. Nunca havia presenciado uma cena dessas. Mesmo quando minha mãe estava com o Orochimaru. Os Uchiha parecem se amar verdadeiramente.

Antes de subir para a ala oeste, sinto uma mão segurar minha cintura, vejo que é Sasuke e arqueio uma sombrancelha.

- Ainda dá tempo de fugir. - Ele diz próximo ao meu ouvido e sorri de canto antes de subir para a ala leste.

- Baka. - Murmuro e subo as escadas da ala oeste.

Entro em meu quarto e vou direto para o banheiro. Olho meu reflexo no espelho por alguns minutos.

- Foi uma noite e tanto. - Digo para mim mesma enquanto tiro a roupa e entro na ducha.

Saio do banheiro e visto um short de moletom cinza e uma blusa rosa bebê. Estamos quase no fim do verão e eu não peguei sol. Na verdade eu nunca pego, mas é sempre bom mudar. Talvez eu chame a Ino amanhã pra vir aqui e tomar banho de piscina comigo. Vou fazer isso agora.

Pego o celular na bolsinha que levei e procuro seu contato que a mesma fez questão de dar. Confiro se ela está online no aplicativo de mensagens e mando a mensagem.


PORCA 🐷

~Oiê, é a Saky. Eu sei que já está tarde mas, que tal você vir aqui em casa amanhã e tomarmos banho de piscina?

~Hey, eu topo! Passo aí as 14:00. Manda seu endereço!

~Vou mandar

-Localização -

~Ok, até amanhã, Testa! 😸 sonha com o Uchiha delícia! hihi

~Vai se catar! Tchau🌸


Depois de mandar a mensagem, deito em minha cama e logo pego no sono.

[...]

São 10:45 da manhã e estou na cozinha tomando café da manhã.

- Chiyo, eu já acabei, pode deixar que eu lavo a minha louça. - Digo enquanto me levanto da bancada. - Hoje uma amiga vem aqui mais tarde.

- Que bom, Saky! - Ela diz - Bom, hoje eu não posso discutir com você sobre a louça por que eu preciso ir ao mercado. - Ela diz tirando seu avental e pegando sua bolsa. - Estou indo, juízo hein!

- Não se preocupe. Vai ficar tudo bem. - Digo e dou um abraço nela. - Até mais tarde.

- Tchau, Querida - Ela joga um beijo no ar.

Lavo minha louça e volto 'pro quarto para me arrumar. Escolho um biquíni azul, short jeans branco e um cropped preto.

Arregalo os olhos ao ouvir um barulho alto vir do primeiro andar e me levanto rapidamente. Coloco meus chinelos e saio correndo do quarto para ver o que aconteceu.

Quando chego na sala de estar, fico boquiaberta ao ver a sala cheia de fumaça e reconheço o cheiro de maconha, sentia isso todos os fias na saída do colégio. No chão, há uma garrafa de bebida quebrada e ouço risadas. Sasuke não está sozinho, muito pelo contrário, está com dois garotos e duas garotas.

- Que merda você está fazendo? - Pergunto irritada e vou até Sasuke, que continua rindo.

- Oi, Sakura. - Ele diz rindo e dá um trago no baseado.

- O que você pensa que tá fazendo? - Repito a pergunta e ele ignora novamente. Perco a paciência e pego o cigarro da mão dele, jogando no chão.

- Ei! - Ele exclama enquanto piso no mesmo. - Meu baseado!

- Você tem merda na cabeça, Sasuke? - Pergunto irritada - Tem três crianças na casa e você fica agindo assim! O que deu em você?

- Bem, essa casa é minha, eu acho que posso fazer o que eu quiser. - Ele ri. - Além disso, estou me divertindo com meus amigos. Fala um "oi", gente.

- Oi, eu sou a Hinata. - A menina com os olhos perolados e cabelos azulados se apresenta.

- Tenten. Mas o pessoal as vezes me chama de Pucca, não tem problema me chamar assim. - A morena com um sorriso lindo diz.

- Naruto. - O garoto de pele bronzeada, cabelos loiros e olhos azuis, que está jogado no sofá, diz.

- Eu sou o Shikamaru. - O garoto com um cabelo que parece um abacaxi diz. Todos fazem isso rapidamente, mas eu ignoro e volto a atenção para Sasuke.

- Eu não tenho paciência pra gente como você. - Digo e ele franze a testa rindo.

- O quê? - O moreno sínico arqueia uma sombrancelha.

