1. Spirit Fanfics >
  2. Adolescente em crise - Vondy >
  3. Capitulo 106 segunda temporada

História Adolescente em crise - Vondy - Capítulo 106


Escrita por:


Capítulo 106 - Capitulo 106 segunda temporada


Quando entrei no quarto dela, tive uma sensação boa, por um momento pareceu que nada havia mudado. Olhei ao redor e suspirei, as nossas fotos que deveriam estar na cômoda não estavam mais, vi sua caixinha de joias e rapidamente achei o colar que eu havia lhe dado, e quando vi que a pulseira estava em seu pulso senti novamente meu coração se alegrar, talvez eu tivesse chance, eu só tinha que tentar. Fico meio distraído olhando um desenho de uma paisagem que tinha sobre a cama, eu conheço esse lugar.

 

" então, vai me dizer o que quer ou prefere continuar olhando minhas coisas ? " ela passa por mim se sentando na cama

 

Sorriu sem graça " desculpa é que eu me distraí vendo esse desenho, você que fez ? "

 

Ela pega o papel " sim, fui eu que fiz, não sei que lugar é esse só sei que sonhei com ele uma noite e adorei, fiquei com  tanto medo de esquecer que assim que acordei resolvi desenhar " ela comenta

 

" é lindo, você tem talento  " apenas mais uma de tantos, Dulce é perfeita.

 

" obrigado " ela coloca o papel sobre a cômoda e me encara " o que queria falar comigo ? " pergunta

 

" então " pigarreio " queria muito te pedir desculpas por ontem, eu não estava no meu juízo perfeito, não deveria ter te beijado daquele jeito, foi muito errado da minha parte "

 

" foi sim " concorda " por acaso estava bêbado Christopher ? "

 

Arregalo os olhos " o que ? Bêbado ? Não, claro que não, eu não me embebedo assim " respondo

 

Ela ri em descrença " tem certeza? Se bem me lembro no seu aniversário de 15 você encheu a cara, e ainda parou numa delegacia " era tão estranho era se lembrar disso e não lembrar do que realmente importa.

 

Reviro os olhos " eu era um adolescente como outro qualquer, só queria causar e em minha defesa, parei na delegacia por que o Wiliam arrumou uma briga "  ela ri e eu amo o som de sua risada " então, era isso eu só queria que me desculpasse "

 

Ela mexe em sua franja, acho que é sua nova mania, e depois ergue os olhos pra me encarar " eu também te devo um pedido de desculpas, fui muito dura com você ontem " aceno com a cabeça " é que você agiu muito mal Christopher, me assustou "

 

" eu sei, fui um idiota " concordo

 

Ela morde os lábios " você ..hum, chegou ontem de viagem ? " pergunta

 

" sim " me aproximo da cama " posso me sentar ? " ela assente e me sento ao seu lado " eu cheguei ontem, ninguém sabia queria fazer uma surpresa pra Mai e pros meus pais " e pra você, ah como eu queria dizer isso.

 

" e gostou da Inglaterra ? "

 

Arregalo os olhos " você sabe onde eu estava ? " pergunto um tanto quanto eufórico

 

Ela estreita os olhos " sim, eu sei, Mai me contou que você foi fazer faculdade lá, música não ? " assinto cabisbaixo " jamais pensei que você gostasse de música, quer dizer, já o vi tocar violão algumas vezes na sua varanda mas, tornar isso uma profissão ? Nunca pensei "

 

" sempre foi um sonho " suspiro " olha, eu também queria me desculpar pelo modo como te tratei todo esse tempo Dulce, sempre fui tão idiota com você, me desculpe "

 

" esta tudo bem Christopher, isso é passado " ela garante

 

Nego com a cabeça " não, não esta tudo bem, eu fiz tudo errado entende ? Eu acabei descontando em você a minha frustração pelo meu pai não me apoiar no que eu achava ser o mais importante pra mim, só que estando aqui, agora na sua frente eu percebo que estava tudo errado. Não era pra isso acontecer, eu deveria ter ficado, deveria ter ouvido meu pai, eu deveria ter escolhido não ir " digo quase sem pensar

 

Dulce me olhava e pude notar que estava confusa "  do que esta falando ? "

 

Tampo o rosto com as mãos " de nada, esquece, eu sou um grande babaca que podia ter mudado tudo e não fiz  "

 

" ei " ela retira minha mão no meu rosto e as segura " olha, eu não sei o que esta acontecendo com você e nem vou me meter, acho que não tenho esse direito mas, não faça isso. Não se agrida, não se culpe por seja lá o que tenha acontecido "

 

Engulo a seco " eu poderia ter evitado " sussurro

 

Ela sorri, seu sorriso sempre foi o mais lindo do mundo " não acho que poderia, as vezes as coisas simplesmente tem que acontecer, não importa se você estava aqui ou se estava lá, quando tem que acontecer, acontece. É de Deus "

 

Ergo a mão, querendo acariciar seu rosto mas, ela se afasta " é, me desculpa eu não deveria ... "

 

" esta tudo bem " ela se levanta " acho que já dissemos tudo que tinhamos que dizer "

 

Me levanto " não, não por favor Dulce, não me manda embora, eu não tenho mais o que fazer, o que acha de conversarmos mais ? Você me conta o que perdi durante esses meses e eu te conto o que conheci na Inglaterra " sugiro

 

Dulce me olha como se eu fosse um ET " eu tenho que ir a escola, esta é a última semana de aula e eu não posso faltar "

 

" eu posso ir com você, pra te acompanhar, faz um bom tempo que não piso na escola vai ser bom pra mim " eu não posso me afastar dela agora;

 

Ela cruza os braços " por que esta diferente comigo ? Quer dizer, nos nunca mais nos falamos e ai der repente você aparece todo amável e prestativo querendo me acompanhar até a escola ? " ela diz desconfiada

 

Dou de ombros " só estou tentando ser gentil " coço a nuca e desvio o olhar, a Dulce de antigamente saberia que isso é um sinal de que estou mentindo descaradamente

 

Ela ri " e por que esta tentando ser gentil ? "

 

" nossa, você faz tantas perguntas " reviro os olhos " o que tem eu ser gentil ? Você é melhor amiga da minha irmã, uma hora teríamos que nos dar bem, que seja agora então " respondo

 

Ela ainda estava desconfiada " sei "

 

" então, eu posso ou não posso ir com você ? " pergunto esperançoso

 

Dulce fica calada por um tempo e depois acena com a cabeça " pode mas, olha lá, eu estou de olho em você " ah Dulcinha, pode ter certeza que eu também estou de olho em você, penso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...