- É isso mesmo que você ouviu, Sasuke! - grito - eu realmente estava tentando te suportar, mas não dá! Eu sinto muito por seja lá o que tenha acontecido na sua vida pra você ficar agindo como um imbecil o tempo inteiro! Você é um idiota, branquelo, riquinho e mimado que acha que seus problemas são os piores do mundo! Mas sabe de uma coisa? Não são! Eu digo isso por experiência própria! - Continuo gritando e sinto que estou vermelha. - Você sabe o que é problema de verdade? É você sair de casa e ralar todos os dias pra colocar um prato de comida na mesa! É você ter mais de uma boca pra alimentar e mesmo assim nunca ficar por aí reclamando! É viver tantas coisas horríveis e ter o psicológico afetado por isso! Isso são problemas relevantes, Sasuke. Os seus probleminhas de gente fútil não são nada perto do que as pessoas lá de fora vivem! Você pode achar que aqui dentro é o inferno, mas acredita em mim, é um conto de fadas comparado a tudo que eu já vivi.

Todos ficam em silêncio e eu sinto um alívio por ter colocado tudo pra fora.

Eu realmente tenho um pavio curto e não aceito atitudes assim, shannaro! Tentei me segurar, mas Sasuke Uchiha é o garoto mais detestável que já conheci.

Mesmo com minhas palavras duras, Sasuke continua com uma expressão neutra no rosto, o que me faz pensar que não o atingi.

Ele dá um pequeno sorriso, mas algo me diz que não é sincero. Ele está forçando.

- Está bem, Sakura. - Ele diz simplesmente e passa por mim, caminhando em direção à adega.

Reviro os olhos e encaro os amigos dele, que parecem tenços com a situação. Algo me diz que eles não estão chapados. Um pouco alcoolizados, talvez. Mas não parecem estar chapados.

- Idiota. - Murmuro e caminho para o lugar que eu descobri hoje de manhã. A acadêmia. Preciso socar algo, e lá tem vários sacos de pancada.

Assim que entro, começo a socar o primeiro que vejo. Estou tão irada que nem as luvas coloquei. Minhas mãos ficarão machucadas, mas isso não importa.

Soco com muita força, minha vista fica embaçada e começo a sentir as lágrimas molharem meus rosto.

- Onee-san... - Me viro e encontro um Yusuke preocupado, me olhando com olhinhos pidões. - Você tá bem? - Ele pergunta e paro de socar, olhando para os meus punhos que estão feridos.

- Não se preocupe, a mana vai ficar bem. - Digo enxugando minhas lágrimas.

- Mas você fez dodói...vou fazer um curativo! Não sai daí! - Ele sai correndo pela casa e eu me sento, encostada na parede.

Dois minutos depois ele volta com uma maleta de primeiros socorros. Ele pega um algodão e passa um pouco de soro pra limpar as feridas.

- Ai... - Murmuro e ele me encara, preocupado.

- Já vai passar, não se preocupe. - Ele fala e eu me lembro que dizia isso para ele, quando ralava o joelho. Depois, pra ele parar de chorar, eu comprava chocolate e a gente comia até ele ficar melhor. Não consigo evitar de deixar uma lágrima cair.

Depois de limpar, ele coloca gaze nas duas mãos e enrola a atadura em ambas.

- Prontinho, vai sarar rapidinho, Onee-san! - Ele se levanta e me encara sorrindo. Dá um beijo na minha bochecha e sai correndo.

Me levanto e vou para a cozinha. Comer sempre me acalma. Soube que há até uma despensa de alimentos nessa mansão, e isso me deixou ainda mais feliz por estar morando aqui. O único defeito é morar com o Sasuke. Pode ser que eu tenha sido um pouco dura no jeito que falei com ele, mas foi merecido. Ele é um cretino que gosta de chamar atenção.

Pego os ingredientes pra fazer sanduíches, mas lembro que com minhas mãos assim não vou conseguir fazer.

- Ei! - uma voz feminina chama minha atenção e eu percebo que é a Tenten na companhia de Hinata.

- Ah... Ei! - respondo e olho pra elas.

- Quer ajuda? - Hinata pergunta olhando para as minhas mãos depois para os ingredientes. Eu apenas assinto. - Você está bem?

- Poderia estar melhor. Vocês podem fazer pra vocês também. Li em algum lugar que maconha dá fome. - Digo e olho para elas.

- Cherry... - Tenten murmura enquanto ela e Hinata riem. - Nós não somos sócias do Sasuke e a plantação de cannabis dele. Não estamos chapadas.

- Eu realmente não veria problema. - Digo dando de ombros - Não tenho problemas com a maconha, só com o Sasuke mesmo. E meus irmãos estão lá fora, então...

- Nos te entendemos, Sakura - Hinata diz - E, pensando bem, eu vou fazer um sanduíche pra mim. Não estar chapada não me impede de não estar com fome.

- Eu também quero. - Tenten diz.

- Vocês parecem ser legais, por que são amigas do Sasuke? - Pergunto.

- Dinheiro. - Hinata responde e eu dou risada.

- Pena. - Tenten brinca e eu dou ainda mais risada.

- Agora é sério, sei que a primeira impressão que ele causou não foi uma das melhores. - Hinata diz. - Mas o Sasuke é um cara legal. Ele só passou por muita coisa e isso fez ele ficar um pouco....

- Narcisista? - Pergunto arqueando uma sombrancelha.

- Por aí. - Hinata responde e eu e Tenten rimos.

- Ele não é tão ruim, Cherry. - Tenten diz - Confie em nós - Dou de ombros e Hinata nos entrega os sanduíches.

- Ei, Rosada. - Shikamaru me chama. - Você tem visita. Ele aponta com a cabeça e Ino entra.

- Oi meninas! - Ino entra nos cumprimentando. - O que estão fazendo? - Ligo depois entram Naruto e Sasuke.

- Comendo sanduíches. - Tenten responde.

- Também estamos com fome. - Sasuke diz abrindo um sorriso. O sorriso que ele sempre abre antes de me irritar - Sakura? - Ele vem até mim e eu reviro os olhos - Faz um sanduíche pra mim? - Ele pede fazendo bico.

- Você não tem mão? - Pergunto e os amigos de Sasuke riem.

- Podia ter ficado sem essa. - Naruto diz entre risos e vem até mim. - Acho que a nossa apresentação não foi adequada por conta da falta de modos do Teme. Então... - Ele abre um sorriso fofo - É um prazer te conhecer, Sakura.

- O prazer é todo meu, Naruto. - Digo em um tom de gratidão.

- É um prazer também, Sakura. - Shikamaru diz se sentando ao lado de Hinata - Sinto muito por você morar na mesma casa que o Sasuke. Deve ser difícil.

- Bem, ainda não fazem nem três dias e eu já estou sofrendo bastante. - Digo

- Eu tenho uma dica. - Naruto diz após dar uma mordida em seu sanduíche. - Meditação. Faço uma vez ao dia desde que conheci ele.

- Ah - Sasuke suspira e se inclina pra frente, apoiando os cotovelos no balcão, o queixo nas palmas das mãos e desviando o olhar de mim para o Naruto -, acho lindo o jeito que vocês falam mal de mim na minha frente.

- Você está ofendido, é? - Naruto pergunta em um tom de sarcasmo e Sasuke sorri mais ainda.

- Na verdade eu acho isso isso ótimo. - O moreno responde - Não preciso me preocupar com vocês falando mal de mim pelas costas.

- Isso é verdade, não dizemos nada pelas suas costas que você já não tenha nos ouvido dizer na sua frente. - Hinata diz e enfia o último pedaço de sanduíche na boca.

- Vocês já conhecem a Ino? - Lembro de apresentá-la para eles. Estava tão distraída com a conversa que esqueci da coitada.

- Sim. - Todos respondem.

- Somos da mesma turma. - Shikamaru responde. - Mas eu e Ino nos conhecemos desde pequenos.

- Eu havia chamado ela pra cá pra gente ir pra piscina. Vocês querem? - Pergunto para eles.

- Cherry, eu e a Hina não trouxemos biquíni, você tem á mais? - Tenten pergunta

- Tenho sim! Vamos subir. - Digo e coloco a minha louça na pia, saindo em direção a meu quarto. Sendo seguida pelas meninas.

- Fiquem a vontade. - Digo entrando no quarto.

- Uau! O quarto dos sonhos! - Hinata diz com os olhos brilhando.

- Meninas, eu pensei em chamar o resto da turma e apresentar a Cherry pra eles, que tal? - Tenten pergunta.

- Sem problemas, já estão quase todos aqui. - Digo dando de ombros.

- Ok! - Tenten diz, digitando no celular

[...]

Já estavamos todas prontas quando escutamos buzinas vindo da parte da frente da casa.

- Eles chegaram! - Ino diz olhando através da janela.

- Vamos! - Hinata disse saindo do quarto.

Fomos para os fundos da casa, onde fica a piscina. Chegando lá vejo cinco rostos novos.

- Cherry, estes são Neji, Shino, Izumi, Temari e Sai. - Tenten diz apontando para eles.

- Olá! - Eles respondem em unissono.

Escuto assovios vindos dos amigos de Sasuke, fico um pouco envergonhada. Os meninos estão de calção, com certeza que Sasuke teve que emprestar.

- Venham, meninas. Vamos tomar uma ducha logo! - Hinata diz empolgada.

Escuto os meninos pulando na piscina. Isso é tão normal para eles. Eu nunca tive amigos assim, e do nada eu os conheço.

Tomamos a ducha mas não vamos para a piscina. Estavamos indo para as espreguiçadeiras, quando eu escuto um grito de Sasori.

- Darcy!

Darcy está correndo em minha direção. De repente ela pula em cima de mim, fazendo eu me desequilibrar e cair dentro da piscina. Só que eu não sei nadar!

Sasuke POV

- Tenho sim! Vamos subir. - Sakura diz alegre indo na direção da ala oeste, sendo seguida pelas meninas.

- A Sakura até que é gatinha. - Naruto diz com a mão no queixo.

- Ai, cabeção. - Shikamaru diz dando um cascudo no Naruto. - É feio chamar a mina do cara de "gata" na frente dele. - Diz cruzando os braços.

- Ué, mas eu pensei que você gostava da Temari. - Naruto diz confuso e eu apenas continuo comendo meu sanduíche, não deixando de prestar atenção na conversa.

- Presta atenção, Naruto. A Sakura é do Sasuke. - Shikamaru diz levando uma mão ao topo nariz e balançando a cabeça em negação. Eu arregalo os olhos e engasgo com o pedaço do sanduíche que estava em minha boca. Corro para beber água.

- Porra, bicho preguiça! Eu quase morro aqui! - Eu digo indignado. - De onde você tirou isso?

- 1- você trata ela diferente - começou a contar nos dedos -; 2 - você tem ciúmes dela; 3 - você baba quando olha pra ela. - Shikamaru termina de falar e dá uma risada.

- Ciúmes?! - Pergunto enrugando a testa.

- É verdade, Teme. - Naruto diz - Quando eu fui cumprimentá-la, você fez biquinho. Todo mundo viu. - Naruto começa a rir da minha situação.

- Claro que não, seus bocos! - Digo cruzando os braços, ficando bravo.

- Foi essa cara! - Shikamaru diz, rindo mais ainda.

Eles continuam rindo até que os nossos celulares tocam. É uma mensagem da Pucca chamando o pessoal pra vir pra cá.

- Aí, Teme. - Naruto me chama. - Empresta pra gente dois calções?

- Tá. Vamo lá. - Digo ainda puto com eles.

[...]

Os outros já chegaram e eu estou guardando as cervejas e refrigerantes que eles trouxeram. De repente escuto um grito e alguém cair na piscina.

Chego na área da piscina e noto que a pessoa que caiu na piscina, caiu na parte funda.

- Sakura! - Sasori grita correndo na direção da piscina. Nesse momento tudo fica em câmera lenta. - Ela não sabe nadar! - Noto que é Sakura na piscina e, sem pensar duas vezes, pulo na mesma.

Pego-a e nado até a escada, onde o pessoal me ajuda a tirá-la da piscina. Logo ela é cercada pelas meninas, que a levam para dentro.

Eu apenas deito no chão ao lado da piscina, respeitando aceleradamente. Nunca nadei tão rápido na minha vida!

- Cara, tu não pode negar que gosta dela. - Naruto diz em pé, me encarando.


Notas Finais


-Se encontrar algum erro, comente-

Não tá um dos melhores, mas dá pro gasto. Eu tô achando que essa fic tá ficando meio "clichê" e não é isso que eu quero. -Comentem sobre isso por favor- Outra questão que eu queria falar com vocês é sobre o Sasuke. Ele vai se apaixonar primeiro -como deu pra ver- ele só não vai querer adimitir, mas isso não vem ao caso agora.
ATENÇÃO - SPOILER
Nossa Saky vai se "apaixonar" pelo Sasori. Só isso mesmo.

Bom, acho que era só isso. Espero que tenham gostado! Estou cogitando a ideia de criar uma conta no insta sobre fics, comentem se querem! <3

Cherry=cereja :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...